Horta suspensa: dicas de como fazer com pvc, pallet, garrafa pet e mais!

Horta suspensa: dicas de como fazer com pvc, pallet, garrafa pet e mais!

Quer fazer uma horta suspensa com materiais recicláveis? Neste artigo, saiba mais sobre os tipos de horta, como construir e cuidar de uma e o que plantar nela.


Horta suspensa: saiba tudo sobre como criar a sua!

Uma horta vertical com várias verduras verdes

O cultivo de hortas orgânicas está ganhando cada vez mais espaço nas casas das pessoas. Além de produzir uma alimentação rica em nutrientes, ela pode ser de hortaliças, frutas e até flores não é prejudicial ao meio ambiente e à saúde.

Durante o plantio dos produtos não são utilizados agrotóxicos e produtos industriais, mas sim técnicas naturais baseadas em processos biológicos para o controle de pragas. Além de ser necessário se preocupar com os cuidados de manuseio deve-se pensar como que essa horta será plantada, e neste artigo trataremos mais a fundo sobre uma delas: a horta suspensa.

A horta suspensa ou vertical nada mais é do que o cultivo da horta sendo feito fora do chão. Ela pode ser caseira ou sofisticada, podendo usar garrafas PETs a bambus de recipiente. Para saber sobre as principais dicas para ter essa horta, continue lendo o nosso artigo.

Tipos de horta

Vários vasos suspensos na parede em uma horta vertical

No âmbito das maneiras possíveis de construir uma horta, fique sabendo que há uma diversidade de tipos. Para saber quais são as hortas mais comuns, leia a seguir.

Horta tradicional

A horta tradicional é uma dos tipos mais comuns encontrados. Geralmente é cultivado diversos tipos de hortaliças com o fim de revendê-las para as feiras, e pequenas quitandas por exemplo. E esse tipo de horta diferentemente das demais faz o uso de produtos químicos.

Essa horta é feita de maneira simples: as sementes das hortaliças são selecionadas e plantadas em um canteiro que deve estar previamente preparado. Uma das desvantagens desse tipo de horta é a utilização da mesma mistura de terra para todos os cultivos, e caso haja indisponibilidade de algum nutriente o vegetal não se desenvolverá plenamente.

Horta doméstica

Como já diz em seu nome, essa horta é cultivada em fundos de quintais de casas ou em vasos no caso de apartamentos. Elas são ideais caso não haja muito espaço no ambiente, deixando-o assim mais verde e com um aroma delicioso.

Na horta doméstica são cultivadas as hortaliças mais comuns: folhagens e temperos. Os produtos podem ser plantados em pequenos canteiros ou vasos, com um adubo de boa qualidade e suas respectivas sementes. É indicado serem colocadas em locais iluminados, colhidos depois de quatro meses do cultivo e possuir uma umidade relativa do ar ideal.

Mini horta

Essa categoria é ideal para quem não tem muito tempo e espaço para o cuidado das plantas. A mini horta é produzida em pequenos vasos que são dispostos em janelas, sacadas ou varandas (deve-se priorizar locais que pegam luz solar).

São indicados o plantio de produtos de pequeno porte, como agrião, manjericão, hortelã, manjericão, alecrim, orégano, sálvia, salsa, cebolinha, louro e tomilho. Esses temperos se dão muito bem se cultivados em vasos pequenos, canteiros e jardineiras, e ainda se forem regados com frequência.

Horta orgânica

O funcionamento dessa horta se dá de forma muito semelhante à horta convencional, mas esta se diferencia por não utilizar agrotóxicos, herbicidas e adubos prontos. Dessa maneira, o produto é entregue da maneira mais natural possível e com muito mais sabor.

Na horta orgânica é necessário que as hortaliças recebam cerca de 6 horas de sol por dia. Além disso, devem receber ventilação em abundância e serem plantadas em um solo fofo e rico em nutrientes. A escolha dos produtos a serem plantados não tem muito segredo, por isso escolha os alimentos que você gosta e consome.

