Patagônia da Argentina: o que fazer, quando e como ir?

Patagônia da Argentina: o que fazer, quando e como ir?

Localizada muito próxima ao Brasil, a Patagônia é um destino turístico surpreendente! Confira neste artigo dicas de passeios, tours, hotéis e gastronomia.


Tudo sobre a Patagônia

Geleira Perito Moreno na Patagônia

A Patagônia ocupa uma área de 1.043.000 km localizada no extremo sul da América do Sul e se localiza entre dois países: Chile e Argentina. A fronteira entre esses dois territórios é delimitada pela Cordilheira dos Andes e ambas têm características distintas.

O território da Argentina apresenta pastagens, desertos e vegetações áridas e suas localidades são: El Calafate, Ushuaia, El Chaltén, Península Valdés e Cruzeiro Australis. A área do Chile tem uma floresta temperada, fiordes glaciares e suas localidades são Puerto Natales, Torres del Paine e Carretera Austral.

Alguns historiadores acreditam que há 6000 anos atrás os primeiros habitantes da Patagônia chegaram lá e nesse período o território era habitado por várias etnias, mas apenas os Mapuches sobrevivem. Atualmente o turismo é a principal fonte de renda dessa região e pessoas do mundo inteiro viajam até lá em busca de trekkings, aventura pelos canais estreitos e geleiras de belezas surpreendentes.

O que fazer na Patagônia

A Patagônia tem paisagens naturais que se parecem com pinturas, pois são verdadeiras obras de arte esculpidas em seus rios, lagoas e glaciares, além disso, os seus moradores: pinguins, baleias, leões e lobos-marinhos são um espetáculo à parte.

Confira a seguir algumas dicas que preparamos para você incluir no seu roteiro de viagem!

Ir para o Parque Nacional Los Glaciares

Panorama do Cerro Torre com o rio e as montanhas

O Parque Nacional Los Glaciares fica localizado na província de Santa Cruz e possui uma área de 726.927 hectares. Esse parque foi criado para preservar uma área de gelo continental e glacial, e a sua atração principal é a grande geleira Perito Moreno que mede 5 quilômetros de largura com picos que atingem até 70 metros de altura.

Para aproveitar esse espetáculo você pode pegar um barco, eles chegam muito perto das paredes gigantes de gelo, ou caminhar através das passarelas. Além dessas modalidades, se você deseja um pouco mais de adrenalina e aventura, você pode fazer uma trekking no gelo.

Visitar o Parque Nacional Patagônia

O Parque Nacional da Patagônia fica localizado a 18 km ao norte de Cochrane, sendo classificado como um dos principais lugares para visitar no Chile. Nesse parque você pode desfrutar das vistas incríveis de seus mirantes e lagoas, fazer trekking entre as florestas, mountain bike, além de navegações pelo rio Cochrane.

De paisagens surpreendentes esse território é abrigo de muitas espécies de animais como vizcacha sul, gato selvagem, raposas e cervos em perigo de extinção, além disso, ele é um corredor natural que desde o período ancestral foi percorrido por animais e nômades. Atualmente o local tem se tornado um destino turístico requisitado para aventuras.

Ver os pinguins

Dois pinguins nadando

A Reserva Provincial Punta Tombo fica localizada na Patagônia argentina sendo fundada no ano 1979 com objetivo de proteger a maior colónia de pinguins de Magalhães do mundo. Atualmente a colônia possui cerca de quinhentos mil pinguins, e por todo o lado é possível observar essas criaturinhas pretas e brancas caminhando desajeitadamente entre as terras avermelhadas da falésia.

No mar eles se comportam como verdadeiros marujos, brincam com as ondas e se aquecem nas pedras. Um detalhe: eles não têm medo das pessoas, os pinguins não se desviam de nós além de pararem para nos observar, não é incrível?

Fazer trilha até a Laguna Torre

Saindo de El Chaltén, a trilha até a Laguna Torre é uma das mais requisitadas pelos turistas, rodeada de paisagens surpreendentes e vegetações selvagens o percurso tem 24 quilômetros, sendo 12 km em cada trecho.

É uma trekking considerada simples, mas é desejável estar com o físico preparado, pois nos primeiros 3 quilômetros as subidas podem ser consideradas exaustivas. Em geral, a trilha é tranquila, bem sinalizada e pode ser feita sem guia, porém é bom ter em mãos um mapa e ficar atento às sinalizações e bifurcações no caminho.

Passeio de caiaque

Um homem e uma mulher felizes andando de caiaque

Uma das aventuras mais incríveis que você pode fazer na Patagônia são os passeios de caiaque. Separamos a seguir algumas opções mais procuradas pelos turistas, confira!

Excursão de caiaque pelo Rio La Leona partindo de El Calafate: ideal para famílias e visitantes de primeira viagem. Trekking e Canoagem no Parque Nacional da Terra do Fogo na Baía de Lapataia: nesse passeio você pode aproveitar o Parque Nacional, aprender sobre a fauna e flora local e visitar sítios arqueológicos dos povos originários.

Excursão de caiaque no Lago Gutierrez: com vistas fabulosas o passeio sai de Bariloche e é ideal para família e iniciantes.

Trilhar no W Trek

O Circuito W é o nome dado ao trekking mais famoso do Parque Nacional Torres del Paine, localizado no Chile esse território abrange a famosa Base das Torres, a montanha Los Cuernos del Paine, o Vale do Francês, o Glaciar Grey e o lago Nordenskjold.

Para percorrer o circuito completo são necessários em média 7 dias, mas fique tranquilo, pois durante o percurso é possível parar para descansar, e as opções são muitas, vão de acampamentos, chalé, hostels e hotéis de luxo.

Fazer uma visita na Traditional Estancia

A cultura das estâncias se iniciou em torno dos anos 1800 quando os imigrantes da Europa e do norte da Patagônia chegaram ao extremo sul. Em sua maioria as estâncias funcionavam com atividades comerciais de exportação de lã e criação de ovelhas para fins comerciais.

Atualmente muitas ainda funcionam como atividades comerciais, mas com o decorrer dos anos muitas diminuíram de modo a minimizar os danos ambientais causados no passado. Um exemplo é a estância La Península, que devolveu a maior parte de seus 19.000 hectares à vida selvagem nativa e gerou oportunidade para os turistas visitarem e aprenderem mais sobre o estilo de vida do local.

Ande de barco pelo Beagle Channel

Farol no canal de Beagle Channel com as montanhas atrás

O Canal de Beagle é cortado por uma linha imaginária que divide Argentina e Chile. Nesse sentido, ao fazer um passeio de barco no canal você pode navegar em águas argentinas e apreciar as montanhas e ilhas do lado chileno do canal.

Ao navegar pelo canal Beagle você terá a visão do que muitos chamam de "Fim do Mundo", pois só o que resta ao sul é o gelo antártico. Ao fazer esse passeio você também pode apreciar as aves, lobos-marinhos e ainda a Cordilheira dos Andes, que observada do mar proporciona uma visão ainda mais deslumbrante.

Faça um Trekking no Perito Moreno Glaciar

Paisagem glacial de Perito Moreno

O Glaciar Perito Moreno é com certeza uma das paisagens mais emblemáticas e bonitas da região da Patagônia. Esse trekking é indispensável, pois além de um cenário deslumbrante oferece uma experiência única de caminhar pela superfície do gelo.

Para fazer essa trilha é necessário ter um bom estado físico, usar roupas confortáveis, jaqueta impermeável, botas de trekking, óculos de sol, protetor solar, mochila, luvas e touca.
Além disso, levar comida e água é essencial, já que não há locais próximos para compra.

Faça o Patagônia Wildlife Safari

No extremo sul da Cordilheira dos Andes está localizado o Parque Nacional Torres del Paine, considerado um dos pontos turísticos mais surpreendentes do hemisfério sul, nesse local fica a Patagônia Wildlife Safari.

Esse Safari pode ser considerado como uma incrível recreação ao ar livre e com muitas opções de atividades, dentre elas o ciclismo, passeios pela natureza e caminhadas. Além disso, você tem acesso à fauna e às vistas deslumbrantes das montanhas repletas de geleiras, também aos lagos, fiordes e florestas.

Trekking no Parque Nacional Torres del Paine

Paisagem do rio com um dromedário e as montanhas

Esse imenso Parque Nacional é incrível e dispõe de muitas atividades com cenários deslumbrantes. Pode ter certeza que ao visitar esse local você vai se sentir muito pequeno em relação à natureza, pois lá tem áreas imensas com paisagens cinematográficas rodeadas de águas turquesa, geleiras e incríveis lascas de granito.

Nesse sentido, prepare sua mochila e se aventure pelas trekkings disponíveis nessa reserva da biosfera, pois além do circuito W já visto anteriormente, esse parque tem muitas opções de aventuras, e o circuito O com caminhada de 93,2 quilômetros é um exemplo.

Admirar as baleias no Puerto Madryn

Localizada na imensidão do litoral da Patagônia acerca de 1300 quilômetros da capital argentina Buenos Aires e no litoral da província de Chubut, Puerto Madryn é um dos principais balneários na América do Sul, e neles podem ser vistos as baleias leões-marinhos e pinguins.

Toda a península é considerada Patrimônio da Humanidade, e os meses recomendados para ver os espetáculos das baleias são de junho a dezembro, entretanto de setembro a meados de novembro é a alta estação das baleias, então você pode avistá-las com mais frequência.

Conheça a história da Patagônia no Parque del Estrecho de Magallanes

Localizado a 53 quilômetros ao sul da cidade de Punta Arenas, esse parque possui 130 hectares de bosques cercados por mais de 5 quilômetros de litoral. Visitar esse local é como fazer uma viagem a tempo.

O Forte Bulnes, por exemplo, é um Monumento Histórico Nacional, uma reconstrução histórica do forte que foi fundado em 1843, nos dias atuais ele relembra a origem de Punta Arenas além de ser um passeio tradicional da comunidade de Magalhães.

Alguns outros pontos históricos são o Mirador del Estrecho, o Puerto de Hambre, e o centro de visitantes, que abriga uma exposição multimídia recheada de histórias.

Explorar a Cueva de las Manos

Panorama de Cueva De Las Manos com penhasco rochoso e uma pequena casa

Visitar esse local significa respirar arte e história. A Cueva de las Manos é um sítio arqueológico localizado na província de Santa Cruz na Argentina. Nomeado por suas pinturas rupestres feitas principalmente à mão, a Cueva de las Manos dispões de uma coleção impressionante de artes rupestres com mais de 13.000 anos.

Considerado Patrimônio Mundial da Unesco desde 1999, esse local foi habitado por pré-colombianos e caçadores há 10 mil anos a.c., nesse sentido, esse sítio é de grande importância histórica já que pode ser considerado como um dos primeiros assentamentos de seres humanos da América do Sul.

Ir para Camarones

Cidade litorânea localizada na costa de Chubut, Camarones fica a 1.680 km de distância de Buenos Aires. Conhecida pelo azul marcante de suas costas, montanhas, ruas largas e limpas e com vistas inesquecíveis para o mar, visitar essa região é ter a certeza de momentos únicos de tranquilidade.

Para além de suas belezas, essa cidade dá acesso ao Parque Marinho Costeiro da Patagônia Meridional, onde fica localizado a Área Natural Protegida Cabo dos Bahías, uma reserva ainda pouco visitada, mas que possui uma diversidade em sua fauna incomum. Além disso, Camarones oferece possibilidades de praias, colônias de pinguins, pesca e em algumas regiões é possível avistar raposas, emas, guanacos e biguás.

Conhecer a Bahia Bustamante

A Bahía Bustamante Lodge é uma Fazenda Patagônica cercada por 360 ° de pura natureza. Fica localizada a 300 km ao sul da Península Valdés e possui um mar de tons azuis marcantes, onde é abrigado uma diversidade de aves e mamíferos marinhos do qual poucos lugares no mundo conseguem comportar tamanha abundância.

A bahía faz parte do Parque Nacional Patagônia sul e da Reserva da Biosfera da UNESCO — Patagônia Azul, além de ser uma AICA — Área de Importância para a Conservação de Aves.

Visitar a Tierra del Fuego

Montanha nevada localizada no Parque Nacional Tierra del Fuego

O Parque Nacional Tierra del Fuego é um daqueles passeios indispensáveis para se fazer em Ushuaia, localizado na Patagônia Argentina o parque possui uma área de cerca de 700 quilômetros onde podem ser vistos lagos de belezas incríveis, trilhas e montanhas nevadas.

Além disso, o local se envolve em uma história bem peculiar, que se origina do fato de Ushuaia ter sido povoada por presidiários. Nesse sentido, o local dispõe de um passeio pelo Trem do Fim do Mundo, onde conta a história de como os presidiários foram levados pelo governo para a região com o objetivo de habitar Ushuaia.

Passear por El Calafate

Paisagem de El Calafate com a montanha cheia de neve e o céu aberto

El Calafate é o local ideal para descobrir algumas das paisagens mais impressionantes da Patagônia. Localizada a 80 quilômetros do Parque Nacional Los Glaciares, essa pequena cidade recebe turistas do mundo inteiro e a sua principal atração é o glaciar Perito Moreno, que fica há uma hora e meia do centro da cidade.

Os meses mais requisitados da alta temporada de El Calafate são janeiro e fevereiro. Afinal, se tratando de clima e cenários glaciais, quanto mais perto do verão, mais agradáveis são as temperaturas e mais longos são os dias com mais horas de sol.

Dicas de viagem para Patagônia

Homem no aeroporto usando telefone

Sem dúvidas a Patagônia pode ser considerada um dos lugares mais deslumbrantes do planeta. Com paisagens compostas por montanhas cobertas de neve, natureza selvagem, animais raros, glaciares e lagos, os cenários são de tirar o fôlego!

A seguir, confira as melhores dicas de quando ir, como chegar e muito mais!

Quando ir

Se o objetivo da sua viagem é ter experiências legais e curtir a viagem em um destino praticamente desabitado como a Patagônia opte pelos meses em que o frio é mais ameno. Nesse sentido, a melhor época é a mais procurada pelos turistas é o verão, entre os meses de dezembro e fevereiro os dias são mais longos e as temperaturas são mais agradáveis.

Entretanto, nos meses entre novembro e abril os dias são mais ensolarados, porém ainda amistosos. Os meses de junho até setembro inicia o inverno na Patagônia, além disso, os meses próximos têm muitas características dessa estação, temperaturas muito mais baixas e dias mais curtos.

Como ir

A região da Patagônia é imensa e começa nas seguintes regiões: Villa La Angostura, Bariloche, San Martín de Los Andes na Argentina e nos Lagos Andinos no Chile. Para chegar de avião você deve optar por um voo internacional até as Capitais Buenos Aires ou Santiago e seguir em outro voo doméstico para os aeroportos das cidades de El Calafate, Trelew, Ushuaia ou Punta Arenas.

Também há outras opções de chegar à Patagônia por via terrestre ou de barco, que apesar de serem mais demoradas você pode aproveitar o percurso para fazer paradas e apreciar as vistas.

Como se locomover

Se você está viajando para a Patagônia e tem um certo tempo disponível saiba que é possível se locomover pelas estradas. Entretanto, é bom se informar anteriormente sobre as rotas, pois elas geralmente são longas e por isso requer tempo, além disso, as opções de saídas de ônibus também não ocorrem com muita frequência e dependendo do destino às vezes só tem um itinerário por dia.

Uma dica importante é sempre verificar o seu roteiro conforme as estações, pois durante as temporadas mais frias, a do inverno, por exemplo, há possibilidade de alguns trajetos serem fechados por condições climáticas.

Onde comer

Tão desejadas quanto as suas paisagens, as refeições da Patagônia são maravilhosas. Os cafés da manhã são bem servidos de pães caseiros, frutas e cereais. Os jantares quase sempre acompanham frutos do mar frescos ou carnes de caça.

As entradas e sobremesas são preparadas com os melhores ingredientes orgânicos locais, por isso, não tenha dúvidas da qualidade e sabor das comidas servidas dessa região, pois as refeições da Patagônia seguem os padrões da alta gastronomia e ainda tem disponíveis para acompanhar seus pratos excelentes vinhos regionais.

Onde ficar

As acomodações da região da Patagônia possuem algumas características em comum a outros lugares que você deve saber antes de fazer sua reserva. Como por exemplo da alta temporada que acontece nos períodos de dezembro a março.

Nesse período o número de turistas é maior e consequentemente a procura por vagas também, nesse sentido, os preços das diárias costumam a se elevar um pouco. Em um hostel com quarto compartilhado você pode encontrar diárias entre 70 a 90 reais, já em um hotel, os valores de uma suíte para duas pessoas podem variar de 280 a 350 reais.

Uma dica: é desejável confirmar a forma de pagamento assim que fizer a reserva, pois alguns estabelecimentos só recebem os valores em espécie.

O que levar

Quem viaja para Patagônia não deve medir esforços na hora de separar os casacos para levar, entretanto, também existem outros itens importantes como: as camisas as dri-fit, bota de trekking impermeável, meias, luvas, calças de nylon ou impermeável, mochila e somente acessórios necessários como cachecóis, gorros e protetores de ouvido.

Não perca nenhuma atividade na sua viagem pela Patagônia!

Turistas tirando foto da Geleira Perito Moreno

Agora que você já viu as melhores dicas sobre a Patagônia já pode começar a planejar a sua viagem. Aproveite as nossas dicas sobre a melhor época para ir, e os lugares mais deslumbrantes para visitar e não perca nenhuma atividade!

Tenho certeza que a sua viagem será inesquecível!

Autor deste artigo

Nômade digital.
Produz textos para blogs e outras ferramentas de marketing e conteúdo.
Tem interesse em viagens, turismo, plantas, jardinagem e mídias sociais.

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo