Como cuidar de suculentas: no banheiro, terrário, apartamento e mais!

Como cuidar de suculentas: no banheiro, terrário, apartamento e mais!

Sabia que as suculentas são fáceis de cuidar? Neste artigo apresentamos as melhores dicas de plantio, curiosidades e como usá-las para decoração.


A famosa planta dos últimos tempos: a suculenta

Cinco pequenas suculentas em potinhos de vidro enfeitados

Você já se perguntou por que as suculentas ficaram tão famosas de uns tempos para cá? Não há uma resposta exata para essa pergunta, mas alguns motivos dessa fama aparecem logo de cara para quem é um pouco mais observador. Primeiro que o hábito de cultivar plantas voltou à ativa com a onda da moda "hipster", segundo que a suculenta é uma das espécies mais fáceis de cuidar.

Essa plantinha é parente dos cactos e, assim como eles, tem a capacidade de armazenar água em seu caule, tendo suas folhas bem verdes e de diversos formatos. Outro motivo que faz dessa planta uma das preferidas é que as suculentas são de porte pequeno, ideais para ambientes interiores e terrários.

Para saber mais sobre as suculentas, leia abaixo dicas de cuidado e curiosidades sobre elas!

Cuidados gerais das suculentas em qualquer ambiente

Mão colocando uma suculenta junto a duas outras, com terra ao redor

As suculentas são resistentes e demandam cuidados simples, mesmo assim é preciso ter zelo em relação a certos aspectos da planta para que ela se desenvolva plenamente, crescendo forte e saudável. Para tanto, veja a seguir o que é preciso para cuidar de uma suculenta.

Solo ideal para suculentas

As suculentas são parentes dos cactos, então também não sobrevivem a solos úmidos por causa da fragilidade de suas raízes. Logo, o tipo de solo ideal para elas é do tipo drenado, ou seja, que impeça o excesso de acúmulo de água.

Sendo assim, o preparo do solo das suculentas deve conter uma mistura de areia, terra e pedrisco (é possível comprar essa mistura pronta em lojas de jardinagem). É interessante também mantê-las em um vaso que tenha furos de drenagem, auxiliando ainda mais no processo de escoamento da água.

Temperatura para suculentas

As suculentas gostam de calor, tanto que se desenvolvem no verão e, no inverno, entram em estado de dormência. É por isso que é difícil ver uma suculenta de grande (e até de média) estatura, pois ela se desenvolve lentamente quando comparada a outras plantas.

Apesar disso, essa espécie sobrevive em ambientes onde ocorre variação de temperatura, suportando desde de um calor de 32ºC até um frio de 10ºC. Porém, temperaturas mais altas ou mais baixas do que essas referências prejudicam a planta.

Luminosidade para suculentas

As suculentas adoram um solzinho! Precisam de sol por volta de seis horas por dia e por toda a sua extensão, por isso recomenda-se a rotação da planta sempre que esta for exposta a iluminação direta. Caso contrário, a suculenta pode crescer torta, pois seu caule irá crescer de acordo com a posição da luz solar.

Se a suculenta foi plantada recentemente, o ideal é introduzi-la ao sol direto pouco a pouco ou então mantê-la à meia-sombra. Isso porque a chance de suas folhas e caules queimarem é mais provável quando a planta está em processo de se ajustar ao solo.

A rega para suculentas

A espécie suculenta possui raiz frágil, por isso essas apodrecem rápido se encharcadas de água, logo, a frequência da rega vai depender do vaso em que a planta está e de qual estação é. Se o vaso não possui furos para drenagem, regue a suculenta com pouca água; se é inverno, ague a planta esporadicamente.

Caso mesmo seguindo essas instruções você esteja inseguro sobre quando regar, uma dica certeira é observar o solo: estando seco há três dias, regue a suculenta. Ou seja, mesmo que já tenha passado um tempo desde a última rega, só a repita se a terra estiver seca.

Manutenção das suculentas

Os cuidados para manter a suculenta são simples, apenas evitando que a planta e o solo fiquem úmidos insetos e fungos dificilmente vão aparecer. Mas sempre que a suculenta for atacada por essas pestes, mantenha-a longe de outras plantas e espirre álcool 70% em cima das partes danificadas.

Outra dica que ajuda a evitar ataque de pestes é remover caules danificados e folhas secas da suculenta, ação que dispensa a necessidade de poda. Manter a planta limpa, removendo a poeira e outras sujeirinhas das folhas também é recomendado.

Adubação para suculentas

A adubação costuma ser a parte mais complexa ao cuidar de uma planta, porém até essa etapa é descomplicada quando o assunto são as suculentas. Durante o inverno elas estão em estado de dormência, portanto só vão precisar ser adubadas na primavera e, apenas como um cuidado extra, no fim do verão.

O adubo utilizado nas suculentas pode ser comprado pronto em qualquer loja de jardinagem, desde que o fertilizante seja balanceado e solúvel em água. Para aplicá-lo na planta é preciso diluir o adubo na metade da concentração recomendada nas instruções da embalagem.

Como fazer novas mudas

Além de comprar as mudas em floriculturas, mercados e feiras, também é possível criá-las em casa. O processo é sossegado: basta coletar algumas folhas saudáveis de uma suculenta adulta, colocá-las por cima de uma mistura de terra, areia e pedrinhas e posicionar o vaso em um local arejado e iluminado.

As mudas não podem ser regadas e nem receber incidência direta de luz durante as primeiras semanas, porque é um momento em que elas estão muito frágeis, então qualquer ação exagerada pode matá-las. Após um tempo, pequenas raízes vão brotar das folhinhas e gerar uma nova suculenta.

Quando e como trocar de vaso

As suculentas crescem devagar e seu porte é pequeno, então só é preciso trocá-las de vaso caso suas raízes estejam compridas. Dá para perceber isso logo ao olhar para o vaso: vai ser possível ver a raiz saindo da terra, seja pelos furos embaixo do recipiente, seja pelo topo do solo.

Caso a suculenta esteja nessa condição, fique alguns dias sem regá-la para que o solo seque. Enquanto isso, prepare um vaso com terra, areia e pedriscos. Quando for fazer o transplante da muda, escolha um dia quente e, ao colocá-la no novo vaso, preencha com mais um pouco de terra seca ao redor da planta, sem pressionar.

Como cuidar de suculentas em locais diferentes:

Não é à toa que as suculentas são as queridinhas do momento, elas se adaptam a vários ambientes, sejam eles a quatro paredes ou a céu aberto. Veja adiante como cuidar dessa planta dependendo do lugar em que ela está.

No banheiro

Duas suculentas próximas a outras plantas pequenas e objetos de banheiro como sabonete, escovas de dente e pente

O banheiro é um local úmido e com pouca luminosidade, então é preciso ter ainda mais cuidado para que a suculenta não seja contaminada por fungos e suas raízes não apodreçam pela alta umidade. Logo, as regas serão raras e os vasos deverão conter furos para drenagem da água.

As suculentas que preferem condições como a que os banheiros oferecem são as do tipo suculenta de sombra, alguns exemplos são a Planta Jade, a Haworthia Retusa e a Espada de São Jorge. Todas são fáceis de encontrar para compra em lojas de jardinagem, feiras e floriculturas.

Em terrários

Terrário com várias espécies de suculentas

Os terrários de suculentas são populares por dois motivos: possuem delicada beleza e alta portabilidade. Geralmente os suportes são pequenos e bem decorados, então cabem em qualquer cantinho ou prateleira da casa que esteja precisando de um ornamento.

Para cuidar de um terrário de suculenta basta seguir as mesmas recomendações quanto ao cuidado de suculentas em vasos. Dependendo da espécie e do clima, irá demandar uma certa frequência de regas e de exposição ao sol, e a adubação precisa ser feita apenas uma vez ao ano.

Em apartamentos

Várias suculentas pequenas próximas à janela de apartamento

Há alguns anos atrás, cuidar de plantas em apartamentos era uma tarefa penosa, até que o hobby da jardinagem se popularizou e muitas dicas de como cultivar plantas em moradias desse tipo foram propagadas. O mesmo aconteceu com as suculentas!

Mesmo que o apartamento não possua varanda, é possível criar suculentas nos ambientes interiores. O segredo está em escolher uma espécie que não aprecie luz direta, bem como optar por vasos suspensos, terrários pequenos e mini suculentas como uma maneira de driblar a falta de espaço.

Em jardins

Enorme quantidade de suculentas plantadas num jardim

Apesar de as formas de plantio mais populares das suculentas serem em vaso e em terrário, também é possível plantá-las em jardins. O cuidado com a planta é praticamente o mesmo, só é preciso ter mais cuidado em relação as regas devido à suculenta estar a céu aberto, propensa a tomar chuva.

Para evitar o afogamento da plantinha, o ideal é que o solo em volta dela seja constantemente drenado. Se isso não for possível, a recomendação é que a suculenta seja mantida junto aos outras plantas em um vaso com sistema de drenagem.

Dicas e curiosidades de cuidados de suculentas:

Várias suculentas em vasos e pirâmides de vidro sobre mesa, próximas a pequenas ferramentas de jardinagem

A família Cactaceae, à qual pertencem as suculentas, é ampla e ramificada. Isso se reflete nos vários tipos de suculentas, cada espécie trazendo um cuidado e uma excentricidade sobre seu cultivo. A seguir, leia a lista de dicas e curiosidades sobre essas plantas.

Suculentas com flores precisam de ventilação

As flores da suculentas são muito cheirosas, exalando no ar um aroma adocicado. O objetivo desse mecanismo é atrair abelhas para que a planta seja polinizada e consiga se proliferar. Acontece que o cheiro também desperta o interesse de insetos e pragas que fazem mal para a suculenta.

Assim, é preciso deixar a suculenta em um ambiente arejado e com ventilação para evitar que a planta seja tomada por essas pestes. Desse modo, evita-se que o aroma fique concentrado em volta da suculenta e chame ainda mais a atenção dos insetos e pragas.

A coloração das suculentas interfere nos cuidados

Quando uma suculenta é naturalmente colorida, geralmente, é porque ela passou por algum processo que a "obrigou" a mudar de cor. Os motivos para isso podem ser estresse hídrico, exposição demasiada ao sol, baixas temperaturas e troca repentina de lugar. É por isso que muitas pessoas optam por colorir a suculenta artificialmente.

As plantas coloridas artificialmente demandam um cuidado especial, pois a tinta sai com água. Logo requer precisão: regas somente no solo, sem encostar nas folhinhas. E a tinta não dura para sempre, além de desbotar, sua cor natural aparece conforme o crescimento da suculenta.

Suculentas mini precisam de mais cuidados

Na verdade, os cuidados com a mini suculenta são os mesmos da suculenta de tamanho normal, só que a quantidade de água, de luz solar e de adubo será proporcional a estatura minúscula do tipo mini. Ou seja, nada de regá-las com um regador, pois a plantinha irá afogar e morrer.

Para aguar a mini suculenta, utilize um conta-gotas ou uma colher de chá para evitar que o solo receba água excessiva. Mantenha-a sempre seca, pois a contaminação por fungo se alastra rapidamente em uma mini suculenta devido a seu tamanho compacto.

Como cuidar de suculentas no inverno

O frio impede que o solo da suculenta seque rapidamente e ainda danifica suas folhas, porque o vento gelado as queima. Portanto, para que a plantinha sobreviva ao inverno e continue saudável durante esse período, alguns cuidados extras são necessários.

A primeira dica é controlar a umidade, assim: diminuir a quantidade de água das regas, evitando que a terra fique molhada por muito tempo, e expô-la ao máximo a luz solar. A segunda dica é não mexer no solo durante o inverno, então nada de adubar ou transplantar a suculenta.

Suculentas adoram primavera e outono

Muitas espécies de suculentas não suportam luz solar direta ou, então, se queimam com facilidade quando expostas diretamente ao sol. Ao mesmo tempo, também odeiam o tempo frio e entram em estado de dormência em temperaturas muito baixas.

É por isso que a grande maioria prefere as estações que trazem temperaturas amenas, como a primavera e o outono. Durante o período primaveril e outonal, as suculentas se desenvolvem com mais rapidez e força, inclusive são os meses em que as espécies com flores florescem.

Outras dicas de cuidados de suculentas:

Suculentas em vasos de cerâmica ao sol

As suculentas formam um grande grupo de plantas e cada espécie é de um jeito: algumas são bem pequeninas, outras possuem folhas em formato de banana, determinadas plantas possuem flores... Então veja nos tópicos seguintes mais dicas de cuidado com suculentas.

Deixe um pouco de espaço ao plantar as suculentas no mesmo vaso

Arranjos com vários tipos de suculentas no mesmo vaso são lindos, fáceis de cuidar e é uma ótima opção para presentear alguém ou decorar a casa. Os arranjos em vasos são comuns, então podem ser comprados prontos em lojas de jardinagem e floriculturas ou feitos em casa.

Caso o arranjo seja feito em casa é importante deixar uma lacuna entre uma suculenta e outra, pois assim as plantas terão espaço para crescerem. Além disso, esse espaçamento auxilia no escoamento da água de modo a impedir que ela se acumule no solo e as raízes das suculentas apodreçam.

Cada suculenta tem cuidados especiais diferentes

Os cuidados gerais sobre as suculentas já foram amplamente citados neste artigo: adubar uma vez ao ano, regar apenas quando o solo estiver seco, não realizar o transplante da planta durante o inverno, entre outros conselhos. Mas é preciso ressaltar que cada espécie tem um cuidado especial.

Ao comprar uma suculenta, sempre pergunte ao vendedor sobre os cuidados que a espécie demanda. Por exemplo, espécies coloridas demoram para se adaptar a ambientes interiores, certos tipos de exemplares requerem vasos suspensos, as suculentas de sombra não podem tomar sol direto, enfim, cada espécie tem uma particularidade que demanda um certo cuidado.

Decoração com suculentas

Várias suculentas de diferentes tamanhos em vasos sobre cadeiras e mesas enfeitando o ambiente

Como muitas espécies de suculentas se adaptam facilmente a ambientes interiores, é cada vez mais comum essas plantinhas serem usadas para decorar salas, escritórios, varandas e banheiros. Por isso, confira a seguir dicas de decoração com suculentas.

Vasos para suculentas

Para que a vida da suculenta dure o máximo possível, recomenda-se usar vasos que permitam a drenagem da água e que não tenham pratinho embaixo. Modelos desse tipo possuem furos na base do vaso e podem ser encontrados em lojas de jardinagem, floriculturas e lojas de artigos de decoração.

Em relação ao material, dê preferência por vasos de cerâmica ou de vidro que sejam de um tamanho em que a suculenta consiga crescer e se desenvolver. Sobre o design ou formato do vaso, tanto faz, pois isso não interfere no cultivo da planta.

Arranjos de suculentas

Os arranjos podem ser compostos por vários suculentas da mesma espécie ou de espécies diferentes. Sendo o caso deste último, procure criar o arranjo com exemplares que ornem e, principalmente, que demandem os mesmos cuidados, para que nenhuma muda seja prejudicada.

Para fazer um arranjo, encha o vaso ou pote com uma mistura de terra para suculentas até a boca. É essencial que as mudas sejam plantadas no topo do solo, em cima da borda do recipiente, para não se afogarem e manterem uma estética harmoniosa. Depois, preencha a superfície da terra com pedriscos e o arranjo está pronto!

Decoração com suculentas coloridas

As suculentas naturalmente coloridas se adaptam melhor a ambientes exteriores, como jardim, quintal e horta. Isso porque muitas dessa espécie colorem suas folhas conforme a temperatura, então estando mais expostas ao clima, mais poderão realizar esse fenômeno.

Já as suculentas artificialmente coloridas se adaptam melhor a ambientes interiores, afinal, sua pigmentação precisa de um maior controle em relação ao clima, já que uma chuva tiraria toda a sua cor. É possível comprar esse tipo de suculenta em lojas de jardinagem, mas também dá para colori-las em casa com corante alimentício.

Cultive suculentas em qualquer lugar!

Grande número de suculentas sobrepostas

São poucas as coisas no mundo que carregam beleza e versatilidade, duas características largamente procuradas pelas pessoas, e as suculentas são umas dessas coisas. Seja em sua versão mini, seja em seu tamanho normal, a delicadeza e a fácil manutenção dessas plantas a transformaram nas queridinhas do momento.

Justamente pelo fato de as suculentas serem um grande grupo, sua infinidade de espécies torna possível que elas sejam cultivadas em qualquer lugar, bem como sempre tenham um exemplar que orne com a decoração. E como há abundância de suculentas, os preços das mudas, dos arranjos e dos terrários são acessíveis!

Agora que você já sabe como cuidar dessas plantinhas e a variedade de opções de suculentas, adquira uma e ponha em prática os conselhos deste artigo!

Autor deste artigo

Uma estudiosa das letras que adora passar seu tempo em atividades ao ar livre e em contato com a natureza, então imagine o prazer de poder escrever sobre esses assuntos.

Últimos posts


As 9 Melhores Barras Fixas de Parede em 2022: BLACKWOLF, WCT Fitness e mais!

As 9 Melhores Barras Fixas de Parede em 2022: BLACKWOLF, WCT Fitness e mais!

Para te ajudar a escolher a melhor barra fixa de parede, criamos este artigo falando um pouco mais sobre os 9 melhores modelos do mercado e como escolher a sua!


As 10 Melhores Guitarras para Iniciantes: Cort, Strinberg e mais!

As 10 Melhores Guitarras para Iniciantes: Cort, Strinberg e mais!

Em dúvida sobre qual guitarra para iniciantes comprar? Confira dicas de como escolher o melhor modelo e um ranking com os 10 melhores produtos do mercado!


Os 10 melhores câmbios Shimano de 2022: traseiro, dianteiro e muito mais!

Os 10 melhores câmbios Shimano de 2022: traseiro, dianteiro e muito mais!

Neste artigo, conheça os 10 melhores câmbio Shimano no mercado atual, veja também como escolher o produto ideal para que você possa pedalar com segurança.


As 10 melhores jaquetas para moto de 2022: Texx, Milwaukee Leather e mais!

As 10 melhores jaquetas para moto de 2022: Texx, Milwaukee Leather e mais!

Se você é apaixonado por moto e quer comprar uma jaqueta de boa qualidade, veja nosso artigo com as 10 melhores jaquetas e dicas de como escolher a melhor!


As 10 Melhores Sapatilhas de Spinning de 2022: Shimano, Nike e muito mais!

As 10 Melhores Sapatilhas de Spinning de 2022: Shimano, Nike e muito mais!

Se você faz spinning ou deseja iniciar, você precisa ler este artigo! Confira o ranking das 10 melhores sapatilhas de spinning e aprenda como escolher a melhor.


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Doces e sobremesas