Horta hidropônica

A horta hidropônica consiste nas plantas serem cultivadas de maneira que suas raízes fiquem imersas em uma solução de água rica em nutrientes. Essa técnica conhecida desde o tempo do Egito Antigo, da China e dos asteca apenas exige que o seu manejo seja feito todos os dias, verificando se o desenvolvimento das hortaliças está se dando de maneira produtiva.

O material utilizado para essa horta são tubos de PVC com furos, os quais devem ser dispostos das plantas. Nesse tipo de produção, é indicado o cultivo de folhagens e temperos, como alface, rúcula, cebolinha, salsinha e entre outros.

Como fazer a sua horta suspensa

Agora que você sabe sobre alguns tipos de horta que fazem sucesso, fique sabendo das nossas dicas sobre como fazer a sua própria horta suspensa, uma tendência quando se trata de cultivar os seus próprios produtos em casa. A seguir você encontrará os materiais para cada categoria, o modo de construção e algumas dicas essenciais.

Com garrafa pet

É primordial pontuar a importância ecológica dada à reutilização do material nessa horta, já que dessa maneira é evitado que ele seja descartado na natureza. Para montar a sua horta suspensa é preciso de pregos grandes e parafusos, martelo ou chave Philips, tesoura, fios resistentes e claro, garrafas PET de 2 litros.

Para montá-la faça furos na tampa e no fundo da garrafa. Depois, uma abertura lateral por onde as plantas serão cultivadas e passar os fios pelos buracos das extremidades para que a horta suspensa seja presa onde você desejar.

Com calhas de pvc

Flores em um vaso feito de calha de PVC e em uma horta vertical

Para construir essa horta suspensa são necessários uma calha de PVC, 6 tampas de PVC, 2 cabos de aço de medida e expressar a desejada, 6 rebites, 2 ganchos para prender, furadeira e serra circular. Para montá-la é preciso primeiramente realizar as medidas na calha que servirá para o cultivo.

Logo depois, faça furos nas extremidades das calhas, onde serão passados os cabos de aço para sustentação. Escolha o local que você irá implantá-la, — parede ou suporte de madeira – fixe os ganchos e por fim, encaixe as tampas de PVC. Depois de suspensos, você pode começar a cultivar nas calhas.

Com pallet

Verduras e plantas em um pallet e dois vasinhos presos

Para conceber a horta suspensa também é possível utilizar materiais que normalmente vão direto para o lixo, como o pallet. Para isso, deve-se ter em mãos um martelo e pregos e é claro, os pallets. Primeiramente, é preciso desmontar as suas peças para fazer os espaços das mudas.

O importante é deixar três buracos para que a caixa consiga ser fechada e colocada na parede. Depois de desmontá-las basta pegar os pregos retirados e pregar no topo daquelas que permaneceram. Caso seja necessário, faça furos na parte inferior das caixinhas para escoar a água.

Com potes de vidro

Três potes de vidro

É possível fazer horta suspensa de potes de vidro de duas maneiras. A primeira opção consiste em higienizar os potes de vidro, cultivar as mudas e dispô-las em locais com iluminação. Mas caso você queira fixar a horta na parede, siga as nossas dicas.

Você precisará de peças de madeira de formato desejado, grampeador de tapeceiro, fita de borracha, martelo, pregos e tachinhas. De início, coloque o pote de vidro no centro e meça com a fita de borracha, com o intuito que ela prenda o pote. Grampeie as pontas na madeira e depois coloque as tachinhas para dar acabamento. Depois de cultivadas as mudas, apenas fixe na parede com o auxílio do martelo.

Com latas de alumínio

Grupo de latas fechadas de alumínio

O ponto alto desse tipo de horta suspensa é que ela não demanda muito espaço. Para construí-la é necessário latas de alumínio, tesoura, arame e as mudas. Primeiro, lave bem as latinhas e faça furos no seu fundo (para que a água escoe) e nas laterais para fixar o arame. Agora, basta encher os vasinhos com terra e transferir a muda escolhida. Se quiser, faça etiquetas para identificar os temperos, amarre-as com um um barbante no próprio arame e pendure-as onde desejar.

Com vasinhos

Vários vasos pequenos em uma horta vertical

Para fazer a horta suspensa com os típicos vasinhos você precisará de argila, manta geotêxtil, terra para plantio e as mudas. Para montá-la escolha entre um vaso ou uma jardineira e coloque ao fundo a argila expandida.

Em seguida, coloque a manta geotêxtil para que ela mantenha a umidade da terra que deve ser colocada em seguida. Depois do processo de preparação, insira a muda de sua preferência, complete com mais terra e regue logo em seguida. Você pode fixá-los na parede, colocá-los em prateleiras, estantes ou escadas de madeira.

Com caixotes de madeira

Vários caixotes com verduras em uma horta no jardim

O uso dos caixotes de madeira para a horta vertical é um elemento meramente decorativo que você pode usar e abusar de diversas formas. A famosa "caixa de feira" que normalmente é desprezada, é capaz de combinar com diversos ambientes independente da maneira que é utilizada, basta ter criatividade.

Para a horta suspensa, os caixotes servem como um suporte para colocar os vasinhos que já estão com as mudas cultivadas. Além disso, muitos especialistas da área da jardinagem usam essas estruturas para preparar as sementes antes de serem plantadas.

Com blocos de cimento

Por acaso você estava realizando uma construção e sobrou alguns blocos de cimento? Nem pense em desfazer deles! Os buracos vazios que eles possuem no interior funcionam muito bem como "vasos" para o plantio de vegetais.

Primeiro, tente visualizar de que forma você deseja que os blocos fiquem no ambiente. É possível empilhá-los ou simplesmente colocá-los na terra. Depois disso, apenas preencha a vazão do bloco com terra, insira a muda e regue-a.

Com bancos

Um banco em um parque com plantas o cercando em um formato de arco

Esse tipo de horta suspensa é ideal para aquele espaço no quintal sem decoração, para pátios de shoppings e estabelecimentos e até mesmo na urbanização das cidades para deixá-las mais verdes. E para fazer esse tipo de horta é necessário o auxílio de alguém especializado em marcenaria para comprar as peças.

Basicamente trata-se de estruturas de madeira que em suas duas extremidades há dois grandes blocos com um vasão no meio, onde deve ser plantado as hortaliças e flores. E na sua porção central, se encontra o banco que você pode sentar e relaxar.

Com nichos

Uma horta vertical com três vasos em nichos

Assim como as prateleiras e os caixotes de madeira, os nichos servem de apoio para serem colocados os vasinhos com as plantinhas cultivadas. O ponto alto dos nichos podem ter diversos tamanhos e combinam em qualquer ambiente e possuem fácil instalação.

Para montar a horta suspensa com os nichos você deve ter em mãos um martelo e pregos. Com o auxílio de uma trena, tire as medidas da parede, faça os furos com a furadeira e pregue os nichos com o auxílio do martelo. Depois de estar firme, basta colocar os vasinhos com as plantas.

Com bambu

Uma fruta suspensa pelo apoio do bambu

Uma outra maneira muito criativa de fazer a horta suspensa é utilizando bambus, de preferência, os mais grossos. Para fabricá-la nesse material basta fazer buracos na parte superior, os quais as plantas irão se desenvolver. Depois disso, preenchê-los de terra e colocar as mudas selecionadas.

Mesmo que seja indicado utilizar os bambus mais grossos, priorize cultivar plantas de pequeno porte, como temperos e folhagens. Um dos pontos positivos desse modelo é que as plantas não perdem muito água pela evaporação, já que a terra não fica muito exposta ao ar, e assim, a terra fica mais úmida.

O que plantar na horta suspensa

Agora, chegou a parte mais divertida do processo de elaboração da horta suspensa: a escolha de quais produtos você deve plantar. Caso você ainda tenha dúvidas continue lendo o nosso artigo para saber sobre as nossas principais indicações.

Flores

Vários tipos de flores diferentes em uma horta vertical (com prateleiras)

Além de embelezar o ambiente, as flores possuem propriedades capazes de ajudar as hortaliças e culturas que estão plantadas no mesmo espaço. Uma delas é serem capazes de atrair insetos responsáveis por fertilizar as flores dos vegetais. Por outro lado, outras desempenham a função de repelir os insetos e pragas que são maléficas para a produtividade da horta.

No momento da plantação, escolha flores de diversas épocas de floração, pois dessa forma elas sempre irão atrair agentes polinizadores especialistas na destruição de pragas e invasoras. Dentre as flores indicadas estão o Porquê, Girassol, Borragem, Tagetes e a Capuchinha.

Hortaliças

Vários vegetais em uma horta vertical

Dentre as hortaliças que você plantará na sua horta suspensa, tente escolher os produtos que você mais consome no seu dia a dia. O alface é um dos vegetais mais fáceis de cultivar, já que suas sementes se adaptam muito bem a qualquer tipo de espaço e demandam apenas muito sol.

Outras hortaliças como o espinafre, a acelga e a cebolinha também são outros cultivos práticos que você pode adicionar à sua horta. Produtos de porte maior também são possíveis, como rabanetes, pimentas e pimentões, e sem deixar de lado as frutas, como morangos e tomates.

Temperos

Não há nada melhor do que ter os melhores temperos em casa, e ainda mais, pode colhê-los fresquinhos e na hora que quiser. Priorize deixar os seus temperos no sol, e caso a ideia seja plantá-los em vasinhos, escolha os de plástico pois estes mantêm a umidade da terra por muito mais tempo.

As opções de cultivo são inúmeras, mas o alecrim, orégano, tomilho e a sálvia gostam de solos arenosos e dessa forma podem ser plantados no mesmo vaso. Já a hortelã, a salsa e o manjericão preferem ser plantados no solo fértil.

Dicas de cuidados

Uma mulher cuidando de seus vasos de plantas

É fundamental ficar atento com a irrigação e drenagem da horta suspensa. Uma dica de ouro é verificar a umidade da terra com um palito ou com o dedo. Por outro lado, a terra não pode ficar muito encharcada pois assim as raízes irão apodrecer e a planta morrerá.

Além disso, invista em renovar a adubação da sua horta e para isso procure saber a época do ano ideal para cada tipo de espécie que você irá plantar. E por fim, fique atento às possíveis pragas e insetos que podem atacar o cultivo e tente saná-los com produtos os mais naturais possíveis.

Utilize cordas ou correntes

Para que a horta permaneça segura e produtiva por mais tempo, é necessário investir em materiais bons e resistentes. E quando falamos sobre a horta suspensa, o uso de cordas, correntes ou amarras eficientes no geral é muito importante.

Pelo fato da horta suspensa ser cultivada em recipientes que ficarão dependurados, é imprescindível que sejam muito bem fixadas com cordas ou correntes de boa qualidade. Além de darem um aspecto rústico ao ambiente, esses materiais possuem uma grande resistência contra o tempo, dispensando assim de muita manutenção.

Decoração da sua horta suspensa

A horta suspensa é considerada uma decoração por si só. Ela pode ser pendurada em paredes, em estruturas de ferro ou madeira, dispostas em escadas, enfim, o que não falta é a criatividade. No entanto, caso você pense em aprimorar ainda mais o seu aspecto visual, nós temos algumas dicas.

Se o cultivo for feito em garrafas PETs, latas de alumínio ou vasos, você pode colori-los a fim de combinar com o ambiente. No caso dos paletes e dos caixotes de madeira você pode pintá-los com tinta preta e criar um "quadro negro", o qual você poderá escrever o nome das plantas com giz.

Cuidado com a água parada

Como você pode ter visto nas nossas dicas acima, todos os materiais reutilizáveis como garrafas PET e latas de alumínio pedem para que sejam feitos furos nas suas extremidades para que a água escoa. Isso é de extrema importância, portanto fique atento.

O acúmulo de água nos pratinhos dos vasos pode atrair o mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. Por isso, sempre que localizar algum objeto com água parada trate de descartá-la e no caso das plantas, tente bolar um sistema de escoamento caseiro.

Sobre a horta suspensa

Vários vasos presos em uma grade

Como você pode ver até agora, a horta suspensa traz diversos benefícios para o ambiente e nossa saúde. Mas será que ela possui malefícios? Descubra agora suas vantagens e desvantagens.

Vantagens

As vantagens de fazer uma horta suspensa começam pela facilidade de manuseio. Por ocupar pequenos espaços, o produtor consegue ter um controle maior sobre o cultivo e por consequência, adquirir alimentos orgânicos na sua própria casa.

Independentemente da maneira que é construída, a horta suspensa é capaz de melhorar o visual do ambiente e deixá-lo exalando um aroma fresco e convidativo. Não podemos deixar de lado que ela melhora a economia financeira por se tratar de um empreendimento de baixo custo. Além de se tratar de uma alternativa mais ecológica, é uma atividade terapêutica.

Desvantagens

As desvantagens acerca da horta suspensa são direcionadas àquelas que são manejadas nos vasos. No quesito de otimização do espaço, não é possível cultivar diversas espécies na mesma vasilha e devemos levar em conta que cada espécie possui um porte diferente.

Além disso, uma horta em vasos necessitam de mais atenção na sua temperatura, umidade e periodicidade de rega. Por isso, é preciso oferecer aos cultivos os devidos cuidados de acordo com as suas demandas, por exemplo, a umidade do ambiente e do solo, a incidência do sol, o composto químico ideal para o seu crescimento e entre outros.

Horta suspensa: plante seus alimentos e decore seu lar ao mesmo tempo!

Uma pequena horta suspensa e com várias plantas diferentes

Em resumo, o cultivo de uma horta traz para nós diversos benefícios, como saúde mental e física, reciclagem dos componentes ecológicos da natureza, a não poluição do solo e das águas pelo uso de agrotóxicos e entre muitos outros. Por isso, se você planeja fazer uma horta do zero ou aprimorar a que você já cultiva, lembre-se que a horta suspensa é uma ótima opção.

Além de ser uma maneira diferente de cultivar os produtos, ela é uma tendência na jardinagem que realiza a otimização do espaço, pelo fato de estar fora do chão. Além disso, trata-se de um objeto de decoração por si só e a sua variedade de tipos é capaz de satisfazer todos os gostos. Caso você pretenda elaborá-la, não esqueça das dicas!

Autor deste artigo

Estudante de Letras, redatora e revisora freelancer. Amante assídua dos livros, da escrita e de um bom café pra acompanhar.

Palavras-chave relacionadas


Cuidados Legumes e verduras Ervas

Artigos relacionados


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!


Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Você sabia que a tumbérgia tem formato de trombeta? Descubra neste artigo demais curiosidades, espécies e como cultivá-la!


Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Sabia que o Filodendro é uma planta venenosa? Veja neste artigo, oito espécies, dicas de cuidados e curiosidades, desta planta que possui folhagens exuberantes!


Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Você sabia que a flor da quaresmeira é símbolo do amor incondicional? Conheça neste artigo, dicas de cuidados e características dessa espécie nativa do Brasil!


Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Neste artigo, veja informações sobre o cultivo de pomares caseiros. Confira também as frutas mais propícias para cada região e dicas de cuidados!


Últimos posts


Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

O grill facilita a rotina e nos deixa mais saudáveis - veja aqui os melhores modelos, características, informações, como escolher o ideal para você e como usar!


Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Está procurando uma sanduicheira? Neste artigo, confira informações sobre elas, como escolher a melhor e quais são os melhores modelos de 2021!


Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Veja aqui os melhores binóculos de 2021, como escolher o mais adequado para você, principais marcas, vantagens e desvantagens e mais curiosidades.


Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Neste artigo, apresentamos uma lista de atitudes sustentáveis que você pode tomar dentro de casa para economizar água. Confira as dicas!


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!