Solo humoso: conheça características, o que é e muito mais!

Solo humoso: conheça características, o que é e muito mais!

Todo mundo quer um adubo bom e barato, não é? Neste artigo, você conhecerá o quão eficiente é o húmus, o que é um solo humoso e como produzir em casa. Confira!


Você já ouviu falar em solo humoso?

Plantinha em solo humoso

O solo é a base de qualquer cultivo, por isso, conhecer suas características e suas propriedades é essencial para fazer um bom plantio. Diferentes tipos de solo possuem diferentes composições, as quais se adequam para plantios diversos. Essa divisão de solos aqui no Brasil é feita pela Embrapa, pelo método que leva o nome de SiBCS.

Essa sigla significa Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, e é utilizada para categorizar os diferentes tipos de solos que temos em nosso país. Um destes solos é o solo humoso, ou humífero, como também é conhecido, que se destaca por sua fertilidade.

Confira abaixo, como esse tipo de solo pode te ajudar no seu plantio, além de suas características e mais curiosidades.

Sobre o solo humoso

Pessoa segurando solo humoso

Nessa seção, você vai aprender mais sobre as características do solo humoso, além de como ele atua na terra e como ele pode ajudar nos seus cultivos. Veja.

O que é o solo humoso?

O solo humoso, ou humífero, é um tipo de solo que apresenta cerca de 10% de sua matéria de húmus, material que engloba animais e plantas mortos, organismos vivos e ar. É um solo extremamente fértil, que também é conhecido como terra preta. Sendo constituído por matéria orgânica em decomposição, possui capacidades fertilizantes espetaculares.

A presença de húmus confere à terra humífera uma aparência escura, por isso, muitas pessoas conhecem o solo humoso como terra preta, um solo fofo, permeável que retêm água e sais minerais com facilidade.

Características do húmus

Húmus ou humos é a matéria orgânica sedimentada no solo, que se forma a partir de animais, plantas e folhas mortas, ou por produção de minhocas. Sua produção pode ser natural, no caso de ser produzida por fungos e bactérias da terra, ou artificial, quando é estimulada pelo homem. Agentes externos como temperatura e chuva também podem resultar na formação da camada.

Em sua formação, há liberação de nitrogênio, e seu melhor estado é quando úmido. Normalmente, está disposto no horizonte A do solo, ou seja, o mais superficial.

Atuação do húmus na terra

O húmus atua na terra de forma positiva, pois sua composição permite grande fertilidade no solo. É considerado o mais completo adubo orgânico que existe, pois possui muito fósforo, potássio, nitratos, cálcio, magnésio, minerais, nitrogênio e microelementos que auxiliam no crescimento das plantas. O material regenera a terra e pode ser usado em diversas plantações.

Além de ser o excremento de minhocas, fator que já o faz um fertilizante poderoso. Além disso, esses animais cavam buracos na terra, e a deixam aerada, facilitando seu escoamento de água e circulação de ar. Isso torna a terra mais agradável para as plantas e faz estas crescerem com mais vigor.

Plantações que podem receber o húmus

O húmus é benéfico para a maioria das plantas, a grande quantidade de matéria orgânica presente nesse tipo de adubagem o torna um grande aliado para você e seu jardim, pois fornece condições de desenvolvimento ideais para plantações. Veja a seguir onde você pode utilizar o húmus.

Hortaliças

Plantação de hortaliças

Pesquisas apontam que o plantio de hortaliças sob adubação com húmus rende produtividade maior, com um percentual de até 20%, onde se acelera o crescimento vegetal das plantas e exerce atividades bioestimulantes. Para isso, o solo do cultivo deve ser bem cuidado, com uma nutrição adequada, assim como irrigação.

Devem ser usadas doses corretas para evitar dores de cabeça, pois, em excesso, a utilização do húmus pode inibir crescimento e absorção de nutrientes por parte das hortaliças. Pode-se utilizá-lo quando algum plantio em especial zerar os componentes do solo.

Frutas

Plantação de árvore de maças

O uso de húmus para cultivo de árvores frutíferas é um dos mais difundidos em seu meio. Isso ocorre porque com a nutrição dada pelo adubo natural, as plantas crescem mais rapidamente, seus frutos ficam maiores, mais bonitos e com mais gosto. Normalmente, a propagação também é melhorada, pois as sementes dificilmente vêm defeituosas.

Deve-se moderar na quantidade, pois a árvore pode receber nutrientes a mais que o necessário, gastando energia de fotossíntese para processá-los, diminuindo as chances de se desenvolver devidamente.

Pastagens

Pasto

Pastagens são o alimento principal de gado no mundo todo, e com estas sendo nutritivas e fartas, pela fortificação do húmus, a alimentação dos animais fica de qualidade também. Isso gera um ciclo, onde os excrementos dos bois e vacas é cada vez mais nutritivo, pelos nutrientes que eles ingerem, que por sua vez vêm do húmus.

