Andar de bicicleta engrossa ou afina as pernas? Veja dicas e benefícios!

Andar de bicicleta engrossa ou afina as pernas? Veja dicas e benefícios!

Descubra aqui se andar de bicicleta engrossa a perna ou afina, como fazer para ter resultados e os benefícios desse esporte!


Já ouviu falar que andar de bicicleta engrossa as pernas?

Ciclista profissional ao ar livre

Se você praticar ciclismo com frequência, no mínimo moderada, terá um corpo mais definido e saudável. Você também ganhará uma circulação sanguínea melhor, diminuirá a gordura corporal, fortalecerá suas articulações, se sentirá descontraído, e consequentemente, mais feliz.

Contudo, andar de bicicleta engrossa a perna ou afina dependendo de diversos aspectos. O modo como você pratica esse esporte, a alimentação que você mantém e o seu tipo de corpo influenciam como essa atividade física afetará seu corpo. Então, confira os próximos tópicos para saber mais.

Como engrossar ou afinar as pernas:

Ciclismo ao ar livre

A maneira como seus músculos são moldados com o ciclismo depende de muitos fatores, incluindo o quanto, como, e a frequência com que pedala. A alimentação, da mesma forma, afeta bastante o resultado alcançado com esse esporte. Se você fizer os exercícios de um modo terá pernas surpreendentemente tonificadas e definidas.

Caso realize de outra maneira, elas serão finas. Então, continue lendo e entenda mais detalhadamente como andar de bicicleta engrossa perna ou afina e o melhor modo de praticar para chegar ao seu objetivo. Confira!

Academia ou ar livre?

O local de treino influencia levemente o resultado no ciclismo. De qualquer maneira, há alguns pontos a considerar. Ao ar livre você queima mais calorias, porque isso requer mais movimento corporal. Com o aumento do ritmo e a velocidade, você melhora a pressão arterial. Além disso, há o contato com a natureza e você pode seguir por diferentes caminhos.

Na academia você trabalha melhor exercícios de força, consegue regular os equipamentos, não precisa se preocupar com chuva, poeira etc. Enfim, ambos os lugares tem suas vantagens, mas nada impede que você combine as duas formas, porque o que determina o resultado é a intensidade da pedalada.

Existe, ainda, a possibilidade de fazer trilhas de bicicleta, o que proporciona uma imersão na natureza e um grau maior de esforço físico, promovendo ganhos à saúde mais rapidamente. Para esse tipo de atividade é melhor utilizar bicicletas específicas, por isso confira nosso artigo sobre as 10 melhores bikes para trilha de 2022 e aprenda mais sobre elas.

Intensidade da pedalada

A intensidade da pedalada é considerada alta quando se treina por mais de 3 horas diárias ou em menos tempo, porém com esforço físico maior como ocorre numa subida. Entre 1 a 3 horas a intensidade é média, e menos do que isso é baixa.

Andar de bicicleta engrossa a perna quando a carga é pesada. É por isso que ciclistas que pedalam regularmente com intensidade média a alta ganham coxas tremendamente trabalhadas ao longo do tempo. O mesmo pode ser dito dos escaladores que constroem músculos mais fortes subindo montanhas.

Caso você pedale com baixa intensidade e em curtos períodos verá sua perna afinar ou permanecer com a mesma aparência. Independente da sua intenção é muito importante não começar com treinos intensos. Acostume seu corpo a se desenvolver progressivamente conforme os dias passam, preservando sua saúde.

Alimentação

Andar de bicicleta engrossa a perna se você consumir proteínas de qualidade. Mas, em geral, a alimentação no ciclismo deve ser balanceada com carboidratos, como fonte de energia, vitaminas e minerais como antioxidantes. Além disso, os probióticos evitam sobrecarga, fadiga e reduzem o risco de lesões musculares.

A quantidade de comida depende da intensidade do treinamento. Para um ciclista que pratica o esporte de forma moderada, se recomenda de 5 a 7 gramas de carboidratos por quilo diariamente. Por outro lado, quem treina com moderação, entre 7 e 10 gramas, e mais de 10 se você treinar mais de quatro horas por dia.

