Orquídea Vanda: raízes secas, folhas amarelas, preço e mais!

Orquídea Vanda: raízes secas, folhas amarelas, preço e mais!

Neste artigo, conheça mais sobre a orquídea Vanda, seu plantio e cultivo, os tipos, como identificar se sua planta está doente e como tratar as pragas.


Conheça a belíssima orquídea Vanda

Orquídeas vandas com flores roxas bem de perto

As orquídeas se destacam como as mais belas flores da natureza devido à variedade de cores e estilos que as plantas têm. São várias espécies catalogadas até o momento e a Vanda é uma delas, que se destaca pela sua beleza e delicadeza.

Essa espécie chama a atenção não somente pelas suas belas flores, que contam com uma variedade muito grande de cores, mas também por possuir raízes muito peculiares que facilitam o seu cultivo. Isso faz com que essa seja uma das espécies mais procuradas para o cultivo pelos admiradores destas flores. Continue lendo e conheça mais sobre ela a seguir!

Sinais de que a sua orquídea Vanda não está bem

As flores da orquídea murchas em uma árvore

Você sabe identificar quando a sua orquídea Vanda não está saudável? Abaixo, listamos alguns sinais de que há algo errado com as suas flores e como mantê-las sadias.

Folhas amarelas

O surgimento de folhas amarelas nas orquídeas Vanda também é um sinal de que estas não estão sendo cuidadas da forma correta e, assim, demonstram através das manchas presentes nas suas folhas o que está errado.

No caso de manchas amareladas na folhagem, o problema com a planta na realidade é que está havendo um acúmulo de água. O excesso de água durante as regas pode fazer com que as plantas fiquem encharcadas e com o tempo há o aparecimento também de fungos e bactérias que proporcionam esse tipo de situação, manchando as folhas e até apodrecendo os brotos.

Sua orquídea Vanda está com as raízes secas?

Pelo fato de que as raízes da orquídea Vanda agem de forma peculiar e ficam à vista a todo o momento, há um potencial de que possam acabar passando por um ressecamento. Mas essa situação somente acontece caso não estejam sendo tomados os cuidados devidos. As condições inadequadas podem afetar drasticamente as orquídeas e causar danos, que com o tempo podem ser irreversíveis.

As causas para que o ressecamento das raízes aconteça, em geral, são a baixa umidade do ar interno, os fertilizantes químicos, as doenças e as pragas e também os danos físicos. Os sais minerais em excesso também provocam a secagem.

Orquídea Vanda perdendo as folhas

A perda de folhas é algo comum para as orquídeas de modo geral. Mas é preciso que se note primeiramente se não estão ocorrendo outros problemas com a planta para que isso seja um acontecimento normal e não resultado de algum problema com a saúde dela.

O processo de perda de folhas para as orquídeas Vanda acontece para que elas deixem as suas folhas velhas, que não estão mais em condições favoráveis para sua saúde, murcharem até que fiquem secas e caiam. Logo em seguida as folhas velhas e sem serventia para a orquídea são substituídas por novas folhas.

Como recuperar sua orquídea que está morrendo?

Mesmo com os cuidados devidos, alguns problemas podem ocorrer no processo de cultivo das orquídeas Vanda e, assim, elas podem acabar desenvolvendo problemas, que podem ser reparados com alguns cuidados e medidas para combatê-los de forma eficiente.

Para recuperar a sua orquídea que está fraca, existem alguns procedimentos que podem ser feitos em casa. Primeiro, é necessário remover o pedúnculo da planta para, em seguida, preparar um recipiente com um substrato adequado para ela. Em seguida, coloque-a no vaso preparado e deixe que permaneça por um tempo em um local com iluminação, assim ela poderá se recuperar.

Como cuidar da orquídea Vanda

Ferramentas de jardinagem e flores no terraço

Manter os cuidados corretos e em dia com a orquídea Vanda garantirá que a planta vai se desenvolver de forma adequada e não terá problemas quanto a sua saúde. Conhecer os procedimentos corretos que devem ser feitos é essencial para um bom cultivo da espécie. Leia a seguir alguns cuidados básicos!

Rega da orquídea Vanda

A rega da orquídea Vanda deve ser feita de acordo com o local que ela estiver plantada. Caso esteja em um substrato, o correto é que a planta não seja aguada todos os dias porque isso pode prejudicar o seu desenvolvimento, visto que o excesso pode provocar problemas como fungos e bactérias.

Mas caso ela esteja sendo plantada de outra forma, o que é possível para essa espécie devido às suas raízes diferenciadas, é necessário que ela receba todos os dias, preferencialmente pela manhã, um pouco de água e novamente ao final da tarde para evitar o acúmulo.

Luminosidade e temperatura ideais para orquídea Vanda

As orquídeas Vanda precisam de muita iluminação para que o seu desenvolvimento seja pleno e elas consigam crescer de forma saudável. Portanto, o local onde as plantas forem inseridas precisa ser bastante iluminado, mas não pode contar com a luz direta do sol na orquídea porque isso pode acabar prejudicando muito mais do que ajudando.

A presença de luminosidade no ambiente faz com que as Vandas fiquem muito mais viçosas e bonitas, mas o sol direto na planta pode proporcionar queimaduras nas folhas, que com o tempo ao receberem a luz direta do Sol ficam amareladas e acabam morrendo.

Cuidados com a orquídea Vanda

Os cuidados com as orquídeas Vanda não são muito extensos e nem exigem muito investimento de tempo. Estas são plantas de origem asiática e estão presentes em florestas úmidas e quentes. Portanto, essas são as condições ideais para que elas se desenvolvam de forma saudável.

Alguns dos cuidados essenciais para que a planta permaneça em condições ideias é evitar a exposição aos locais com ventos muito fortes e também ao frio. Locais muito frios não são nada adequados para essa espécie, que diante de temperaturas muito baixas pode perder as suas flores para sempre sem que haja recuperação.

Pragas e doenças da orquídea Vanda

Caso as orquídeas Vanda estejam localizadas em um local sem os devidos cuidados, com iluminação e arejamento adequado, certamente não desenvolverão doenças ou estarão suscetíveis às pragas. Entretanto, devido a algumas condições desfavoráveis do local esse tipo de situação pode acontecer.

Uma vez que a planta não esteja recebendo toda a iluminação necessária ou esteja com a saúde comprometida, surgem os problemas. As pragas que afetam mais facilmente as orquídeas Vanda são os pulgões e cochonilha, que podem ser eliminados de forma manual ou com alguns preparos naturais, como o caldo de fumo, que pode eliminar totalmente as pragas invasoras.

Poda da orquídea Vanda

O processo de poda não precisa ser feito muitas vezes. O momento ideal para realizá-lo é durante a primavera, período no qual as plantas podem ser replantadas em locais melhores e assim devem ser retiradas as folhas velhas para que as novas possam nascer e garantir mais saúde para a orquídea Vanda.

Esse processo deve ser feito com cuidado e a planta precisa ser retirada do local onde estiver para ser inserida em outro vaso. Para que as raízes se tornem maleáveis, é necessário que se coloque a orquídea em um recipiente com água. Esse processo é para livrar a planta das folhas velhas e dar uma nova vida às raízes.

Escolha o melhor vaso para orquídea Vanda

A escolha dos vasos depende de alguns fatores importantes, o primeiro deles é saber se há tempo suficiente para que a planta seja regada todos os dias. Nesse caso, o vaso escolhido pode ser pequeno e de material plástico. Mas é preciso que haja furos tanto ao fundo do vaso quanto também ao lado.

Outros vasos que também podem ser usados para o plantio da orquídea Vanda são os de barro, cachepots de madeira e cestinhas de plástico. A única coisa que deve ser respeitada nesse caso é o fato de que todos devem contar com furos para o desenvolvimento das raízes.

Fertilizantes e adubos para orquídea Vanda

A adubação das orquídeas Vanda não se difere das outras espécies, mas o que deve ser levado em consideração no processo é que essas plantas precisam ser adubadas através de todas as suas raízes, que são volumosas e muito longas. É essencial que isso seja feito com muita atenção para garantir o sucesso do procedimento.

Para a adubação da planta, o indicado é que se utilize NPK 20-20-20, que é específico para as orquídeas e garante melhor desenvolvimento da planta. Esse produto fará com que a orquídea tenha mais força e consiga crescer de forma saudável, além de garantir uma floração muito mais bonita.

Como posicionar as estacas

Com o tempo e bom desenvolvimento da planta, é necessário que haja o replantio e também a propagação da mesma. Isso pode ser feito de várias formas, mas uma das mais comuns é a propagação de orquídeas por estacas. Esse é um procedimento muito mais rápido de cultivo, além de mais eficiente.

O momento correto para plantar uma orquídea em estacas é ao longo da primavera. Após ter sido feito o plantio com a utilização de estacas, é necessário que elas fiquem posicionadas no chão de uma forma que favoreça para que os primeiros brotos nasçam, porque assim eles poderão crescer direcionados para cima.

Como acoplar sua orquídea em uma árvore

As orquídeas podem ser colocadas em árvores para o seu cultivo, mas se utilizam destas apenas para a sua fixação e não vão se alimentar com os nutrientes pertencentes à árvore. Assim, não causam problemas para ela.

Para plantar as orquídeas Vanda em árvores é necessário escolher uma cujas camadas mais externas do tronco não descasquem, visto que isso pode interferir na fixação. Não existe um procedimento exato. É preciso somente que se tome cuidado para não prender demais e sufocar as raízes da planta. Por isso são utilizadas fibras naturais ou tecidos para prender a planta na árvore.

Conheça as principais espécies da orquídea Vanda

As orquídeas Vanda são muito usadas em arranjos e decorações devido às suas cores e beleza, que beneficiam qualquer tipo de ambiente. Também são vistas em projetos de paisagismo pelo mesmo motivo. Suas variedades são incríveis e vale muito a pena investir no seu cultivo. Continue lendo para conhecer mais!

Vanda coerulea

Uma vanda coerulea com pétalas roxas

A Vanda coerulea é uma das espécies mais belas de orquídeas e pode ser encontrada em diversos países, como China, Tailândia, Nepal e Índia. O seu cultivo é muito simples, mas é necessário que haja alguns cuidados específicos em relação à região que estas serão plantadas porque se adaptam melhor aos locais frios.

Essa espécie de orquídea se desenvolve em árvores ou até mesmo em cestos pendurados. Mas na natureza se adaptam melhor em associação com árvores. Para que cresça de forma saudável, a Vanda coerulea precisa de muita luz, mas essa deve ser indireta. O seu preço, em média, é de R$85,00.

Vanda cristata

Uma vanda cristata com várias folhas verdes ao redor

A variação Vanda cristata tem a sua origem no Himalaia, mas pode ser encontrada de forma muito comum em outras localidades como China e Nepal, por exemplo. O cultivo dessa espécie pode ser considerado como relativamente fácil e elas podem ser plantadas em vários tipos de substratos e se adaptam a vasos de barro e plástico.

A floração ocorre ao final da primavera e também no verão. O habitat natural para essas flores se desenvolverem são as florestas subtropicais e tropicais. A expectativa é que essas plantas, ao serem cultivadas através de sementes, desenvolvam flores após 2 anos de plantio. O valor em média é de R$35,00.

Vanda denisoniana

A Vanda denisoniana é uma espécie que se desenvolve muito melhor em locais com climas quentes e é originária de países asiáticos. A floração pode acontecer mais de uma vez no ano com os cuidados adequados, mas se mostra mais viçosa em períodos quentes.

O nível de cultivo dessa espécie é tido como médio e ela não exige cuidados muitos extremos. Para que possam se desenvolver positivamente, é necessário que o ambiente conte com uma umidade de média para alta. O tempo para floração após seu plantio é de cerca de 30 dias. O preço médio é de R$150,00.

Vanda lamellata

A origem da espécie Vanda lamellata é nas Filipinas, mas também podem ser encontradas de forma bastante comum em vários países asiáticos. A preferência delas é por climas quentes, nos quais conseguem se desenvolver e crescer. Em geral, as suas flores são pequenas e atingem cerca de 4 cm.

Para que possam se desenvolver de uma forma positiva, essas espécies precisam de um ambiente que lhes forneça luminosidade alta. Não é indicado que recebam raios solares diretos, pois podem acabar sendo prejudicadas pelo excesso. São de fácil cultivo e se adaptam a ambientes internos. O preço médio dessa espécie é de R$110,00.

Vanda tricolor

Várias vanda tricolor desabrochadas

A Vanda tricolor é encontrada na natureza em florestas de altitude acima de 800 metros. São muito comuns em localidades como Laos e Sri Lanka, sendo encontradas de forma muito abundante nessas áreas que as favorecem porque há muita umidade no ar devido à altura.

A floração da Vanda tricolor acontece ao longo do outono e inverno e elas chegam a produzir até 15 flores de uma só vez, que atingem no máximo 7 cm de diâmetro. As suas flores contam com um perfume único e são muito indicadas para ambientes internos. O preço, em média, é de R$80,00.

Vanda teres

A Vanda teres é comum de localidades como Butão, China, Índia e Nepal. Chegam a atingir cerca de 2m e as condições ideais para o seu crescimento e desenvolvimento saudável são locais que possuam muita luminosidade, mas sem influência de sol direto, que pode prejudicar as suas folhas e flores. As suas flores são em formato de borboletas.

As flores dessa espécie aparecem na primavera e possuem um perfume muito distinto. São de cor rosa pálido e possuem o centro na cor amarela. Também existem algumas espécies menos comuns na cor branca. Podem ser encontradas por valores em média de R$49,00.

Curiosidades e informações importantes da orquídea Vanda

Orquídeas vandas com flores amarelas com pontos laranjas

As orquídeas Vandas são muito distintas e algumas dessas espécies enfrentam muita dificuldade para que sejam soltas mudas, ou também os chamados keikes. Com um crescimento vertical, elas precisam ter pelo menos 25 cm de raiz para que sobrevivam de forma saudável. Conheça mais sobre essas espécies peculiares a seguir!

Como fazer a orquídea Vanda florir

Por mais que sejam espécies de fácil cultivo, é essencial que se tenha alguns cuidados para que a Vanda possa florir de forma correta, evitando ações que prejudiquem o seu desenvolvimento. Para que as flores dessa orquídea comecem a florir, é necessário que sejam regadas ao notar uma raiz de cor acinzentada.

Precisam ser mantidas em temperaturas amenas, não borrifar água nos botões florais com constância em, por fim, o replantio pode ser algo que com o tempo venha a prejudicar a planta. Mantê-las penduradas em árvores e evitar substratos é a melhor forma de garantir uma floração bonita.

Quando realizar o replantio?

O replantio não é necessário para a maioria das espécies de Vanda. Pode ser feito, mas não é preciso para o bom desenvolvimento da espécie. A necessidade dessa prática está associada somente a problemas, como doenças e invasores.

Isso é ainda mais reforçado se a planta tiver sido pendurada em algum local ou caso esteja fixada em uma árvore. Dessa forma, não é necessário que seja feito o replantio porque ela estará recebendo os cuidados e os nutrientes necessários para crescer de modo saudável. Caso seja feito o replantio por algum motivo, corte somente as raízes mortas.

Multiplicação da orquídea Vanda

Outro caso no qual pode ser feito o replantio após notar que a planta está com algum problema e não tem se desenvolvido de forma saudável, é arrancando as raízes mortas de cores acinzentadas e em seguida dividindo a planta em duas para que seja plantada novamente.

Essa técnica é chamada de multiplicação da orquídea. Nesse caso, ela será divida em duas partes que sejam plantadas em vasos separados para que assim se desenvolvam duas plantas saudáveis e que serão totalmente idênticas. Esse procedimento não é essencial, mas pode ser feito nos casos citados.

Como usar a orquídea Vanda na decoração

As orquídeas Vanda podem ser usadas de várias formas como decoração, visto que contam com uma resistência muito grande e adaptação positiva para permanecer em ambientes internos, desde que haja condições climáticas e também de luminosidade para isso. Para decoração é comum que se veja as plantas em cultivo suspenso, em vasos pendurados ou fixadas.

Também podem ser colocadas em painéis de madeira e cultivos em vaso, que são menos comuns visto que a planta fornece muito mais possibilidades. Outra opção muito utilizada são os jardins verticais, uma vez que as orquídeas se adaptam muito bem a esse tipo de cultivo.

Traga beleza e sofisticação no seu ambiente com a orquídea Vanda!

Várias orquídeas vandas de cor rosa clara

As variedades em cores e formatos das orquídeas Vanda trazem muito mais estilo para qualquer tipo de ambiente. Como podem ser cultivadas tanto em ambientes internos quanto externos, essas espécies garantem um espaço alegre e cheio de cor.

Utilize essas orquídeas para criar vasos transparentes com água para mesas de centro ou até mesmo dê um ar mais moderno com o plantio vertical, pendurando-as em vasos diferentes e até mesmo discretos para garantir um ar de sofisticação. As suas cores intensas chamam a atenção e podem beneficiar a decoração de salas, dando a impressão de um ambiente muito mais iluminado.

Autor deste artigo

Últimos posts


Os 10 Melhores Alarmes para Motos de 2022: Positron, Taramps e muito mais!

Os 10 Melhores Alarmes para Motos de 2022: Positron, Taramps e muito mais!

Está em busca de um bom alarme para sua moto? Aprenda a como escolher o melhor alarme e também confira quais são os 10 melhores alarmes para moto de 2022!


As 10 Melhores Cafeteiras Expresso de 2022: Nespresso, Oster e muito mais!

As 10 Melhores Cafeteiras Expresso de 2022: Nespresso, Oster e muito mais!

Quer adquirir uma cafeteira expresso para fazer um café delicioso e não sabe qual comprar? Veja neste artigo as 10 melhores cafeteiras e como escolher a sua!


As 10 Melhores Bicicletas Aro 16 de 2022: Caloi, Nathor e muito mais!

As 10 Melhores Bicicletas Aro 16 de 2022: Caloi, Nathor e muito mais!

Em dúvida sobre qual é a melhor bicicleta aro 16? Veja dicas de como escolher o modelo ideal para seu filho e uma seleção com 10 melhores bicicletas do mercado!


Mouse Hyperx é bom? Lista com os 6 melhores modelos de 2022!

Mouse Hyperx é bom? Lista com os 6 melhores modelos de 2022!

Saiba como escolher o melhor mouse HyperX por meio das dicas e do ranking com os 6 melhores modelos do mercado. No fim, faça um investimento que compensa!


Os 10 Melhores Cobertores de 2022: de casal, queen e muito mais!

Os 10 Melhores Cobertores de 2022: de casal, queen e muito mais!

Procurando o melhor cobertor de 2022? Confira neste artigo dicas imperdíveis sobre como escolher o ideal e um ranking com os 10 melhores produtos do mercado!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Treinos Alimentação