Como plantar Batata inglesa: como fazer o cultivo em vaso e muito mais!

Como plantar Batata inglesa: como fazer o cultivo em vaso e muito mais!

Todo mundo gosta de batata, não é? Veja neste artigo dicas de plantio, cuidados e curiosidades sobre a batata inglesa!


Você sabe como plantar uma Batata inglesa?

Batata inglesa em saco e terras

A famosa batata inglesa tem importância e fama. Importância porque é o terceiro alimento cultivado mais rentável do mundo, e fama porque todos comemos batatas de um jeito ou de outro, seja frita, assada, cozida ou em palha. Sendo original das Américas, nos Andes, nós, humanos, a domesticamos há 8000 anos.

Em uma questão de tempo, ela se tornou muito popular em diversos locais, começando pela Europa, através dos fluxos das navegações, depois se espalhando para o resto do globo, sendo considerada um alimento econômico e diário. Hoje, é uma das maiores produções do Brasil, chegando a mais 1.700.000 toneladas por safra produzida, sendo nossa hortaliça mais importante.

A maior parte da produção vai para o comércio in natura, e apenas uma porcentagem desse total vai para o processamento industrial. Sendo um comércio crescente, vale-se atentar aos cuidados para você, que deseja ter seu próprio cultivo batatas em casa, seja para consumo próprio ou para comércio. Confira os detalhes!

Informações básicas da Batata inglesa

muda de batata inglesa na mão


Nome científico
Solanum tuberosum
Nome popular
Batata inglesa
Origem
América do Sul
Porte
Entre 50 e 100 cm
Ciclo de vida
Perene
Floração
3-4 meses após o plantio
Clima
Subtropical, tropical, equatorial e temperado


A batata é conhecida como uma planta perene da família Solanaceae, sendo famosa pelo seu tubérculo, a parte que nós comemos. É rica em amido, proteínas, água e vitamina C, sendo uma ótima opção para uma dieta saudável. Suas raízes não vão muito fundo, e elas precisam de solos bem férteis, para atender sua demanda. Confira abaixo como você pode plantar suas próprias batatas.

Como plantar a Batata inglesa

mulher plantando batata inglesa em seu campo

Por ser muito famosa e nutritiva, estão reunidas abaixo as informações mais relevantes para você fazer um plantio ideal de suas batatas, fazendo-as crescer de forma saudável e rendendo grandes tubérculos. Alguns cuidados devem ser tomados, sobretudo quanto a temperatura e umidade do ambiente a qual ela está disposta. Leia abaixo as dicas!

Melhor época para plantar a Batata inglesa

Caso quem está plantando more no sul ou sudeste do Brasil, o mais indicado, segundo estudos, é o plantio no segundo semestre do ano, para colher ao fim do mesmo. Caso não ocorram geadas, é recomendável também fazer o plantio no inverno e final do outono, onde as temperaturas são mais baixas e mais confortáveis para a batata.

Porém, deve-se ficar muito atento aos níveis de umidade da planta, principalmente quando o inverno estiver muito seco, pois mesmo com a temperatura ideal para o desenvolvimento da batata, geadas e desidratação podem ocorrer nessas épocas e podem ser fatais à herbácea.

Como plantar a Batata inglesa em vaso

Primeiramente, deve-se escolher batatas saudáveis como sementes, e deixá-las germinar. Pegue um vaso com 30 cm de profundidade e 30 cm de largura, e um outro, um pouco menor para cortar suas laterais e ser posto dentro do primeiro, assim, facilitando a visualização das raízes da planta e a colheita. Deixe o substrato do vaso bem ventilado, sem compactação.

Vai funcionar muito melhor se o solo tiver sido substrato de outras gramíneas, é importante também ará-lo algumas semanas antes, em uma profundidade de 40 cm, junto com uma gradagem e calagem da terra no vaso. Antes de plantar as batatas semente, deve-se adubar o solo com fertilizantes, entre eles a casca de ovo, esterco, NPK 04-14-08 e húmus de minhoca, e por fim, umedecer a terra.

Como germinar a semente da Batata inglesa

Para uma boa plantação, deve-se utilizar uma boa semente de batata inglesa, esta não pode vir de um tubérculo murcho ou manchado, e deve ser firme. Os brotos devem ter em torno de 1 cm de comprimento, e os melhores são aqueles que nascem aos montes em uma só batata, significando que são saudáveis.

Deve-se deixar as batatas em algum lugar de repouso, podendo ser na geladeira, ou em um balde ou recipiente escuro, vai da escolha do cultivador. Em alguns dias ou no máximo semanas, começarão a surgir brotos no tubérculo, e quando eles atingirem um tamanho médio de 1 cm ou 1,5 cm, é hora de usá-los para iniciar o cultivo.

