Os 10 melhores livros feministas de 2022: Margaret Atwood, Naomi Wolf e muito mais!

Os 10 melhores livros feministas de 2022: Margaret Atwood, Naomi Wolf e muito mais!

Quer conhecer mais sobre o movimento feminista através da leitura? Veja neste artigo uma lista dos melhores livros feministas e como escolher qual ler!


Qual o melhor livro feminista de 2022?

Livros empilhados sobre a mesa

Os livros sobre feminismo podem ser ferramentas para as mulheres que desejam ultrapassar os limites da sociedade patriarcal, pois atualmente, nós mulheres ainda lutamos pela igualdade de direitos em relação aos homens. Por isso, devemos aprender a nos defender e entender nossa condição na sociedade.

Para quem deseja saber mais sobre feminismo por meio dos livros, é importante levar alguns pontos em consideração. Você deve pensar na temática que quer ler, se a autora é reconhecida e tem propriedade sobre o assunto, se prefere um conteúdo mais atual e se o livro tem boas recomendações.

Sabemos que escolher novas obras nem sempre é fácil, principalmente para iniciantes nesse assunto ou quem procura títulos atuais sobre feminismo. Pensando sobre isso, destacamos nesse artigo os dez melhores livros feministas, além de te dar dicas de como escolhê-los. Dessa forma, continue lendo para que possa realizar uma boa compra.

Os 10 melhores livros feministas de 2022

Foto 1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Nome O Mito da Beleza - Naomi Wolf O Conto da Aia - Margaret Atwood O Feminismo é para Todo Mundo - Bell Hooks Para Educar Crianças Feministas - Chimamanda Ngozi Adichie Quem Tem Medo do Feminismo Negro? - Djamila Ribeiro Mulheres, Raça e Classe - Angela Davis Os Homens Explicam Tudo para Mim - Rebecca Solnit Feminismo para os 99% Capa Comum - Cinzia Arruzza Problemas de Gênero - Judith Butler Irmã Outsider - Audre Lorde
Preço A partir de R$ 39,40 A partir de R$ 34,93 A partir de R$ 32,90 A partir de R$ 22,31 A partir de R$ 25,88 A partir de R$ 46,97 A partir de R$ 44,00 A partir de R$ 28,04 A partir de R$ 48,67 A partir de R$ 39,88
Tema Empoderamento feminino Patriarcado e Violência de gênero Empoderamento feminino Empoderamento feminino Feminismo negro Feminismo negro Patriarcado e Violência de gênero Interseccionalidade Interseccionalidade Interseccionalidade
Autor Naomi Wolf Margaret Atwood Bell Hooks Chimamanda Ngozi Adichie Djamila Ribeiro Angela Davis Rebecca Solnit Cinzia Arruzza Judith Butler Audre Lorde
Lançamento 07/06/2018 07/06/2017 03/09/2018 24/02/2017 08/06/2018 31/12/2016 20/07/2017 08/03/2019 15/04/2003 02/12/2019
Páginas 490 368 175 96 120 248 208 128 288 240
Versão Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital Física e Digital
Dimensões 22,6 x 15,6 x 2,8 cm 21 x 14 x 2 cm 20,6 x 13,6 x 1,2 cm 16 x 10,8 x 1 cm 20,8 x 13,8 x 1,4 cm 22,6 x 15,8 x 1,6 cm 18,8 x 13,8 x 1,2 cm 22,8 x 15,4 x 0,8 cm 20,8 x 13,4 x 1,8 cm 16 x 1,2 x 23 cm
Link

Como escolher o melhor livro feminista

Ao discutir o feminismo, é essencial pensar em obras relevantes para o contexto que estamos inseridas, especialmente se queremos realizar revoluções, mesmo que pequenas, ao nosso redor. Assim, se você deseja se educar sobre a condição feminina na contemporaneidade, veja as dicas que preparamos para escolha de bons livros feministas.

