Cipreste italiano: como usar na fachada, altura e muito mais!

Cipreste italiano: como usar na fachada, altura e muito mais!

Conheça aqui o Cipreste italiano e veja quais são seus tipos, como cuidar, curiosidades e como se livrar das pragas.


Cipreste italiano: conheça esta planta gigante!

Ciprestes italianos

O cipreste italiano é uma árvore perene caracterizada por ricas agulhas verdes e uma forma estreita e piramidal. É uma árvore alta e majestosa e erguem-se como colunas em jardins formais ou frente de propriedades. Ela faz parte de quase toda paisagem interiorana da Itália e pode crescer entre 12 e 18 metros de altura, às vezes chegando a atingir até 25 metros.

Ela funciona especialmente bem quando usada para alinhar uma calçada, emoldurar uma entrada ou fornecer um destaque verde ao lado de um prédio alto. A árvore é cresce facilmente quando plantada em local correto e requer pouca manutenção, uma vez que se estabelece. Além disso, sua extensão é de menos de três metros, deixando qualquer local que ela esteja elegante.

Características e curiosidades do cipreste italiano

Ciprestes italianos

Descubra a seguir quais são as principais características desta árvores e algumas curiosidades interessantes em relação ao seu desenvolvimento e plantio.

Uso do cipreste italiano como fachada

O cipreste italiano tem muitos usos, desde seus óleos essenciais até sua madeira. Os óleos essenciais da espécie têm propriedades refrescantes e são usados ​​como perfumes para cômodos da casa, como um "bom ar". As folhas da planta também são utilizadas na indústria de cosméticos para a produção de xampus e sabonetes com propriedades anticaspas. Além disso, o cipreste é uma planta medicinal.

Conhecido popularmente como cipreste comum, cipreste italiano e cipreste do mediterrâneo, é tradicionalmente usado para o tratamento de problemas circulatórios, como varizes, pernas pesadas, derrames nas pernas, úlceras varicosas e hemorroidas. Ademais, também pode ser usado como auxiliar no tratamento da incontinência urinária, problemas de próstata, colite e diarreia.

Cipreste italiano: a quantos metros pode chegar?

Ciprestes crescem em uma forma colunar muito ereta. Na verdade, o cipreste italiano pode chegar a 21 metros de altura ou até mais alto do que isso. Por outro lado, eles crescem apenas entre 3 e 6 metros de largura. Caso decida cultivar os ciprestes italianos, saiba que essas árvores se desenvolvem rapidamente no local certo, geralmente crescendo até 0,9 m por ano.

Forma do cipreste italiano

O cipreste italiano é de um verde mais escuro do que muitas plantas, pois isso, é considerado uma árvore de aparência bastante fúnebre. Em alguns países os ciprestes italianos são plantados em cemitérios. Embora as fileiras das árvores possam parecer muito formais, o plantio aleatório também funciona em ambientes mais naturalistas.

A aparência da árvore foi admirada por milênios por pessoas tão diversas como imperadores romanos, pintores impressionistas, fazendeiros toscanos e suburbanos californianos. As suas folha se assemelham a escamas finas e achatadas e é extremamente utilizada para um paisagismo elegante e de caráter escultural.

Como é a raiz do cipreste italiano?

Como a maioria dos ciprestes, os ciprestes italianos são ancorados por um sistema de raízes fibrosas. As raízes fibrosas se ramificam de maneira relativamente uniforme no solo, criando uma rede de esteiras na camada superior da terra.

As raízes do cipreste não crescem muito profundamente, portanto, causam menos danos ao solo. Apesar das raízes rasas, a árvore é bem tolerante a tempestades de vento e ventos fortes.

Conheça os tipos de Cipreste italiano

Confira a seguir quais outros tipos de Cipreste existem, suas características principais e diferenças.

Cipreste italiano fastigiate

Cipreste italiano fastigiate

O tipo fastigiate é um cipreste esguio com folhas em formato agulha, esfumaçadas e cones grandes abertos. Se trata de uma árvore perene, que pertence a uma variedade de cipreste mais resistentes à geada. Indicada para áreas mais frias ou com invernos mais rigorosos.

Além disso, é caracterizada por ser muito estreita. Também é importante observar que o seu crescimento é colunar e toda a sua folhagem tem um tom de verde.

Cipreste italiano stricta

Ciprestes italianos

A stricta se caracteriza por ter uma coluna muito fina, de ramos estreitos, folhagem verde escura com um fundo azul e tem maior resistência ao frio e preferência por solos mais ácidos. Se trata de uma árvore perene, cultivada para fins ornamentais em jardins e parques da cidade por sua folhagem diversa. Ela também é um dos tipos que tem a mais alta resistência à poluição.

Por fim, é uma árvore de longa duração que, em condições ambientais ideais, pode viver de 100 a 500 anos se bem cuidada. É uma espécie de grande porte que pode ultrapassar os quarenta metros de altura. Além disso, é o emblema de Toscana, na Itália.

Cipreste italiano glauca

Cipreste italiano glauca

A glauca possui ramos estreitos, verticais, com folhagem verde, cinza azulada forte. Atrai o olhar a metros de distância por sua beleza ornamental. Ela pode atingir até 25 metros de altura e pode ser encontrada formando pequenas florestas, mesmo em muitas partes da Europa onde conseguiu se naturalizar.

Nesse tipo, a produção de frutos é bem menor, em comparação com a variedade stricta. Ademais, ela tem tolerância para ambos os solos, tanto alcalino, como ácido e é mais resistente à seca.

Como cuidar do cipreste italiano

Pessoa podando árvore

Descubra a seguir como cuidar do seu cipreste italiano, qual iluminação, tipo de solo, temperatura ideal e entre outros pontos importantes para plantá-lo.

Iluminação ideal para o cipreste italiano

Para se desenvolver com sucesso, o cipreste precisa de luz solar total. As sementes de cipreste germinam sob luz indireta brilhante, mas podem levar até 50 anos para atingir a maturidade total.

A maioria dos especialistas concordam que esta árvore ficará bem, desde que seja mantida em pleno sol, e que ela será capaz de crescer adequadamente. Por isso, é recomendado que o cipreste receba mais de 6 horas de luz solar direta por dia.

Temperatura para cipreste italiano

Tente fornecer uma temperatura entre 20 e 30 graus para o cipreste, uma vez que ele prefira climas mais amenos. Ele também suporta bem o tempo quente, o frio e até geadas.

O cipreste é super resistente a diversos climas e situações de umidade também, por isso se trata de uma planta de baixa manutenção.

Umidade para cipreste italiano

Na fase de crescimento, o cipreste aprecia a umidade moderada, mas uma vez estabelecido, tolera muito bem o tempo seco. O solo também é um fator importante, se estiver bem regado, não há perigo. Além disso, o cipreste é muito resistente ao fogo e pode ser usado como barreira para os incêndios que afetam algumas regiões.

Os testes feitos por pesquisadores em folhas e ramos de ciprestes revelaram um elemento fundamental para a planta: o seu alto teor de umidade (que varia de 84% a 96%) durante o período de verão, faz com que resistam mais a queimadas.

Solo ideal para o cipreste italiano

Certifique-se de manter o cipreste italiano em solo de boa drenagem, e de modo ideal, um que seja feito de argila, argila, giz e areia. Isto porque, o cipreste italiano prefere ter solo sem excessos, mas úmido e ocasionalmente seco em todos os momentos, razão pela qual é necessário misturar o solo com argila, argila, giz e areia.

Além disso, recomenda-se que o solo seja preferencialmente alcalino, ácido ou neutro. Adicione uma camada de 2 a 3 centímetros de adubo ou composto, se desejar, para ajudar a reter a umidade no solo e evitar ervas daninhas competitivas. Mas verifique para que não fique muito úmido e apodreça o tronco da árvore.

Rega do cipreste italiano

Como regra de ouro, você deve se lembrar de manter seu cipreste em solo com características de boa drenagem, pois isso garantirá as condições certas para sua planta crescer e se desenvolver. Portanto, escolha um solo que não fique água em excesso, com propriedades propensas a umidade e ocasionalmente, secas para manter os níveis de umidade corretos.

Mas se você deseja uma solução "tamanho único" para regar sua cipreste, deve considerar o famoso teste do "dedo". Para realizar este teste, você só precisa colocar o dedo no solo da sua planta e determinar se ela está úmida ou não. Em todo caso, este teste permitirá que você saiba se a seu cipreste precisa ou não de água.

Propagação do cipreste italiano

Os principais métodos de propagação usados ​​para o cipreste italiano são mudas e sementes. As mudas são geralmente colhidas em fevereiro, após o período de frio necessário ter sido concluído. As estacas são retiradas de árvores saudáveis, com cerca de quinze centímetros de comprimento e feitas com um corte em ângulo.

Os outros cultivares podem ser usados ​​em estacas, incluindo: ‘Stricta’ com folhagem verde escura, ‘Gluaca’ com folhagem verde-azulada e ‘Horizontalis’ com ramos horizontalmente espalhados. Essas cultivares comercialmente disponíveis são geralmente muito caras, de modo que o cipreste italiano costuma ser cultivado a partir de sementes.

Poda do cipreste italiano

A regra ao podar ciprestes é trabalhar lenta e suavemente. Prossiga galho por galho para determinar quais cortes são necessários. Corte cada galho excessivamente longo em uma forquilha com um broto verde crescendo a partir dele. Esta é a regra mais importante para cortar ciprestes: nunca corte todos os brotos verdes de nenhum galho, pois o galho não poderá crescer mais.

Prossiga pela parte inferior dos ramos, inclinando os cortes para cima. Quando estiver podando ciprestes, procure uma aparência natural podando alguns galhos mais profundamente na folhagem do que outros. A árvore não deve parecer “podada” quando você terminar.

Manutenção do cipreste italiano

O cipreste tolera a poluição. Rústico cresce em vários tipos de solo: argila, barro e areia, desde que bem drenado. Na fase de crescimento aprecia a umidade moderada, mas uma vez estabelecido, tolera uma leve seca. Solos encharcados contribuem para o desenvolvimento da podridão radicular. As árvores praticamente não exigem corte.

Para formar uma fileira de ciprestes italianos de ambos os lados de uma calçada ou passarela, plantar com cerca de 3 metros de distância entre plantas. Uma distância menor, permite que as árvores encostem uma nas outras e formem uma cerca sólida quando adultas.

Problemas com as folhas do cipreste italiano

Ciprestes italianos

Saiba a seguir quais são as doenças e pragas mais comuns nos ciprestes italianos e descubra como evitá-las e cuidar para o bom desenvolvimento da árvore.

Fusarium

A doença do pinheiro-bravo, também conhecida como cancro do pinheiro, é uma ameaça grave para os ciprestes e pinheiros. É causada pelo fungo Fusarium circinatum (F. circinatum), embora os seguintes nomes científicos também sejam usados: Gibberella circinata, Fusarium lateritium f. sp. Pini e Fusarium subglutinans f. sp. Pini.

Para cuidar desse tipo de doença, aplique tratamentos de pulverização de fungicida em ávores que foram severamente afetadas. Inspecione a árvore para doenças do cancro e pode todos os galhos afetados que ainda restarem. Reaplique uma poção de solo para doença, uma vez que ela pode afetar raiz. Isso tudo, se necessário.

Fecho marrom

Essa doença, caracteriza-se por um revestimento branco, marrom (mais comum) ou cinza-escuro, que toma a cor, principalmente dos ramos. No entanto, ela aparece em folhas e frutos. A doença é causada por fungos do gênero Septobasidium que é semelhante à camurça, por isso ele forma um tecido impermeável sobre as partes das plantas, mas é possível removê-lo.

O controle pode ser feito com simples cuidados. Primeiro, deve-se retirar os galhos finos mais afetados. Depois, é necessário fazer a raspagem dos revestimentos para em seguida, iniciar a aplicação de inseticidas de controle das cochonilhas. Por fim, as áreas podadas devem ser pinceladas com a calda bordalesa.

Doenças fúngicas

As ciprestes sofrem de alguns tipos de doenças fúngicas mortais, nomeadamente a doença fúngica Seiridium canker (Seridium unicorne). Manchas marrom-escuras ou roxas se formam nos caules, galhos e cascas. Os galhos caídos ficam vermelhos e acobreados, sinais do fungo. Além disso, há outros fungos como: a ferrugem da agulha de Passalora causada pelo fungo Passalora sequoia, acontece em temporadas quentes.


Um jardineiro observador pode notar o início de uma doença fúngica antes que ela comece a se espalhar. Para infecção fúngica completa, alguns tratamentos podem, pelo menos, diminuir a propagação do fungo. Pode a árvores ou utilize fungicidas específicos para que a doença não se espalhe mais. Em suma, as plantas de cipreste são propensas a vários fungos, especialmente aqueles que causam câncer nessas espécies.

Pragas do cipreste italiano

A primeira praga importante da cipreste e que precisa de atenção, é a infestação de lagartas, uma vez que elas se alimentam dos galhos da árvore. Já os ácaros aranhiços são difíceis de enxergar, mas a planta exibirá sinais com pontos marrons nas agulhas. Além disso, há o perigo da podridão da raiz que é evidente pela folhagem embaçada, amarela e murcha. Atenção, já que isso significa excesso de água. Drene o solo.

Por fim, os ciprestes podem ser atacados por uma grande variedade de pragas, com destaque para o ataque de insetos, como a lagarta.

Cipreste italiano: cultive esta grande planta e deixe sua fachada ainda mais bonita!

Ciprestes italianos

O cipreste é uma planta fácil, de bom de desenvolvimento e de baixa manutenção para o seu jardim ou para sua calçada. Assim, logo que você tem as árvores devidamente bem localizadas e plantadas, é hora de pensar sobre os cuidados adequados para o cipreste italiano se manter saudável.

Essas árvores geralmente são saudáveis, mas você deve ficar de olho nas pragas e nas doenças, especialmente ácaros e lagartos. Não ignore a presença desses minúsculos insetos, porque logo as suas elegantes árvores parecerão desordenadas.

Por fim, as ciprestes são relativamente fáceis de cultivar e cuidar, então não há razão para que você não possa criar um pequeno pedaço de Toscana em seu próprio jardim.

Autor deste artigo

Redatora de Jardinagem, Casa e decoração, Turismo e Cotidiano.

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos