Suculentas que gostam de sol: descubra quais espécies e mais!

Suculentas que gostam de sol: descubra quais espécies e mais!

Quer uma suculenta na parte ensolarada da casa? Veja quais espécies pendentes e com flores gostam de sol, e como cultivá-las.


Conheça as espécies de suculentas que gostam de sol!

Suculenta em vaso iluminada pelo sol

As suculentas são plantas ornamentais que facilmente tornam qualquer ambiente atraente, sendo sua origem as regiões desérticas da África e América. Essas plantas se tornaram muito populares nos últimos anos, por isso agora é fácil encontrar suas variações, que são muitas, aqui no Brasil.

As suculentas são plantas resistentes e que têm grande capacidade de absorver e armazenar água nas folhas, caules, troncos e raízes, por isso são espécies ideais para o cultivo doméstico, trazendo a natureza para dentro de casa ou escritório de forma simples.

No entanto, as suas diferentes variações às vezes exigem cuidados diferenciados e isso pode gerar alguma dúvida em quem deseja adquirir uma. Então, se você tem um cantinho ensolarado em sua casa ou jardim e procura suculentas que não só resistam ao mas que também se deem muito bem com ele, está no lugar certo! Confira a seguir espécies de suculentas para esse fim e dicas de cultivo.

Confira 10 suculentas que gostam do sol

Apesar de todas as plantas precisarem de sol para crescerem saudáveis, nem todas se dão bem com a iluminação direta e sol pleno, por isso selecionamos para você dez espécies de suculentas que vivem felizes e viçosas no sol, veja a seguir quais são elas:

Graptopetalumn

Suculenta Graptopetalumn ao sol

O Graptopetalumn é um gênero da família Crassulaceae das suculentas e seu nome significa, em grego, "Pétalas pintadas", já que conforme a exposição ao sol ela apresenta coloração rosácea azulada, podendo ir até ao vermelho vivo, passando por cores como o roxo ou verde pálido.

Essa espécie é frágil, suas folhas se soltam com bastante facilidade (o que até ajuda na sua propagação, já que também enraízam com facilidade), mas em contrapartida é muito resistente a temperaturas extremas de calor e frio. Cresce em espiral, propagando-se por vezes numa área superior a 60cm², acomodando-se também em vasos ou estruturas suspensas.

Graptoveria

Várias suculentas Graptoveria

O Graptoveria é o gênero de suculentas híbridas entre Graptopetalum x Echeveria, também da família das Crassulaceaes e com cerca de 15 espécies conhecidas. Por serem híbridas, apresentam as mesmas características dos gêneros que a deram origem: se propagam por folhas caídas como as Graptopetalum, e formam rosetas como as Echeveria, com sua roseta farta, compacta e surpreendentemente simétrica, de colorido suave e delicadas nuances prateadas.

A suculenta Graptoveria é popularmente conhecida por Silver Star e, embora possa ser cultivada dentro de casas e apartamentos, fica mais bonita e colorida em ambientes externos e jardins, ou seja, em lugares bem ensolarados, pois gostam de receber a luz solar direta por várias horas ao dia.

Crassula ovata gollum

Suculenta Crassula ovata gollum

A Crassula ovata gollum pertence à família Crassulaceae, apresenta resistência e adaptabilidade em ambientes tanto internos como externos e quando cultivada sob muito sol produz belíssimas florações brancas ou rosadas.

Popularmente conhecida como orelha de Shrek, devido ao tom verde intenso e brilhante de suas folhas e extremidades achatadas marcadas por uma concavidade, seus com galhos podem atingir até 80 cm de altura. Para propagar essa espécie, basta cortar pequenas porções do tronco e fincar no solo que o resto ela faz sozinha, se multiplicando com estacas do mesmo modo que qualquer suculenta, desde que bem cuidada.

Agave

Várias agaves sob o sol direto

As Agaves possuem folhas em formato de espadas longas, características bem marcadas dessa variedade de suculenta, são fibrosas e possuem muitas variações. A Attenuata, agave-dragão ou ainda, como é mais conhecida, pescoço-de-cisne se adaptou com grande facilidade aos diversos climas brasileiros e aceita bem esse condicionamento, tanto em vasos quanto no solo.

É uma suculenta de crescimento lento que tem folhas grandes com margens pontiagudas e algumas flores em forma de sino e de longa duração nas cores branca, amarela e verde. Elas também são de baixa manutenção e muito adaptáveis, o que as torna adequados para serem cultivadas em diferentes locais, sempre acrescentando vida à decoração do ambiente.

Aloe

Suculenta Aloe em vaso na janela com sol

A Aloe pertence à família Aloaceae, apresenta-se sob a forma de rosáceas de folhas carnudas, com dimensão e tamanho que variam de acordo com a espécie, podendo ir de apenas 5 cm de altura a até 9 ou 10 metros. Ela se adapta super bem dentro de casa e as espécies menores são perfeitas para terrários abertos ou arranjos de suculentas.

Quando expostas ao sol florescem bastante, suas hastes florais são bem longas e geram pequenas flores. As inflorescências são ramos que possuem flores dispostas de maneira diversificada e têm uma grande variedade conforme a espécie, com cores que vão do amarelo ao vermelho, passando por tons de laranja.

Aeoniums

Suculenta Aeoniums

O Aeoniums é um género que pertencente à família Crassulaceae, apresentando hastes longas, com grandes rosetas de folhas dispostas nas extremidades. As hastes lenhosas se ramificam livremente em diferentes pontos enquanto as hastes finas tendem a cair devido ao peso das rosetas. Possui folhas de 5-9 cm de comprimento, arredondadas, firmes e com cores verde ou marrom-roxo.

As inflorescências ocorrem em grandes cachos cônicos que emergem do centro das rosetas, ela preferencialmente deve ser cultivada a pleno sol em ambientes externos e jardins, mas se adapta também à meia sombra.

Euphorbia tirucalli

Suculenta Euphorbia tirucalli

A Euphorbia tirucalli é uma suculenta da família Euphorbiaceae, apresenta ramos cilíndricos e verdes, que sob sol forte adquirem belas tonalidades alaranjadas e avermelhadas. As folhas são esparsas e até mesmo ausentes, diminutas, e surgem nas extremidades dos ramos jovens, já as inflorescências em cimas terminais, formando racemos apertados e flores ou ciátios terminais, pequenos e de pouca importância ornamental.

Essa suculenta é mais conhecida por avelós/aveloz, é um arbusto ou arvoreta e tem um aspecto único e decorativo, uma escolha excelente para jardins de inspiração desértica ou rochosos e deve ser cultivada sob sol pleno, pois tem sensibilidade para baixas temperaturas.

Sedums

Suculenta Sedums volumosa

O Sedums é um gênero da família Crassulaceae e se propaga horizontalmente, esparramando-se sobre a superfície do solo, produzindo flores pequenas e discretas em forma de estrelas, que se assemelham a pequenas margaridas. Essa suculenta é tradicionalmente utilizada como vegetação ornamental em jardins residenciais, comerciais e vasos, sendo extremamente resistente, necessitando de solos bem drenados e pouquíssima água para sobreviver.

A sua floração costuma ocorrer durante os meses mais quentes do ano, tipicamente no início do verão, portanto recomenda-se que seja cultivada em um ambiente com bastante luminosidade. Apesar disso, também sobrevive na condição de meia sombra, com bastante luz indireta, sendo uma espécie adaptada à vida em solos rochosos e arenosos.

Crassula ovata

Suculenta Crassula ovata ao sol

A Crassula ovata pertencente à família Crassulaceae, sendo uma suculenta com galhos e carnudas folhas verde escuro, belíssimo tom de verde que nos remete à cor da jade ou da esmeralda. As folhas crescem alternadas e quando expostas ao sol pleno as ficam com as bordas avermelhadas.

Ela é conhecida por planta jade, planta do dinheiro, árvore da amizade ou bálsamo de jardim e preferencialmente deve ser cultivada sob sol pleno, ao ar livre, pois quanto mais luz recebe, mais claras tornam-se suas folhas. Ainda assim, se adapta bem em interiores, dentro de casas, apartamentos e escritórios, sendo uma planta tão resistente que é comum ser passada de geração para geração.

Haworthia fasciata

Suculenta Haworthia fasciata

O Haworthia fasciata é um gênero da família Asparagaceae, de espécies também conhecidas popularmente por planta-zebra/cacto zebra. Tem baixo crescimento, atingindo uma altura entre 12-24 centímetros; as rosetas surgem da base e suas folhas eretas e multifacetadas tem estrias de tubérculos brancos na superfície exterior verde, o que lhe confere o efeito Zebra.

As flores aparecem no verão, caracterizadas por serem minúsculas, tubulares e rosas ou brancas, surgindo numa inflorescência. Essa é considerada uma espécie rara, podendo ser cultivada ao sol pleno mas também se adaptando a ambientes internos, com sombra.

Quais suculentas floridas gostam de sol?

Apesar de as suculentas já serem um espetáculo só com suas folhas, muitas delas possuem também belíssimas flores, inclusive suculentas que gostam de sol. Confira abaixo algumas espécies floridas para plantar sob sol pleno.

Lampranthus

Suculenta Lampranthus com flores rosa

O Lampranthus é um gênero da família Aizoaceae, também conhecido por Cacto-margarida, é uma planta rasteira e muito florífera, medindo entre 15 e 20cm de altura. Suas folhagens e flores de cor róseas são bastante decorativas.

É uma suculenta versátil, podendo ser utilizada como forração, canteiros, maciços, bordaduras e em vasos, inclusive em vasos suspensos, em que ela fica pendente e deve ser cultivada a pleno sol, pois é muito sensível às baixas temperaturas.

Ela possui um ciclo de vida longo, o florescimento leva cerca de 2 anos para acontecer, mas em contrapartida quando acontecer vai fazer com que você tenha flores, folhas e frutos brotando durante todo o ano no seu jardim, desde que cultivada sob a luz direta do sol.

Pachyphytum

Flor de suculenta Pachyphytum

O Pachyphytum é um gênero que pertencente à família Crassulaceae, de espécie muito conhecida por planta-diamante ou suculenta diamante, pois suas folhas são multifacetadas como se tivessem sido lapidadas como uma pedra preciosa. As folhas crescem em rosetas e têm formatos desde o arredondado ao cilíndrico, com cores que variam do verde claro ao acinzentado, pontas avermelhadas ou mais verdes e alongadas sob meia sombra.

Quanto mais luminosidade a planta receber, melhor será a sua aparência, não suportando climas mais frios. É uma belíssima planta que não pode faltar na coleção dos aficionados por suculentas, por seu aspecto precioso e facilidade de cultivo. Como são extremamente ornamentais, podem ser arranjadas de inúmeras maneiras, seja compondo um ambiente com várias espécies ou sozinha no vaso.

Kalanchoe

Três suculentas Kalanchoe com flores rosa, vermelho e laranja

O Kalanchoe é da família Crassulaceae e sua origem é africana, sendo conhecido como flor-da-fortuna e atingindo em média entre 20 e 30cm. Necessita de um clima quente e úmido para se desenvolver de maneira satisfatória e é normalmente muito utilizado para fazer bordaduras coloridas nos canteiros, compor jardineiras e como forração no jardim vertical.

O colorido dessa suculenta transforma o quintal e qualquer ambiente em alegre e cheio de vida, mas para isso é preciso que tenha bastante luminosidade. Essa suculenta também possui alta capacidade de se propagar através de reprodução por brotos que nascem nas folhas.

Suculentas pendentes que gostam de sol

Diferente das demais suculentas e da maioria das plantas, que crescem em direção ao sol (ou seja, para cima), as suculentas pendentes fazem o contrário: ao invés de subir elas crescem caindo, ficando penduradas nos vasos. Isso acontece devido aos caules que não suportam o peso delas e um dos benefícios é que são fáceis de cultivar.

São elas que vemos naqueles canteiros que parecem estar derramando como uma cascata e se você quer ter um assim, precisa de suculentas pendentes de sol. Veja abaixo duas sugestões:

Senecio rowleyanus

Várias mudas de Senecio rowleyanus com as folhas pendendo pelos lados

A Senecio rowleyanus é conhecida popularmente como rosário ou colar de pérolas e é uma espécie de planta suculenta pertencente à família Asteraceae. Suas hastes podem atingir mais de 1 metro de comprimento, com suas folhas esféricas e verdes que remetem a colares de pérolas.

Muito diferentes da maioria das suculentas, a colar-de-pérolas necessita de rega com uma certa frequência, sendo importante manter o solo úmido. Ela deve cultivada sob sol pleno, mas protegidas durante as horas mais quentes do dia, se adaptando também à meia-sombra e sob iluminação indireta. Além disso, essa espécie se multiplica facilmente.

Sedum morganianum

Suculenta Sedum morganianum com flores pendendo pelas laterais do vaso

O Sedum morganianum é um gênero também da família Crassulaceae, de aparência exótica, que recebe vários apelidos curiosos, tais como dedo/dedinho de moça. Possui hastes longas que atingem mais de 1m de comprimento e folhas suculentas em forma de vírgula que ficam dispostas ao redor das hastes, com belo efeito ornamental. Produz flores pequenas avermelhadas que surgem esporadicamente.

É bastante resistente, crescendo e propagando-se muito rapidamente, mas sua estrutura vegetativa é bem frágil, portanto bastante cuidado para manuseá-la. Ela pode ser cultivada em vasos de plástico ou de barro sem maiores problemas e, independente de qualquer coisa, cresce e se desenvolve rápido, atingindo grandes proporções. A planta deve sempre estar em contato com a luz do sol direta.

Como cultivar suculentas

Pessoa cuidando e plantas suculentas, ferramentas, vasos e substrato sobre a mesa

Suculentas são plantas fáceis de cultivar e de maneira geral têm grande capacidade de armazenar água em suas folhas, sendo versáteis, resistentes e capazes de enfeitar tanto o interior da casa quanto o jardim. Essencialmente, deixe-a exposta pelo menos quatro horas diárias ao sol, esse é o fator mais importante para o florescimento, já que o habitat natural delas possui bastante luminosidade.

Porém, existem alguns outros cuidados que podem ajudar bastante no cultivo saudável de suas suculentas e é deles que vamos tratar a seguir, confira!

Solo e rega

O recomendando é regá-las uma vez por semana no verão e a cada 15 dias no inverno, mas se perceber que estão murchando aumente gradativamente a quantidade de água, já se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua.

Lembre-se de observar as peculiaridades da sua suculenta, se está pendurada, no jardim ou em vasos, se for este último caso, nunca deixe um prato embaixo, pois elas não suportam tanto umidade e irão apodrecer nas raízes, ok?

Quanto ao solo, você pode pode misturar a terra/substrato para mudas com areia comum - pode ser qualquer tipo de areia, grossa, fina ou até de construção, com exceção da areia da praia, pois o PH dela é alcalino - e tentar mantê-lo sempre aerado, sem deixar encharcar.

Pedrinhas brancas decorativas

É muito comum ver pedrinhas brancas decorativas nos vasos das suculentas, porém não fazem muito bem para as plantas quando molhadas, pois liberam um pó que vai matando a planta aos poucos. Para decoração, substitua as pedras por coberturas naturais, como cascas de pinus.

Já o uso ideal para as pedrinhas é colocá-las no fundo do vaso para auxiliar na drenagem da água e assim manter os substratos mais secos já que, pelo fato de as suculentas terem origem desértica, elas preferem solo bem leve, poroso e drenável.

Adubos que sua suculenta vai adorar

Por fim, outro fator importante é que as suculentas precisam de mais cálcio, nutriente encontrado na farinha de osso, no húmus de minhoca e na casca dos ovos. Se você procura uma opção comprada, pode também usar o adubo NPK balanceado (tipo 8-8-8, por exemplo). Com isso, você deixará as folhagens da suculenta bonita, as flores mais vivas e sua planta saudável por muito mais tempo.

Cultive e decore a casa com as suculentas que gostam de sol!

Suculenta verde com pontas avermelhadas ao sol

Como mostramos nesse artigo, as suculentas são bonitas e fáceis de serem cultivadas, além de serem encontradas em vários formatos e ficarem bem na maioria dos ambientes, pois seus aspectos ornamentais deixam qualquer ambiente atraente. Então, se você tem um espaço com sol precisando de umas plantinhas, já sabe quais suculentas são ideais para ele.

Esperamos que você tenha gostado das dicas e que as utilize para cultivar essas suculentas, seja na sua casa, apartamento ou escritório, proporcionando assim mais cores ao seu ambiente ensolarado.

Autor deste artigo

Sempre gostei de leitura tanto quanto de escrever, a comunicação é uma habilidade pra mim, e através dela consigo transmitir informações, idéias, dicas...

Últimos posts


Os 16 Melhores Presentes para Amigo Secreto de 2022: Mochila, livros e muito mais!

Os 16 Melhores Presentes para Amigo Secreto de 2022: Mochila, livros e muito mais!

Quer surpreender com o melhor presente para amigo secreto? Veja neste artigo dicas de como escolher o ideal e um ranking com as 16 melhores opções do mercado!


As 10 Melhores Máquinas de Estampar Camisetas de 2022: Pelegrin, Sun Special e muito mais!

As 10 Melhores Máquinas de Estampar Camisetas de 2022: Pelegrin, Sun Special e muito mais!

Em dúvida sobre qual é a melhor máquina de estampar camisetas? Veja dicas de como escolher a máquina ideal e uma seleção com os 10 melhores modelos de 2022!


Os 10 Melhores Fones com Cancelamento de Ruído: Soundcore, JBL e mais!

Os 10 Melhores Fones com Cancelamento de Ruído: Soundcore, JBL e mais!

Procurando um fone com cancelamento de ruído? Confira nosso artigo com as melhores dicas de como escolher o seu e os 10 melhores modelos disponíveis!


Os 10 iPhones com Melhores Câmeras em 2022: iPhone 13 Pro, iPhone SE e mais!

Os 10 iPhones com Melhores Câmeras em 2022: iPhone 13 Pro, iPhone SE e mais!

Quer a qualidade Apple para registrar momentos incríveis? Neste artigo, apresentamos os 10 iPhones com melhores câmeras em 2022, como escolher e onde comprar!


Os 20 Melhores Notebooks de 2022: Samsung, Dell e mais!

Os 20 Melhores Notebooks de 2022: Samsung, Dell e mais!

Em dúvida sobre qual é o notebook ideal para o que você precisa? Veja os 20 melhores modelos de 2022 e dicas de como escolher a opção mais adequada ao seu uso!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Treinos Sapatos