Durante o percurso você pode comer frutas, nozes, produtos que contenham mel como as barras de cereais. A alimentação também é a chave para a recuperação após um grande esforço. Recomenda-se consumir uma grama de carboidratos por quilo e hora durante as quatro horas após o treino.

Duração da atividade

Normalmente, os ciclistas treinam de 1 a 3 horas. No entanto, desenvolver a capacidade física é mais importante que o tempo de duração da atividade. O seu corpo precisa estar preparado para longas caminhadas ou com cargas maiores.

A qualidade do treino tem mais do que somente tempo. Se você fizer longos percursos ou pedalar por mais de 3 horas, mas sem acostumar o corpo ao exercício, precisará de um tempo maior de recuperação e esse esforço não terá impacto na sua condição física.

Por outro lado, andar de bicicleta engrossa a perna se você faz os exercícios dentro do seu limite, aumenta a carga e a frequência aos poucos. O ideal é começar com 45 minutos em um ritmo moderado e percorrer pelo menos 15 km nesse tempo. Faça isso 3 vezes por semana. Depois, aumente o tempo e a intensidade.

Dicas que ajudam na atividade:

Homem e mulher na bicicleta em academia

Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, desenvolver músculos extremamente definidos não é nada fácil. Andar de bicicleta engrossa as pernas mais rápido quando você mantém a frequência dos treinos, realiza exercícios complementares e permite que seu corpo descanse do modo certo.

Então, acompanhe os próximos tópicos e veja algumas dicas para se motivar e manter os treinos todos os dias. Descubra também quais são os melhores treinos funcionais e os segredos para a boa recuperação do corpo, na seção a seguir:

Motivação

O ciclismo tem a capacidade de ser uma aventura, mas mesmo sabendo disso, a motivação nem sempre aparece. Entretanto, existem algumas estratégias que mantêm seu ânimo como traçar metas e fazer coisas com a bicicleta que você nunca fez. Você também pode visitar um amigo ou sair para jantar fora e ir pedalando.

Outra dica é avançar mais uma etapa a cada treino. Normalmente, pensar em fazer uma série de intervalos e alcançar uma intensidade alta faz você querer parar antes de começar. Por outro lado, se você estabelecer que fará apenas o mínimo necessário, será mais fácil iniciar e a motivação aparecerá durante o exercício.

Andar de bicicleta engrossa as pernas, mas leva mais ou menos um mês para você perceber os primeiros resultados. Então, busque uma recompensa no curto prazo. Sempre que você cumprir uma meta, presenteie a si mesmo. Por exemplo, a cada vez que você concluir um treino, tome um copo de iogurte natural.

Treinos funcionais

O treinamento funcional serve para tornar melhor os movimentos que você faz quando pedala. Então, basta você fazer exercícios semelhantes aos movimentos do ciclismo para tonificar com perfeição as partes do corpo que usa durante as pedaladas. Andar de bicicleta engrossa as pernas, principalmente se você completar com:

- Step (Subir e descer degraus): serve para fortalecer coxas e panturrilhas. Faça isso com pesos de 1 kg em cada mão, abrindo e fechando os braços ao levantar o pé oposto. Assim você fortalece os músculos dos braços que são bastante espremidos nas descidas.

- Andar com passos largos: é ideal para trabalhar músculos posteriores da coxa. Realize esse exercício com a barra de madeira nos braços, com um queixo para cima, para tonificar todos os músculos das costas.

- Abdominal em forma de bicicleta: toda vez que você sobe o joelho oposto, você alonga os músculos das pernas e da barriga.

- Pular corda: é outro exercício aconselhável para quem gosta de andar de bicicleta para engrossar as pernas e dar mais resistência às pernas, glúteos e braços.

Uma sessão de treino funcional para ciclismo começa com um aquecimento e termina com um alongamento. O aquecimento consiste em exercícios de força muscular que ajudam a preparar o corpo. Depois, passa a trabalhar diversos músculos isoladamente. Por fim, vem o alongamento e relaxamento muscular.

Musculação

O ciclismo sozinho não é capaz de gerar coxas gigantes. Andar de bicicleta engrossa as pernas em um terço do que se obtém com exercícios com pesos. A partir daí, você pode complementar com agachamentos com ou sem barra nos ombros ou outras atividades físicas que envolvam cargas.

Além do mais, a musculação melhora o desempenho do corpo, em geral. Por esse motivo, os exercícios também devem visar, principalmente, os músculos da região lombar e membros superiores. Assim, se evita dores nas costas e até possíveis lesões.

Descanso

Aprender a descansar depois de pedalar bastante é fundamental para não colocar sua saúde em risco. O tempo de descanso não é o mesmo para todos os ciclistas. Também pode variar dependendo do tipo de treinamento, do estilo de vida, do nível do atleta e da intensidade das sessões.

Então, é aconselhável que ciclistas que fazem treinos intensos (acima de 3 horas) tenham um dia ou mais de recuperação. Já os pilotos que se exercitam em menos tempo, no máximo, dois dias inteiros de descanso.

Além disso, andar de bicicleta engrossa as pernas quando o sono dura entre 8 e 9 horas. No meio da noite vários músculos são ativados, favorecendo a recuperação e regeneração das áreas afetadas por fadiga, dor ou cansaço e consequentemente, gerando músculos.

Benefícios ao andar de bicicleta:

Homem focado pedalando

O que você ganha ao andar de bicicleta? Bem, além de um corpo mais belo, seu coração se fortalece, sua mente se torna mais ativa e você se sente feliz. Pedalar tem muitos benefícios, alguns são mais conhecidos do que outros. Qualquer pessoa pode desfrutar facilmente dessas vantagens que estão a seguir:

Andar de bicicleta é uma das atividades que mais emagrece

Combinado com alimentação saudável, andar de bicicleta é uma boa forma de evitar a obesidade e controlar ou reduzir o peso, pois aumenta o metabolismo, desenvolve músculos e queima gordura corporal. Basta sair uma hora por dia de bicicleta para queimar cerca de 500 kcal.

No ciclismo, o combustível é a sua gordura corporal. É por isso que pedalar é uma forma divertida de controlar o peso e se manter saudável. Uma bicicleta urbana ou ergométrica é uma excelente ferramenta para a prevenção da obesidade e outras doenças relacionadas como diabetes e hipertensão.

Andar de bicicleta melhora a circulação do sangue

Ter uma circulação sanguínea correta permite que o corpo mantenha os músculos em perfeito estado. Também evita câimbras, inchaços e varizes nas pernas. Andar de bicicleta ajuda o sangue a voltar para o coração mais facilmente. Isso é essencial para o bom estado do organismo.

A circulação sanguínea adequada é importante para melhorar a capacidade de regular a temperatura corporal e diminuir o desgaste do coração e, portanto, reduzir a probabilidade de você sofrer de problemas cardiovasculares como derrame, pressão alta e ataque cardíaco.

Andar de bicicleta regula o colesterol

O colesterol "ruim" - conhecido como LDL - é eliminado com a prática de atividades físicas e é claro que andar de bicicleta, mesmo que seja para engrossar as pernas, tem esse benefício extra. Por outro lado, pedalar também aumenta o colesterol “bom”, chamado de HDL. Assim, os vasos sanguíneos ganham flexibilidade e o coração fica mais resistente.

O colesterol HDL ajuda a remover parte do LDL da corrente sanguínea e leva para o fígado para ser metabolizado ou eliminado do corpo. Assim, evita que o colesterol "mau" se deposite em excesso no interior das artérias, prevenindo infartos e derrames. Afinal, quanto maior a quantidade de HDL, maior a proteção contra essas doenças.

Andar de bicicleta tonifica os músculos e perde a barriga

Andar de bicicleta engrossa as pernas e é uma atividade ideal para fortalecer a musculatura delas. Os músculos da coxa são os mais trabalhados e, por isso, os mais tonificados. As panturrilhas também são exercitadas pedalando, embora em menor grau. O ciclismo ainda acaba com a flacidez e a fraqueza das pernas.

Além do mais, você ainda tem uma ferramenta poderosa para se livrar da gordura indesejada da barriga. O segredo é aumentar a intensidade com que pedala e combinar com alimentação saudável.

Andar de bicicleta promove bem-estar

Quando você realiza atividades físicas como andar de bicicleta, a sua mente passa a funcionar plenamente e libera substâncias benéficas para o seu corpo. É o caso dos chamados "hormônios da felicidade", o principal deles é a endorfina.

A realização dessa atividade por pelo menos uma hora favorece a produção desse hormônio. Além disso, também é possível observar um aumento significativo no desempenho no trabalho e no relacionamento com outras pessoas.

Andar de bicicleta reduz a ansiedade e depressão

Exercício físico faz o cérebro oxigenar e criar certos hormônios que ajudam a combater sensações negativas. Inúmeros estudos comprovam isso, afirmando que andar de bicicleta deixa todos, os que praticam essa atividade, mais felizes e reduz problemas psicológicos.

A ansiedade e a depressão são amenizadas pelo grande poder de desconcentração que o ciclismo possui. Pedalar é uma atividade que não exige muita concentração, o que permite desconectar ou ouvir música com total tranquilidade.

Andar de bicicleta é desestressante

É algo instantâneo, quase mágico. Não importa se você teve um dia ruim no trabalho, se discutiu com seu parceiro ou se sua cabeça está abarrotada de preocupações. É só subir na bicicleta, começar a pedalar e perceber como tudo ganha um aspecto diferente e positivo. Desta forma, naturalmente, você relaxa.

O estresse no trabalho desaparece, a carranca relaxa e o que parecia ser um problema insolúvel começa a evaporar a medida que você avança. Qualquer ciclista sabe que o estresse é incompatível com andar de bicicleta.

Andar de bicicleta rejuvenesce

Um estudo revelou que andar de bicicleta pode retardar os efeitos do envelhecimento e rejuvenescer o sistema imunológico. Os resultados, publicados na revista especializada Aging Cell, mostraram que ciclistas preservam a massa e a força muscular, além de manter níveis de gordura e colesterol estáveis, apesar da idade.

Essa descoberta é mais uma das pesquisas que refutam a suposição de que o envelhecimento deixa o ser humano mais frágil. Cada vez mais há evidências de que as pessoas que se exercitam regularmente durante a vida conseguem eliminar ou amenizar vários problemas e viver mais tempo com boa saúde.

Não prejudica as articulações

Evidentemente, se andar de bicicleta é bom para os músculos das pernas também é para os joelhos. Essas articulações, à medida que envelhecemos, deterioram gerando inúmeras dores. Determinadas atividades físicas excessivas não favorecem o bom estado dos joelhos, porém, andar de bicicleta, ao contrário, protege.

Os músculos dos joelhos se desenvolvem com esta atividade. Além disso, como a maior parte do peso do corpo cai sobre o assento, os joelhos não sofrem, evitando que a cartilagem se desgaste subitamente. É também por esse motivo que é considerado um esporte de baixo impacto.

Cuidados ao andar de bicicleta

Idosos andando de bicicleta

Andar de bicicleta é bom para qualquer pessoa. Entretanto, esse esporte deve ser adaptado à capacidade física de cada um e realizado de forma progressiva. Assim, o exercício será satisfatório e trará os resultados esperados sem complicações. A seguir, você descobrirá como consumir líquidos antes e depois dos treinos, quando procurar um médico e de que maneira o ciclismo afeta seu corpo. Por isso, continue lendo.

Hidrate-se sempre

A hidratação antes do percurso é ideal para preparar o corpo para o desgaste. Então, se a intensidade do treino for média, beba cerca de meio litro de água (500 ml) uma hora antes de começar a pedalar. Para exercícios de maior intensidade deve-se iniciar a reposição de líquidos pelo menos um ou dois dias antes.

Já durante o treino é importante saber a quantidade e o momento para prevenir a desidratação, baixo desempenho e até a fadiga. O ideal é consumir cerca de 6 mililitros de água por quilo de peso e por hora de exercício, com intensidade média. Se o treino for de alto esforço, hidrate-se a cada 15 ou 20 minutos, em torno de 180 mililitros.

Lembre-se sempre, portanto, de levar consigo uma garrafinha cheia d'água quando for realizar pratica esportiva. Confira as Melhores Garrafas de Água de 2022 se não souber por onde começar a buscar pela melhor garrafinha.

Avaliação médica

Andar de bicicleta é uma atividade que tem baixo risco de lesão. No entanto, trabalha profundamente a frequência cardíaca. Portanto, é aconselhável que pessoas com problemas de coração consultem um médico antes de começar a fazer treinos mais intensos ou caso sintam qualquer dor incomum após exercícios.

Uma avaliação médica também é recomendada a pessoas que possuam problemas nos joelhos ou sofram de enfermidades como a tendinite. Caso contrário, a área onde o peso é sobrecarregado pode gerar uma lesão ou desconforto. Além de correr o risco de apresentar algum desequilíbrio.

Não exagere

Andar de bicicleta é uma das atividades físicas mais saudáveis que existem. Porém, o abuso no treino nunca é positivo e, seja qual for a condição física do ciclista, tem efeitos negativos para a saúde. Principalmente, no longo prazo, quando o esforço começa a afetar o corpo.

Cada pessoa possui um corpo diferente

Existem muitas classificações do seu corpo, mas de acordo com sua forma física pode ser ectomorfo, mesomorfo ou endomorfo. Cada um é diferente, por isso como andar de bicicleta mudará seu corpo depende muito do seu biótipo corporal. Assim:

- Endomorfos: são pessoas que têm mais dificuldade de perder gordura corporal. Somente com o ciclismo é menos provável que desenvolva massa muscular. Por outro lado, passeios curtos e intensos ajudam a perder a gordura extra.

- Mesomorfos: são indivíduos que têm facilidade em desenvolver músculos. Então, como o corpo está naturalmente predisposto, consegue engrossar e definir o corpo.

- Ectomorfos: é o biótipo de quem é extremamente magro. Com o ciclismo ganha massa muscular com muito treino de força e intensidade, em ritmo lento. Esse é o caso de vários ciclistas de montanhas.

Resumidamente, andar de bicicleta trará algum benefício a qualquer um que pratique esse esporte com frequência. No entanto, ter metas adequadas ao seu biótipo evita que você tenha frustrações por não alcançar o impossível e também permite que você se sinta satisfeito com os resultados que consegue.

Veja mais artigos relacionados a ciclismo

Neste artigo respondemos a pergunta: bicicleta engrossa ou afina as pernas? Agora que você sabe a resposta, junto de mais outras informações, que tal conferir alguns de nossos artigos sobre produtos relacionados à ciclismo? Se tiver um tempo sobrando, confira abaixo!

As 10 melhores bicicletas com bom custo-benefício de 2022: urbana, mtb e elétrica!

https://portalvidalivre.com/articles/1028

Está em busca de uma bicicleta com bom custo-benefício? Veja dicas de como escolher a ideal para economizar e um ranking com os melhores modelos de 2022!

As 10 Melhores Bicicletas para Iniciantes de 2022: Caloi, Colli Bike e muito mais!

https://portalvidalivre.com/articles/2906

Procurando uma bicicleta resistente e fácil de andar? Aqui você encontra as melhores bicicletas para iniciantes no nosso ranking e ainda aprende como escolher!

Os 10 Melhores Capacetes para Bike de 2022: da Atrio, Elleven e mais!

https://portalvidalivre.com/articles/1012

Pensando em comprar um capacete para bike? Confira aqui informações imperdíveis sobre como escolher, os 10 melhores modelos de 2022, os preços e onde comprar!

Andar de bicicleta pode engrossar e afinar as pernas!

Homem andando de bicicleta nas montanhas

O ciclismo é uma atividade que traz muitos benefícios à saúde, tanto física quanto mental. É uma atividade que ajuda a tonificar o corpo, queimar calorias e melhorar a circulação sanguínea. Também ajuda a reduzir os níveis de estresse e ansiedade, a potencializar a mente e a você se sentir mais feliz.

Então, independentemente de você querer engrossar ou afinar as pernas, uma coisa é certa: andar de bicicleta regularmente ajudará você a ser mais saudável e forte. Portanto, aproveite esse benefício o quanto antes.

Autor deste artigo

É bom viver... Eu me interesso por tudo que faça a vida ser melhor.
A principal delas é a escrita que oferece muita alegria com poucos recursos.

Palavras-chave relacionadas


Ciclismo

Artigos relacionados


As 10 Melhores Marcas de Bicicleta de 2024: Caloi, Colli, Monark e Mais!

As 10 Melhores Marcas de Bicicleta de 2024: Caloi, Colli, Monark e Mais!

Procurando por uma bicicleta? Conheça as 10 melhores fabricantes, seus modelos em destaque e saiba como fazer a melhor escolha para seu perfil de ciclista!!


As 10 Melhores Bicicletas com Bom Custo-Benefício de 2024: urbana, mtb e elétrica!

As 10 Melhores Bicicletas com Bom Custo-Benefício de 2024: urbana, mtb e elétrica!

Está em busca de uma bicicleta com bom custo-benefício? Veja dicas de como escolher a ideal para economizar e um ranking com os melhores modelos de 2024!


As 17 Melhores Bicicletas Aro 29 de 2024: Caloi, Colli Bike e muito mais!

As 17 Melhores Bicicletas Aro 29 de 2024: Caloi, Colli Bike e muito mais!

Está atrás de uma excelente bicicleta com aro 29? Então confira aqui os melhores modelos de 2024 e saiba como escolher a bike aro 29 ideal para suas pedaladas!


As 14 Melhores Bicicletas de 2024: bicicletas urbanas, mountain bikes e muito mais!

As 14 Melhores Bicicletas de 2024: bicicletas urbanas, mountain bikes e muito mais!

Neste artigo ajudamos você a escolher a melhor opção de bicicleta com dicas imperdíveis e oferecendo um ranking com as 14 melhores bicicletas atualmente!


As 10 Melhores Marcas de Roupas de Ciclismo em 2024: Free Force, ERT, Elite e Mais!

As 10 Melhores Marcas de Roupas de Ciclismo em 2024: Free Force, ERT, Elite e Mais!

Precisa de uma boa roupa de ciclismo? Veja neste artigo quais são as melhores marcas de roupas de ciclismo e aprenda como escolher a melhor peça para você!


Últimos posts


O Motorola Moto E22 é bom? Preço, ficha técnica e mais!

O Motorola Moto E22 é bom? Preço, ficha técnica e mais!

Quer saber se o Moto E22 é o celular certo para você? Neste artigo, veja as especificações técnicas do aparelho, vantagens, indicações de uso e muito mais!


Gestão de negócios aplicada ao Recursos Humanos

Gestão de negócios aplicada ao Recursos Humanos

Descubra como a gestão de negócios otimiza o departamento de Recursos Humanos, melhorando processos e estratégias empresariais.


Os 16 Melhores Notebooks i7 de 2024: Dell, Samsung, Acer e mais!

Os 16 Melhores Notebooks i7 de 2024: Dell, Samsung, Acer e mais!

Quer comprar o melhor notebook i7 para você? Confira neste artigo as dicas necessárias para escolher o modelo ideal e os 16 melhores produtos do mercado.


Os 8 Melhores Notebook Acer de 2024: Aspire, Spin e mais!

Os 8 Melhores Notebook Acer de 2024: Aspire, Spin e mais!

Em busca do notebook ideal da marca Acer? Neste artigo, apresentamos os 8 melhores notebooks Acer para 2024, como escolher e onde comprar!


Os 10 Melhores PCs Gamers Completos de 2024: Chip7 Informática, Mancer e mais!

Os 10 Melhores PCs Gamers Completos de 2024: Chip7 Informática, Mancer e mais!

Procurando o melhor PC gamer completo? Neste artigo confira muitas informações desse produto para escolher o ideal e veja um ranking com os 10 melhores!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


DIY Decoração Cuidados automotivos Suplementos Moda Artigos Esportivos