Posteriormente, esses nutrientes voltam ao solo. A aplicação deve compreender áreas grandes da pastagem, para garantir efeitos poderosos.

Cereais

Plantação de trigo

Diversos cultivadores de cerais utilizam o húmus para garantir grandes níveis de produção, além de sabores e texturas atrativas para o mercado. Muitos cultivadores caseiros tem utilizado a matéria orgânica humosa para maximizar suas colheitas de grãos e cereais, pois há muita demanda no mercado interno e externo para esse produto.

Aplique quantidades pequenas de húmus para tornar o substrato o qual você vai plantar seus cereais um solo humoso. Dessa forma, o cultivo será bem mais fácil e numeroso.

Plantas ornamentais

Plantas ornamentais

A última classe de plantas que são beneficiadas com adubação humosa são as plantas ornamentais, que tem suas florações mais coloridas, duradouras e fortes com a matéria orgânica. Deve-se aplicar pequenas quantidades no substrato em vaso, ou em solo aberto, sem excessos para não forçar a planta.

Exemplos de plantas que são fortificadas com o solo humoso são a samambaia, o bico-de-papagaio, o lírio, primavera, espada-de-São-Jorge, Begônia e Azaléia. Caso a planta seja um bonsai, diminua a quantidade de húmus para não a fazer crescer muito e perder seu propósito original.

Dicas para ter húmus fresco

Homem segurando solo humoso

Não basta saber onde e como aplicar o húmus, não é? Essa seção do texto vai te ajudar a produzir seu próprio solo humoso, para adubar todas as suas plantações, em detalhes e passo-a-passo. Confira abaixo!

Minhocário

O primeiro método para produção de solo humoso é o minhocário. Para fazer este receptáculo, separe matérias orgânicas que não tenham leite ou derivados, como por exemplo casca de ovo, restos de vegetais e hortaliças, pó de café, cascas de frutas e folhas secas. Faça furos embaixo de uma bacia, e coloque uma tampa embaixo para parar o chorume que sairá do minhocário.

Coloque uma camada de terra na bacia, adicione um punhado de minhocas e depois a matéria orgânica, de preferência moída. As minhocas vão passar a se alimentar da matéria. Para terminar o minhocário, adicione mais terra e regue, para manter a umidade do local, sem exageros. O composto vai virar húmus com o passar do tempo, podendo ser retirado, junto com o chorume da tampa.

Composteira

O segundo método para confecção de solo humoso é a composteira. Para fazê-la, separe 3 baldes vazios com tampa, e fure a parte inferior de 2 deles para escoamento de chorume, e a parte superior lateral para entrada de oxigênio. Retire a parte de cima dos baldes 2 e 3. A partir disso, empilhe os baldes, sendo o primeiro o 3.

Acima do 3, coloque o 2, que servirá como compartimento reserva do 1, que não deve ter abertura nenhuma. Adicione terra e matéria orgânica, seca e terra no primeiro balde, mexendo algumas vezes por semana. Quando o balde 1 estiver cheio, substituía pelo 2, e assim por diante. A matéria gerada será um poderoso fertilizante.

Encontre produtos específicos para sua plantação

Certifique-se de utilizar o húmus mais adequado para o seu cultivo. O húmus marrom, por exemplo, se encontra perto de água, com matéria recente. O húmus preto encontra-se em profundidades mais elevadas, na decomposição vegetal e de excrementos de animais, ou em turfa de pântanos e lamas. O Húmus de transferência também é encontrado em águas, nascentes e lugares de precipitação elevada.

O húmus fóssil é encontrado na forma de combustíveis minerais, como lignite, carvão marro, e outros depósitos de carbono. Todos funcionam muito bem, como o húmus comum ou de minhoca, entretanto, possuem aplicações mais fortes em algumas terras, e outros em outros tipos de cultivos. Verifique as indicações de plantio e necessidades de nutrientes da sua planta, aqui no nosso portal!

Tipos de solo além do humoso

Diferentes tipos de solo

Há muitos outros tipos de solos, que podem ser utilizados para diferentes cultivos de diferentes espécies. Dê uma olhada na seção abaixo e confira a melhor alternativa para você!

Vertissolos

Os vertissolos são uma ordem de solos cuja característica principal é a textura argilosa ou muito argilosa, a qual conta, quando encharcados, com plasticidade e pegajosidade elevados. Quando seco, possui textura cheia de pequenas fendas, que revela a capacidade elevada de absorção de água do material.

São solos com fertilidade boa para cultivo, entretanto, sua textura pegajosa impede o uso de máquinas agrícolas e fere as raízes das plantas, sufocando-as ou rompendo-as. Normalmente, são plantados no vertissolo culturas de trigo e milho.

Plintossolos

Os plintossolos são formados com a percolação da água, ou seja, seus movimentos no subsolo que incluem os processos de umedecimento e secagem. A partir desse processo, acumulam-se no solo nódulos, amontoados de material ferruginoso. O solo ainda tem dificuldade de drenagem de água, por proximidade com o lençol freático.

Por essas condições, os plintossolos não são muito utilizados para produções agrícolas, pois as camadas semipermeáveis dificultam a penetração das raízes no solo, além de limitar o movimento da água, fazendo com que muitas plantas morram na tentativa de cultivo.

Gleissolos

Gleissolos são uma ordem que se caracteriza por solos acinzentados. Isso ocorre porque são formados em ambientes onde o encharcamento da terra remove o ferro da mesma, normalmente encontrada em depressões, planícies e áreas de várzea. Dessa forma, acumula-se matéria orgânica em excesso no solo, com pouca decomposição.

Destaca-se nestes solos o cultivo de cana-de-açúcar, produto importante da economia brasileira. Em menores escalas também se planta arroz e algumas culturas de subsistência. Para os gleissolos falta ferro, porém a quantidade de matéria orgânica pode compensar, dependendo da espécie a ser cultivada.

Planossolos

A ordem dos planossolos é caracterizada por ter o horizonte B, segunda camada menos profunda, totalmente plano, constituído por argila em uma estrutura bem definida, que pode ser colunar ou maciça. Suas camadas apresentam contrastes quanto à textura, com a formação de lençóis de água suspensos e temporários, com uma terra cinza e escura.

Devido a esses problemas em sua estrutura, os planossolos possuem fertilidade baixa, na maioria das vezes, com baixo teor de matéria orgânica e falta severa de fósforo, não sendo indicados ao cultivo, ao contrário do solo humoso.

Espodossolos

Esposdossolos são solos que possuem altíssima quantidade de areia na parte superficial, e substrato escuro e endurecido na parte inferior, sendo considerados solos deficientes. Sua única aplicação é restrita e rara, ao arroz irrigável. Ele se forma do transporte de sedimentos metálicos, e fica constituído de matéria orgânica e sobretudo, alumínio.

Sendo ácido, o substrato desse solo não é ideal para cultivo de nada, sendo preferível outros tipos de solo, sobretudo o solo humífero, ou humoso, que contém bem mais matéria orgânica e nutrientes.

Latossolos

A ordem dos latossolos são caracterizados pela influência grande de intemperismos (ação da chuva e vento) que sofrerão ao longo dos anos. São constituídos por argilas com silicato, de estrutura granular. São drenáveis em excesso e muito ácidos. Normalmente, possuem dimensões bem grandes no quesito de profundidade, e são quase ausentes de minerais primários.

Sob os latossolos que se edificam exuberantes florestas, como a Amazônia e a Mata Atlântica, que se aproveitam da estrutura física profunda para se enraizar. Sua drenagem é ideal para o crescimento das árvores e ainda possui uma razoável retenção de água na superfície. Possui cores amareladas ou avermelhadas.

Argissolos

Os argissolos são uma ordem que tem como característica principal o estágio moderado de intemperismo, fator que fica evidente quando se vê as diferenciações entre seus horizontes. Os mais superficiais são arenosos, com níveis elevados de argila. Por isso, são suscetíveis a formação de erosão e voçorocas.

A chuva neste caso forma um lençol freático no início do solo, deixando o fluxo de água nele restrito. Por essas razões os argilossolos não possuem muitas aptidões agrícolas, pois sua condutividade hidráulica é reduzida pela diferença das texturas.

Neossolos

Os neossolos são a terceira classe mais abundante no território brasileiro, com aproximadamente 1.130.776 km². Constitui-se, em sua maioria, por matéria mineral, e em minoria, por material orgânico. Por serem abundantes, possuem quatro sub-diviisões, que são Neossolos Litólicos, Neossolos Flúvicos, Neossolos Quartzarênicos e Neossolos Regolíticos.

Apresentam, pela sua composição, baixo potencial para expansão agrícola, pois sua composição não oferece substrato necessário para bom desenvolvimento de culturas mais comuns. Entretanto, há lugares no Brasil em que ocorre o plantio de arroz irrigado.

Organossolos

Organossolos são a classe de solos a qual diferencial se dá pela presença de uma camada escura, de coloração preta ou cinza. Possui essa cor pelo acúmulo de matéria orgânica, que representa mais de 8% do substrato. Possui acúmulo de água e normalmente é encontrado em regiões de clima frio, fatores que auxiliam na não decomposição de matéria orgânica.

O ambiente desse solo favorece o crescimento de vegetais adaptados à vida na água, onde se preserva a matéria orgânica, como juncos (Phragmites), poáceas, musgos (Sphagnum), espigas-d’água (Potamogeton), tifa (Typha), ciperáceas (Carex), e arbustos, além de algumas árvores. São originados de sedimentos de material de turfeira, ou acúmulo de material orgânico.

Cambissolos

Ocupando 2,5% da camada da extensão territorial brasileira, essa ordem de solo compreende aqueles que estão em desenvolvimento, sobretudo, nas fases iniciais de formação. Suas camadas são bem homogêneas, e apresentam pouca diferenciação entre si. Mesmo suas cores, texturas e estruturas são parecidas entre si.

Estes solos podem se rasos e profundos, quase sempre sendo constituídos por material mineral. Possuem boa drenagem e podem ter bom aproveitamento agrário caso tenham baixa saturação, permitindo crescimento ideal de plantas.

Veja também produtos voltados à jardinagem

Neste artigo apresentamos informações e dicas sobre somo humoso, e já que entramos nesse tema, também gostaríamos de apresentar alguns de nossos artigos de produtos de jardinagem, para que você cuide cada vez melhor de suas plantas. Confira abaixo!

Os 10 melhores adubos para flores de 2022: em spray, orgânicos e muito mais!

https://portalvidalivre.com/articles/2025

Está pensando em comprar um adubo para as suas flores e não sabe por onde começar? Venha conferir as melhores opções e dicas de como escolher o melhor produto!

Os 10 melhores kits de jardinagem de 2022: da Tramontina, NOLL e mais!

https://portalvidalivre.com/articles/1041

Pensando em comprar um kit de jardinagem e se aprimorar nessa atividade? Confira aqui os melhores modelos disponíveis no mercado e dicas de como escolher!

As 10 melhores mangueiras de jardim de 2022: Flexzilla, Tramontina e muito mais!

https://portalvidalivre.com/articles/2088

Em busca de uma mangueira de jardim? Confira neste artigo as 10 melhores do mercado, juntamente com dicas de como escolher que vão auxiliar na sua compra!

O solo humoso é muito vantajoso para o seu jardim!

Pessoa segurando solo humoso

Utilizando as dicas desse artigo, temos certeza que a sua horta, ou sua árvore, ou qualquer plantação que você cultivar em casa crescerá bem mais saudável. E não é à toa, pois o solo humoso, ou humífero, possui níveis muito altos de nutrientes, sais minerais e elementos químicos necessários para uma planta se desenvolver com vigor
.
Muitas vezes, as flores e frutos podem até aparecer mais rápido caso seja utilizado o húmus. E o melhor de tudo é que é fácil fazer em casa seu próprio composto orgânico, que além de render uma adubação perfeita para suas plantas, vai te ajudar a fazer um tratamento melhor do seu lixo, que de certa forma volta para a natureza.

Se não bastasse isso, você incentiva as populações de minhocas e outros microrganismos, que fazem o tratamento do nosso lixo e tornam a Terra um lugar mais limpo. Se você gostou das dicas, corre para os nossos outros artigos para escolher uma árvore ou uma flor para plantar, e use solo humoso!

Autor deste artigo

Últimos posts


Os 10 Melhores Fornos para Pizza de 2024: a lenha, elétrico, a gás e muito mais!

Os 10 Melhores Fornos para Pizza de 2024: a lenha, elétrico, a gás e muito mais!

Pensando em adquirir um forno para pizza? Confira no artigo a seguir seus tipos, preços, funções extras, onde comprar e como limpá-los.


Os 10 Melhores Aromatizadores de Ambiente de 2024: elétrico, automático e mais!

Os 10 Melhores Aromatizadores de Ambiente de 2024: elétrico, automático e mais!

Quem não ama ter a casa sempre perfumada? Veja neste artigo as melhores opções de aromatizadores de ambiente disponíveis no mercado, seus preços e onde comprar!


As 10 Melhores Araras de Roupas de 2024: de chão, de parede e muito mais!

As 10 Melhores Araras de Roupas de 2024: de chão, de parede e muito mais!

Quer comprar uma arara de roupas? Confira neste artigo uma lista com as 10 melhores de 2024, além de dicas para escolher o modelo ideal para você!


As 10 melhores pipoqueiras elétricas de 2024: com bico direcionado, clássica e mais!

As 10 melhores pipoqueiras elétricas de 2024: com bico direcionado, clássica e mais!

Pensando em comprar uma pipoqueira elétrica? Confira neste artigo os melhores modelos de pipoqueiras de 2024 e veja como escolher qual combina mais com você!


Os 10 melhores licores do mundo em 2024: Amarula, Frangelico, Cointreau e mais!

Os 10 melhores licores do mundo em 2024: Amarula, Frangelico, Cointreau e mais!

Está em busca de um excelente licor? Confira a lista com os 10 melhores licores do mundo que separamos para você e como escolher o licor ideal!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


DIY Cuidados automotivos Doces e sobremesas Treinos