Helicônia: como cuidar, tipos de flor, curiosidades e muito mais!

Helicônia: como cuidar, tipos de flor, curiosidades e muito mais!

Já ouviu falar na Helicônia? Veja as principais espécies, práticas de cultivo e curiosidades que te farão se apaixonar!


O que é a helicônia?

Helicônia rostrata em meio à mata

As Helicônias, também conhecidas como Bananeiras do Mato, são plantas que atraem muitos olhares. Sua aparência, que em grande parte se assemelha a bananeiras e traz cores vibrantes e mescladas, são ótimas opções para decorar os mais variados ambientes da sua casa, escritório ou cultivar em seu jardim.

Não será tão difícil encontrar uma delas por aqui: tendo aproximadamente 200 espécies diferentes, pelo menos 30 delas são comuns no Brasil. Devido a sua altura, com algumas espécies podendo chegar a mais de 4 metros, o ideal é que sejam cultivadas em jardins ou canteiros, mas devidamente cuidadas poderão se encaixar muito bem nos mais variados vasos e arranjos da sua casa ou escritório.

Quer saber mais sobre essa planta? Então vem comigo e veja suas principais espécies, as melhores práticas de cultivo e muitas curiosidades.

Informações básicas da helicônia

Close up nas brácteas de Helicônia rostrata

Nome CientíficoHeliconia
Outros NomesBananeira do Mato, Bananeira do Brejo, Bananeira Ornamental, Caetê, Papagaio, Falso Pássaro do Paraíso, Pássaro de Fogo
OrigemAmérica do Sul e Central, Ilhas do Pacífico e Indonésia
Porte1,2~4,5 metros
Ciclo de VidaPerene
FloraçãoAno inteiro, destaque para o verão
ClimaTropical, Subtropical, Equatorial e Mediterrâneo

A Helicônia, também conhecida como Bananeira do Mato, Caetê, Papagaio e até mesmo Pássaro-de-fogo, é o único membro da família Heliconiaceae. Elas são plantas nativas da América do Sul, América Central, Ilhas do Pacífico e Indonésia, mas sua principal origem está na Amazônia, no Brasil, Equador, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

Elas são plantas muito versáteis, podendo ser cultivadas dentro de casa em arranjos e vasos, mas também podem chegar a mais de 4,5 metros, ideais para o seu jardim. Seu ciclo de vida é perene e se forem bem cuidadas podem florir o ano inteiro, mas durante as estações mais quentes é que podemos ver sua total beleza.

Os variados tipos de helicônia

A Helicônia possui cerca de 200 espécies distintas, sendo que 30 delas são comuns aqui no Brasil. Elas possuem variadas características que dão personalidades únicas a cada uma delas. Abaixo, conheça um pouco mais sobre algumas das principais espécie e decida qual delas você vai começar a cultivar:

Helicônia-papagaio

Helicônia-papagaio

A Helicônia-papagaio, de nome científico Heliconia psittacorum, é categorizada como arbusto, sendo esta uma das espécies mais cultivadas no mundo. Seus ramos são eretos, com cerca de 1,5 metros, com folhas verdes e lisas de formato oval-lanceolado.

Ela possui inflorescências curtas, produzida no topo de seus ramos, e suas brácteas possuem cores que variam principalmente entre o vermelho e o amarelo e em seu interior ficam acomodadas suas flores. Devido a suas inflorescências duráveis elas são amplamente utilizadas em arranjos florais.

Helicônia angusta

Helicônia angusta

A Helicônia angusta também é conhecida como Helicônia Vermelha devido a cor principal de suas brácteas serem vermelho vivo, ainda que seja possível encontrá-la com cores alaranjadas e até mesmo amareladas.

Assim como a Helicônia-papagaio, a Helicônia Angusta cresce como uma haste vertical, com folhas não tão lisas e em verde escuro. No alto desse ramo situa-se sua inflorescência, com brácteas que atraem olhares devido a suas cores vibrantes e do seu interior brotam lindas e compridas flores.

Helicônia rostrata

Vários pés com muitas brácteas de Helicônia rostrata

A Helicônia Rostrata é sem dúvidas a que mais chama atenção, com sua inflorescência ornamental, similar ao cacho de banana. Suas brácteas são em vermelho com as bordas amarelas e suas flores escondem-se no interior das brácteas, sendo elas pequenas e brancas.

Elas são plantas grandes que podem ultrapassar facilmente os 3 metros de altura e o tamanho de suas brácteas variam de acordo com o número de flores e o desenvolvimento da planta.

Helicônia bourgaeana

Helicônia bourgaeana

A Helicônia Bourgaeana, semelhantemente à Rostrata, é uma planta vigorosa e cresce de forma acentuada, podendo chegar a mais de 4 metros de altura, além de suas folhas e flores lembrarem muito as das bananeiras. Suas folhas são grandes e ovaladas, levemente pontuadas e de cores verdes.

Sua inflorescência é caracterizada principalmente pelas longas brácteas de tonalidade vermelha, podendo variar principalmente entre o rosa e o vinho, mas também encontradas em tons alaranjados, e em seu interior escondem-se suas flores que variam com em tonalidades de branco, amarelo e azul.

Devido a beleza e cores, ela é principalmente cultivada para fins ornamentais, mas sua resistente inflorescência também faz com que ela seja muito utilizada como flor de corte.

Helicônia bihai

Helicônia bihai

A Helicônia Bihai, conhecida por muitos como Pássaro-de-fogo, é caracterizada principalmente pela sua coloração que lembram as chamas. Ela cresce como um largo ramo, de onde surgem seus pecíolos que sustentam enormes folhas. Embora seja uma planta herbácea, categorizada como sendo um arbusto, ela pode chegar a até 4 metros de altura.

Sua inflorescência é formada por brácteas grandes com coloração principalmente vermelha e com bordas que mesclam o verde claro com o preto. Em seu interior fica acomodada uma pequena flor, tubular e branca. Seus frutos são drupas e quando maduros possuem uma coloração azulada.

Helicônia caribaea

Helicônia caribaea amarela

A Helicônia Caribaea é uma espécie rara em nosso país, suas folhas são grandes e suas brácteas, também grandes, lembram as garras de lagosta, nome pelo qual ela é mais conhecida. Categorizada como arbusto, essa planta pode atingir até 3 metros de altura.

Em suas inflorescências destacam-se suas enormes brácteas com cores vibrantes, principalmente nas tonalidades vermelhas e alaranjadas e em seu interior escondem-se suas belas flores. Ela cresce como ramos e em seu entorno surgem longas folhas e sua inflorescência cresce de forma terminal.

Como cuidar da helicônia

Regador e ferramentas de jardinagem

Como você viu até aqui, as Bananeiras do Mato possuem muitas características distintas, mas todas tem uma beleza exótica com cores vibrantes. A fim de que você também possa cuidar da sua Helicônia adequadamente e deixar a sua casa ou jardim ainda mais bonito, preparamos algumas dicas que você verá logo abaixo, confira!

Iluminação ideal para helicônia

As Helicônias são plantas tropicais que precisam especialmente de muita luz. Em regiões mais frias ou com dias mais curtos, é necessário que elas sejam cultivadas sobre a luz direta do sol, caso contrário o uso de luzes artificiais é extremamente recomendado.

Em regiões mais quentes, você pode optar por cultivá-las à meia sombra, permitindo que o solo e a planta retenham mais umidade. A iluminação é um dos principais fatores que fará sua planta prosperar e crescer adequadamente.

Solo para helicônia

Para que sua Helicônia cresça de forma adequada é necessário que haja um bom preparo do solo. Para isto, o uso de matéria orgânica, como o esterco animal, e o adubo à base de musgo de turfa com madeira farão o solo ideal. O melhor é que o solo seja úmido, mas com um efetivo sistema de drenagem a fim de evitar a podridão de suas raízes.

As regas da helicônia

Ainda que as Helicônias prefiram climas quentes, é imprescindível que elas tenham sempre bastante água. A falta de água poderá deixar suas folhas murchas e queimadas e, com o tempo, se não for bem cuidada, poderá matá-la.

Durante o inverno, a fim de proteger sua planta do frio, é recomendado que a rega seja feita com água morna. Antes de hidratar sua plantinha novamente deixe que a terra seque quase completamente. Lembre-se de que a rega é o principal elemento para que ela cresça adequadamente.

Qual a temperatura e umidade perfeita para helicônia?

As Helicônias são plantas que amam o calor, mas que suportam pequenos períodos de geada, embora este não seja o ideal para o seu desenvolvimento. O melhor mesmo é que essas plantas sejam cultivadas com temperaturas acima dos 21ºC, suportando até mesmo temperaturas próximas aos 10ºC - abaixo disso é altamente recomendado que você proteja bem sua planta.

Em invernos mais secos, as folhas podem murchar e até mesmo secar devido a pouca água que chega até elas, nesses casos o uso de um nebulizador poderá ajudá-la a manter suas folhas devidamente hidratadas. Durante os períodos de calor extremo ou seca, deve-se atentar bem ao ressecamento do solo para não deixar faltar água para a sua planta.

Fertilização para helicônia

A fertilização das Helicônias pode ser dividida em duas formas: uma para períodos de calor e outra para períodos de frio. Durante os períodos de calor, o ideal é que sua fertilização seja feita a cada duas semanas, principalmente durante o seu crescimento, e nos períodos de frio, uma vez por mês.

Você vai encontrar melhores resultados utilizado fertilizantes líquidos, mas o uso de esterco animal e musgo irá ajudar sua planta a ter um bom desenvolvimento.

Poda da helicônia

De modo geral, as Helicônias não necessitam de poda, sendo que seus cortes são feitos para arranjos ou para o replantio. Todavia, elas podem se espalhar facilmente, desta forma, procure delimitar bem a área que deseja deixar para o cultivo destas plantas.

Propagação da helicônia

Idealmente, as Helicônias se propagam de forma natural e de forma fácil, mas caso você queira plantá-las em um vaso e criar mudas, pode-se utilizar os seus rizomas. A estação mais indicada para o replantio de seus rizomas é durante a primavera, preferencialmente no início.

Durante o período de crescimento é uma boa deixá-las em recipientes mais apertados ou com outras mudas aglomeradas e, conforme elas forem crescendo, você deve ir cedendo cada vez mais espaço.

Caso opte por plantá-las a partir de suas sementes, você as encontrará dentro de pequenas frutas de cor azul. Deixe a fruta secar e então limpe bem a semente e plante-a. Utilize um recipiente com mistura própria para sementes e mantenha-o sobre a luz, mas não deixe sobre a luz direta do sol. Quando as duas primeiras folhas brotarem é um bom sinal de que sua mudinha está apta para o transplante.

Doenças e pestes comuns da helicônia

Embora quando selvagens ou cultivadas ao ar livre as Helicônias apresentem poucos problemas com pragas, alguns agricultores notaram a presença de formigas que viajam sobre as plantas para desfrutarem do néctar de suas flores, mas essas formigas não tem apresentado nenhum mal às plantas.

Um problema, ainda que não tão comum, é que ratos e outros roedores podem comer diversas partes de sua planta e, caso isso aconteça, você terá que eliminá-los e dedetizar o local para evitar que problemas similares tornem a acontecer.

Porém, o mais comum e que pode acabar com a raiz da sua planta é o excesso de água no solo. Muita água pode gerar fungos e até mesmo o apodrecimento da sua raiz, por isso é necessário que haja um bom escoamento e com regas em tempo adequado, assim como já foi dito anteriormente neste artigo.

Curiosidades e características da helicônia

Beija-flor sugando néctar de flor de helicônia

As Helicônias são mesmo plantas incríveis, tanto pela sua beleza exótica e radiante quanto por sua versatilidade, mas ainda tem mais! Confira agora algumas curiosidades que farão você admirar mais essa planta e querer correr adquirir a sua assim que terminar de ler.

Significado da helicônia

O nome Helicônia possui origem grega em homenagem ao monte Helicon, onde, dizem as lendas, era o lar de musas e deusas que inspiravam a cultura e as artes. Isso se dá principalmente pelas suas cores vibrantes que variam principalmente entre amarelo, laranja e vermelho. Além disso, a semelhança dessa planta com algumas do gênero Musa, que inclui as Bananeiras, é reconhecida em seu nome.

Helicônia atrai beija-flores

Embora as flores de Helicônias sejam, em grande maioria, pequenas e fiquem escondidas, elas produzem muito néctar a fim de atrair pássaros e assim permitir a sua polinização. O beija-flor é uma das aves mais atraídas por flores e isso não é difícil para elas. Como essa é uma ave que precisa se alimentar bem, cerca de 3 vezes o seu peso por dia, não é difícil de entender o porquê deles fazerem seus ninhos em áreas próximas a essa planta.

Mas, além de beija-flor e outros pássaros, o néctar produzido por essas flores atrai diversas espécies de borboletas. Sem dúvidas esse conjunto de visitantes sempre é bem-vindo nos jardins, afinal, eles acrescentam ainda mais variedade de beleza e vida ao cultivo!

As flores da helicônia

A inflorescência das Helicônias destaca-se principalmente pelas suas brácteas, sendo a maioria delas grandes, de cores vibrantes e variadas. Suas flores, por vez, costumam ser pequenas e acomodadas dentro de suas brácteas, as cores são variadas, todavia, cada flor costuma ter apenas uma tonalidade única.

Mas calma, ainda que as flores possam não ser tão atrativa aos nossos olhos, podendo até mesmo passarem despercebidas, o seu néctar é como um banquete para diversas aves, podendo agregar ainda mais beleza e vida ao seu lar.

Helicônia é natural da Amazônia

A Helicônia possui uma variedade de aproximadamente 200 espécies, e suas origens variam muito, podendo ser de diversos continentes, como já comentamos. Ainda assim, a grande maioria das suas espécies possui origens daqui mesmo, da floresta Amazônica, tanto de territórios brasileiros como de países vizinhos. A Helicônia Rostrata e a Helicônia Bihai, que já te apresentamos, são alguns dos exemplos brasileiros.

Cultive as helicônias no seu jardim!

Vários pés de helicônia-papagaio

A Helicônia é mais uma prova de que a Amazônia possui belezas únicas e tão pertinho de nós, com diversas espécies, cheia de cores e tamanhos diferentes, e que você ainda pode levar para o seu jardim ou até mesmo para dentro da sua casa - ainda mais com as dicas que te passamos aqui.

Você viu algumas das espécies mais comuns no Brasil, além das principais características que dão uma beleza única a cada uma delas. Você também viu as melhores práticas para o seu cultivo e até como começar a plantar uma você mesmo.

Legal, né? Se gostou, procure já uma muda da sua Helicônia favorita - aqui entre nós, a minha é a Helicônia Bihai - e comece a cultivá-la em seu jardim, aposto que suas visitas ficarão encantadas. Até a próxima!

Autor deste artigo

Redator, editor e copywriter.

Antes produzia apenas meus textos, pelo simples prazer de contar minhas próprias estórias.

Hoje escrevo os mais diversos artigos, posts, descrições, etc. pelo enorme prazer de encantar os leitores com minhas palavras, sejam eles leads ou apenas alguém que esteja passando e queira ficar um pouco mais.

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo