Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Você sabia que a tumbérgia tem formato de trombeta? Descubra neste artigo demais curiosidades, espécies e como cultivá-la!


Você conhece as tumbérgias?

Tumbérgia lilás em um jardim

Originada do norte da Índia, as Tumbérgias são plantas trepadeiras muito ornamentais e rústicas. Suas flores têm geralmente formato de trombeta e suas cores variam entre azul, branco ou violeta. Seu nome é uma homenagem ao naturalista Carl Peter Thunberg, que as descobriu e coletou pela primeira vez na África do Sul e Japão, em meados de 1770.

Em todas as suas variadas espécies, durante todo o seu crescimento inicial pode ser necessário ajudá-la a enroscar-se ao que deseja, para que ela permaneça como trepadeira. Sendo assim, pode usar barbantes ou outras cordas e amarrá-las em várias partes do local onde a planta permanecerá crescendo ao longo do tempo.

É uma planta que gosta de climas quentes mas é muito bem quista por ser resistente à temperaturas variadas durante o ano todo, mas a primavera é a época em que mais floresce. Para entender tudo sobre a Tumbérgia, preparamos um artigo completo sobre o assunto, confira!

Tipos de tumbérgia

Diversos tipos de tumbérgias estão disponíveis, e são bem diferentes umas das outras, incluindo origem, tamanho, cor das flores, e até alguns cuidados como iluminação e propagação. Para entender mais, separamos informações sobre algumas delas, olha só!

Tumbérgia arbustiva

Thunbergia erecta em um portão

Também conhecida como “thunbergia erecta”, por seu arbusto ereto, é uma planta do tipo trepadeira nativa da África Tropical, que pode chegar aos 2,5 metros de altura. Seu caule é lenhoso e muito ramificado, com hastes marrons e bem finas.

Suas flores são tubulares de cor roxa aveludada e amarelada no centro. Brotam o ano inteiro com maior intensidade em épocas mais quentes como na primavera e no verão. É uma espécie que deve ser cultivada no sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, drenado e enriquecido com matéria orgânica.

Assim como as outras espécies, ela prefere os climas tropicais, subtropicais mas é um pouco tolerante à secas. Apesar de ter folhagem perene, comporta-se de forma discreta em locais de clima temperado, florescendo com mais força na primavera.

Tumbérgia azul

Três tumbérgias azuis desabrochadas

Conhecida como “thunbergia grandiflora”, é uma trepadeira nativa da Índia, China, Nepal e Birmânia. Seu crescimento é muito rápido e pode chegar a 6 metros de altura. Muito usada como ornamental por suas folhas ovais dentadas e flores grandes e azuis, quase lilás, esbranquiçadas no centro. É uma planta muito atrativa para abelhas e borboletas.

Tumbérgia alata

Uma tumbérgia de pétalas brancas

Já a tumbérgia alata, é conhecida também como Suzana dos olhos negros, é nativa da África do Sul. Também tem um crescimento rápido, mas atinge no máximo 3 metros de altura. Em épocas frias as folhas costumam cair, e só brotam quando o tempo está quente. Suas flores possuem cinco pétalas em tons de amarelo ou laranja escuro, podendo por vezes variar em brancas, rosadas, vermelhas e cremes. Atraem muitos beija-flores e abelhas.

Dicas e curiosidades da tumbérgia

Duas tumbérgias roxas e várias folhas verdes

Diante das flores coloridas e seus ramos longos, a tumbérgia pode ser usada para uma infinidade de decoração e de várias maneiras diferentes. Descubra maneiras criativas de usar a tumbérgia na decoração da sua casa.

Como usar a tumbérgia na decoração

Diante de seus ramos longos e flores coloridas, as tumbérgias são ideais para cestos pendurados, cercas vivas ou treliças. Use sua criatividade e faça com os ramos um belo enfeite no seu espelho ou na sua parede. Também pode ser usada junto a outra espécie que pertence ao mesmo gênero, que por conter outras cores dá a possibilidade de você misturar, criando um belo efeito ornamental.

Uma bela cerca viva

Por falar em decoração, as tumbérgias são perfeitas para esconder uma cerva ou um muro e formar uma cerva viva, cheia de flores coloridas. Além disso, é uma boa opção pois cresce rapidamente, chegando a 30 pés de altura em lugares quentes.

Durante todo o seu crescimento inicial, pode ser necessário ajudá-la a enroscar-se ao que você deseja, para que ela permaneça como trepadeira. Sendo assim, pode usar barbantes ou outras cordas e amarrá-las em várias partes do local onde a planta permanecerá crescendo ao longo do tempo.

Caso durante algum tempo, quando ela já estiver mais agarrada e acostumada, a guia deve ser retirada para que não atrapalhe o desenvolvimento e prenda-a em ramos mais baixos. Assim ela seguirá crescendo sozinha.

Utilizando em pérgolas e caramanchões

Por sua grande beleza, muito atrativa inclusive aos pássaros e às abelhas, e devido também ao seu hábito de crescimento, é uma planta ideal para cobertura de pergolados e caramanchões, os quais devem ser altos, permitindo que as flores e ramos possam ficar livres e penduradas. A tumbérgia tem capacidade de cobrir um pergolado grande sozinha, isso acontece devido a velocidade do seu crescimento.

Seus ramos flexíveis se enrolam quando tocam nos obstáculos e sobem em forma de espiral, quando atinge a cobertura, os ramos e flores ficam pendentes, deixando uma linda decoração no seu jardim. Recomenda-se que sejam plantadas diretamente no chão pois elas apenas sobem pelas madeiras.

É venenosa para animais e crianças?

Não há estudos que comprovem sua toxicidade em animais ou crianças. Mesmo assim, não é recomendado a ingestão. Inclusive algumas espécies são comprovadas como alimento para alguns animais, e ajudam na digestão. Porém, não se sabe ao certo como ela reage no organismo humano.

Cuidados com a planta tumbérgia

Ferramentas de jardinagem e um vaso com plantas no jardim

Para ter uma tumbérgia é importante ter alguns cuidados, para que ela cresça saudável com muitas flores e durante o ano todo. Para entender sobre qual a melhor luminosidade, local, temperatura para mantê-la, separamos algumas dicas, vamos lá?

Iluminação ideal para tumbérgia

A tumbérgia prefere o sol direto mas gosta da sombra da tarde, porém, sempre deixe-a em áreas quentes de verão, isso é fundamental para seu florescer. É uma planta que necessita essencialmente de sol, mas também locais com sombra, lembre-se de que, pelo menos no horário da manhã, esta planta precisa pegar sol direto.

Lugares da casa para deixar a tumbérgia

Por gostarem de sol e boa luminosidade, as tumbérgias crescem saudáveis próximo de janelas, ou no jardim aberto, em paredes, cercas e vasos pendentes. Linda para tapar algum lugar ou vista desagradável e dar privacidade ao ambiente com um toque de beleza natural.

Temperatura ideal para tumbérgia

As tumbérgias florescem durante todo o ano, principalmente no verão, outono e em climas tropicais. Mas é bem tolerante também ao frio subtropical. Mesmo sendo uma planta tropical, ela não terá problemas com o sol e pode ser criada sem proteção alguma, apenas garanta que ela não fique ressecada por falta de água.

Rega da tumbérgia

Nas primeiras semanas de crescimento, é recomendado cuidar bastante das regas. Sempre é bom regar bastante uma vez na semana, principalmente quando estiver no verão. Dependendo do clima e da chuva, o solo pode secar mais rápido e, consequentemente, a rega deverá ser realizada com mais frequência. Caso o solo esteja seco ou as plantas murchas, regue-as, mas apenas no solo, evitando molhar as folhas.

Solo ideal para tumbérgia

Idealmente, as tumbérgias prosperam em solos férteis e bem drenados, com umidade mediana. Antes da plantação é fundamental adubar bem o solo com fertilizantes orgânicos e, principalmente no início, na semeadura, deve ser regada todos os dias, até o enraizamento.

Adubos e substratos para tumbérgia

Por se tratar de uma planta com flores, é importante realizar periodicamente uma fertilização que ajuda no equilíbrio nutricional e que estimula a produção de flores, portanto, recomenda-se adubações periódicas com farinha de ossos pois estimulam uma intensa floração. As sementes podem ser colocadas sobre um substrato do tipo leve, como casca de arroz carbonizada ou em uma mistura de areia e terra comum de canteiro, bem peneiradas.

A dica é colocar em uma sementeira de produção ou em um recipiente grande de cultivo comum, plantar as sementes e depois cobrir com terra seca peneirada ou areia, e regar logo em seguida. Também existem vários tipos de fertilizantes disponíveis em casas especializadas, incluindo líquidos, orgânicos, granulados ou sintéticos, o uso vai depender da situação em que a planta se encontra.

Para evitar danos, é fundamental seguir as instruções da embalagem do produto, pois a quantidade e a maneira de aplicar, se feito incorretamente, pode trazer prejuízo à saúde da tumbérgia e de qualquer que seja a planta.

Manutenção e poda da tumbérgia

Sempre haverá a necessidade de controlar o tamanho desta planta devido ao seu crescimento acelerado. Em época em que sua planta estiver sem flores, recomenda-se realizar a poda do arbusto, mas deixando sempre pelo menos seis gemas apicais em cada ramo.

Após a poda, deve-se adubar a muda com adubo animal curtido e composto orgânico e sempre regar bem. É importante observar quando houver galhos mortos para realizar a poda. Isso ajudará a estimular o crescimento dos arbustos e das flores. Além disso, manter a poda das folhas mantém a tumbérgia mais limpa e organizada pois é uma planta com crescimento muito rápido, além de ajudar no seu desenvolvimento.

A poda deve ser realizada em cortes pequenos e acima do botão da folha, pois assim, haverá o crescimento de novos brotos. É recomendado remover também as flores velhas, evitando sementes que acabam drenando a energia da planta, bloqueando a produção de flores novas.

Vasos para plantar tumbérgia

O mais indicado é plantar diretamente no chão, para não interromper o desenvolvimento da planta e da raiz, mas caso opte por vasos, o melhor são vasos maiores e pendentes, pois as flores caem se não houver obstáculos. Conforme observe seu crescimento, mude para um vaso maior.

Pragas e doenças da tumbérgia

Uma série de pragas são comuns à plantas inclusive à tumbérgia, entre elas podemos citar os pulgões, cochonilhas, formigas cortadeiras e outras. Para combater, existem detox para cada uma delas, como óleo de neem e cálcio, ambos são encontrados facilmente em lojas e floriculturas.

Além disso, lavar as folhas com um jato forte de água, e plantar espécies de plantas repelentes, também pode ajudar.

Propagação e mudas da tumbérgia

Esse tipo de trepadeira pode ser reproduzido geralmente com a plantação de sementes, preferencialmente na primavera. Recomenda-se colocar em um substrato leve, como casca de arroz carbonizada ou uma mistura de areia e terra comum de canteiro. Outra dica é colocar em uma sementeira de produção ou um recipiente grande, como cultivo comum.

Após plantar, basta cobrir com terra seca peneirada ou areia, e após a rega, cobrir com plástico, o que ajudará a manter a umidade. Após a germinação, retire o plástico. A propagação mais eficaz, ainda é através de estaquia, junto com a planta-mãe. A propagação desta planta pode ser feita através de estacas jovens na primavera, contando-as de 15 a 25 cm das pontas dos ramos ainda novos e colocando-os em substratos.

É fundamental regar todos os dias até que o enraizamento aconteça. Uma recomendação é preparar um substrato com adubo animal e composto orgânico com folhas ou húmus de minhoca e areia, e em seguida colocar nos sacos de plantio. Após colocar a muda, preencha com mais substrato e não esqueça da rega.

Depois vá repetindo o processo de rega todos os dias por pelo menos 10 dias para manter a sobrevivência da muda. Mantenha o cultivo em local protegido e com 50% de sombra até a sua comercialização. Sendo preciso use tutores como escada ou tripé para que a muda seja conduzida já para formar sua forma de trepadeira, assim ela fica com ótima aparência para venda.

Replantando a tumbérgia

Após a germinação, quando aparecem as primeiras folhas, pode ser feito o replantio. Lembrando que a isso deve ser realizado em terra preparada com adubo. Também pode ser realizado cortando de 15 a 25 cm das pontas dos ramos ainda novos, e colocando em substrato adequado. Deve ser regado todos os dias até que crie raízes.

Decore seu lar com a tumbérgia!

Tumbérgias enroscadas no portão

De ramos bem flexíveis, a tumbérgia é uma planta muito vigorosa e conhecida por seu crescimento rápido. Suas folhas têm a cor verde e formato oval com bordas denteadas de forma irregular. Suas flores são bem grandes e campanuladas, solitárias, com inflorescências de poucas flores, as cores variam dependendo da espécie, mas sempre entre brancas, azuis ou mesmo amarelas.

É uma planta que floresce muito na estação da primavera, mas é perfeita para decoração, pois ela também floresce em outras estações esporádicas, ao longo do ano todo. Como a espécie T. Alba, com flores brancas. Além disso, ela pode ser cultivada em qualquer região do país. Há várias possibilidades de decoração com a tumbérgia diante de seus ramos longos e flexíveis, além das suas flores belíssimas.

O ambiente verde em casa proporciona melhor oxigenação, diminui os barulhos externos e ajuda no bem estar. Além disso, mantenha-a sempre em sol direto, ao menos pela manhã e não se esqueça de verificar a umidade do solo todos os dias. Outra dica é manter a poda em dia, pois esta planta pode invadir seu jardim por conta do seu crescimento rápido. Se estiver atento a estas dicas, você pode ter lindas tumbérgias em seu lar.

Autor deste artigo

Sou Deydjan Dias (@deyddeys), matogrossense e jornalista. Trabalhei em produção de programas televisivos, redação publicitária, reportagem e textos jornalísticos. Atualmente, produzo matérias para alguns sites nos quais me identifico pessoal e profissionalmente, incluindo o Vida Livre. Adoro temas que despertam melhorias para a vida dos seres em geral, e espero que gostem do meu conteúdo.

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo