Almeirão roxo: como cuidar, benefícios, características e mais!

Almeirão roxo: como cuidar, benefícios, características e mais!

Você sabia que o almeirão roxo pode prevenir doenças como câncer e ajudar a perder peso? Confira outros benefícios da planta e seus principais cuidados!


Já ouviu falar em Almeirão roxo?

almeirão roxo com folhas triangulares

O almeirão roxo é uma planta pertencente à mesma família do dente-de-leão e foi trazido para o Brasil da América do Norte. Por ser uma hortaliça não muito conhecida no território brasileiro, é classificada como uma PANC (Planta Alimentício Não Convencional) e geralmente é cultivada em hortas domésticas ou vendida em feiras agroecológicas. Pela internet, suas sementes também são facilmente encontradas em sites de venda online.

O almeirão roxo possui muitas vitaminas e, por isso, é extremamente benéfico à saúde e ajuda a prevenir inúmeras doenças; a partir dele também é possível fazer até mesmo remédios caseiros como, por exemplo, chás que ajudam na digestão.

Além disso, essa é uma planta que pode ser consumida de diversas formas, desde crua até cozida; uma curiosidade sobre essa hortaliça é que no continente europeu, suas raízes secas e torradas já foram até mesmo consumidas como substitutas do café! Outro ponto positivo do almeirão roxo é que ele é resistente, muito fácil de cuidar e pode ser usado para decorar seu jardim. Confira a seguir.

Informações básicas do Almeirão roxo

almeirão roxo


Nome Científico
Lactuca canadensis
Outros Nomes
Almeirão roxo, orelha de coelho, almeirão selvagem, almeirão japonês
Origem
Estados Unidos e Canadá

Clima

Subtropical, tropical e temperado
Porte
90cm ~ 200cm
Ciclo de Vida
Anual
Floração
Abril ~ Agosto

O Lactuca canadensis, mais popularmente conhecido como almeirão roxo ou almeirão japonês é uma hortaliça nativa da América do Norte, mais especificamente nos Estados Unidos e Canadá. Essa planta possui flores amarelas que se destacam por causa da beleza e no clima brasileiro, elas costumam florescer anualmente nos meses de outono e inverno, ou seja, de abril até meados de setembro.

O almeirão roxo também consegue atingir até 200 cm de altura se receber luz solar plena e possui folhas que podem variar na cor: são completamente verdes ou possuem algumas nervuras roxas em sua superfície.

Como cuidar do Almeirão roxo

kit de jardinagem

O almeirão roxo, apesar de não ser tão popular, é uma planta saborosa, versátil e muito fácil de cultivar. A seguir, você encontra mais detalhes sobre quando irrigar, quais adubos usar e muito mais sobre essa hortaliça.

Irrigação do Almeirão roxo

Diferentemente do almeirão normal, que precisa de água em abundância, o almeirão roxo é uma planta bastante resistente que não necessita de irrigação com frequência. O ideal é que a planta seja regada, no máximo, 3 vezes por semana, evitando deixar seu substrato encharcado.

A única exceção a isso é durante o plantio da semente do almeirão roxo: é necessário regá-la todo dia por pelo menos 15 dias, até que ela germine e suas raízes se fixem bem na terra.

Adubo para Almeirão roxo

A adubação é uma parte fundamental para o desenvolvimento saudável de qualquer planta. Para o almeirão roxo, o adubo mais indicado é o orgânico, como o esterco, por exemplo. Entretanto, também pode ser usado o adubo químico NPK 4-14-8, em pouca quantidade, e o adubo foliar.

Contudo, essa hortaliça é pouco exigente nesse quesito; o que mais afeta o desenvolvimento do almeirão roxo, na verdade, é o substrato: se for nutritivo, a hortaliça vai desenvolver-se com tranquilidade.

Praga e doenças do Almeirão roxo

Algumas das pragas que são comuns e podem afetar o almeirão roxo são: larvas, caracóis, caramujos e ácaros vermelhos, sendo estes últimos menos frequentes. Geralmente, as larvas, caracóis e caramujos são encontrados na base das folhas da planta, pois é um lugar mais úmido, fresco e protegido do sol. Nesse caso, a melhor forma de prevenir que eles apareçam e eliminá-los é usando pesticidas orgânicos ou óleo de neem nas folhas.

No caso dos ácaros vermelhos, que também aparecem nas folhas, a melhor forma de acabar com eles é usando inseticidas piretróides.

Propagação do Almeirão roxo

O almeirão roxo é uma hortaliça de muito fácil propagação. Isso acontece porque quando suas flores se fecham e ficam parecidas com a flor dente-de-leão, presas nas “plumas”, há sementes pretas que são sopradas pelo vento e conseguem se espalhar abundantemente.

Assim, devido a essa rápida forma de propagação e a facilidade de semeadura que essa planta possui, em alguns casos ela pode até mesmo ser considerada invasiva e uma erva daninha, pois cresce em muitos lugares e em grande quantidade.

