Peixe pampo: amarelo, galhado, características e muito mais!

Peixe pampo: amarelo, galhado, características e muito mais!

Confira aqui, os tipos de peixe pampo, suas características e dicas de pesca, como qual isca usar e equipamentos essenciais!


Conheça o peixe pampo: muito conhecido no comércio

Peixes pampos nadando

Há diversas espécies de peixe pampo importantes para a pesca comercial. Os principais são o pampo verdadeiro, o sernambiguara e o galhudo. Todos eles têm a carne mais cara do que a bovina, e isso torna esse gênero de peixe uma iguaria muito requisitada no comércio.

Na pesca esportiva, isso não poderia ser diferente. Famoso por ser um nadador veloz de oceanos abertos, o peixe pampo é uma presa muito popular entre pescadores esportivos. O seu comportamento agressivo e difícil torna a sua pesca ainda mais emocionante.

O peixe pampo é famoso também na aquacultura, pois se desenvolve muito bem dentro de aquários. A sua coloração verde ou azul com detalhes amarelos em suas nadadeiras agregam o valor ornamental do peixe. De todo modo, apresentaremos mais informações sobre o peixe pampo a seguir, suas características e principais dicas de pesca. Confira!

Conheça as características do peixe pampo:

peixe pampo em seu habitat

Confira nesta seção, as características físicas do peixe pampo, qual é a melhor época de reprodução quando os machos e as fêmeas atingem a maturidade sexual, os hábitos do peixe pampo, sua alimentação e habitat.

Características do peixe pampo

A maior espécie de todas é o peixe pampo sernambiguara, pois ela alcança até um metro e vinte centímetro de comprimento. Normalmente, os peixes jovens costumam formar cardumes para caçar as presas na costa em planície de ervas marinhas arenosas, um hábito que muda drasticamente quando adulto, que gosta de viver sozinho.

Geralmente, as espécies de peixe pampo estão presentes em todos os oceanos tropicais, subtropicais e temperados. Com duas colorações verdes e azuis e nadadeiras amarelas, costumam brilhar no fundo dos oceanos e chamar atenção dos pescadores.

Reprodução do peixe pampo

A desova pode durar o ano todo, mas ocorre principalmente durante os meses de verão, com estações de desova prolongadas ocorrendo fora deste período principal e uma diminuição na atividade de desova durante os meses de inverno. Os pesquisadores descobriram que a licença pode gerar recifes naturais e artificiais ou em águas próximas à costa.

Os machos atingem a maturidade sexual mais cedo do que as fêmeas com cerca de 1 ano de vida, com um comprimento aproximado de 35,6 centímetros. Já as fêmeas atingem a maturidade sexual entre o segundo e terceiro ano de vida, quando alcançam um comprimento maior de 30 a 39,9 centímetros.

Hábitos do peixe pampo

O peixe pampo possui característica muito usual da sua espécie: eles são carnívoros e alimentam-se principalmente de invertebrados bentônicos como crustáceo. A alimentação dele também inclui pequenos peixes e moluscos. Geralmente, essa espécie forma pequenos grupos, e durante a época da reprodução, juntam-se em gigantesco cardumes para migrar por mar aberto.

Conforme dito anteiormente, esse é um hábito não-homogêneo, pois os mais jovens costumam formar cardumes e nadar com muitos indivíduos, enquanto os peixes mais velhos optam por uma vida solitária.

Alimentação do peixe pampo

O peixe pampo irá comer uma variedade de animais, incluindo anfípodes, copépodes, moluscos, poliquetas, peixes e insetos. Em termos de desenvolvimento, permite exibir hábitos alimentares planctívoros quando jovens, comendo copépodes, anfípodes, misídeos, larvas de camarão e peixes.

À medida que aumentam de tamanho e envelhecem, o peixe começa a se alimentar de presas bentônicas, incluindo caranguejos-toupeiras, mariscos coquin, platelmintos, gastrópodes e cracas sésseis. Há registros de adultos maiores que se alimentam de gastrópodes, ouriços-do-mar, bivalves e caranguejos.

Locais onde o peixe pampo habita

O peixe pampo ocupa principalmente regiões costeiras, como brejos e praias arenosas, e lugares mais profundos, como canais e buracos adjacentes a essas áreas. O substrato dos brejos pode variar de areia, lama, marga ou grama marinha.

Geralmente, ele nada em águas com profundidade inferior a 2 pés, embora devido à grande profundidade do corpo, indivíduos grandes não ocupam águas tão rasas quanto outras espécies planas. Você pode encontrá-lo em águas mais profundas de até 30 metros e também é possível achá-lo em torno de estruturas como recifes, cais e destroços.

Tipo de peixe pampo:

Nesta seção, você vai conferir todas as informações sobe o peixe pampo verdadeiro, ver as características físicas do peixe pampo sernambiguara, a região onde você pode encontrar o peixe pampo galhudo e ver os nomes populares do peixe pampo malhado.

Peixe pampo verdadeiro

Pampo verdadeiro

O peixe pampo verdadeiro é o mais pescado, e possui outros nomes além deste, conhecido como: pampo-amarelo, pampo-cabeça-mole, pampo-real, palometa, enxova, cangueiro, sereia-da-flórida ou sereia-americana. O gênero dessa espécie é o Trachinotus que pertence à família Caringidae. Essa espécie é conhecida desde o século 18, quando foi descoberta em 1766 por Linnaeus. Desde então, o pampo-verdadeiro é bastante consumido no Brasil e no mundo.

O peixe pampo verdadeiro habita águas costeiras próximo a praias arenosas. Os peixes mais novos são encontrados nos estuários e manguezais, pois se alimentam de pequenos peixes que habitam por lá. Já os adultos, podem ser encontrados em recifes coralinos, pois passam a se alimentar também de invertebrados.

Peixe pampo sernambiguara

Peixe pampo sernambiguara

O peixe pampo sernambiguara é conhecido também como: sernambiquara, arabebéu, garabebéu, pampo gigante, tambó, permit e great pomano. O nome científico dele é Trachinotus falacatus, ele pertence à família carangidae. Ele habita todo o litoral americano e se você deseja encontrá-lo no Brasil, você poderá vê-lo no litoral Amazônico até a costa gaúcha. Ele é o peixe favorito dos habitantes do Rio Grande do Sul!

Pampo sernambiguara costuma ter um comportamento menos agressivo em comparação aos outros da sua família, podendo ser uma presa fácil de iniciantes da pesca.

Você pode identificá-lo pelas suas características físicas, ele possui escamas pequenas. Seu corpo tem formato losangular e é fortemente comprimido, isso o torna diferente dos outros pampos. O peixe pampo sernambiguara pode ultrapassar um metro e pesa entre 25 e 30 kg.

Peixe pampo galhudo

Pampo galhudo

O peixe pampo galhudo é encontrado na região norte, nordeste, sudeste e sul, do Amapá ao Rio Grande do Sul. O nome científico dele é Trachinotus goodei, ele pertece à família carangidae. O peixe galhudo é um peixe de escamas ósseo e ele pode medir até 50 centímetro e pesar por volta de 3 kg. Ele possui também nomes populares como: pampano, pampo-riscado, sargento, vermelho, aratubaia e pampo-de espinho-mole.

O peixe pampo galhudo é carnívoro e se alimenta de invertebrados bentônicos como crustáceo e também de pequenos peixes e molusco.

Peixe pampo malhado

Pampo malhado

O nome científico do peixe pampo malhado é Trachinotus marginatus, porém ele possui nomes populares como: plata pompano, aracanguira e aratubaia, ele pertence à família carangidae. Você pode encontrá-lo no Atlântico Ocidental, do Brasil a Argentina e no litoral brasileiro da região sudeste a sul. Ele vive sobre fundos rochosos e se alimenta de crustáceos. Portanto, não esqueça de levar uma variedade de camarões se você pretende pescar este peixe.

As características do peixe pampo malhado são marcantes, ele possui escamas, o corpo é moderadamente alto, dorso azulado, flanco prateados e ventre branco, ele também possui de 4 a 6 manchas sobre a linha lateral e galhas mais longas.

Como pescar o peixe pampo:

Pesca de peixe pampo

Nessa seção, você vai conferir qual melhor equipamento para pescar o peixe pampo, iscas naturais para peixe pampo, a melhor temporada de pesca do peixe pampo, as melhores regiões para a pescar o peixe pampo e saber se o peixe pampo é arisco. Confira:

Equipamento para pescar o peixe pampo

Não é preciso muitos equipamentos para pegar um peixe pampo. Primeiro, você precisa de varas entre 3,6 a 3,9 metros, de modelos resistentes e de ação média. Você também precisa de molinetes, que devem ser médios e grandes, com o modelo variando entre a marcação de 4000 a 7000. As linhas usadas devem ser as mais finas com 0,18 mm ou 0,20 mm. Os peixes pampos são bem desconfiados, então procure usar linhas discretas sempre!

Em relação ao arranque, é necessário que ele seja de 0,23 mm a 0,50 mm, você deve escolher o tamanho de acordo com a espécie que pretende pescar. Quanto mais comprido for o peixe, maior o tamanho do arranque. Por último, os chicotes também são importantes e podem ser usados com dois rotores com distância de 70 a 80 centímetro entre eles.

Iscas naturais para peixe pampo

Para você ter sucesso na sua pescaria, você precisa de iscas atrativas para chamar atenção dos peixes pampos. As iscas devem ser médias ou grandes, como um corrupto inteiro, minhoca de praia ou tatuí, que são as preferidas dos pescadores esportivos e garantem melhores resultados.

Camarão inteiro ou descascado também são uma boa opção para quem vai pescar no mar ou águas salgadas. As espécies mais utilizadas são o camarão ferrinho, o camarão sete barbas e o camarão branco.

Temporada de pesca do peixe pampo

A melhor época para pescar o peixe pampo é durante os meses que mais quentes de janeiro até meados de abril, pois os indivíduos estarão mais próximos da costa. Porém, se você é aquele pescador que deseja pegar o pampo o ano todo, você pode encontrá-lo nos costões mais quentes dos estados nordestinos do Brasil.

Regiões para pescar o peixe pampo

O peixe pampo geralmente é encontrado no Atlântico Ocidental, desta forma você pode pescá-lo em diferentes regiões do planeta. Ele é encontrado nas Índias Ocidentais, Massachussets, nos Estados Unidos e também no Golfo do México.

O peixe pampo é conhecido por gostar de água quentes, e no caso particular do Brasil, ele pode ser encontrado nas regiões norte e nordeste, apesar de também habitar a região sudeste, especificamente o mar de Santa Catarina.

O peixe pampo é arisco

O peixe pampo tem o formato arredondado de corpo e ele possui muita força, isso torna sua pesca muito difícil após ele ser fisgado. Para que o pescador possa dominá-lo, é preciso ter um equipamento bem regulado e ter muita perícia durante a briga, deixe o peixe puxar a linha, mas dificulte a tarefa travando o molinete. Após ele cansar, aproveite a chance e puxe a vara.

Pegue ajuda de chicotes um pouco mais compridos e as pernadas maiores que 50 cm, pois assim, a isca fica mais longe do fundo à meia água, onde frequentemente os peixes pampo costumam atacar, e pode facilitar a sua pesca.

Peixe pampo: o orgulho dos pescadores!

Peixe pampo

Agora que você viu tudo sobre o peixe pampo, que tal tentar pegar um nos mares de Santa Catarina? O seu comportamento arisco costuma dar uma boa briga na hora da pesca, e isso é um ponto positivo para pescadores tanto amadores quanto profissionais, que adora uma presa difícil para exibir depois!

Não esqueça de molinetes e iscas naturais caprichadas na hora de pescá-lo, o peixe pampo não costuma ser atraído por presas muito pequenas ou que não chamem a sua atenção. Por último, os camarões são uma boa opção para aqueles que pretendem pescar nas águas salgadas.

Tenha muita paciência na hora de pescar um peixe pampo e não esqueça dos equipamentos essenciais apresentados. Siga as dicas e a sua pescaria será um grande sucesso!

Autor deste artigo

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo