Palmeira licuala: peltata, grandis, vaso, cuidados e mais!

Palmeira licuala: peltata, grandis, vaso, cuidados e mais!

Neste artigo, você aprenderá sobre a palmeira licuala, desde os cuidados essenciais e características até diferentes espécies para cultivar e curiosidades.


Palmeira licuala: folhas de leque japonês!

Palmeira licuala com grandes folhas verdes

Esta planta “selvagem” cresce em qualquer espaço em que você a coloca e parece muito mais difícil de cuidar do que realmente é. A licuala é uma planta tropical de crescimento lento e surpreendentemente muito resistente, nativa das Ilhas Vanuatu, na costa da Austrália. Suas folhas distintas em forma de leque devem ser manuseadas com cuidado, pois as bordas são afiadas.

Esta palmeira gosta de locais quentes e úmidos, isto é, trata-se de um requisito importante para o desenvolvimento dela. Desta forma, pode ser aproveitada isoladamente na decoração ou como destaque, formando fileiras, grupos e pequenos conjuntos. Como exige pouca manutenção, seu principal cuidado é remover folhas velhas e secas e fertilizações regulares durante as estações quentes.

Espécies de palmeira licuala

Descubra a seguir um pouco mais sobre as outras espécies desta palmeira e quais são as suas principais características.

Licuala peltata

A palmeira peltata tem um formato de leque redondo e tem como origem o continente asiático e a Oceania. O crescimento desta planta é lento e chega a quase 5 metros. Entretanto, ela difere de outras espécies em relação a sua folha que se dobra na ponta formando um triângulo. Já a sua particularidade desta espécie é que ela desenvolve, no máximo, 15 folhas.

É uma planta que gosta de ambientes sombreados, internos e bem iluminados. Ela é um excelente item de decoração de ambientes internos. Por isso, é recomendado o uso de vasos grandes, mas cuidado com o ar-condicionado. A peltata não é resistente a ventos fortes, suas folhas são danificadas facilmente. O solo indicado é com substrato arenoso e rico em composto.

Licuala grandis

Licuala grandis é uma palmeira muito bonita que cresce lentamente e pode atingir um comprimento de 1,8 a 2,5 metros. Tem um único tronco, longo e esguio que pode atingir cerca de 3 metros de altura. A palmeira com folhas plissadas, cada uma com pontas entalhadas. Essas folhas verdes escuras brilhantes são arredondadas e medem cerca de 50 centímetros ou mais.

A Licuala grandis tem flores verdes a branco-esverdeadas, de 1/2 de diâmetro, em pontas pendentes. As flores são seguidas por frutos vermelhos esféricos e brilhantes. É perfeito para o cultivo como planta de interior ou em vasos e recipientes porque ela atua como um umidificador e desintoxicante natural, removendo o monóxido de carbono do ar e substituindo-o por oxigênio.

Licuala cordata

Uma espécie rara de floresta endémica do noroeste da Malásia. As folhas desta palmeira tem um formato de leque, as folhas têm um verde escuro brilhante e têm bases sobrepostas, o que lhes confere uma forma quase circular. Esta palmeira é geralmente muito menor e mais compacta do que a L. orbicularis aparentada.

É uma planta que adora sombra e seria uma excelente planta para o plantio para jardins. Em solo bom, com umidade adequada, a manutenção é quase nenhuma, apenas nutra o solo e corte folhas velhas.

Cuidados com a palmeira licuala

Ferramentas de jardinagem em um jardim

Saiba a seguir quais são os principais cuidados que você precisa ter com a sua palmeira licuala.

Vasos para palmeira licuala

Com a licuala, você pode utilizar os mais variados vasos, inclusive com os materiais mais variados. Assim, vasos de barro, cerâmica ou porcelana, rústicos de madeira ou vime, modernos como os de vidro, aço ou ferro. Assim, ao escolher o seu vaso, combine com o seu ambiente e o estilo da sua decoração para deixar o seu ambiente mais bonito e estiloso.

Você também pode colocá-la em terraços, varandas, pois sou resistente ao vento, salas de estar, corredores, quartos, escritórios, salas de conferências ou em qualquer lugar com muita luz. Atente-se para que os vasos tenham buracos para que a água não se acumule. Não é bom para esta planta o acúmulo de água, já que isso pode prejudicar o seu crescimento.

Luz para palmeira licuala

A palmeira licuala prefere crescer sob luz solar parcial e sombra total. Evite expô-los à luz solar direta. A luz solar direta tornará as folhas marrons. Ambientes fechados, onde posso obter luz brilhante indireta, como perto de uma janela voltada para o sul ou para o norte.

Certifique-se de que ela recebe luz brilhante diariamente, mas que os raios de sol não atinjam as folhas. Mas atenção, esta planta tem tendência a crescer na direção em que está recebendo luz.

Solo da palmeira licuala

O licuala grandis não é exigente quanto ao seu solo. No entanto, para melhores resultados, você deve considerar solo arenoso corrigido com muito húmus ou deixe o solo argiloso. Não se preocupe em testar os níveis de pH do solo, a planta ficará bem com solo ácido, neutro ou alcalino, desde que drene corretamente.

Não regue demais esta planta. Como a maioria das plantas de interior, também pode ser suscetível ao apodrecimento das raízes. Deixe a camada superior do solo secar entre as sessões de rega, e sua palma em leque enrugada deve ficar bem. Um pouco de umidade ou umidade do solo está bom para a palma da mão.

Rega da palmeira licuala

O licuala grandis não precisa de muita água. Suas necessidades de rega podem ser caracterizadas como médias e você pode garantir que a planta está bem hidratada se regar sempre que a superfície da mistura para envasamento secar. Não regue em excesso e também não permita que a planta fique sem água por períodos prolongados de tempo.

Despeje água lentamente em todo o centro da planta para que ela seja filtrada pela base. Regar não é bom para a planta se a água escorrer pela parte externa da raiz, deixando as raízes centrais secas. Regar mais lentamente é geralmente mais eficaz. A chave é garantir que a água chegue à raiz. No inverno, o crescimento da planta diminui, portanto, sua necessidade de rega também será menor.

Substratos e adubo para palmeira licuala

Embora as palmeiras sejam plantas de crescimento lento, um pouco de fertilizante pode ajudar a manter o crescimento estável e a produção de uma folhagem bonita e saudável. Você pode aplicar um fertilizante de liberação lenta 2-3 vezes durante a estação de crescimento ou um fertilizante líquido uma vez por mês. Uma formulação de fertilizante de 15-5-10 funcionará melhor.

Não fertilize durante as estações de inverno, quando a planta não está mais crescendo. Além disso, não use muito ou em altas concentrações (sempre dilua o fertilizante), porque você pode causar a queima do produto. Com o tempo, os minerais do fertilizante podem se acumular na mistura de envasamento, portanto, lavar o solo ocasionalmente ajudará a diluir o excesso.

Temperatura para palmeira licuala

Embora seja uma planta que gosta de ambientes tropicais e subtropicais, ela tolera temperaturas ligeiramente mais baixas. Você pode cultivar o Licuala grandis em qualquer região onde as temperaturas não caiam abaixo de 32 ou 0 graus. Qualquer coisa abaixo disso, entretanto, não é tolerado bem pela planta.

Se você está cultivando esta palmeira em um recipiente ao ar livre e os invernos em sua região são frios ou gelados, você deve mover esta planta para dentro de casa durante o inverno. Mova a planta de volta ao ar livre na primavera apenas se não houver mais risco de geada.

Poda da palmeira licuala

Esta planta não tem a necessidade de poda, por isso, é considerada uma planta de baixa manutenção. O trabalho com ela é zero, além de fazer o essencial que é nutrir o solo e regá-la. No entanto, se observar folhas desgastadas ou com uma aparência velha, amarelada, corte. Caso contrário, é apenas mantê-la saudável.

Propagação da palmeira licuala

Com esta palmeira já madura, você verá que ela produz rebentos que você pode remover e colocá-la em outro local do jardim ou transferir para vasos separados, onde você deve cuidar deles como faz com a planta-mãe. Outra opção é propagar o licuala a partir de sementes, que podem demorar muito para germinar.

Ou simplesmente faça o transplante quando disponíveis. De qualquer forma, há um tempo de espera quando se trata de propagar esta palmeira de crescimento lento.

O cultivo com sementes da palmeira licuala

O cultivo da Licuala a partir de sementes, pode demorar muito para germinar. Se você seguir esse caminho, espere um tempo médio de germinação de 3 a 6 meses. Não há como acelerar esse processo, uma vez que faz parte do processo de desenvolvimento desta planta.

As sementes devem ser semeadas na primavera, quando as temperaturas chegam a 25 graus. Fora isso, mantenha o solo saudável e com água suficiente para que a planta se desenvolva bem.

Como funciona o transplante da palmeira licuala

O transplante pode ajudar o sistema radicular da planta a se desenvolver melhor e também auxiliar no crescimento da palma. Além disso, replantá-la em outro local é um bom momento para substituir a mistura de envasamento antiga por uma mistura de envasamento nova. Por causa do crescimento lento da planta, você não terá que se preocupar em substituir o vaso por esta planta com muita frequência.

Se a planta ficar grande demais para o vaso ou houver o risco de ela cair porque o vaso não consegue mais suportar seu peso, você deve comprar um vaso em tamanho maior. A mudança de vaso é recomendada a cada 2-3 anos também para substituir o solo de envasamento antigo. Replante no início da primavera para evitar quaisquer riscos associados ao choque do transplante.

Doenças e pragas da palmeira licuala

Observe esta planta para não deixá-la encharcada, essa condição a torna alvo fácil para as pragas. As pragas mais comuns são chamadas de broca-do-olho-das-palmeiras ou broca-do-olho-do-coqueiro, cientificamente denominada Rhynchophorus palmarum Linnaeus. Trata-se de um besouro que começa a estragar a palmeira pela sua parte principal, causando má formação.

Atente-se para água com cloro, pois ela causa pontos brancos na palmeira, isto é, uma intoxicação. Já o solo mal nutrido e o excesso de umidade podem deixar sua planta vulnerável às cochonilhas.

Problemas comuns com a palmeira licuala

Locais com fortes ventos, não são ideais para essa palmeira. Como as folhas da licuala são sensíveis, elas rasgam a depender da força do vento.. Por isso, fique de olho e mantenha-as protegidas das correntes de ar. Outro problema comum, são as folhas com as pontas ressecadas podem indicar falta de água.

Uma boa dica é borrifar água em toda a planta, para assim evitar seu ressecamento, concentrando principalmente na fibra que envolve o caule.

Manutenção da palmeira licuala

Verifique esta planta de forma semanal, inserindo o dedo no solo cerca de meia polegada e sinta o nível de umidade. Se estiver úmido, ótimo. Mas cheque novamente alguns dias ou em uma semana. Se o solo parecer seco, você precisa regar-me conforme. Como ela gosta de solo úmido, mas não encharcado, esse é o cuidado mais importante.

Como ela não requer maiores cuidados, é de fácil cultivo. Depois de fazer isso por algumas semanas, você pegará o jeito e poderá determinar o melhor esquema de irrigação para suas condições de luz, temperatura e umidade.

Sobre a palmeira licuala

Várias folhas de perto da pameira licuala

Descubra a seguir algumas curiosidades desta planta e características que ajudarão no seu cultivo, na decoração da sua casa e outros cuidados necessários.

Características da palmeira licuala

Esta planta selvagemente bonita, ilumina qualquer espaço em que você a coloca e parece muito mais difícil de cuidar do que realmente é. A Licuala é nativa das Ilhas Vanuatu, na costa da Austrália. Suas folhas plissadas, circulares e indivisas muito distintas com pontas entalhadas em forma de leque devem ser manuseadas com cuidado, pois as bordas são afiadas.

As frutas verdes ficam vermelhas quando maduras e carregam uma única semente dentro. Por ser uma palmeira subterrânea da floresta tropical, eles preferem crescer em áreas levemente sombreadas ou totalmente. Evite expô-las à luz solar direta, proteja de ventos fortes e a chuvas torrenciais. Devido ao seu hábito de crescimento lento, é perfeito para crescer em recipientes.

A palmeira licuala na decoração

Muito popular e usada em paisagismo, esta palmeira também faz sucesso em ambientes fechados. Se colocá-la dentro da sua casa, deixa ela em ambientes mais iluminados, não só pela sua saúde, mas para deixar um toque mais natural e até rústico. Ela combina muito com ambientes mais neutros, como no estilo minimalista ou com móveis amadeirados.

Entretanto se o ambiente que você reservou for um cantinho na área externa, uma boa ideia é colocá-la junto com outras espécies tropicais, que ajudarão além de manter o ambiente úmido e a evitar o ressecamento da folhagem, deixará o ambiente mais bonito.

Venenosa para animais

Atenção se você tiver algum animalzinho, em especial, cães e gatos. Esta planta pode ser levemente tóxica se for ingerido pelos animais que podem sofrer com irritação gastrointestinal leve, vômito e diarreia. Se você acha que seu animal pode ter ingerido alguma parte desta planta, entre em contato com o veterinário local.

Em todo caso, mantenha essa planta afastada dos animais. Tenha cuidado em não deixá-la facilmente acessível para evitar incidentes por envenenamento.

Cultive a palmeira licuala em vaso na sua casa!

A palmeira licuala em um jardim

Se você deseja uma palmeira de aparência exótica para seus ambientes internos, pátio ou jardim, experimente cultivar a palmeira licuala e suas variedades. É uma espécie de crescimento lento, mas produz folhas esplêndidas quando a planta amadurece, então vale a pena esperar. Ajude a planta junto com um pouco de fertilização, temperatura ideal e condições de rega.

Não exponha à luz direta forte, porque a planta desfruta de sombra parcial a sombra total, o que a torna uma boa opção para o cultivo interno também. No entanto, as folhas tendem a ficar voltadas para o raio de luz, por isso é uma boa ideia girar a planta ocasionalmente. Se ela estiver diretamente exposta ao sol, certifique-se de que ela não está sendo queimada pelo sol forte e direto.

Por fim, use água destilada em vez de água da torneira para evitar o acúmulo de minerais, como o cloro, pois podem causar efeitos diversos na planta. Ademais, seu fácil cultivo e pouca manutenção, é a escolha perfeita para começar a ter uma planta em casa ou no seu jardim.

Autor deste artigo

Redatora de Jardinagem, Casa e decoração, Turismo e Cotidiano.

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos