Tipos de rosas: do deserto, rasteira, arbustiva e muito mais!

Tipos de rosas: do deserto, rasteira, arbustiva e muito mais!

Você já teve vontade de cultivar rosas? Descubra neste artigo os tipos de espécies que existem, curiosidades e dicas de como cultivá-las.


Você conhece os tipos de rosas?

Rosas cor de rosa em regador de lata

Rosas são as flores do amor. Elas representam muitos sentimentos humanos por seu aspecto físico e toda a delicadeza e sensibilidade que transmitem. Da mesma forma, a rudeza dos espinhos e folhas serrilhadas nos faz lembrar sentimentos arraigados de defesa e resistência.

Por despertar tantas emoções que a rosa é um ícone para diversas simbologias políticas, religiosas ou literárias, ela inspira movimentos e declarações sentimentais, ou até mesmo guerras. É impossível ser indiferente a essa flor tão especial.

Cultivá-las é um hobby que atravessa fronteiras e está presente em todos os continentes do mundo. Seu perfume inspira produtos de limpeza e higiene, suas pétalas, momentos românticos e suas formas são representadas em todo tipo de insígnias, marcas, emblemas, tatuagens e o que mais surgir no universo criativo. Fique de olho no artigo para descobrir tudo isso!

Os tipos de rosas

A família Rosaceae é bastante complexa. São diversas espécies diferenciadas e espalhadas por todo canto do planeta. As rosas encantam por onde passam e podem ser cultivadas em enxertos e de diversas formas, como por exemplo em canteiros, ao ar livre, e em pequenos ou grandes jardins, vasos, arranjos, cercas vivas, como arbustos, como buquês em jarros de água e até como trepadeiras ornamentais.

Há também uma grande variedade de cores, não só pela natureza, como também conseguida através de enxertos e experiências, como rosas azuis ou rosas arco-íris.

Os formatos de flores também variam muito podendo ser com apenas 5 pétalas, ou até uma centena delas ou desabrochando em sentido piramidal. A natureza nos presenteia com os mais belos exemplares de rosa.

Roseiras em miniatura

Rosas em miniatura

Ter uma pequena roseira em um vasinho dentro de casa é possível pois as mini-rosas são muito cultivadas na China, devido a grande densidade demográfica e pouco espaço nos apartamentos das grandes cidades. Da mini roseira brotam pequenas flores, de diversas cores: rosa, laranja, branca, amarela, púrpura ou vermelha.

As mudas em vasos não crescem muito, atingindo até 60 cm de altura. Podem ser cultivadas em apartamentos pequenos e arejados, sendo bem cuidadas florescem em cachos os pequenos botões de rosa.

Rosas rasteiras

Rosas rasteiras

Trata-se de um arbusto de flores bastante ornamental. Com folhas serrilhadas, geralmente em tom verde escuro, tem ramos com bastante espinhos e baixo porte. É bastante vistosa, com florescimento varia ao longo do ano e cores diversas.

Este tipo de rosa é muito usado para canteiros e parques urbanos, pois se espalham formando uma bela paisagem rasteira lembrando um tapete natural.

Rosas híbridas de chá

Rosa de chá híbrida

Esta variedade é um híbrido conseguido através do cruzamento entre a Rosa Chá e o híbrido Perpétuo.
A Rosa Chá ganha esse nome porque seu perfume lembra o chá preto, popular na China. Já o híbrido Perpétuo é uma rosa clássica e perfeita que figura bastante nos antigos jardins vitorianos ingleses.

O resultado é uma flor de folhagem simples, serrilhada, com espinhos e que cresce reta por até 15 cm, uma altura perfeita para corte. Possui inúmeras tonalidades de cores e cresce em canteiros com pouco espaço.

Muito procuradas para arranjos e buquês, podem ser coloridas artificialmente, ganhando tonalidades em arco-íris.

Rosas que ficam sempre floridas

Rosas floribundas

Existem dois tipos de arbusto de rosas que sempre fica florido o ano todo. São as Poliantas e as Floribundas. As Poliantas são arbustos pequenos, de no máximo 80 cm, com flores médias e pequenas, que nascem em cachos. São bastante encontradas em jardins e canteiros largos, pois se espalham.

Já as Floribundas são flores de canteiro médio a pequeno, com flores de tamanho médio, nas cores vermelha e branca. São resultado do cruzamento de Poliantas com híbridas-de-chá. Elas são ótimas opções para ornamentar projetos paisagísticos que recebem muitas visitas como parques, clubes e hospitais.

Rosas arbustivas

As arbustivas são grandes roseiras, que podem chegar até 2 metros de altura. São muito encontradas em canteiros ornamentais de grandes jardins, com bastante destaque. Elas são espinhentas e com folhas serrilhadas, suas folhas são verde-escuro e suas flores nascem em cachos de até 5 flores, de tamanho grande.

As rosas arbustivas são mais encontradas em regiões mais frias, de clima temperado, pois resistem bem à temperaturas baixas. Porém preferem lugares menos chuvosos. Não precisam de muita irrigação. São tão vistosas que ocupam e destacam bem o espaço em que estão, sendo uma ótima opção ornamental de regiões de clima temperado.

Rosas silvestres

Rosas silvestres crescendo através de cerca branca

Essas rosas são arbustos com poucos espinhos. Suas flores são compostas por 5 pétalas, perfumadas, de pouca duração. Muito encontradas em clima temperado, podem ser usadas como cerca viva, fazendo boa figura ornamental, pois resistem bem ao frio.

Também são muito procuradas como uso medicinal, pois seu chá tem propriedades antioxidantes e presença de vitamina C, o líquido é agradável e perfumado como a flor.

Trepadeiras ou sarmentosas

Muito usadas para a ornamentação de cercas, muros e portões, são rosas que nascem em cachos, com pétalas em crescimento piramidal, que se espalham rapidamente pela área onde se encontram. Ficam em contato direto com o sol e resistem bem ao tempo ao ar livre. No entanto, são mais encontradas em região de clima temperado a frio.

Tem cores variadas, bastante espinhos e folhas serrilhadas, o que dá a elas uma característica de cerca viva, afastando animais e possíveis invasores. As flores desabrocham na primavera, e a trepadeira deve ser instalada com haste de sustentação junto à parede por onde irá crescer e se espalhar.

Espécies de rosas


Existem diversas espécies de rosas, com formatos, cores e flores bastante diferentes entre si, tendo em comum apenas o fato de pertencerem à mesma família botânica, a Rosaceae.

As rosas são caracterizadas por seu perfume, suas pétalas aveludadas, as mais variadas cores, as folhas serrilhadas, os espinhos, a disposição dos galhos em bifurcações e os cachos com flores.

Algumas apresentam menos e outras mais características em comum, mas todas se destacam por sua beleza delicada em contraste com sua defesa agressiva e espinhenta.

Seja em forma de arbustos, cercas-vivas, tapetes naturais, trepadeiras, ou em forma de um belo buquê, as rosas em toda a sua variedade conseguem encantar todos da mesma forma.

Rosa do deserto

A rosa-do-deserto é uma espécie exótica que tem ganhado espaço e está conquistando cada vez mais os lares brasileiros. Com o status de uma orquídea de estimação, o vaso da rosa-do-deserto veio para ficar e tem encantado tanto os paisagistas quanto os jardineiros.

A pequena roseira chama a atenção por ter um aspecto diferente, desde o vaso até suas flores. Possui um caule que é um fino tronco mais robusto e escultural. Suas flores recebem diversas nuances, incluindo a cor preta.

A rosa-do-deserto é originária de regiões mais quentes, entre a África e a Península Arábica. Por isso, exige-se que ela fique em local que bata pelo menos 6 horas de sol por dia. Ainda assim é bastante procurada como planta de apartamento, para ficar principalmente em janelas e varandas.

Rosa rubra

Rosa rubra

A Rubra é um arbusto europeu que tem a característica das plantas caducas, ou seja, as folhas caem no inverno. Suas flores têm 5 pétalas e crescem em florestas de clima temperado na Europa.

Também chamada de Galica, tem propriedades medicinais e na Idade Média era muito utilizada pela elite e nobreza para se fazer água de rosas, para banhos perfumados. Sua procura era tanta que se considerava uma moeda de troca, como um saco de sal ou carvão. Suas cores variam entre o branco, o rosa, o vermelho e o roxo.

Rosa branca

Rosas brancas

A rosa branca é uma das mais apreciadas, ela é muito usada preferencialmente como ornamentação de casamentos, batizados e festas religiosas. No Ano Novo, também são oferecidas aos orixás nas praias.

Além de representar a paz, a rosa branca também é medicinal. Seu chá é bactericida e fungicida, muito apreciado para ser tomado por quem tem problemas de micoses, digestão e também problemas de vista.
Suas flores são grandes e nascem em cachos de igual proporção. Tem o aroma delicado e seu extrato em forma de óleo é usado como base para perfumes, cosméticos e produtos de limpeza.

Rosa chá

Rosa chá

A rosa chá também é conhecida como rosa champanhe devido à sua tonalidade, sua cor é tão específica que se torna um nome de referência em paletas de cores de tintas, esmaltes e materiais de desenho.

Oferecer um buquê de rosas chá é considerado uma atitude bastante elegante e de alta classe. É uma referência a pessoas mais velhas que transmitem sabedoria, como mestres, antigos professores ou mulheres e negócios de carreira reconhecida.

Rosa canina

Rosa canina


Também conhecida como rosa mosqueta, a rosa canina é muito procurada por suas qualidades terapêuticas. Muito cultivada na Europa, Ásia e África, estas pequenas rosas têm benefícios à saúde e são matéria prima para vários cosméticos, chás e remédios fitoterápicos. São fontes de diversas vitaminas, têm propriedades sedativas naturais, são diuréticas e antioxidantes.

Suas qualidades são tão fortes que não é recomendado tomar em excesso. Podem ser usadas como cremes e pomadas, contribuindo para dores de artrite. Suas flores são compostas de apenas 5 pétalas.

Rosa rugosa

Rosa rugada

É uma rosa nativa da região do Extremo Oriente, englobando a geografia de todo o nordeste do globo terrestre, onde se encontram China, Japão e Sibéria. A rosa rugosa é bastante rústica, se adapta em solo arenoso como dunas de praia e aguenta bem as mudanças de clima no ambiente.

Por isso, é mais usada como cerca viva de jardim, podendo ser podada e mantida saudável ao ar livre.
A flor é bastante perfumada e apresenta pequenos frutinhos parecidos com tomates. Além de compor bem projetos paisagísticos, seus híbridos são usados como defensivos devido à sua resistência às pragas.

Rosa de cem pétalas

Rosa Centifolia

É uma flor encantadora, com um desenho natural incrível pela tamanha complexidade de pétalas. Cultivada na Ásia há mais de 5 mil anos, existe desde a era pré-histórica, pois já foram encontradas exemplares entre fósseis arqueológicos.

No entanto, apesar de existir na natureza selvagem, seu encanto atraiu cultivadores que se especializaram nela e acabaram por desenvolver híbridos em variedade, resultando em rosas com formatos perfumes e cores exuberantes.

Como cuidar das rosas

Ferramentas de jardinagem

Cuidar de rosas é trabalhoso e gratificante, pois quanto maior a dedicação mais belo é o resultado.
A atividade faz bem para a mente, relaxa e leva ao autoconhecimento com a descoberta de novas florações e cores variadas. Embora exija atenção e cuidados delicados, é revigorante ver o desabrochar de belas flores bem cuidadas e vistosas.

Seguindo algumas dicas, é possível manter a boa qualidade de vida das suas rosas e a durabilidade de sua florescência por mais tempo. Não é difícil cuidar de rosas, apenas um exercício de dedicação contínua, com observação atenta aos detalhes e manutenção.

Com apenas alguns cuidados suas rosas se manterão saudáveis e retribuíram o carinho dedicado a elas com perfume e beleza.

Iluminação e temperatura ideal para rosas

Rosas gostam de sol, mas são naturalmente adaptadas para climas mais amenos. Assim, a temperatura local deve ser o mais fresca possível e o local bastante arejado. Temperaturas altas demais irão sufocar a planta, enfraquecendo suas pétalas. Por outro lado, também não é aconselhável deixar as rosas em local com ar condicionado para se resfriarem. A temperatura ambiente ideal varia entre 18°C e 25°C.

Ainda nesse clima, iluminação direta ao sol de 4 a 6 horas por dia deixa suas rosas felizes e saudáveis, é tempo suficiente para iluminá-las, aquecê-las e nutri-las com a luz natural. Se o dia estiver em clima abafado e suas rosas puderem ser transportadas, deixe-as à sombra de manhã e ao sol por tempo determinado, voltando para a sombra logo após.

Substrato para rosas

As rosas são bem resistentes quanto a solos mais pobres, e convivem perfeitamente com solo arenoso. Assim, é recomendado uma adubação mais leve com dois terços de terra argilosa com substratos e nutrientes, mas misturadas com um terço de areia .

Esta técnica de mistura garante um solo mais arejado, ideal para a manutenção das raízes. Você pode acrescentar esterco ao substrato, mas sem exageros.

Proteja as rosas das pragas

Suas rosas precisam ser protegidas, principalmente de fungos, lesmas, besouros, caracóis, lagartas, formigas, assim como também outras pragas que podem visitá-la.

Defensivos agrícolas podem ser usados para proteger suas rosas, mas se não quiser ter contato com agrotóxicos, pode usar soluções caseiras no combate às pragas. Uma ótima receita é a calda de fumo, onde você faz uma infusão de água quente com fumo de rolo e borrife por toda a planta. O cheiro é forte, mas eficiente para afastar os visitantes indesejados.

Outra dica é pingar própolis nos locais de poda, pois protege a planta conta bactérias e fungos. O produto das abelhas é um antisséptico e antibiótico natural.

Poda das rosas

A poda das rosas deve ser realizada de tempos em tempos. Quando uma das flores envelhece seu caule está naturalmente seco, e no lugar onde a poda será realizada um novo broto surgirá. Folhas e galhos mortos devem ser desbastados para que a planta respire melhor. Observe também as bifurcações.

Em tempos de inverno e baixa temperatura a pode é mais precisa, pois é neste período que a planta adormece e também é possível criar algumas mudas para transplante em outros vasos..

Solo ideal para rosas

O melhor solo para as rosas é o argiloso, pois é bem nutrido, sem necessariamente ser úmido em excesso. As rosas se comportam muito bem em solo arenoso e bem drenado.

A irrigação deve ser diária, porém, sem encharcar o solo. Mantenha a planta bem nutrida e se precisar de adubo, aposte nos substratos mais secos para serem misturados ao solo. Após a florada, a irrigação deve diminuir pois ela feita excesso atrai fungos para a planta.

Como cultivar rosas em vaso

Escolha um bom vaso de acordo com a espécie de rosa a ser plantada, e forre-o com pedrinhas ou britas para o dreno do excesso de água na irrigação.

Dê preferência ao solo de terra preta adubada e misturada com areia. Coloque metade da terra preparada no vaso, faça um buraco e transfira a muda que vem em um saco preto para o buraco. Acabe de preencher e então finalize com o substrato, se houver.

Regue o suficiente, sem encharcar e escolha um local que bata sol algumas horas por dia. Quando estiverem ao sol, vale a pena borrifar alguns jatos de água nas pétalas e flores, refrescando a planta e recuperando com frescor a vivacidade dos botões.

Como recuperar rosa morrendo

Observe bem a sua roseira. Faça um corte em um ramo que esteja bem na base da planta e raspe o lugar. Se onde ficou raspado ainda estiver verde é porque sua planta ainda está viva e pode ser recuperada. O caule estando marrom significa que ela já está morta.

Uma boa dica é ferver o caule por alguns segundos em água quente. Na parte que foi fervida, faça um corte em diagonal, descarte e transfira as flores para um jarro com água limpa.

Uma forma de perdurar a manutenção das rosas no jarro de água é cortar o caule na diagonal e encher o jarro com água mineral gelada, colocando nela um comprimido de Aspirina. O comprimido irá nutrir temporariamente as rosas e fazer com que permaneçam vistosas por mais tempo.

Propagação da rosa

Propagar as rosas é realizar a enxertia, que pode ser feita entre espécies diferentes, formando híbridos interessantes. Para propagá-las, você precisa de uma estaca para firmar o caule e fazer o corte onde será feito o procedimento, o que chamamos de cavalo.

A enxertia deve ser feita em ambiente fechado, protegida da chuva, de modo a evitar fungos.
Estas técnicas garantem a propagação da planta, sua proteção e fortalecimento. Através do enxerto, novas experiências podem ser testadas nas rosas. Além de criar híbridos, é possível criar novas tonalidades de cores.

Curiosidades sobre as rosas

Rosas cor de rosa

As rosas são comestíveis, e podem compor saladas exóticas, chás, sucos, picolés, geleias e sobremesas
São medicinais e benéficas, possuem propriedades antioxidantes e vitamina C.

Seu perfume é extraído por óleo e compõe cosméticos, perfumes e produtos de limpeza e higiene.
Por serem belas e espinhentas, servem de inspiração para diversas obras artísticas e literárias. Está presente nos contos de fadas, poemas românticos e conteúdos religiosos ou esotéricos. As rosas já marcaram presença em guerras, como emblemas e símbolos de causas.

Significado das rosas de acordo com a cor

Presentear alguém com uma rosa pode ser uma forma de expressar o que sentimos. Cada cor pode representar um sentimento latente. A rosa branca representa a paz e a espiritualidade, está presente em diversas religiões, e é a preferida para celebrações. Já a rosa vermelha representa amor e paixão, e é sempre um presente escolhido entre namorados.

Apostar na rosa amarela é lembrar de riqueza e prosperidade, boa para enfeitar reuniões de negócios. A cor-de-rosa é a mais delicada, preferida das meninas, intui feminilidade e ternura juvenil. Há rosas com cores diferentes, naturalmente ou não, e elas também tem significados. A rosa chá, por exemplo, é a preferida de salões com senhoras de respeito, pois representa a elegância e a maturidade.

A rosa azul, geralmente um híbrido, induz a comunicação, e é ligada à expressão artística ou ao mistério e ocultismo, criatividade e jovialidade. Ainda temos a rosa negra, muito rara de se conseguir e por isso é referida a cenários de sobriedade e sofisticação.

Significado espiritual das rosas

O desabrochar de uma rosa nos remete aos segredos mais profundos quando vem à tona, assim como os mistérios da vida. A rosa simboliza o amor; os espinhos representam as dores da paixão intensa.

A flor é delicada e inspira cuidados, porém se defende elegantemente com seus espinhos, o que faz da rosa também um símbolo de bravura, de um coração que é capaz de amar e guerrear para proteger os que ama. A rosa, pela delicadeza de suas pétalas e resistência representada pelos espinhos, ja inspirou muitas ordens religiosas e políticas.

Rosas enfeitam festas, casamentos, batizados, mas também estão presentes em momentos como velórios. Dar uma rosa a alguém pode ter muitos significados: respeito, amor à primeira vista, saudades, gratidão, desejo de boa sorte e prosperidade para quem a recebe.

Significado da tatuagem de rosa

Tatuagens de rosas são muito procuradas como inspiração. Elas representam diversos simbolismos e dogmas expressados na personalidade dos tatuados. Podem representar o amor, a perfeição, a delicadeza, e o feminino.

Também podem representar simbolismos ligados às cores escolhidas. Se vermelha, sensualidade; se branca, pureza; se negra, sentimentos mais profundos ou questões com mais seriedade. A rosa é representada como marca de uma série de ordens e símbolos de merchandising.

Podem representar bandas de rock, épocas históricas, ordens de ocultismo ou simbolismos bem mais simples como o primeiro amor ou uma devoção de fé religiosa.

Mitologia e as rosas


As rosas são associadas a diversas religiões, elas representam deusas, o amor feminino , a força e a resistência diante dos desafios da vida.

Na fé cristã, as rosas representam ordens religiosas relacionadas a Maria e Jesus. Nas religiões africanas, rosas brancas são oferendas jogadas ao mar para os orixás na noite de Ano Novo. Na mitologia grega, as rosas representam a deusa Vênus, da beleza e do amor.

Em todas as civilizações, a rosa é geralmente associada ao feminino, do conhecimento comum de que mulheres são delicadas como rosas, mas também podem ser agressivas se precisarem se defender. Perfumadas e macias, mas também têm espinhos.

Escolha seus tipos de rosas favoritos e decore o seu ambiente!

Buquê de rosas vermelhas

Há uma infinidade de rosas à sua disposição! Pesquise as espécies que mais se encaixam com seu habitat e com as condições que você pode oferecer para cultivá-las, como espaço em casa e luz ambiente. Pense na rosa como um ser vivo que também decora e perfuma o seu lar!

Rosas transmitem harmonia e bons sentimentos a quem as cultiva e se dedica a mantê-las sempre belas e exuberantes! Pense nas cores e no agradável perfume como terapêuticos que harmonizam bem o seu ambiente!

Rosas são belas, agradáveis, aromáticas e elegantes! Ter rosas no ambiente é um convite a quem te visita! Um cartão de boas vindas perfumado e prazeroso!

Autor deste artigo

Últimos posts


Plantas com significado espiritual: veja quais são e sua simbologia!

Plantas com significado espiritual: veja quais são e sua simbologia!

Veja aqui as opções de plantas para purificar o ar, recarregar energias e evitar o mau-olhado! Conheça ainda, dicas de cuidados com as plantas espirituais.


Os 10 Melhores Hidratantes Corporais de 2022: Neutrogena, Nivea muito mais!

Os 10 Melhores Hidratantes Corporais de 2022: Neutrogena, Nivea muito mais!

Em busca do produto ideal para hidratar seu corpo? Neste artigo, apresentamos os 10 melhores hidratantes corporais de 2022, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Marcas de TV de 2022: LG, Samsung, Philips e mais!

As 10 Melhores Marcas de TV de 2022: LG, Samsung, Philips e mais!

Escolher a melhor televisão para a sua casa pode não ser uma tarefa fácil. Então confira aqui dicas de como escolher e veja as 10 melhores marcas de TV de 2022!


Os 10 Melhores Cursos de Trader de 2022!

Os 10 Melhores Cursos de Trader de 2022!

Procurando o melhor curso de trader de 2022? Confira neste artigo as 10 melhores opções do ano e dicas imperdíveis para fazer a melhor escolha para você!


Como desentupir pia de cozinha de maneira fácil: com arame, sal e mais!

Como desentupir pia de cozinha de maneira fácil: com arame, sal e mais!

Pia da cozinha entupida? Aprenda a resolver com dicas e técnicas bem simples e também como evitar que aconteça de novo.


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Ar e ventilação Internet e Conexão Treinos