Como plantar a Batata-semente

As batatas-semente devem ser postas no substrato com os brotos virados para cima, e depois cobertas com a terra, sendo que esse substrato deve ocupar, primeiramente, metade do vaso, sendo que algumas semanas depois deve-se adicionar mais substrato para completar o espaço, formando o lar perfeito para o desenvolvimento das batatas.

As batatas como conhecemos começarão a surgir em torno de 1 a dois meses depois que forem plantadas, sendo que o cultivador deve ficar atento às informações abaixo, para que ele faça o melhor cultivo o possível, com as mais saborosas batatas.

Clima para Batata inglesa

Normalmente, as batatas se desenvolvem melhor em temperaturas mais amenas, entre 15 °C a 20 °C, durante o seu crescimento e desenvolvimento. Aquele que cultiva deve ficar bem atento ao conflito com a luminosidade, que mesmo sendo necessária, pode trazer temperaturas maiores para a planta, e afetar seu pleno desenvolvimento, atingindo seu metabolismo diretamente, de forma que impacte o resultado final.

Ainda mais, excessos de calor podem deformar a aparência da batata inglesa, de forma que ela fique manchada, amassada e com rachaduras. Por isso, o maior volume do cultivo de batata ocorre no Sul do país, lugar mais ideal para plantar essa herbácea.

Luminosidade para Batata inglesa

Essa é uma das partes mais importantes no cultivo da batata inglesa, pois elas precisam de luz direta por algumas horas diárias, porém é muito importante que essa exposição seja feita nos períodos mais frios do dia, vale então, deixá-la em um lugar fresco, porém iluminado. Por isso é melhor plantá-la nos meses mais frios do ano.

Seu desenvolvimento ocorre, em maior parte, no período noturno, depois de receber sua quantidade necessária de luz, a batata se desenvolve no frio da madrugada, principalmente no começo de sua vida, até a formação do tubérculo.

Qual solo usar para Batata inglesa

Se tratando da condição do solo para o plantio da batata, é importante dizer que suas raízes não se desenvolvem muito profundamente, estando a maior parte concentrada nos 30 cm iniciais. Portanto, o solo deve estar bem carregado de nutrientes, e deve cobrir os tubérculos, pois expostos ficam verdes e são alvos de insetos.

É ideal usar solos as quais gramíneas tenham sido cultivadas, que sejam bem arejados, e que tenham passado por processos de arar, para aproveitar ao máximo os nutrientes, e também deve-se ater a eliminar daninhas e nivelar o solo, afim de facilitar a colheita.

Irrigação da Batata inglesa

A batata inglesa precisa de bastante água, e uma pequena falta de água pode ser o suficiente para comprometer o cultivo inteiro. Entretanto, excessos também não são bem-vindos, pois podem sufocar as raízes da planta, trazer doenças, como murcha-bacteriana e sarna-prateada, e deixar o solo compacto demais.

Deve-se regar a planta de acordo com o clima do local, em média 250mm a 550mm são, na maior parte das vezes, a quantidade suficiente. Entretanto, em locais mais quentes, onde há maior evaporação do solo, a montante de água a ser utilizado pode ultrapassar os 600mm, para que se extraia uma boa colheita.

A colheita da Batata inglesa

Normalmente, deve-se fazer a colheita das batatas de 3 a 4 meses depois que ela for cultivada, quando as ramas ficarem secas. A colheita pode ser feita com enxadas ou com catação manual, no caso de cultivos caseiros ou pequenos. Somente plantações grandes, com objetivo de exportação precisam usar maquinário, pela área ser bem maior.

É válido lembrar que as batatas devem ser pegas com cuidado, e que o replantio deve ser feito para ter outra colheita. É sempre bom mantê-las longe do sol para que não murchem, e não manusear de forma agressiva, pois são frágeis. O armazenamento é indicado em local refrigerado, para manter o volume.

Pragas que prejudicam sua Batata inglesa

batata inglesa com doenças enrolada em uma folha

Há diversas ameaças que podem prejudicar seu plantio ou armazenamento de batatas, confira melhor abaixo como elas agem, como identificá-las e como eliminá-las para garantir uma boa colheita.

Traça

As traças, com o nome científico de Phthorimaea operculella, são uma praga que pode afetar suas batatas enquanto estão sendo plantadas ou após a colheita, sendo mais comum em países de clima tropical, pela temperatura. Perdas da quantidade total da colheita podem chegar até a 70% caso o problema não seja contido.

As larvas desse animal se instalam em todo o corpo da batata inglesa, e se alimentam das folhas, causando perdas nos tecidos foliares, até que começa a se alimentar do caule e tubérculos. Como medida de controle, recomenda-se a rotação de culturas, bom preparo do solo, escolha seletiva das sementes e irrigações frequentes.

Corós

Também conhecido como bicho-bolo, os corós gostam de plantios em solos de altitude, que estão cerca de 400m acima do nível do mar, sobretudo nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Sendo menos agressivo que outras pragas, os corós só fazem danos em fase de larva, que consistem em furos minúsculos nos tubérculos.

As batatas que sofrerem ação dessa praga são jogadas fora, e o meio mais fácil de livrar-se dessa ameaça é selecionar muito bem as batatas-semente, de forma que sejam bem resistentes a eles. Portanto, trata-se de um tratamento preventivo, já que pulverizar os corós pode ferir a planta de maneira indesejada.

Larva arame

A larva-arame, que leva o nome científico de Heteroderes spp, podendo ser do gênero Heteroderes ou Conoderus, são abundantes no sul do país, e atacam as batatas abrindo pequenos buracos no tubérculo, e nele, depositam seus excrementos, fator que apodrece as batatas. Esse ataque pode gerar perdas de quase 2/4 da colheita total.

As plantas jovens são mais suscetíveis, portanto, deve-se arar o solo para expor o verme ao sol e aos predadores, controlando assim sua população. Outra alternativa é estimular a população de besouros-do-casaco, predadores naturais da larva-arame, que não se alimenta da batata inglesa.

Lagarta-rosca

A lagarta-rosca tem o costume de atacar plantios menores, em áreas plantas daninhas, que servem de hospedeiros para essa praga. Fazem isso atacando o tecido foliar da planta, de começo, depois, quando crescem, vão ao solo e passam a atacam o caule da batata. Isso traz sérios problemas na estrutura e na produção final da planta.

Essa praga costuma atacar na primavera, e para se remediar contra suas ameaças, uma boa limpeza do substrato, eliminando as ervas daninhas que são hospedeiras para as larvas. Inseticidas funcionam, mas devem ser utilizados com cuidado, sem grandes quantidades para não prejudicar a planta.

Mosca mineradora

A mosca mineradora ataca em estado de larva, as quais abrem buracos nas células das folhas e se alimentam daquele tecido, podendo destruir a folha por inteira ou parcialmente. Isso é grave pois afeta diretamente a quantidade de luz solar que a batata pode absorver por fotossíntese, implicando na diminuição do tamanho dos tubérculos.

Ocorre muito no outono, e misturas de álcool com água e fumo de corda podem dar conta do recado sem comprometer a saúde da planta, basta aplicar pequenas doses borrifando-as nas folhas que estiverem sofrendo com o ataque e esperar. Incentivar a população de predadores é funcional também.

Características da Batata inglesa

batata inglesa na terra para colheita

Agora que você já sabe tudo sobre como plantar uma batata inglesa, por que não aprender um pouco mais sobre sua história, origem e suas características biológicas? Leia mais abaixo!

Origem da Batata inglesa

Os primeiros registros desse famoso alimento datam de 8000 anos atrás, na Cordilheira dos Andes, na área próxima ao Lago Titicaca, atualmente na fronteira entre Peru e Bolívia. Os europeus colonizadores da América do Sul levaram esse tubérculo para outros cantos do mundo, até que ela se tornou um alimento conhecido em quase todos os países.

O cultivo era feito pelo povo Inca, que já utilizava técnicas de irrigação avançadas para a época, e quando a batata se tornou popular na Europa, muitos países ficaram dependentes de seu plantio e passaram por crises de fome quando pragas atacavam, um exemplo é a Irlanda, em 1845.

As raízes da Batata inglesa

As raízes da batata inglesa formam-se através dos brotos em tubérculos, que deve ser plantado a uma profundidade adequada que permita a raiz se formar livremente. Elas crescem muito rápido até a formação das batatas em si, e o sistema radicular da planta é bem ramificado e firme, com uma fibra forte que pode penetrar até 80 cm de profundidade.

Essa é uma das partes mais importantes da batata, pois a raiz é responsável de pegar os nutrientes que estão no solo e alimentar toda a planta, por isso, ela deve respirar em um solo bem arejado e pouco compactado.

Caule da Batata inglesa

O caule e o sistema caulinar incluem rizomas e talos, os quais formam os tubérculos, posteriormente. Eles tendem a surgir na superfície depois de 20 a 30 dias após o plantio, e cada planta pode ter entre 2 a 4 talos que podem se ramificar e aumentar o tamanho da planta.

O caule serve para distribuir todos os nutrientes captados pelas raízes para toda a planta, desde os rizomas, talos, tubérculos e as folhas, que fazem a fotossíntese.

O tubérculo da Batata inglesa

São as batatas que comemos no dia a dia, eles se formam do endurecimento dos rizomas do caule, depois de aproximadamente 5 semanas após o caule surgir no solo. Possuem 2 camadas de pele, a epiderme e a periderme, que o protegem. Ele cresce quanto mais alimento recebe, por isso, um plantio com um bom substrato e níveis ideais de luz e água rendem grandes batatas.

Os tubérculos são fontes de água, em maior volume, mas também amido, que é um tipo de carboidrato, vitamina c e proteínas, portanto, são muito saudáveis.

Folhas, flores e frutos da batata-inglesa

As folhas da batata inglesa crescem quando o caule chega ao solo, sendo alternadas e compostas. As flores podem ser brancas, roxas ou rosas, e são bem pequenas, com cerca de dois centímetros de diâmetro, contando com cinco pétalas.

O fruto da batata inglesa é uma baga, semelhante a uma laranja, porém não é comestível e serve somente para reprodução da planta.

Curiosidades sobre a Batata inglesa

batata inglesa em um cesto

Confira agora algumas curiosidades dessa planta tão especial, e como ela pode te ajudar na sua dieta e no seu jardim!

Plantas companheiras de plantio da Batata inglesa

Pelo fato de a batata inglesa ser uma planta de cultivo bem enraizado, muitas plantas que ficam acima do solo, com raízes curtas, são ótimas companheiras a ela. Hortaliças como espinafre e alface ocupam muito bem o espaço livre, algumas ervas como manjericão, camomila e salsa atraem insetos predadores de ameaças e dão um gostinho a mais nos tubérculos.

O feijão e as ervilhas doam nutrientes a batata, enquanto o milho e repolho ajudam ela a crescer mais saudável e forte. Algumas ervas como coentro e erva de São Marcos ajudam a repelir insetos indesejados. Portanto, é interessante juntar outras espécies diferentes à cultura de batata.

Benefícios da Batata inglesa

A batata é um alimento riquíssimo em carboidratos, possui poucas gorduras e tem bastante água. Além disso, é um vegetal rico em micronutrientes, como a vitamina C, que fica concentrada na pele das batatas, além das vitaminas B1, B3 e B6, e vários minerais como magnésio, fósforo e potássio.

E a lista não acaba, pois ela contém fibras antioxidantes e dietéticas, que previnem envelhecimento precoce. O valor nutritivo de uma batata depende da forma que ela é preparada, quanto menos processos ela passar, menor será a perda dos nutrientes do seu estado original. A batata é uma ótima opção para quem quer perder peso sem cortar os carboidratos da dieta.

Tenha uma ótima colheita de Batata inglesa com estas dicas!

batata inglesa em muda com raízes

A batata inglesa é uma planta mundialmente famosa, e não é à toa, pois, com um cultivo tão gostoso de fazer, com um sabor tão marcante e com características tão diferentes, ela não poderia ser menos prestigiada. Esse texto trouxe informações novas para você, que está curioso sobre esses tubérculos ou até mesmo deseja plantá-los em sua horta.

Vá em frente! Porque além de ser uma experiência especial, você estará plantando sua própria comida, e pode cozinhá-la do jeito que preferir, e todo mundo sabe que há muitos jeitos de preparar batata inglesa, sendo um mais gostoso que o outro.

Autor deste artigo

Últimos posts


Os 10 Melhores Fornos para Pizza de 2024: a lenha, elétrico, a gás e muito mais!

Os 10 Melhores Fornos para Pizza de 2024: a lenha, elétrico, a gás e muito mais!

Pensando em adquirir um forno para pizza? Confira no artigo a seguir seus tipos, preços, funções extras, onde comprar e como limpá-los.


Os 10 Melhores Aromatizadores de Ambiente de 2024: elétrico, automático e mais!

Os 10 Melhores Aromatizadores de Ambiente de 2024: elétrico, automático e mais!

Quem não ama ter a casa sempre perfumada? Veja neste artigo as melhores opções de aromatizadores de ambiente disponíveis no mercado, seus preços e onde comprar!


As 10 Melhores Araras de Roupas de 2024: de chão, de parede e muito mais!

As 10 Melhores Araras de Roupas de 2024: de chão, de parede e muito mais!

Quer comprar uma arara de roupas? Confira neste artigo uma lista com as 10 melhores de 2024, além de dicas para escolher o modelo ideal para você!


As 10 melhores pipoqueiras elétricas de 2024: com bico direcionado, clássica e mais!

As 10 melhores pipoqueiras elétricas de 2024: com bico direcionado, clássica e mais!

Pensando em comprar uma pipoqueira elétrica? Confira neste artigo os melhores modelos de pipoqueiras de 2024 e veja como escolher qual combina mais com você!


Os 10 melhores licores do mundo em 2024: Amarula, Frangelico, Cointreau e mais!

Os 10 melhores licores do mundo em 2024: Amarula, Frangelico, Cointreau e mais!

Está em busca de um excelente licor? Confira a lista com os 10 melhores licores do mundo que separamos para você e como escolher o licor ideal!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


DIY Cuidados automotivos Doces e sobremesas Treinos