Aprenda como fazer um terrário fechado, os tipos de plantas e mais!

Aprenda como fazer um terrário fechado, os tipos de plantas e mais!

Quer fazer um terrário fechado? Encontre nesse artigo dicas de manutenção, passo a passo para montar um e as plantas mais indicadas para o terrário!


O que é um terrário fechado e sua origem

Terrário fechado em jarro com fecho hermético

Terrários são, basicamente, jardins em miniatura contidos dentro de um recipiente que geralmente é feito de vidro. Sendo extremamente charmoso e belo, é uma opção bastante viável até para aqueles que têm dificuldade com plantio.

Dentro do recipiente, o terrário compõe um mini ecossistema onde a vida é sustentável sozinha, as plantas nascem, crescem, morrem e virão matéria orgânica que dará vida para novas plantas, e assim o ciclo se permanece. A seguir, conheça muito mais a respeito desse hobby que pode se tornar a paixão de sua vida e aprenda por onde começar.

Como fazer um terrário fechado

O terrário fechado é um ecossistema em miniatura, contido dentro de seu receptáculo e independente de influências externas. Por isso, montá-lo do jeito certo é crucial para garantir que todas as etapas do ciclo de vida das plantas ocorram e, assim, garantir a sustentabilidade do mini jardim. Abaixo você encontrará recomendações, dicas e instruções para fazer este belo micro habitat, confira!

Escolha um recipiente adequado

Vários recipientes de terrário fechado

Escolher o ambiente adequado é a primeira etapa e não deve ser levada com desleixo. Um bom recipiente garante um bom espaço para as plantas estenderem suas folhas e raízes, sendo importante também considerar o monitoramento interno.

Dê preferência para recipientes grossos de vidro, através dos quais você consiga observar as condições internas, e ainda considere o tamanho da boca do recipiente, priorizando os de boca larga que tenham boas dimensões de profundidade, largura e altura. Exemplos de recipientes ideais são aquários, sopeiras, luminárias e até garrafas.

Faça camadas de drenagem no fundo do recipiente

Solo de terrário fechado

Parte de bastante importância, tanto por motivos estéticos, compondo as camadas do terrário, quanto por motivos práticos, já que permite o bom escoamento de água, a camada de drenagem pode ser feita com cascalho, pedras, seixos, argila expandida ou até brita.

As pedras no fundo permitem que a umidade em excesso da terra escoe e fique canalizada entre as pedras, uma vez que a água em excesso pode fazer as plantas adoecerem, então o bom escoamento é essencial. Essas camadas ainda dão um ótimo visual ao terrário e são um aspecto bastante característico deles.

Adicione musgo e uma mistura de envasamento

musgo de terrário fechado

A camada de solo deve ser composta com uma boa e nutritiva mistura de envasamento, pois as plantinhas, uma vez fechadas dentro do terrário, se valerão bastante dos nutrientes contidos no solo. Depois, para a cobertura, pode-se usar musgo.

O musgo é uma ótima cobertura para a superfície do terrário porque, além de ser esteticamente similar à grama, o que dá um charme distinto ao micro ecossistema, o musgo também retém umidade ao mesmo tempo que permite uma boa drenagem do excesso.

Prepare seu terrário antes de plantar nele

Pessoa ajeitando plantas dentro de um pote hermético com auxílio de um palito

Para colocar as plantas dentro do terrário, é necessário tomar alguns cuidados. Começando com a higiene, é de extrema importância que você limpe bem o recipiente para prevenir o surgimento e proliferação de fungos e bactérias, para isso use água e sabão.

Depois, pode-se depositar carvão ativado pelas camadas do terrário, ele deve favorecer a produção de nutrientes e preservar melhor a fertilidade do solo. Ao montar a camada de terra, aperte levemente a fim de eliminar o ar contido nela, e por fim, antes de plantar, faça as pequenas covas destinadas às plantas.

Como regar seu terrário fechado

Regando terrário com uma seringa

Em um cenário ideal, o terrário não precisa mais de regas, mas desníveis podem acontecer ocasionalmente e, nesses momentos, é bom estar atento e tomar medidas para lidar com eles. Uma das coisas que pode acontecer é a falta de água dentro do ecossistema, nesse caso é necessário que você o abra e regue assim que perceber.

Se notar que falta água regularmente, a rega pode ser feita a cada 2 ou 3 meses, ou quando você perceber que os musgos na superfície estão ressecando. Para regar, use um pulverizador na função "jato" e pulverize água diretamente no solo ou musgo com uma seringa, nunca sobre as folhas.

Quanto tempo um terrário fechado dura?

Terrário fechado com plantas coloridas

Quando falamos do tempo de duração de um terrário, estamos entrando em um debate que ainda não está nem perto de apresentar resultados conclusivos. Isso se dá porque é extremamente difícil dar uma resposta conclusiva a essa pergunta, o tempo de vida do terrário é muito relativo, a única coisa certa é que, com os cuidados certos, o ecossistema se sustenta durante dezenas de anos a fio.

O terrário mais antigo que existe foi regado pela última vez no ano de 1972. Esse é o mais famoso experimento do ramo e foi realizado por David Latimer, que mantém sua planta viva dentro de um garrafão fechado.

Quais tipos de plantas usar em um terrário fechado?

A escolha das plantas é algo de extrema importância, cada uma delas deve ter uma função e desempenhar um papel dentro do ecossistema, gerando equilíbrio entre todos os processos e garantindo a sustentabilidade. Veja a seguir exemplos de plantas que você pode usar em seu cultivo:

Pilea

Planta pilea vista de cima

Pilea é um gênero da planta tropical Urticaceae, a urtiga, e seu tamanho pequeno faz dela uma planta bastante popular para o cultivo em terrários fechados. Além disso, essa planta possui grande necessidade de alta umidade e sua folhagem é elegante e combina perfeitamente com o ambiente do ecossistema fechado.

Sendo uma planta tropical, é grande a sua versatilidade quando se trata de condições de iluminação, e sua manutenção, quando necessária, é fácil. A pilea cresce até 15 centímetros de altura e suas belas folhas com padrões rajados oferecem beleza que se equipara, ou ainda supera, a beleza de flores - algo importante, já que as plantas dentro do terrário raramente florescem.

Musgos

Musgos ao sol

Os musgos fazem parte da classificação Briófitas, isto é, plantas que não possuem vasos condutores para transportar seiva. Já que não possuem essas estruturas, seu corpo tende a ter o menor tamanho possível, geralmente mal chegando a um centímetro de altura. Os musgos também não cultivam raízes e por isso sua principal forma de obtenção de água é através de suas folhas, que precisam de contato constante com umidade.

É extremamente comum encontrar musgos sendo usados como cobertura do solo em terrários fechados, já que eles prosperam em ambientes úmidos e não necessitam de espaço vertical para se proliferarem. Os musgos também quase não precisam de luminosidade, podendo tranquilamente ficar na sombra total gerada pelas outras plantas que o sobrepõem no terrário. Usar musgo também é comum pela estética que ele traz, similar a um gramado.

Peperomia

Pequena muda de peperomia

Peperomias são originárias da América Central e do Sul e em seu habitat natural elas crescem em madeira apodrecida, não chegando a tamanhos maiores que 30 centímetros de altura. Pequenas e compactas, o maior destaque das peperomias são suas folhas, que variam em tamanho, forma e padrão de cor, mas geralmente são carnudas, grossas e lisas. Para terrários, a espécie mais popular é a peperomia esmeralda, que cresce apenas de oito a quinze centrímetros de altura.

Planta nervosa

Pequena planta nervosa

Encontradas em florestas tropicais no Peru e na Colômbia, essas plantas são extremamente coloridas e desfrutam bastante de temperaturas elevadas, alta umidade e sombra parcial ou total. Essa planta ainda oferece algumas variações no mercado que foram feitas especificamente para o cultivo em terrários fechados.

A planta nervosa, também conhecida por fitônia, muitas vezes assume papel protagonista no meio do ecossistema por causa justamente da sua coloração intensa que mescla verde escuro com veios rosados ou avermelhados intensos.

Selaginella

Várias mudas pequenas de selaginellas

Selaginellas ou, como popularmente são chamados, musgos de espiga, não são realmente musgos, mas na prática funcionam de maneira similar: amantes da umidade, funcionam muito bem em conjunto com as outras plantas do terrário. Pequena, muito durável e disponível em uma ampla variedade de cores, padrões e texturas, a selanginella é uma ótima escolha para fazer composições com o próprio musgo.

Samambaia de botão de limão

Samambaia de botão de limão pequena em vaso

Samambaias são adequadas para ambientes quentes e úmidos e sua diversidade de tamanho vai desde espécimes com metros de altura até variedades pequenas, que cabem tranquilamente dentro de uma estufa em miniatura, como é o terrário fechado.

Em termos de quais variedades favorecer para a montagem do terrário, deve-se priorizar aquelas que crescem em ritmo lento e chegam à maturidade com estatura entre quinze e trinta centímetros. Cumprindo esses requisitos, a samambaia de botão de limão ganhou seu espaço como uma das mais populares para cultivo em terrários, por sua facilidade de cultivo e seu pequeno porte, que dá a ela uma aparência adorável.

Ela é o menor tipo de samambaia de Boston e suas folhas crescem margeando suas hastes. O crescimento da botão de limão pode ser controlado através de podas pontuais, que tanto controlarão o tamanho da planta quanto garantirão que ela não se torne indisciplinada e alongada.

Lágrimas de bebê

Lágrimas de bebê em grande quantidade

Outro familiar da urtiga, sendo nativo da região do mediterrâneo da Itália, as lágrimas de bebê são plantas que cobrem o solo, amam a umidade e vivem tranquilamente sob luz indireta. Suas folhas pequenas lhe conferem uma aparência delicada e podem vir desde esverdeadas brilhante até em uma coloração amarelada.

As lágrimas de bebê formam um belo e charmoso arranjo no terrário, mas uma ressalva é a grande e rápida capacidade de propagação dessa planta: ela é capaz de se reproduzir assexuadamente, portanto esteja ciente de que será necessário gerenciamento e poda para contê-la dentro do ecossistema do terrário.

Hera inglesa

Ramo de hera inglesa

A hera inglesa, ou hera comum, a princípio não parece um planta apropriada para o cultivo dentro de um terrário, mas graças a versão em miniatura é possível levar essa videira para dentro do recipiente, onde ela se tornará uma planta pequena de cultivo fácil, que absorve bastante calor e umidade.

A hera inglesa traz um ar familiar para o terrário fechado, já que possui uma aparência menos exótica do que os demais espécimes dentro do recipiente, e, além disso, costuma crescem bem vagarosamente, fato esse que praticamente descarta a necessidade de manutenção.

Figo rastejante

Figo rastejante crescendo em parede branca

Um pequeno ficus oriundo do leste da Ásia tropical, o figo rastejante se propaga em ambientes quentes e úmidos e cresce como uma densa cobertura no solo ou como uma trepadeira de raízes aéreas. Sendo bastante versátil, essa planta excreta uma cola de látex que permite que ela fique bem fixada em seus suportes aéreos.

Sua forma mais delicada traz um outro tipo de charme quando comparado com a hera inglesa de aparência mais agressiva. Caso você opte por obter os figos rastejantes, escolha espécimes que sejam encaracolados, já que a taxa de crescimento destes é mais lenta, e sua administração é melhor dentro de um ambiente contido como o terrário.

Pothos de ouro

Pothos de ouro volumoso

Comumente conhecida como pothos dourado ou ainda planta jiboia, esse espécime pode ser cultivado como trepadeira ou rastejante, suas folhas crescem de hastes individuais e têm formato de coração. Ela é bastante popular no meio do cultivo dentro de casa, já que sua resistência é tamanha que ela ganhou a alcunha de "indestrutível".

Dentro de um terrário fechado, a principal medida preventiva que você deverá tomar durante o cultivo é a poda constante para mantê-la regular. A pothos é extremamente versátil e pode aguentar uma grande variedade de condições de cultivo.

Planta confete

Mudinhas de planta confete rosa

A planta confete é a sua melhor opção para adicionar cores vibrantes no seu terrário, pois as folhas verdes vêm com padrões manchados de branco, rosa, roxo e vermelho tão intensos que fazem com que essa planta acenda em meio ao micro ecossistema.

Ao criá-las, pode-se verificar se os níveis de umidade, calor e luz estão suficientes através das próprias manchinhas - caso estejam enfraquecidas, é sinal de que a luz presente não é suficiente. Além disso, deve-se monitorar o crescimento da planta confete a fim de realizar podas pontuais para administrar o tamanho dela.

Planta aranha

Pequena planta aranha em vaso

Com longas e estreitas folhas verdes e brancas, a planta aranha é uma das melhores opções para um terrário fechado. Ela ama umidade e é fácil de cuidar, além de ser adaptável a uma grande diversidade de condições de crescimento.

Falando de iluminação ela tolera desde luz indireta até pouca iluminação e gosta de ser regada toda vez que seu solo estiver quase, mas não completamente, seco. Em termos de umidade ela consegue lidar com níveis altos, desde que o solo tenha boa drenagem e não permaneça encharcado.

A planta aranha possui diversas variações, dentre elas você pode priorizar para o plantio a versão Variegatum, justamente por causa de seu porte diminuto, que a torna ideal para o cultivo dentro de um ecossistema fechado como o terrário.

Mini phalaenopsis

Mini phalaenopsis rosa escuro

Se você busca beleza floral dentro do terrário, a melhor opção é a mini orquídea phalaenopsis: suas florações duram meses e elas preferem pouca luz e alta umidade. Em suma, elas são a escolha perfeita para um micro ecossistema como o terrário fechado.

As versões mini ainda possuem grande variedade de cores para sua escolha e seu cultivo é notavelmente fácil, a única ressalva que pode ser feita é evitar regas excessivas, já que isso pode encharcar a planta e prejudicá-la.

Decore sua casa com um terrário fechado!

Cinco potes em diferentes tamanhos sendo usados para terrário fechado

O terrário fechado é uma prática que vem ganhando cada vez mais espaço, reconhecimento e popularidade. Aqueles que o veem ficam deslumbrados com sua característica mágica, comparando-os até com florestas em miniatura - pense nos resultados disso em sua casa, o quão surpresas ficarão as visitas?

O charme dessa maneira de cultivo faz do terrário fechado um ótimo meio de trazer para dentro de sua casa mais vida e mais verde, de uma maneira completamente contida e sem os problemas comuns trazidos por um jardim.

Gostou da ideia? Aproveite todas essas dicas e comece a montar seu próprio terrário fechado, seja para presentear alguém importante ou para trazer essa parcela da natureza para dentro de sua casa!

Autor deste artigo

Desenvolvedor de Jogos, Mestre de RPG e músico. Sempre fui apaixonado por toda forma de expressão artística, hoje trabalho para dar vida a universos fantásticos através de minhas palavras.

Últimos posts


Os 10 melhores iluminadores de 2022: Ruby Rose, Oceáne e muito mais!

Os 10 melhores iluminadores de 2022: Ruby Rose, Oceáne e muito mais!

Procura algo que realce seus traços e garante aquele brilho lindo na pele? Confira neste artigo os melhores iluminadores e como encontrar o perfeito para você!


As 10 melhores espreguiçadeiras de 2022: Mor, Belfix e muito mais!

As 10 melhores espreguiçadeiras de 2022: Mor, Belfix e muito mais!

Você está em busca de relaxamento ao ar livre? A resposta está nas espreguiçadeiras. Conheça neste artigo os principais modelos do mercado e dicas de compra!


As 10 melhores poltronas para leitura de 2022: reclinável, redonda e muito mais!

As 10 melhores poltronas para leitura de 2022: reclinável, redonda e muito mais!

Buscando a poltrona para leitura perfeita? Confira neste artigo as dez melhores poltronas para leitura, como escolher a mais confortável, preços e onde comprar!


Os 10 melhores shampoos sem sal de 2022: Truss, Granado e muito mais!

Os 10 melhores shampoos sem sal de 2022: Truss, Granado e muito mais!

Procura por um cabelo dos sonhos com muito brilho, força e maciez? Então veja neste artigo os melhores shampoos sem sal do mercado e dicas para comprar o ideal!


Os 10 melhores fixadores de cabelo em 2022: CHARMING, Karina e muito mais!

Os 10 melhores fixadores de cabelo em 2022: CHARMING, Karina e muito mais!

Em busca do melhor fixador para o cabelo? Confira neste artigo as principais opções do mercado e dicas infalíveis para escolher o melhor produto.


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Limpeza Produtos de cozinha Ar e ventilação Cabelo Higiene e saúde