Escolha o melhor livro feminista conforme o tema

Há diversos temas no feminismo, os autores se aprofundam em tópicos específicos, então, inicialmente, escolha aquele que mais se identifica ou aquele pelo qual gostaria de começar. A seguir, verá os temas mais discutidos, como o empoderamento feminino, o feminismo negro, o patriarcado, a violência de gênero e a interseccionalidade.

Empoderamento feminino: a busca por mais poder pela mulher em âmbitos sociais

Mulher sorridente lendo um livro

Os livros sobre empoderamento feminino buscam mostrar mulheres que lutam pelos mesmos direitos que os homens possuem e que se aceitam como são, indo contra o padrão estético estabelecido pela mídia e sociedade. Sendo assim, este tema é ideal para você que busca obras de mulheres inspiradoras que impactaram a história e que lutaram pelos seus ideais.

Apresentando figuras femininas que influenciaram diversos âmbitos sociais, como a educação, política e mercado de trabalho, esses livros costumam ser biografias de grandes mulheres. As biografias são narrativas que contam a história de uma determinada pessoa, por serem uma narração, elas envolvem o leitor mais facilmente.

Feminismo negro: foca na discussão sobre gênero por uma perspectiva antirracista

Recuperando um pouco da história, sabemos que a mulher, no século XVI ao XIX, não recebia o melhor tratamento, sendo considerada propriedade do homem, ou seja, apenas mais um dos seus bens. Essa perspectiva piorava quando se falava das mulheres negras, escravas, ainda mais objetificadas. Dessa forma, o feminismo negro discute a temática de gênero por meio de uma visão antirracista.

Esses livros são excelentes opções para leitores que buscam conhecer mais sobre as mulheres negras que lutam contra explorações, as políticas de cotas raciais, a luta antiescravista, o apagamento da personalidade devido à discriminação racial, a intolerância religiosa de religiões de origem africana e o empoderamento feminino negro.

Patriarcado: fala sobre o sistema social onde homens ocupam posições de poder

Homem lendo um livro

A temática do patriarcado destaca homens que são figuras de autoridade e que dominam espaços sociais, como a política, os lares e o mercado de trabalho. Essa discussão não se limita às mulheres, podendo ser uma temática de preferência masculina, já que alguns homens buscam se educar para transgredir os limites patriarcais e se tornarem mais sensíveis, indo contra o tradicionalismo.

Ainda assim, mulheres se beneficiam de livros que problematizam o patriarcalismo, já que ele gera consequências graves, como a violência doméstica. Essas obras também questionam sobre a figura feminina ser destinada apenas ao casamento, ao lar e aos filhos.

Por isso, leve em consideração adquirir algum livro com este tema, se você busca conhecer mais sobre os efeitos decorrentes do patriarcado embutido na sociedade e principalmente sobre sua interferência na vida das mulheres.

Violência de gênero: sobre violências domésticas, físicas, psicológicas que uma pessoa sofre por seu gênero

Mulher segurando alguns livros em um fundo azul

Não é de hoje que vemos mulheres sofrerem violência apenas por causa do seu gênero. Na Idade Média, diversas mulheres foram assassinadas pela igreja dominada por homens que as consideravam bruxas por saberem sobre plantas medicinais, por serem bonitas demais ou por simplesmente gostarem de dançar.

Assim, as obras sobre a violência de gênero discutem sobre os diversos tipos de violência que uma figura feminina sofre apenas por ser mulher. Elas também debatem sobre o machismo como motivador dessa violência, já que, nesse contexto, homens manipulam as mulheres para que elas se sintam frágeis e tenham dificuldades de se proteger.

Sendo assim, se você procura saber mais sobre essas questões citadas a cima, livros com esta temática são ideais.

Interseccionalidade: estudo sobre a inter-relação entre múltiplas opressões

Mulher lendo um livro

Os livros sobre interseccionalidade discutem sobre a intersecção de identidades sociais e as relações existentes entre as diversas opressões sofridas pela mulher, que estão associadas ao gênero, à sexualidade, à classe social, à beleza, ao trabalho e à raça. Esse tema também debate sobre a inclusão, assim como o movimento feminista foi falho com negras, indígenas e trans.

Dessa forma, as obras procuram mostrar que o feminismo não deve privilegiar apenas algumas mulheres, mas deve auxiliar essas figuras femininas em todos os âmbitos, pois como não existe um só tipo de mulher, também não há apenas uma opressão.

Portanto, leve em consideração adquirir livros com esta temática, se você busca conhecer de modo mais aprofundado sobre o sistema de opressão, dominação ou discriminação de modo que aborde as diferentes categorias biológicas, sociais e culturais do gênero feminino.

Veja sobre a autora e editora do livro que escolheu

Mulher segurando um livros e um copo

Para a escolha dos melhores livros feministas, busque saber se a autora tem propriedade sobre o assunto que gostaria de ler. Já sabemos que no feminismo há diversos temas e alguns autores se aprofundam mais em alguns tópicos. Também veja se a autora tem seu estilo de escrita, algumas vão trazer textos mais poéticos e narrativos, enquanto outras mais científicos e políticos.

Além disso, busque a biografia das escritoras, algumas delas podem estar escrevendo sobre a própria vida e trazem experiências verídicas sobre o assunto. Por fim, priorize por editoras que costumam publicar livros feministas e que valorizam obras escritas por mulheres, mesmo que não tenham necessariamente essa temática.

Para ler um conteúdo atualizado prefira um livro recente

Indivíduos segurando livros de diferentes cores e tamanhos

Os melhores livros feministas com o conteúdo atual terão uma publicação mais recente e colocarão em evidência o que ainda falta alcançar para uma sociedade mais igualitária. Ainda há muitos meninos e meninas que precisam se libertar dos estereótipos femininos e masculinos definidos pelo tradicionalismo.

Também é interessante destacar que os temas feministas atuais argumentam sobre a questão dos métodos anticoncepcionais não acessíveis, assim como produtos higiênicos, como absorventes, que não estão disponíveis a mulheres de baixa renda. E seguimos constantes na luta pela igualdade de direitos no mercado de trabalho entre homens e mulheres.

Para poder ler em qualquer lugar prefira um livro digital

Mulher lendo um e-book na sala de estar

Alguns dos melhores livros feministas estarão disponíveis no formato digital e essa é uma boa alternativa em uma sociedade dominada pela tecnologia. Esse formato traz praticidade, pois você pode ler do lugar que quiser e a qualquer momento, por exemplo, indo de ônibus para o trabalho ou para faculdade e quando estiver voltando para casa também para espairecer a mente.

Outras vantagens em relação a esse formato é que ele não pesa na mochila ou na bolsa como os livros físicos, você pode ler pelo celular, pelo computador, notebook e Kindle. Além dessas versões serem mais baratas, pode entrar em uma videochamada com os amigos e compartilhar a tela do livro para uma leitura em conjunto.

Olhe se o livro feminista tem boas recomendações

Mulher sorridente com um livro em cima da cabeça

Com certeza, os melhores livros feministas serão os mais recomendados. Alguns sites e blogs fornecem a resenha dessas obras de forma detalhada, apenas tenha cuidado com os “spoilers” caso esses conteúdos forneçam informações demais sobre o livro.

Ademais, no site da Amazon, que vende livros físicos e digitais, você pode ler a avaliação das pessoas que compraram e estão lendo a obra, assim como a quantidade de estrelas do livro que você deseja comprar recebe, o que dá mais segurança à sua escolha. Também veja se a autora é reconhecida e o que os leitores dizem sobre a sua escrita.

Saiba a quantidade de páginas que o livro feminista possui

Livros empilhados em um fundo claro

Caso você esteja iniciando no universo dos livros e preferiu começar pela temática feminista, escolha livros menores de em média 150 páginas. Biografias de mulheres revolucionárias são obras mais envolventes recomendas para leitores iniciantes porque podem gerar uma identificação com a história contada.

Porém, se tem o hábito de ler e costume com obras extensas, saiba que livros que têm como o foco o feminismo podem chegar a ter 1000 páginas, eles serão mais detalhistas quanto a esse movimento e trarão uma perspectiva mais política e científica sobre o assunto.

Os 10 melhores livros feministas de 2022

Você já descobriu sobre como escolher o melhor livro feminista de acordo com sua preferência de temática, número de páginas e formato. Dessa forma, veja os dez melhores livros feministas de 2022 que destacamos a seguir.

10

Irmã Outsider - Audre Lorde

A personificação do feminismo da interseccionalidade 


Audre Lorde é a personificação da literatura feminista voltada para interseccionalidade, a autora se define como mulher negra, poeta, lésbica e guerreira. É mãe, professora, ativista e pensadora. Todos esses tópicos os quais ela representa são postos em discussão nos quinze ensaios de Irmã outsider, obra que engloba e desenvolve teorias feministas contemporâneas.

A escritora traz em sua obra a experiência da exclusão da “norma mítica”, que tem como padrão mulheres brancas, heterossexuais e magras. Ela também foca na ação da mulher como transformadora da sociedade em que faz parte, em saber sobre quem somos e dizer isso por meio das palavras e no reconhecimento das alianças como uma força que luta contra o racismo e o machismo.

Ainda, a autora convida o leitor a não se silenciar e a superar seus medos. Ademais, a obra analisa diversos tópicos, como imperialismo, violência contra a mulher, feminismo negro e outros

Tema Interseccionalidade
Autor Audre Lorde
Lançamento 02/12/2019
Páginas 240
Versão Física e Digital
Dimensões 16 x 1,2 x 23 cm
9

Problemas de Gênero - Judith Butler

O que é a identidade para o movimento feminista


A obra “Problemas de gênero” foi lançada em 1990 nos Estados Unidos e fundou a Teoria Queer. Trata-se de um livro acadêmico, complexo e com palavras mais rebuscadas, então, se você é um leitor iniciante, não comece por essa obra. Judith Butler vai criticar nesse livro a identidade fundamentada pelo movimento feminista.

Ela questiona sobre o que é ser homem e mulher e o que torna um homem um homem e uma mulher uma mulher. A autora problematiza a questão do sexo, ela é contra a ideia de o sexo ser natural e o gênero ser uma construção social. Para a escritora, o sexo também pode ser construído socialmente.

Judith Butler é uma autora americana, uma filósofa pós-estruturalista, pesquisadora das teorias contemporâneas sobre o feminismo, da Teoria Queer, da filosofia política e da ética. A escritora também leciona no Departamento de Literatura Comparada e Retórica na Universidade da Califórnia. 

Tema Interseccionalidade
Autor Judith Butler
Lançamento 15/04/2003
Páginas 288
Versão Física e Digital
Dimensões 20,8 x 13,4 x 1,8 cm
8

Feminismo para os 99% Capa Comum - Cinzia Arruzza

Um feminismo para todas as mulheres


A obra foca em questões não mencionadas antes pelo feminismo, como moradia inacessível, baixos salários, saúde pública, mudanças climáticas e outras. Mesmo essas temáticas não tendo sido relevadas pelos movimentos feministas passados, o livro coloca em evidência que a maioria das mulheres é afetada por essas problemáticas.

Pensando nisso, Cinzia Arruzza, Tithi Bhattacharya e Nancy Fraser compõem um manifesto que destaca um feminismo anticapitalista, antirracista e antiLGBTfóbico.  O feminismo em destaque nesse livro não foca apenas nas mulheres mais privilegiadas na sociedade, mas se trata de um manifesto que engloba as mulheres do mundo todo e de todas as classes.

Ele foi lançado em 2019 em países, como Itália, França, Espanha, Estados Unidos, Inglaterra, Argentina e Suécia. A versão da obra brasileira conta com a participação de Talíria Petrone, deputada e feminista negra, como também de Joênia Wapichana, primeira indígena deputada federal.

Tema Interseccionalidade
Autor Cinzia Arruzza
Lançamento 08/03/2019
Páginas 128
Versão Física e Digital
Dimensões 22,8 x 15,4 x 0,8 cm
7

Os Homens Explicam Tudo para Mim - Rebecca Solnit

Por que os homens acham que sabem mais? 


Rebecca Solnit, em seu ensaio, discute sobre os direitos das mulheres de uma forma divertida, contando inicialmente um episódio cômico em que um homem lhe indicava um livro, mas não a deixava dizer que a obra tinha sido escrita por ela. Assim, ela traz o termo “mansplaining”, que se trata de um fenômeno no qual os homens pensam ter conhecimento sobre qualquer tema mais do que as mulheres.

Solnit manifesta contra a violência feminina, que gera silenciamento, agressões físicas e morte, por meio de seus ensaios de humor ácido, enraivecidos e poéticos. A autora problematiza uma sociedade patriarcal que não enxerga seus problemas mediante uma bela e provocadora prosa.

Tal livro é uma ótima recomendação aos leitores iniciantes que procuram obras mais leves a respeito do feminismo, já que a autora aborda as questões feministas de maneira bem-humorada. Os sete ensaios da composição mais parecem uma conversa informal.

Tema Patriarcado e Violência de gênero
Autor Rebecca Solnit
Lançamento 20/07/2017
Páginas 208
Versão Física e Digital
Dimensões 18,8 x 13,8 x 1,2 cm
6

Mulheres, Raça e Classe - Angela Davis

A relação entre a escravidão e o encarceramento 


A obra de Angela Davis argumenta sobre a escravidão e as suas consequências, sobre a desumanização da mulher negra, sobre a impossibilidade do pensamento de um projeto de nação que não releve a centralidade racial, pois a ideia da escravatura fundou-se no racismo. Além disso, a autora traz em seu livro a temática do abolicionismo penal e do encarceramento em massa da população negra.

A escritora também debate de forma profunda a respeito das opressões que compõem a sociedade. O livro foca no sistema de contratação de pessoas encarceradas nos Estados Unidos, que permitia também, na época da escravidão, ceder homens e mulheres para trabalharem, criando uma relação direta entre escravidão e encarceramento a fim de gerar um controle social.  

Ademais, ele discute sobre as intersecções entre raça, gênero e classe, mostrando o quão importante é perceber as relações existentes entre essas categorias, que são mútuas e que se cruzam. 

Tema Feminismo negro
Autor Angela Davis
Lançamento 31/12/2016
Páginas 248
Versão Física e Digital
Dimensões 22,6 x 15,8 x 1,6 cm
5

Quem Tem Medo do Feminismo Negro? - Djamila Ribeiro

O orgulho de ser mulher negra


A obra “Quem Tem Medo do Feminismo Negro?” trata-se de um ensaio autobiográfico junto a artigos publicados pela autora na revista Carta Capital. A escritora utiliza a obra para recuperar sua infância e adolescência marcadas pelo silenciamento, pelo apagamento de sua personalidade e pela discriminação.

A autora também discute sobre o orgulho negro, sobre reconhecer suas raízes e não querer se manter mais invisível. O livro traz situações cotidianas, tocando em temas relacionados à intolerância religiosa de religiões de origem africana e ao preconceito que celebridades negras sofrem.

Djamila Ribeiro também fala sobre o empoderamento feminino e interseccionalidade. Por ser uma autobiografia e ter apenas 120 páginas, esse livro é ótimo para quem deseja se educar sobre o feminismo, mas não tem o costume de ler, pois o texto é bem envolvente e curto

Tema Feminismo negro
Autor Djamila Ribeiro
Lançamento 08/06/2018
Páginas 120
Versão Física e Digital
Dimensões 20,8 x 13,8 x 1,4 cm
4

Para Educar Crianças Feministas - Chimamanda Ngozi Adichie

Como ensinar seu filho sobre o feminismo 


Esse livro é para as mães feministas que desejam criar seus filhos sobre igualdade de gênero, trazendo quinze sugestões como um manifesto. A obra é escrita como uma carta de Chimamanda Ngozi Adichie para uma amiga que era mãe recente de uma menina.

O que pode ser um gênero ótimo para adolescentes que também desejam se iniciar nesse assunto, pois a linguagem da obra é mais informal. O livro também pode ser uma boa opção para as mães de meninos, pois traz conselhos sobre como fornecer uma educação que propague a igualdade de todas as crianças.

Ele mostra já no começo o quão é importante o equilíbrio da distribuição de tarefas entre o pai e a mãe. A obra de Adichie evidencia o quanto a sociedade precisa evoluir para ser mais justa. Além disso, por ser livro de bolso, você pode levar para qualquer lugar devido ao seu tamanho menor. 

Tema Empoderamento feminino
Autor Chimamanda Ngozi Adichie
Lançamento 24/02/2017
Páginas 96
Versão Física e Digital
Dimensões 16 x 10,8 x 1 cm
3

O Feminismo é para Todo Mundo - Bell Hooks

Um feminismo para um mundo melhor


Bell Hooks, uma importante feminista negra, eleita uma das principais intelectuais americanas pela revista Atlantic Monthly, expõe nessa obra a natureza do feminismo e o fato dele ter que ser contra o sexismo, a exploração sexista e outras formas de opressão. Com uma linguagem clara e direta, a autora mostra aos leitores como o feminismo pode tornar o mundo melhor.

Saiba que, se você é um homem procurando ler temas feministas, a autora acredita que todos devem se educar sobre o feminismo, sendo mulheres, homens, crianças, jovens ou adultos e pessoas de todos os gêneros. A escritora acredita em uma sociedade mais justa por meio do feminismo.

Os outros temas da obra abordados estão relacionados à educação feminista para formação de uma consciência crítica, à masculinidade feminista, ao casamento e companheirismos que são libertadores, entre outros tópicos. 

Tema Empoderamento feminino
Autor Bell Hooks
Lançamento 03/09/2018
Páginas 175
Versão Física e Digital
Dimensões 20,6 x 13,6 x 1,2 cm
2

O Conto da Aia - Margaret Atwood

Medo do que será do futuro


O conto da Aia é uma distopia, que fala sobre uma república no futuro em que não há mais meios para adquirir conhecimento, como livros e universidades. Nesse cenário, mulheres são as maiores vítimas de um país teocrático e patriarcal. Elas não têm direitos na república de Gilead e cada uma possui uma função específica.

A protagonista, Offred, que é uma aia, tem somente a função de procriar, pois só algumas mulheres poderiam engravidar, porém, mesmo sendo poucas mulheres a fazerem isso, elas ainda têm seus direitos negados. A obra de Margaret Atwood é uma boa opção aos adolescentes, já que se trata de uma narração e também uma distopia, tema de bastante interesse desse público.

O livro também pode ser recomendado às mulheres que desejam começar a se educar sobre o feminismo e não tenham o hábito da leitura, porque, por ser uma narração, a história é mais envolvente

Tema Patriarcado e Violência de gênero
Autor Margaret Atwood
Lançamento 07/06/2017
Páginas 368
Versão Física e Digital
Dimensões 21 x 14 x 2 cm
1

O Mito da Beleza - Naomi Wolf

Libertando-se do padrão propagado pela indústria da beleza


A obra de Naomi Wolf com certeza é uma ótima recomendação para todas as mulheres, sejam feministas ou não, já que ela problematiza o padrão de beleza propagado pela cultura patriarcal e pela indústria da beleza.

Assim, esse livro pode ser uma alternativa para as mulheres que desejam se libertar das amarras desse padrão a fim de se sentirem bem consigo mesmas. Wolf toca em assuntos complexos, como problemas alimentares e mentais, assim como discute o desenvolvimento da indústria da cirurgia plástica e da pornografia.

A nova edição do livro conta com uma apresentação da autora que contextualiza sua composição para os dias de hoje, pois a obra ficou décadas em falta nas livrarias do Brasil.  Apesar de ser um livro recomendado a todas as mulheres, ele é extenso, contendo 490 páginas, então pode ser mais interessante às leitoras frequentes.


Tema Empoderamento feminino
Autor Naomi Wolf
Lançamento 07/06/2018
Páginas 490
Versão Física e Digital
Dimensões 22,6 x 15,6 x 2,8 cm

Outras informações sobre livros feministas

Depois de ler a respeito de como escolher o melhor livro feminista e ver nossas indicações de obras, você ainda pode acompanhar mais algumas curiosidades, que separamos sobre a temática de livros sobre o feminismo a seguir.

O que é um livro feminista?

Livros empilhados, uma xícara e alguns lápis sobre a mesa

Para saber o que é um livro feminista, é importante entender o que é feminismo, movimento que ganhou força no século XIX na Inglaterra e no início do século XX nos Estados Unidos. Ele tinha como foco a luta pela igualdade de direitos entre homens e mulheres.

Com o tempo, foi buscando também discutir sobre os direitos de mulheres negras, questões relacionadas ao gênero e ao sexo e os direitos de mulheres de baixa renda. Assim, o livro feminista aborda todas as temáticas colocadas em debate pelo feminismo e que tem como autoras mulheres revolucionárias de seu contexto social.

Por que ler um livro feminista?

Mulher lendo um livro e alguns livros sobre a mesa

Se você é um leitor que gosta de uma sociedade justa e igualitária, busca se inteirar sobre temas políticos e polêmicos, não se contenta com sua condição, esse será um bom motivo para ler livros feministas, que discutem sobre a igualdade entre os gêneros, sobre o padrão de beleza propagado pela indústria da beleza e que incluem mulheres negras e de baixa renda em suas lutas.

Mesmo que você não se considere feminista, ao ler livros dessa temática e se educar sobre seus conceitos, terá uma visão ampla sobre seus direitos e se sentirá motivada a revolucionar seu contexto.

Escolha um destes melhores livros feministas para conhecer o movimento!

Mulher sorridente lendo um livro

Nesse artigo, você pôde conhecer as dicas para comprar bons livros feministas, descobriu que as autoras se aprofundam em temas específicos e é necessário escolher a temática pela qual deseja iniciar sua educação sobre o feminismo, pois ele não se limita a discorrer sobre o patriarcado e a igualdade de direitos entre os gêneros.

Ainda, ao decorrer do artigo, recebeu indicações dos melhores livros feministas. Se você é um leitor iniciante que resolveu começar a ler temáticas do feminismo, escolha livros com menos páginas, biografias ou narrativas, como “Quem Tem Medo do Feminismo Negro?”.

Para quem ler constantemente e gosta dessa temática, a obra “Problemas de Gênero” de Judith Butler é acadêmica e rebuscada. Caso tenha ideias revolucionárias relacionadas ao seu contexto e luta por seus direitos, fica o convite para ler a literatura feminista.

Autor deste artigo

Eu sou estudante de Letras pela Universidade de Brasília, professora de língua portuguesa e pesquisadora na área da literatura juvenil. Gosto de escrever sobre tudo, mas especialmente sobre livros, filmes e lazer.

Palavras-chave relacionadas


Livros

Artigos relacionados


Os 10 Melhores Livros de Contos de 2022: Machado de Assis, Lygia Fagundes Telles e mais!

Os 10 Melhores Livros de Contos de 2022: Machado de Assis, Lygia Fagundes Telles e mais!

Pensando em ler mais contos, mas não sabe como escolher? Confira aqui nossas dicas de escolha e uma lista com os 10 melhores livros e boxes da atualidade!


Os 10 Melhores Livros de PNL de 2022: de Steve Allen, Tony Robbins e muito mais!

Os 10 Melhores Livros de PNL de 2022: de Steve Allen, Tony Robbins e muito mais!

Quer conhecer mais sobre as técnicas e teoria de PNL? Então aprenda a como escolher o melhor livro de PNL e confira o nosso ranking com os 10 melhores livros!


Os 10 Melhores Livros Cristãos de 2022: Jhon Bunyan, Joyce Meyer e mais!

Os 10 Melhores Livros Cristãos de 2022: Jhon Bunyan, Joyce Meyer e mais!

Veja neste artigo como escolher o melhor livro cristão para você, além de um ranking com as edições mais populares do mercado, os preços e onde comprar!


Os 10 Melhores Livros de Terror em 2022: Stephen King, Edgar Allan Poe e mais!

Os 10 Melhores Livros de Terror em 2022: Stephen King, Edgar Allan Poe e mais!

Leia este artigo e veja nossa tabela sobre os 10 melhores livros de terror de 2022. Tire suas dúvidas e saiba como escolher a melhor para o seu gosto literário!


Os 10 Melhores Livros Sobre Investimentos em 2022: Décio Bazin, Mary Buffett e muito mais!

Os 10 Melhores Livros Sobre Investimentos em 2022: Décio Bazin, Mary Buffett e muito mais!

Sente que ainda tem muito a aprender sobre investimento? Confira nossas dicas de como escolher um livro do tema e as 10 melhores opções para adquirir hoje!


Últimos posts


Moto E20 é bom? Veja a ficha técnica, avaliações e muito mais!

Moto E20 é bom? Veja a ficha técnica, avaliações e muito mais!

Para saber mais sobre o Moto E20, confira no artigo de hoje as especificações técnicas, avaliações, vantagens, desvantagens e muito mais. Confira!


As 10 Melhores Cadeiras Ergonômicas de 2022: Thunder X3, Roxtor e mais!

As 10 Melhores Cadeiras Ergonômicas de 2022: Thunder X3, Roxtor e mais!

Precisando de uma cadeira ergonômica para o seu home office, mas não sabe qual comprar? Veja neste artigo as 10 melhores cadeiras de 2022 e como escolher a sua!


Linha Moto E é boa? Lista com os 8 melhores modelos de 2022!

Linha Moto E é boa? Lista com os 8 melhores modelos de 2022!

Em dúvida sobre qual aparelho Motorola adquirir? Neste artigo, apresentamos os 8 melhores modelos da Linha Moto E, como escolher o ideal e onde comprar!


As 10 Melhores Tintas a Óleo para Tela De 2022: Gato Preto, Lefranc & Bourgeois E Muito Mais!

As 10 Melhores Tintas a Óleo para Tela De 2022: Gato Preto, Lefranc & Bourgeois E Muito Mais!

Confira agora um ranking contendo as 10 melhores tintas a óleo para tela do mercado em 2022. Saiba também como escolher a melhor opção do produto para você!


Os 10 Melhores Guarda-sóis de 2022: Mor, Belfix e muito mais!

Os 10 Melhores Guarda-sóis de 2022: Mor, Belfix e muito mais!

Quer tomar sol com toda segurança? Veja neste artigo dicas de como escolher o guarda-sol ideal e um ranking com as 10 melhores opções do mercado!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Treinos Alimentação Celulares