O que é a impermeabilização? Para laje, telhado, parede e muito mais!

O que é a impermeabilização? Para laje, telhado, parede e muito mais!

Sua casa é impermeabilizada? Aprenda aqui o que é impermeabilização, onde pode ser aplicada e as várias técnicas para impermear locais!


Impermeabilização: solução para você e sua casa

Homem passando impermeabilizante na parede

Uma casa com paredes, telhado e móveis secos, sem goteiras, mofo, fungos ou pintura descascando é um lugar agradável e saudável para se viver. Além disso, ela possui um valor maior de propriedade. Para prevenir ou resolver os problemas mencionados acima existe a impermeabilização.

A impermeabilização é a solução para cuidar de áreas da sua casa expostas à chuva ou umidade. Ela serve para proteger qualquer local onde existe risco de penetração de água como paredes, móveis, rodapés, calhas, janelas, portas, venezianas, e consequentemente evita prejuízos ao seu imóvel.

Sobre a impermeabilização

Impermeabilização com fogo

A impermeabilização é um processo que começa com a escolha de um bom impermeabilizante. No geral, esse produto é formado por compostos e resinas que reduzem a porosidade do material que é revestido. A partir daí, se forma uma camada protetora sobre a superfície que bloqueia qualquer tipo de infiltração.

Na maioria das vezes, você mesmo consegue impermear o local dependendo da área a ser trabalhada. Contudo, para fazer isso é importante entender sobre como funciona, quando é recomendado ou a época de manutenção do uso de impermeabilizante e é exatamente isso que você confere a seguir:

O que é a impermeabilização?

Impermeabilização é a aplicação de um produto industrial criado para evitar que a água ou umidade afetem elementos da construção de uma casa ou móvel. Um bom impermeabilizante evita o surgimento de manchas causadas por infiltração, preserva a estrutura da superfície e impede que as áreas internas se deteriorem.

Atualmente existem diferentes tipos de impermeabilizantes como resinas e polímeros, tintas e argamassas. Cada um destes materiais utilizados para a impermeabilização apresenta características próprias.

É sempre aconselhável aplicar o impermeabilizante de acordo com a estrutura ou material e também localização da área que se pretende isolar da umidade. Do contrário, o produto pode não ter o efeito esperado.

Para que serve

A principal função da impermeabilização é manter a casa sem goteiras, os móveis e objetos livres da umidade e danos causados pela água. No entanto, a realização deste procedimento oferece mais vantagens como:

- Prevenir o aparecimento de fungos e bolores em tetos e paredes.
- Manter longe as pragas de insetos que gostam de água estagnada.
- Evitar a perda de água em piscinas e tanques de irrigação
- Proteger materiais sensíveis à umidade de apodrecer ou apresentar outros defeitos.
- Manter intactas as estruturas para durem vários sem necessitarem de muitas manutenções.
- Eliminar a umidade evitando infiltrações de água que favoreçam o aparecimento de mofo, no longo prazo e afete a estrutura da construção.
- Prolongar a vida útil da sua casa e aumentar também o valor comercial, pois ela assegura que a propriedade se mantenha em bom estado.

A impermeabilização de uma casa evita esses problemas. Portanto, é praticamente impossível não encontrar uma estrutura que não se beneficie com a aplicação dela.

Como funciona

Existem muitas formas de impermeabilizar, desde o momento da construção até os reparos. Nas obras usa-se o impermeabilizante misturado à massa de concreto. Já em imóveis acabados, com ou sem problemas de infiltração, qualquer área molhada pode ser encoberta por esse produto.

A melhor época para fazer impermeabilização de uma casa é no verão ou em semanas mais quentes. Isso facilita a secagem e absorção do impermeabilizante, vedando bem os poros e fissuras nas superfícies.

Porém, se esse período tiver passado e você detectar alguma infiltração na casa, ela pode ser feita a qualquer momento. Hoje existem produtos que podem ser aplicados até mesmo quando está chovendo.

Quando é indicado

É recomendado impermeabilizar quando a casa for levantada para prevenir os problemas que a umidade gera a toda estrutura. Em todas as outras construções é necessário aplicar impermeabilizantes para proteger os materiais utilizados na estrutura do imóvel.

Entretanto, é importante impermear lugares que de algum modo já foram afetados pela umidade. Após o tratamento de manchas de mofo ou fungo, apodrecimento, etc. você pode aplicar um impermeabilizante para evitar o ressurgimento do problema.

Por que usar impermeabilizantes?

