Kalanchoe laetivirens: para que serve, como cuidar e muito mais!

Kalanchoe laetivirens: para que serve, como cuidar e muito mais!

A Kalanchoe laetivirens é uma suculenta exuberante e simples de cuidar. Veja a seguir curiosidades e dicas de como cultivar essa planta exótica.


Você conhece a Kalanchoe laetivirens?

Kalanchoe laetivirens com folhas amarelas

A Kalanchoe laetivirens é uma suculenta famosa para os amantes da jardinagem. Popularmente ela é conhecida por vários nomes, mas o mais comum é "mãe de milhares". Prestigiada por ter uma floração duradoura do inverno à primavera, essa planta demanda de cuidados simples e pode ser cultivada tanto em apartamentos e casas, como em ambientes externos e jardins.

Ela é tida como exótica e apreciada por possuir folhas e flores incomuns, alguns consideram sua aparência estranha, mas ela tem uma beleza única. Suas folhas são grandes e nas bordas podem ser dentadas, onduladas ou até mesmo revestidas por novas mudas, o que a deixa com um aspecto peculiar.

Conheça mais sobre a Kalanchoe Laetivirens

Kalanchoe Laetivirens com folhas verdes e pontas abertas


Nome científicoKalanchoe laetivirens
Outros nomesMãe-de-mil, mãe-de-milhares, kalandiva, flor da fortuna e erva da costa
OrigemMadagascar
Porte0,10 a 0,70 metros
Ciclo de vidaPerene
FloraçãoFim do inverno e início da primavera
ClimaEquatorial, Mediterrâneo e Tropical


A Kalanchoe laetivirens é uma suculenta nativa de Madagascar, possuindo um ciclo de vida perene, ou seja, com os devidos cuidados você terá a sua suculenta por muitos anos. É considerada uma planta de porte pequeno, pois pode atingir apenas 70 centímetros. Por ser muito popular, recebeu vários nomes, pode ser chamada de kalandiva, flor da fortuna, erva da costa, entre outras.

A mãe de milhares é muito fácil de ser cultivada, por isso é ótima para se ter dentro de casa. Nas bordas das suas folhas, ela irá produzir suas mudas, crescendo ali em torno de 4 folhas pequenas, conforme o passar do tempo essas folhas pequeninas vão caindo e ali se enraízam dando origem a uma nova planta.

Curiosidades e usos da kalanchoe laetivirens

kalanchoe laetivirens com folhas abertas

A Kalanchoe laetivirens por ter um porte pequeno e ser de uma aparência exótica, pode ser utilizada como item de decoração nos diversos cômodos da sua casa. Além da sua estética, a mãe-de-milhares ainda é usada no ramo da medicina, podendo ser muito benéfica pra saúde se usada da maneira correta. Confira a seguir mais curiosidades sobre esta suculenta.

Toxicidade da kalanchoe laetivirens

Muitas plantas podem ser tóxicas, mas muitas destas tem sua toxicidade desconhecida. A Kalanchoe laetivirens o que tem de exótica, tem de perigosa, infelizmente todas as estruturas da planta (folhas e caule) são venenosas se forem ingeridas. Ela pode ser letal caso seja consumida por crianças e animais domésticos, principalmente cães e gatos.

Kalanchoe laetivirens na decoração de ambientes

As plantas são ótimas opções para decoração do ambiente, sendo a Kalanchoe laetivirens exótica e de beleza peculiar, elas irão deixar sua casa linda. Além de serem utilizadas em jardins, elas podem ser cuidadas dentro de casa em vasos, podendo ser distribuídas em mesas de centro, estantes na sala e até mesmo no banheiro. Como seu porte é pequeno, pode ser utilizada na decoração de qualquer cômodo da casa.

Uso medicinal da Kalanchoe laetivirens

A Kalanchoe laetivirens mesmo tendo propriedades tóxicas, essas mesmas substâncias podem ser utilizadas no ramo medicinal, quando usadas com cuidado e por profissionais capacitados.

Ela pertence a uma família de plantas que possuem bufadienolídeo em seus organismos, pode ser usada como cicatrizante, é comum o seu uso em tratamentos de queimaduras e ferimentos na pele. Mas ainda há poucas pesquisas, sendo necessário mais estudos para entender os seus benefícios.

Como cuidar da Kalanchoe laetivirens?

materiais de jardinagem

Para você cuidar da Kalanchoe laetivirens não precisará de muito, esta planta de porte pequeno precisa de poucos cuidados, sendo fácil o seu manejo. A mãe de milhares pode ser resistente há variações na temperatura, consegue ficar um bom tempo sem água e é capaz de se adaptar aos diferentes ambientes. Por isso, das suculentas, ela é uma das mais famosas, pequena, simples, delicada e fácil de manejar.

Para aprender como cultivar essa linda suculenta preste atenção e anote as dicas a seguir!

Solo ideal para a Kalanchoe laetivirens

Se você for plantar sua Kalanchoe laetivirens no jardim, ela gosta de um solo fértil, e é preciso que este solo seja bem drenado, para evitar o apodrecimento das raízes da sua suculenta. Para o cultivo no jardim, um solo fértil e bem drenado garante a sobrevivência da Kalanchoe laetivirens.

Se for cultivar sua suculenta em algum vaso, é preciso estar atento há alguns detalhes. Este vaso deve ser de tamanho médio, no fundo dele deve ser colocado uma manta e pedras de brita, sendo o substrato mais indicado a terra de jardim.

Irrigação e ventilação para Kalanchoe laetivirens

A suculenta Kalanchoe laetivirens possui folhas bem grossas, então ela não precisa de uma irrigação com muita frequência, geralmente as irrigações devem ocorrer a cada 15 dias. Ela precisa ficar em um lugar com boa ventilação, já que seu substrato não pode ficar com umidade excessiva.

Iluminação ideal para Kalanchoe laetivirens

A maioria das plantas não pode ficar exposta ao Sol diretamente, com a mãe de milhares isso também acontece, pois o Sol forte pode prejudicá-la e levá-la a morte. Ela precisa de sombra parcial e também de algumas horas de Sol, mas quando este estiver ameno. Os melhores horários são o início da manhã e o fim da tarde.

Substratos, adubos e cuidados com a terra

Você pode utilizar a terra de jardim para cultivar a sua Kalanchoe laetivirens, mas se o seu solo não for muito fértil, poderá usar a terra vegetal, que é rica em matéria orgânica e terá os nutrientes necessários para garantir a sobrevida da planta. A terra precisa estar bem solta para que a drenagem da água seja possível.

Rega da Kalanchoe laetivirens

No verão, a mãe de milhares precisa de regas mais regulares, então nos meses quentes você pode regar com mais frequência. Fique atento a terra, quando ela estiver seca é sinal de que você já pode regar novamente. Durante o inverno a rega deve ocorrer, mais ou menos, a cada 8 dias. Fique atento as chuvas durante as estações frias.

Se sua suculenta estiver em um vaso, você pode regá-la 3 vezes na semana durante o verão, e no inverno a rega pode ser de 2 vezes na semana, no máximo.

Poda da Kalanchoe laetivirens

A pode é bem simples, observe quando as flores e folhas apresentarem um aspecto danificado, isso indica que devem ser cortados. Os caules podem ficar prejudicados com o tempo e também devem ser retirados. Deve-se ter cuidado ao retirar as partes mortas, pois pode cortar sem querer alguma região saudável.

Propagação da Kalanchoe laetivirens

A mãe de milhares se propaga através de mudas, que estão presentes nas bordas das suas folhas. Essas pequenas mudas, são compostas por 4 folhinhas, e estas podem chegar a possuir raízes. Com o tempo, essas mudas vão se soltar e cair no solo, e ali acabam se enraizando e se desenvolvendo.

Quando e como trocar sua Kalanchoe laetivirens de vaso

Quando sua Kalanchoe laetivirens estiver ocupando quase todo o vaso, ou espaço onde está, é a hora para trocá-la de lugar. Ela pode ser replantada em um vaso maior ou direto no jardim.

Após o novo local ter sido escolhido, prepare uma terra com os nutrientes necessários, retire a mãe de milhares do local onde ela está cuidando para não separar a planta da raiz. Depois é só colocá-la no novo local, garanta que ela receba um Sol ameno, assim o seu processo de florescimento irá ser mais rápido.

Problemas da Kalanchoe laetivirens

A mãe de milhares, infelizmente, pode ser suscetível a fungos e outros problemas que acometem plantas, fazendo-as sofrer ou até mesmo levar a morte.

Se você encontrar manchas pretas nas folhas da sua Kalanchoe laetivirens, pode ter certeza que se trata de uma doença fúngica, além de alterarem a estética da planta essas manchas podem danificar a folha levando-a a cair. Você pode retirar as folhas manchadas e cuidar para que sua planta pegue um pouco mais de Sol.

Outra doença fúngica é o oídio, esta é mais difícil de se detectar, pois o mofo pode passar despercebido, porém pode aparecer nas folhas da planta, manchas amarelas, manchas em forma de anéis e linhas. Conforme o oídio vai crescendo, você perceberá o mofo branco meio acinzentado surgir nas folhas.

Para esses casos, além de garantir que sua mãe de milhares pegue Sol o suficiente, você pode tratar ela aplicando um pouco de bicarbonato de potássio.

Ainda, as Kalanchoe laetivirens podem atrair muitas cochonilhas e pulgões, estes insetos, não costumam trazer grandes danos a planta, mas se ela estiver com uma infestação, pode ficar com suas folhas distorcidas e amarelas. Para conseguir remover os insetos, sua planta pode ser tratada com sabão inseticida ou óleo de nim.

Florescimento da Kalanchoe laetivirens

A Kalanchoe laetivirens é ótima para se cultivar, pois pode florescer durante o ano inteiro, mas apresenta picos de floração. Sua floração mais intensa é durante a estação do inverno e pode ir até o início da primavera.

Uma dica para caso você queira fazê-la florescer em outras épocas, é indicado colocá-la em um local escuro 12 horas por dia e deixá-la exposta ao Sol da manhã, mas cuidado, deve ficar atento a saúde da sua planta, caso ela aparente estar murchando é sinal de que o apenas o Sol da manhã não está sendo suficiente. Não esqueça também de proteger a sua mãe de milhares do frio.

Decore seu ambiente com a Kalanchoe laetivirens!

kalanchoe laetiviens

As Kalanchoes laetivirens podem ser ótimas para a decoração de interiores, além de belas e singelas, elas cabem em qualquer lugar. Como seu período de floração pode chegar a durar o ano inteiro, ela pode ser capaz de transformar qualquer cantinho da sua casa.

Os lugares mais indicados para essa planta, podem ser como centro de mesa, para colorir e trazer vida, ou também para decorar prateleiras, que geralmente podem ficar muito monótonas e sem vida, uma plantinha como a mãe de milhares certamente vai deixá-la mais bela e alegre. Se você quer trazer beleza e delicadeza ao seu jardim, aposte na Kalanchoe também, pois combinada com flores de corte, você terá o jardim perfeito!

Se você é daqueles que adora plantar e cultivar, se arrisque em fazer um jardim interno com esta suculenta, coloque as plantas perto de uma janela para aproveitarem o Sol e assim você estará dando um toque natural ao ambiente. Aproveite todas as dicas sobre a mãe de milhares e deixe os cômodos da sua casa mais naturais e aconchegantes.

Autor deste artigo

Bióloga, professora e mestranda em Bioquímica. Apaixonada pela Biologia e pelo universo das letras.

Últimos posts


Plantas com significado espiritual: veja quais são e sua simbologia!

Plantas com significado espiritual: veja quais são e sua simbologia!

Veja aqui as opções de plantas para purificar o ar, recarregar energias e evitar o mau-olhado! Conheça ainda, dicas de cuidados com as plantas espirituais.


Os 10 Melhores Hidratantes Corporais de 2022: Neutrogena, Nivea muito mais!

Os 10 Melhores Hidratantes Corporais de 2022: Neutrogena, Nivea muito mais!

Em busca do produto ideal para hidratar seu corpo? Neste artigo, apresentamos os 10 melhores hidratantes corporais de 2022, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Marcas de TV de 2022: LG, Samsung, Philips e mais!

As 10 Melhores Marcas de TV de 2022: LG, Samsung, Philips e mais!

Escolher a melhor televisão para a sua casa pode não ser uma tarefa fácil. Então confira aqui dicas de como escolher e veja as 10 melhores marcas de TV de 2022!


Os 10 Melhores Cursos de Trader de 2022!

Os 10 Melhores Cursos de Trader de 2022!

Procurando o melhor curso de trader de 2022? Confira neste artigo as 10 melhores opções do ano e dicas imperdíveis para fazer a melhor escolha para você!


Como desentupir pia de cozinha de maneira fácil: com arame, sal e mais!

Como desentupir pia de cozinha de maneira fácil: com arame, sal e mais!

Pia da cozinha entupida? Aprenda a resolver com dicas e técnicas bem simples e também como evitar que aconteça de novo.


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Ar e ventilação Internet e Conexão Treinos