Como plantar almeirão roxo em vaso

Essa hortaliça é uma espécie que se dá muito bem tanto na terra quanto no vaso. O ideal é que as sementes do almeirão roxo sejam cultivadas num recipiente menor até germinarem. Durante essa fase, não há recomendação de qual terra usar, porém a fibra de coco pode ser uma boa opção pois esse tipo de terra facilita na hora de replantar a muda em seu recipiente definitivo.

Após a germinação, as mudas podem ser transferidas para um vaso grande (de 25cm a 30cm de altura) que contenha 50% de terra vegetal, 25% de húmus de minhoca e 25% de esterco.

Plantio do Almeirão roxo

Tanto no vaso quanto no solo, o plantio do almeirão roxo é bem simples e você pode fazê-lo de duas formas. O primeiro modo (e o mais fácil) de plantá-lo é cavando um buraco no chão que possua em torno de 10 cm de profundidade, preencher ele com 30% de adubo orgânico ou 20% com adubo químico e, por fim, colocar a muda da hortaliça ou as sementes e cobrir com terra.

No segundo modo de plantar o almeirão roxo, você precisa primeiro plantar as sementes num recipiente pequeno e regá-las por cerca de 20 dias até que elas germinem. Só após a germinação é que, com muito cuidado para não arrebentar sua raiz, você retira a planta do recipiente menor e a replanta no solo da mesma forma que foi descrita no parágrafo acima.

Iluminação ideal para o Almeirão roxo

A quantidade de iluminação que a hortaliça recebe é algo muito importante que influencia diretamente no tamanho que seu almeirão roxo pode alcançar. Essa é uma planta que gosta de sol, portanto, o ideal é o sol pleno, para que consiga desenvolver-se ao máximo. Iluminada dessa forma, o almeirão roxo pode alcançar até 2 metros de altura.

Caso a planta seja exposta a luz parcial, o crescimento da hortaliça ocorre mais devagar, seu tamanho diminui, suas folhas ficam fracas e em menor quantidade.

Umidade para o Almeirão roxo

O almeirão roxo não precisa de cuidados especiais; seja em períodos de clima seco quanto úmido, essa é uma planta versátil e muito resistente. Contudo, é muito importante manter o substrato sempre úmido, principalmente durante o período de germinação das sementes, pois esse é o período em que a planta consome mais água.

Além disso, a umidade constante é necessária pois, devido a constante exposição à luz solar, a planta pode murchar caso fique seca demais. Entretanto, é recomendável não umedecer o almeirão roxo a ponto de seu substrato ficar molhado porque isso pode prejudicar suas raízes.

Temperatura para o Almeirão roxo

Apesar da planta conseguir desenvolver-se em climas quentes, a Lactuca canadensis gosta mais de ambientes com o clima subtropical ou temperado, ou seja, ela nasce melhor durante as estações mais amenas, geralmente durante o outono e inverno.

Nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, o almeirão roxo é considerado subespontâneo, o que significa que apesar de essa não ser uma planta do território brasileiro, ela se adaptou as condições que encontrou aqui e começou a desenvolver-se sem precisar de uma cultura.

Solo ideal para o Almeirão roxo

O tipo de solo no qual o almeirão roxo é plantado influência no tamanho máximo que a planta pode chegar e embora essa espécie possa ser encontrada em uma variedade de solos e se adapte facilmente a eles, o ideal para ela é a terra preta, pois essa possui muitos componentes orgânicos.

Apesar disso, o almeirão roxo também se desenvolve bem em solos argilosos e úmidos e, em último caso, solos mais arenosos.

Características e curiosidades do Almeirão roxo

almeirão roxo

Você sabia que o almeirão roxo possui flores muito bonitas e, além de possuir muitos nutrientes, ainda pode ser usado na fabricação de remédios caseiros? A seguir confira esses e mais detalhes sobre os benefícios dessa incrível hortaliça.

Flor e semente de Almeirão roxo

Como o ciclo dessa planta é anual, as flores do almeirão roxo florescem uma vez ao ano e são dispostas na extremidade da haste de cachos ramificados. Geralmente elas possuem um tom amarelo-claro, mas isso também pode variar entre o laranja e o vermelho. As flores também lembram muito as flores da alface e a margarida.

Após alguns dias, as flores secam e se fecham, criando “plumas”, assim, ficando muito parecidas com o dente-de-leão. As sementes do almeirão roxo ficam contidas presas às plumas, que acabam sendo sopradas e espalhadas pelo vento.

As folhas são comestíveis

As folhas do almeirão roxo são bastante variadas: podem possuir até 30cm de comprimento e 15cm de largura, geralmente sendo mais estreitas perto do caule. Além disso, elas podem ser completamente verdes ou possuir nervuras arroxeadas em sua superfície.

Apesar da variação, todos os tipos de folhas podem ser consumidos crus ou refogados, por exemplo. Contudo, é importante ver se há seiva: ela aparece ao colher folhas mais velhas e embora não se saiba se ela é tóxica, ela deixa o almeirão roxo mais amargo. Por isso, é bom deixar as folhas de molho na água e cortar a base delas antes de ingeri-las.

Quando colher

Assim como as outras hortaliças, é recomendável que a colheita aconteça durante o ciclo de vida da planta, ou seja, durante um ano. O melhor é começar colhendo pelas folhas de baixo, pois essas são as mais velhas. Além disso, quanto mais velhas as folhas ficam, mais grossas elas se tornam e mais amargas seu gosto tende a ficar, enquanto que as folhas mais novas (as de cima) possuem um sabor mais suave.

Remédios caseiros com Almeirão roxo

Assim como os inúmeros nutrientes que o almeirão roxo possui, também é possível fazer muitos remédios caseiros com ele, dentre eles está o chá feito com a raiz seca da planta que serve como um bom expectorante; para fazê-lo é só misturar de 30 a 40 gramas da raiz picada com 1 litro de água e deixar ferver.

Outra parte dessa planta que pode ser consumida medicinalmente é sua seiva: dela pode-se fazer uma infusão, assim como o chá, e usá-la de forma diurética, digestiva e também para combater a hiperatividade. Contudo, pelo fato da seiva também ter efeito sedativo, é melhor ser administrada ou recomendada por um médico.

Nutrientes e benefícios

O almeirão roxo atrai muita atenção pois além de ser uma planta muito saborosa, essa hortaliça ainda possui inúmeros nutrientes que são muito bons para nossa saúde. Entre eles podemos listar: vitamina A, que atua na renovação celular e ajuda a melhorar a visão, fósforo, que auxilia no metabolismo e sistema nervoso, complexo de vitaminas B e C, responsáveis por manter a saúde da pele e fortalecer o sistema imunológico, cálcio, componente importante dos ossos e dentes, inulina, que ajuda a regular o nível de açúcar no sangue, entre outros.

Assim, devido a isso, o consumo do almeirão roxo é bastante benéfico pois ajuda a prevenir muitas doenças, tais como o câncer, alergias, inflamações, pressão alta e diabetes. Além disso, ela ainda auxilia no tratamento de úlcera e por ter poucas calorias, também ajuda a emagrecer.

Onde encontrar Almeirão roxo?

O almeirão roxo é classificado como uma PANC (Planta Alimentícia Não Convencional), portanto a espécie não é tão conhecida no Brasil e pode ser difícil de se encontrar em mercados ou hortas convencionais. Contudo, ela é bastante cultivada em hortas domésticas em boa parte do país, principalmente em regiões mais frias, como no Sul.

Além disso, as sementes dessa hortaliça também são vendidas em feiras agroecológicas e facilmente encontradas para serem compradas em sites de jardinagem ou sites de compra como, por exemplo, o Mercado Livre.

Almeirão roxo tem muitas utilidades!

almeirão roxo no quintal

Por fim, o almeirão roxo, além de ser uma planta bastante resistente e fácil de cuidar, ainda pode ser consumido de várias formas: cru na salada, refogado e até mesmo para fins medicinais, em forma de chá. Essa hortaliça tão versátil ainda possui muitos nutrientes e vitaminas que fazem bem à nossa saúde e ajudam a prevenir até mesmo doenças como o câncer. Além disso, por dar flores amarelas muito bonitas, também pode ser usado como decoração, dando ainda mais vida ao seu jardim.

Em suma, essa planta tem muitas utilidades, benefícios e apesar de ser pouco conhecida e comercializada em supermercados convencionais, vale muito a pena comprar suas sementes online e criar sua própria horta doméstica de almeirão roxo!

Autor deste artigo

Curso Letras, gosto muito de ler sobre assuntos diversos e de descobrir novos lugares para viajar.

Artigos relacionados


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!


Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Você sabia que a tumbérgia tem formato de trombeta? Descubra neste artigo demais curiosidades, espécies e como cultivá-la!


Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Sabia que o Filodendro é uma planta venenosa? Veja neste artigo, oito espécies, dicas de cuidados e curiosidades, desta planta que possui folhagens exuberantes!


Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Você sabia que a flor da quaresmeira é símbolo do amor incondicional? Conheça neste artigo, dicas de cuidados e características dessa espécie nativa do Brasil!


Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Neste artigo, veja informações sobre o cultivo de pomares caseiros. Confira também as frutas mais propícias para cada região e dicas de cuidados!


Últimos posts


Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

O grill facilita a rotina e nos deixa mais saudáveis - veja aqui os melhores modelos, características, informações, como escolher o ideal para você e como usar!


Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Está procurando uma sanduicheira? Neste artigo, confira informações sobre elas, como escolher a melhor e quais são os melhores modelos de 2021!


Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Veja aqui os melhores binóculos de 2021, como escolher o mais adequado para você, principais marcas, vantagens e desvantagens e mais curiosidades.


Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Neste artigo, apresentamos uma lista de atitudes sustentáveis que você pode tomar dentro de casa para economizar água. Confira as dicas!


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!