A impermeabilização é um modo de proteger as estruturas de casas e móveis. Ela mantém o teto, as paredes e o mobiliário secos, evitando diversos danos causados pela penetração de água. O uso de impermeabilizantes garante o bom estado e conforto da sua casa.

Do contrário, quando as superfícies ficam expostas à água, desenvolvem problemas como rachaduras, fissuras, manchas, decomposição, entre outros estragos. Além disso, a umidade gera o ambiente ideal para o desenvolvimento de microrganismos e consequentemente, doenças relacionadas a isso.

Manutenção dos impermeabilizantes

Uma vez feita a impermeabilização demora muitos anos até que seja necessário refazer. A não ser que você note manchas ou qualquer defeito em um local causado por infiltrações ou perceber que há vazamentos. O desgaste da região também é um motivo para antecipar a próxima aplicação.

Com o uso de resinas e polímeros, a renovação deve ser feita a cada 10 anos, no mínimo. No entanto, a durabilidade depende do impermeabilizante, da técnica e da quantidade utilizada.

Embora o segredo para uma impermeabilização correta não seja exatamente o material a ser usado, mas sim a preparação da superfície. Se você utilizar produtos de baixa qualidade e pouco resistentes é provável que esta estrutura necessite de manutenção antes do esperado.

Onde fazer a impermeabilização:

Tem goteiras vindas da laje da sua casa? As paredes estão molhadas? Apareceu bolores nos cantos próximos a janela ou portas? A impermeabilização trata dessas áreas assim como de calhas vazando, rodapés destruídos pela umidade, além de preservar móveis e estofados.

Cada material exige um tipo diferente de impermeabilizante. No entanto, a aplicação desse produto, normalmente, cria uma camada protetora sobre essas que resolve essas complicações. Nas próximas linhas você descobrirá como esse processo ocorre em cada uma dessas superfícies. Então, continue lendo.

Lajes

Homem impermeabilizando laje

Os locais mais sujeitos a problemas de vazamento são as lajes. A razão disso não é somente porque está mais sujeita às águas das chuvas. Em geral, os telhados se encontram na horizontal e isto dificulta o escoamento da água, principalmente se não tiverem um declive adequado.

Além disso, embora o concreto seja muito resistente, a durabilidade depende da porosidade e permeabilidade dele. Contudo, hoje existem vários impermeabilizantes direcionados para coberturas, como poliuretano, membrana e emulsão acrílica, entre outros que você verá mais à frente.

A aplicação é fácil. Antes de começar deixe a superfície completamente limpa e livre de qualquer tipo de sujeira. Você também deve reparar as rachaduras, irregularidades e fissuras que tiverem. Geralmente, para impermeabilizar basta aplicar o produto com pincéis ou rolos.

Parede

Homem impermeabilizando parede

Ao aplicar um impermeabilizante nas paredes, a resistência dela contra umidade aumenta. Graças a isso, a pintura fica preservada por muito mais tempo e você tem menos gastos frequente com manutenção. Ter uma parede livre de infiltrações de água gera mais beleza a sua casa.

Então, o primeiro passo para impermeabilização é descobrir a causa da umidade. Se a origem for externa, deve-se impermeabilizar o lado externo e interno da parede. A infiltração vinda do solo deve ser evitada no momento da construção, se isto não for feito, é difícil eliminá-la.

Neste caso, é possível retardar e amenizar os problemas causados pela exposição à água constantemente. Para isso, será necessário remover e refazer o reboco da área afetada, aplicando o impermeabilizante antes.

Esquadrias

Pessoa impermeabilizando esquadrias

Quando as molduras de janelas, portas, venezianas, portões e aberturas similares não estão bem vedadas às paredes, o vento ou a água da chuva podem infiltrar-se por elas, mas é fácil impermeabilizar essas juntas. Assim, além de eliminar a umidade, a casa ficará muito melhor isolada do frio.

Para fazer a impermeabilização, cubra as áreas próximas com fita crepe e aplique um impermeabilizante nas juntas. Para alisar o silicone, você pode simplesmente usar o dedo, mas lave as mãos com água com sabão imediatamente após a aplicação para que o produto não aderir à pele.

Calhas

Impermeabilizando calhas

Calhas devem ser impermeabilizadas, porque com o tempo, é normal o surgimento de fissuras e pequenas rachaduras que acabam afetando as paredes que ficam em contato direto com a calha. Isto ocorre, principalmente, em áreas muito chuvosas.

Antes ou depois de isso acontecer, fazer a manutenção com a limpeza necessária e realizar uma impermeabilização líquida pode resolver esses problemas de infiltrações de água.

Rodapés

Rodapé branco

Rodapés são afetados pela umidade vinda do solo e também, em dias de chuvas, ficam sujeitos a respingos. Por estes motivos, é comum o aparecimento de mofo, bolhas, manchas, esfarelamento do reboco e até apodrecimento dessas áreas que estão em maior contato com a água.

A impermeabilização de rodapés consiste em limpar a região, removendo tanto sujeira como partes soltas, e aplicar uma argamassa polimérica impermeável. Se a causa da umidade é o solo molhado, existe a possibilidade de você ter de repetir o procedimento, pois impermear a fundação no momento da construção é o que soluciona neste caso.

Móveis e estofados

Ao aplicar impermeabilizante, você pode preservar e proteger por mais tempo a aparência dos móveis e estofados contra manchas e / ou resíduos de substâncias derramadas. Ele atua não só como repelente de líquidos, mas também de poeira e outras sujeiras.

Para móveis de tecido como sofá e estofados, é indicado aplicar um impermeabilizante a base de Teflon. Móveis de madeira ganham proteção contra água se você aplicar um verniz. Assim, você evita o aparecimento de manchas, ajuda a prolongar a aparência e a estender a vida útil da mobília.

Tipos de impermeabilização

Visão aérea de pessoas passando impermeabilizantes

Utilizar o produto mais adequado para cada estrutura aumenta a durabilidade e previne estragos. Ao escolher o impermeabilizante, é importante ter em mente que área de aplicação sofre com agressões do tempo e as caraterísticas da estrutura também interferem principalmente quanto a aderência.

Por essas razões, atualmente existem 3 tipos de impermeabilização. Elas consideram o ambiente e o material que terá de ser protegido da água, e incluem uma série de produtos apropriados para isso, e é isto que você confere a seguir:

Impermeabilização rígida

A impermeabilização rígida é usada em locais onde há menor exposição ao sol e em elementos enterrados como viga baldrame, poço de elevador, muros de arrimo, pisos construídos diretamente sobre o solo entre outros. Ela é direcionada mais para fundações.

Os produtos para permear que integram essa categoria são as argamassas impermeabilizantes, cristalizadores, resina epóxi e cimentos poliméricos. Portanto, se você estiver construindo deve considerar a aplicação desses itens na sua obra.

Impermeabilização flexível

É aconselhável realizar a impermeabilização flexível quando a estrutura está sujeita a sofrer grande exposição à luz solar, trincas e vibrações. É o caso de varandas, lajes, terraços, calhas, jardins etc.

Alguns dos materiais incluem membranas de poliuretano e resinas acrílicas. Mantas asfálticas se encontram nessa categoria e são recomendados tanto na construção como para reparos, dependendo da superfície.

Impermeabilização semi-flexível

A impermeabilização semi-flexível ainda não foi incluída nas normas técnicas brasileiras devido sua criação ser recente. Ela é indicada para aplicação em estruturas de baixa movimentação, assim como na modalidade rígida.

Entretanto, o que diferencia essas duas técnicas são os materiais. Neste caso, o impermeabilizante é bicomponente (pó junto com líquido). A argamassa de cimento polimérica é o tipo de material mais conhecido dessa modalidade.

Sistema de impermeabilizantes, suas indicações de uso e como aplicar

A aplicação de impermeabilizantes surge da necessidade de acabar com a infiltração de líquidos, principal causa dos problemas de umidade que fragilizam as estruturas das casas e móveis.

No entanto, o uso ou a aplicação feito de forma inadequada não gera o efeito desejado. Então, é importante que você confira nesta próxima seção como é a utilização dos impermeabilizantes.

Membrana de poliuretano

Membrana de poliuretano

A impermeabilização de coberturas, paredes, lajes, etc. com membrana de poliuretano consiste na aplicação de um revestimento de poliuretano líquido em superfícies de cimento. É um produto químico de elevada durabilidade, com grande elasticidade e alta aderência ao concreto.

Aplique com pincel de rolo aguardando de 4 a 6 horas entre cada demãos. Após um tempo de secagem razoável, o produto adquire características de impermeabilização difíceis de encontrar em outros materiais.

Membrana acrílica

Membrana acrílica

A impermeabilização de coberturas, calhas de concreto, paredes, lajes, etc. com membrana acrílica é muito eficaz para prevenir e solucionar infiltrações. Este material à base de água e polímeros acrílicos oferece bastante resistência à água, e ótima proteção contra as agressões climáticas.

Além disso, o método de aplicação é muito simples. A membrana acrílica é aplicada como qualquer outra tinta. Basta misturar o produto com água na quantidade recomendada pelo fabricante e “pintar”. Depois de seco, forma um revestimento com excelentes propriedades impermeabilizantes.

Emulsão acrílica

Emulsão acrílica

A impermeabilização de telhados, lajes de cobertura, calhas etc. por emulsão acrílica ou resina acrílica (como também é conhecida) protege as superfícies dos danos gerados por umidade e infiltrações, sem a necessidade de revestimento.

O preparo deve ser feito conforme recomendação do fabricante, mas para aplicar apenas será necessário um pincel e mão de obra. Uma vez passado o período de secagem, toda a estrutura estará pronta sem a necessidade de realizar uma pintura.

Manta asfáltica

Manta asfáltica

A impermeabilização de contrapisos, telhados, terraços, lajes e em obras de áreas externas ganha alta durabilidade e grande resistência à água com o uso da manta asfáltica. Ela está entre as formas mais utilizadas no Brasil.

A aplicação consiste basicamente em colocar várias mantas em camadas sobre a superfície totalmente regularizada. A junção das mantas é feita por um maçarico. Além disso, outros materiais são utilizados como primer e argamassas. Um profissional especializado é mais indicado para fazer a instalação.

Argamassa polimérica

Argamassa polimérica

A baixa permeabilidade e resistência à argamassa polimérica permite o uso em pisos, tanques, piscinas, cozinhas, banheiros, cisternas, reservatórios de água e muito mais. É um produto inovador.

O preparo varia conforme o fabricante, mas no geral, deposita-se a resina líquida em recipiente. Depois se acrescenta o cimento e mistura até ficar homogêneo. Use uma brocha ou trincha em duas ou mais demãos para obter um acabamento perfeito.

Hidrofugantes

Um hidrofugante tem diversos campos de aplicação, como tijolos, paredes de gesso, telhas cerâmicas, concreto aparente e cerâmicas em geral. É um impermeabilizante para áreas internas e externas que aumenta a resistência à umidade.

Ele impede que a água de fora escoe para os poros da superfície, mas permite a evaporação do vapor d'água. Aplicação pode ser com rolo, pincel ou spray. Um hidrofugante tem bastante resistência às mudanças de temperatura, não forma película e é invisível ao olho humano.

Aditivos cristalizantes

Aditivos cristalizantes

Os aditivos cristalizantes transformam o concreto poroso em uma barreira à prova d'água. O resultado é uma estrutura com menos rachaduras, vedada contra umidade que fornece uma defesa poderosa contra danos causados pela água e corrosão a ferros usados na construção.

Em novas construções pode ser adicionado à mistura do concreto ou aplicado com um pincel na forma com a argamassa sobre a estrutura já seca. Além disso, a impermeabilização com aditivos cristalizantes também é usada para reparar fissuras em concreto.

Aditivos hidrófugos

A impermeabilização com aditivos hidrófugos é indicada para obras em geral, em todos os casos em que seja necessária a obtenção de uma redução da permeabilidade. Alguns exemplos são as cisternas, diques, porões, túneis, piscinas e tanques.

Os aditivos hidrófugos são amassados e adicionados junto com a água à mistura de concreto e de preferência, no início da montagem. Eles também são úteis para fazer reparos em fendas (não mais do que 0,3 mm) que existem em materiais de construção como pedra, cimento, tijolo, telhas, etc.

Resina epóxi

Resina epóxi

É o impermeabilizante usado em pisos de concreto e ladrilhos, vãos, orifícios, pranchas de surf, peças para barcos, entre outros. A resina epóxi é um líquido muito viscoso e transparente que endurece pela adição de um catalisador e isto provoca o endurecimento da resina em poucas horas.

A impermeabilização é executada adicionando o catalisador ao endurecedor na proporção indicada na ficha técnica do produto. Depois é só despejar a mistura sobre a superfície e espalhar com um utensílio que distribua a resina epóxi de maneira uniforme.

Poliureia

Homem com galão de poliureia

A poliureia faz a impermeabilização de telhados, fachadas, terraços, varandas, piscinas, tanques e revestimento de veículos. Ela pode ser de dois tipos: alifática ou aromática.

As poliureias alifáticas servem para acabamento por serem resistentes à radiação ultravioleta. Por outro lado, as aromáticas descolorem e perdem o brilho quando expostas à luz solar e são adequadas para superfícies mais internas.

A aplicação desse impermeabilizante pode ser por pulverização ou por aplicação manual. A poliureia é normalmente pulverizada quente por equipamento de alta pressão e seca em até 4 segundos. Por ser um componente líquido, gera uma fina camada e adere a qualquer superfície irregular.

A poliureia aplicada à mão não requer equipamento de pulverização. No entanto, a secagem a frio demora mais tempo, mas forma uma membrana sem juntas, impermeável e elástica, com grande resistência à tração e ao desgaste.

Calafetação

A calafetagem é uma técnica que serve para impedir infiltrações e umidade em frestas, orifícios e qualquer outro local onde haja problema com a penetração de água. Os impermeabilizantes da calafetagem são à base de silicone, látex e acrílico.

Coloque uma calafetadora na área a ser coberta, encostando o bico aplicador em um ângulo de 45 ° para facilitar a entrada do material nas fissuras e separações da superfície. Além disso, também é uma boa ideia usar fita crepe nas áreas próximas para evitar borrões.

Solução 100% Silicone

aplicação de solução 100% silicone

A solução 100% silicone destinada à impermeabilização serve para reparações em todos os tipos de telhados, vazamentos e fissuras, recuperação de juntas, ventilação e sumidouros entre muitas outras utilizações.

Esse silicone permite impermeabilizar com rapidez e facilidade. Não necessita de preparo e pode ser aplicado diretamente com pincel, rolo ou espátula e também as ferramentas utilizadas podem ser facilmente limpas com água enquanto estão úmidas.

Poliéster Flexível

O poliéster flexível é uma resina que pode ser aplicada em uma infinidade de superfícies, como cimento, concreto, madeira, metais, etc.. É muito utilizada na impermeabilização de terraços, coberturas e piscinas. Também pode ser usada para aplicações em fundição.

A limpeza da área, bem como a colocação de um primer, são recomendados antes de despejar o poliéster flexível na forma líquida em 2 camadas sobre a superfície. Após o endurecimento é necessário lixar para nivelar algumas rugosidades que aparecerem.

Utilize impermeabilizante e acabe com infiltrações!

Homem impermeabilizando terraço

Então, agora você já sabe, caso vá construir é importante aplicar impermeabilizantes em todas as estruturas, principalmente laje, solo e paredes. Assim, é possível prevenir problemas com infiltrações geralmente ocasionadas pelas águas das chuvas.

Se sua casa já está feita, você tem a opção de fazer vários revestimentos ou até reparos para que a aparência e a conservação dos elementos do seu lar permaneçam. Então, aproveite essas dicas de impermeabilização e comece agora a melhorar a sua casa!

Autor deste artigo

É bom viver... Eu me interesso por tudo que faça a vida ser melhor.
A principal delas é a escrita que oferece muita alegria com poucos recursos.

Últimos posts


O Motorola Moto E22 é bom? Preço, ficha técnica e mais!

O Motorola Moto E22 é bom? Preço, ficha técnica e mais!

Quer saber se o Moto E22 é o celular certo para você? Neste artigo, veja as especificações técnicas do aparelho, vantagens, indicações de uso e muito mais!


Gestão de negócios aplicada ao Recursos Humanos

Gestão de negócios aplicada ao Recursos Humanos

Descubra como a gestão de negócios otimiza o departamento de Recursos Humanos, melhorando processos e estratégias empresariais.


Os 16 Melhores Notebooks i7 de 2024: Dell, Samsung, Acer e mais!

Os 16 Melhores Notebooks i7 de 2024: Dell, Samsung, Acer e mais!

Quer comprar o melhor notebook i7 para você? Confira neste artigo as dicas necessárias para escolher o modelo ideal e os 16 melhores produtos do mercado.


Os 8 Melhores Notebook Acer de 2024: Aspire, Spin e mais!

Os 8 Melhores Notebook Acer de 2024: Aspire, Spin e mais!

Em busca do notebook ideal da marca Acer? Neste artigo, apresentamos os 8 melhores notebooks Acer para 2024, como escolher e onde comprar!


Os 10 Melhores PCs Gamers Completos de 2024: Chip7 Informática, Mancer e mais!

Os 10 Melhores PCs Gamers Completos de 2024: Chip7 Informática, Mancer e mais!

Procurando o melhor PC gamer completo? Neste artigo confira muitas informações desse produto para escolher o ideal e veja um ranking com os 10 melhores!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


DIY Decoração Cuidados automotivos Suplementos Moda Artigos Esportivos