Buxus sempervirens: características e dicas de cuidado com este arbusto!

Buxus sempervirens: características e dicas de cuidado com este arbusto!

Você sabia que o Buxus sempervirens pode ter várias formas diferentes? Veja mais dicas de cultivo e curiosidades sobre esta planta!


Buxus sempervirens: saiba tudo sobre este arbusto!

Arbusto de Buxus sempervire

O Buxus sempervirens é uma planta arbusto lenhosa bastante utilizada na ornamentação para decorar muros, fachadas no geral, jardins, parques, entre outros lugares. Há também quem o utilize em forma de bonsai, e para fazer grandes esculturas, pois suas folhas são densas sendo ideais para moldar desenhos e formas, o mais comum é em formato arredondado.

Neste artigo você vai conhecer tudo sobre essa linda planta ornamental como curiosidades, características, e claro, dicas incríveis de cultivo, quando regar e alimentar, como fazer a preparação do solo e como podar de forma correta seu Buxus. Confira esses e outros assuntos com detalhes em nosso artigo completo!

Conheça o Buxus sempervirens

Buxus sempervire em foco


Nome CientíficoBuxus sempervirens
Outros NomesBuxo, Buxinho, Árvore-da-caixa
OrigemÁsia, Europa, Mediterrâneo 
Porte1,8~2,4 metros
Ciclo de VidaPerene
FloraçãoPrimavera, Verão
ClimaMediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical


O Buxus sempervirens é conhecido popularmente como buxo comum ou árvore-da-caixa, sua altura pode chegar até 2,4 metros de comprimento, porém, seu processo de crescimento é longo, já que essa espécie demora mais do que outras para se desenvolver. Os climas que mais o agradam são: Mediterrâneo, subtropical, temperado e tropical, que são geralmente lugares quentes e ensolarados.

Essa espécie de arbusto se originou na Ásia e Europa, mas hoje pode ser encontrada em vários lugares do mundo, ela se adapta bem em qualquer região que tenham seu tipo de clima. Por último temos sua floração, que se dá nas estações da primavera e verão, mas não são muito requisitadas na ornamentação sendo geralmente descartadas.

Características e usos do Buxus sempervirens

Arbusto redondo de Buxus sempervire

Nos próximos tópicos falaremos sobre algumas características do Buxus sempervirens, você vai conhecer um pouco sobre como são suas flores, para que utilizam seus ramos e madeira, seu uso na decoração e o ciclo de vida da espécie. Vamos nessa?

Como são as flores do Buxus sempervirens

As flores do Buxus sempervirens são pequenas e amarelas, mas não possuem coloração viva, sendo um pouco pálidas. Elas são pequenas e medem cerca de 2 milímetros de comprimento, possuem bastante néctar a ponto de atrair pequenos insetos polinizadores como abelhas e borboletas.

O formato das flores se dá em pequenas hastes quase brancas que se aglomeram em vários nós entre as folhas e sua aparição é recorrente na primavera, porém, elas são pouco apreciadas na ornamentação como já havíamos dito anteriormente.

Uso dos ramos e madeira

Os ramos do Buxus sempervirens possuem coloração creme claro, sendo diversas vezes utilizado em projetos realizados com madeira. A madeira de seus ramos é considerada um material de baixo custo, além de ter alta densidade e ser resistente a lascas.

Ela é ideal para entalhar, sendo bastante utilizada na confecção de peças de xadrez e pequenos instrumentos de corda como ukulele. Seus ramos também servem para confeccionar ramos de flores e centros de mesa.

Uso na decoração

O uso do Buxus sempervirens na decoração é bastante extenso, pois há diversa maneiras de usá-lo na ornamentação como na arte da topiaria, por exemplo. Topiaria é o nome que se dá a arte de podar plantas em formas ornamentais, e essa espécie é ideal para esse fim.

Com certeza você já deve ter visto em algum lugar um arbusto em formato de animal ou com qualquer outra forma criativa, essa arte é antiga e muito apreciada na antiga Roma, hoje em dia ela é mais vista nos jardins franceses e ingleses. O Buxus também serve para formar sebes, que nada mais são do que cercas de plantas, arbustos ou ramos secos com a função de proteger vinhas e quintais.

Conheça o ciclo de vida do Buxus sempervirens

O ciclo de vida do Buxus sempervirens é perene, ou seja, ele tem uma vida longa e duradoura podendo durar anos sem precisar ser replantado. Essa espécie é bastante requisitada na arte da topiaria, como já mencionamos anteriormente, sendo ele utilizado para a confecção de grandes esculturas.

Porém, para se alcançar um tamanho de 5 metros, por exemplo, é preciso que se passe 20 anos ou mais, pois o Buxus cresce muito lentamente, fazendo com que seja uma planta de alto valor no mercado. Por isso, se você acabou de adquirir uma mudinha, não estranhe se não perceber um crescimento aparente em um mês ou dois.

Como cuidar do Buxus sempervirens

Jardim ornado com Buxus sempervire

Nesta parte do artigo, mostraremos a você as dicas de cultivo necessárias para se ter um Buxus sempervirens lindo e saldável. Abordaremos temas como: Iluminação e solo ideais, frequência de regas e alimentação, forma correta de podar o Buxus, manutenção, melhor vaso, entre outros assuntos. Confira!

Iluminação ideal para Buxus sempervirens

A iluminação adequada é ideal para que o Buxus sempervirens possa ter muito mais saúde e vigor. Ele prefere ser cultivado em sol pleno, mas moderado, pode ser cultivado em locais de semisombra também.

No entanto, o sol pleno tende a aumentar as chances de seca, já que a umidade do solo irá evaporar mais rapidamente, e se isso ocorrer, a planta sofrerá queimaduras nas folhas e mudança de coloração de verde vivo para amarelado, podendo chegar a óbito em caso de seca extrema.

Se o Buxus for cultivado em ambiente interno, poderá conservar melhor a umidade em suas raízes, porém, há mais chances de sofre por falta de iluminação.

Temperatura ideal para Buxus sempervirens

As temperaturas que mais agradam ao Buxus sempervirens estão entre 3ºC e 10ºC em regiões de frio, e 15ºC até 21ºC em regiões mais quentes, no geral ele prefere clima fresco e neutro. Essa planta tem muita resistência a invernos rigorosos, podendo suportar até - 10ºC sem sofrer nenhum dano, também suporta a neve em sua superfície muito bem.

Países como França e Inglaterra gostam muito de utilizar a espécie como decoração em seus grandes jardins, visto que esses lugares são extremamente frios durante o inverno.

Rega do Buxus sempervirens

O Buxus sempervirens deve ser regado com a frequência de 1 vez por semana durante suas estações de crescimento, que são primavera e verão, no entanto, essa regra vale para plantas cultivadas em ambientes externos, plantas internas devem ser checadas antes de se efetuar uma nova rega, pois internamente a planta recebe menos iluminação, fazendo o solo armazenar água por mais tempo.

O Buxus em muda deve ser regado no mínimo 2 vezes por semana, já que ele ainda está formando seu sistema radicular, esse processo pode levar até 1 ano para acontecer. Evite regar o Buxus durante o inverno, e se necessário, regue com água morna para que não haja o congelamento das raízes.

Solo ideal para Buxus sempervirens

O melhor solo para se plantar o Buxus sempervirens é o fértil e bem drenado. Uma dica para se obter um solo bem drenado é fazer uma mistura de solo para envasamento ou solo com turfa negra orgânica e perlita, pedra-pomes ou areia. Cada um desses componentes adicionais tem a função de auxiliar na drenagem do solo, fazendo com que ele se torne soltinho e arenoso.

A planta também aprecia fundações de calcário e solos neutros, mas se adapta bem a flutuações alcalinas ou ácidas leves. E se você quiser aumentar a fertilidade do solo, é só apostar em um fertilizante natural e orgânico como o bokashi, por exemplo, inclusive temos um artigo só sobre ele em nosso site.

Adubos e substratos para Buxus sempervirens

A alimentação do Buxus sempervirens deve ocorrer entre suas estações de crescimento, primavera e verão, e ser feita com fertilizante de liberação lenta, de preferência com adubo orgânico ou grânulos de fertilizante. Evite utilizar fertilizantes líquidos, pois esse tipo é de rápida liberação, não sendo o ideal para a espécie.

A frequência deve ser de uma vez por mês e o adubo utilizado deve conter os três principais nutrientes Potássio, Fósforo e Nitrogênio. Esses três nutrientes devem ser distribuídos em uma porção 10-10-10 respectivamente, somente assim, você terá uma planta linda e saudável em sua casa.

Poda adequada do Buxus sempervirens

O Buxus sempervirens é resistente a podas e precisa delas para se manter saudável e bonito, retirar as pontas soltas, amareladas e velhas é ideal para que novas surjam no lugar. A planta se regenera bem de podas semestrais e pode ser utilizada para se criar várias formas e desenhos distintos, na arte topiaria ela pode se transformar em bola, em pinheiros, animais, cerca viva, entre outras figuras.

Por ter grande densidade, os desenhos ficam lindos e bem delineados, quanto mais folhas tiver o Buxus mais bonito fica a escultura. Uma dica importante é sempre manter a tesoura de poda limpa e esterilizada, do contrário, a planta pode contrair a doença fúngica da buxicola (Cylindrocladium buxicola).

Para fazer a limpeza é simples, em um recipiente, coloque água sanitária e dilua com água, lave sua tesoura de poda na mistura e pronto.

Manutenção do Buxus sempervirens

O Buxus sempervirens não necessita de muita manutenção, o processo que mais é realizado e recomendado é a poda, pois como é uma planta utilizada para fazer esculturas precisa de poda constante para a forma se manter visível, do contrário, os galhos que cressem de maneira irregular, irão deixar o Buxus com uma aparência assimétrica e desgrenhada.

Outro processo de manutenção importante é a checagem de pragas, esses insetos podem destruir uma planta saudável em pouco tempo, por isso, sempre que puder, dê uma olhada mais profunda em sua planta a procura de pragas que estejam a atacando.

Vasos para plantar o Buxus sempervirens

Não há um tipo de vaso específico para se cultivar o Buxus sempervirens, isso porque ele é uma planta muito decorativa e geralmente é cultivado em recipientes que combinam mais com o ambiente. Mas se você quer uma luz e tem medo de acabar matando sua plantinha pela escolha errada do vaso, a dica é utilizar vasos de terracota.

Os vasos de terracota são porosos e isso auxilia tanto na drenagem do solo como na respiração da planta. No entanto, se você escolher utilizar qualquer outro tipo de vaso, a melhor coisa a se fazer é utilizar uma base de areia ou perlita, para auxiliar no processo de drenagem, isso vai evitar que as raízes da sua plantinha fiquem encharcadas por um longo período, causando apodrecimento.

Pragas e doenças do Buxus sempervirens

As pragas e doenças que podem vir a atingir o Buxus sempervirens são o psilídeo de buxo, cochonilha e patologias. O psilídeo de buxo é uma praga da ninfa que fica ativa na primavera e se alimenta dos botões em desenvolvimento da planta, ela se posiciona nas folhas causando empilhamento e é uma praga difícil de ser tratada.

Para conter o psilídeo você terá que podar as pontas infectadas ou utilizar um sabonete inseticida. No caso da cochonilha utilize álcool para matá-la, e após remover todas, trate com sabão inseticida ou óleo de Neem. Por último, a doença de patologias, que é que o apodrecimento das raízes por excesso de égua, troque a planta de solo e diminua a frequência rega.

Propagação do Buxus sempervirens

Existe dois jeitos de se propagar um Buxus sempervirens: por estaca, que são as mudas; e por semente. O jeito mais fácil é por estaca, mas as duas maneiras são válidas.

A opção por semente é um pouco mais demorada, mas é bem fácil, coloque em pão as vagens das sementes abertas depois de já estarem secas na planta. Procure fazer o processo logo que colher a semente, pois elas não armazenam bem e morrem rápido.

Como fazer mudas do Buxus sempervirens

O segundo jeito é a propagação por estaca que é a mais utilizada no meio de propagação. Você pode utilizar uma estaca de madeira macia, estaca semidura e estaca dura. Se optar por madeira macia, a estaca deve possuir de 10 a15 cm de comprimento. Retire as folhas da metade inferior da estaca e as mergulhe em gel ou pó de cultivo, em seguida adicione hormônio do crescimento ou mel.

Com a estaca dura é o mesmo processo, porém, ela vai precisar de alguns dias para a cicatrização do corte, quando tiver formado um calo, já pode plantar. Procure também deixar um espaço de 2 metros entre uma estaca e outra.

Floração do Buxus sempervirens

As flores do Buxus sempervirens surgem na primavera e possuem uma fragrância intensa. Elas possuem ambos os sexos e costumam ser polinizadas por insetos como abelhas e borboletas, além disso, surgem através de capsulas de fruta, 3 lóbulos por cada ramo contendo até 6 sementes em cada um.

Uma maneira de fazer seu Buxus florir ainda mais é atrair insetos polinizadores para o seu jardim, quanto mais pólen for espalhado, mais flores irão brotar.

Buxus sempervirens: uma ótima opção de arbusto para sua casa!

Arbustos redondos de Buxus sempervire

O Buxus sempervirens é uma ótima opção de arbusto para decorar sua casa, estabelecimento ou qualquer outro lugar que você desejar, além de ser fácil de manter, ele ainda possui uma vida perene e é resistente ao frio extremo. Se você já tem um Buxus em casa aproveite para presentear alguém especial com uma mudinha.

Faça também desenhos de diferentes formas, solte a imaginação e deixe seu arbusto lindo em formato de bolinha ou de um coelho fofo. Espero que tenha gostado de nossas dicas e aproveite para ver outros assuntos em nosso site, até a próxima!

Autor deste artigo

Escrever é se comunicar pelas palavras, é dar informação a quem precisa, por isso amo o que faço. Gosto de fazer um pouco de tudo e estou sempre atrás de novos hobbies, todas as atividades feitas ao ar livre e em contato com a natureza ajudam a revigorar nossa alma e a trazer um bem estar. Por isso embarque nessa jornada cheia de dicas práticas comigo, para você levar uma vida tranquila e sem apuros.

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos