Begônia rex: como cuidar e usar na decoração, sua flor, híbridos e mais!

Begônia rex: como cuidar e usar na decoração, sua flor, híbridos e mais!

Você sabia que a begônia rex é uma planta ótima para decoração? Veja neste artigo os detalhes de como cultivar a sua rex, curiosidades e variações dela!


Begônia rex: uma decoração em tons vermelhos!

Folhas roxas e verdes de Begônia rex

A begônia rex é um admirável membro da família Begoniaceae, conhecida mundialmente pelo deslumbrante visual de suas folhagens, sendo grandemente valorizada por isso. Por ser uma planta de porte menor e mais adaptada à criação indoor, ou seja, no interior dos ambientes, ela é uma das opções favoritas de decoradores, designers e qualquer um que esteja interessado em colorir o seu lar ou local de trabalho.

Ela demanda algumas manutenções a mais por conta da sua delicada composição, desde as raízes até o caule, além de ser alvo de parasitas que roubam seus nutrientes. Porém, não se preocupe, pois aqui estão reunidas as instruções essenciais para criar a sua begônia rex. Veja os detalhes nos tópicos a seguir!

Informações básicas da begônia rex

Texturas da folha de Begônia rex


Nome científicoBegonia rex
Outros nomesBegônia-rei, Begônia folha-pintada
OrigemÍndia
Porte30~45 cm
Ciclo de vidaPerene
FloraçãoO ano todo
ClimaSubtropical


A begônia rex é uma planta ornamental de origem indiana conhecida pela exuberância de suas folhas, com uma enorme variedade de colorações e diferentes padrões estampados. De clima subtropical, atinge cerca de 30 cm a 45 cm de comprimento, e o mesmo de largura. Suas folhas medem em média 15 cm de comprimento. É fácil de ser encontrada em floriculturas e comércios relacionados justamente por ser tão apreciada.

Como cuidar da begônia rex

Adolescentes cuidando de plantas

Cuidar de uma planta ornamental pode parecer uma tarefa complicada, porém basta compreender e seguir as recomendações que certamente será uma atividade prazerosa. Confira a seguir as principais informações sobre como cultivar e manter a sua begônia rex!

Iluminação ideal para begônia rex

A begônia rex aprecia o sol, mas de forma indireta. Lembre-se que seu clima é o subtropical: os raios solares diretos causam danos à planta, queimando suas folhas e gerando manchas escuras ou claras. Portanto, um lugar à sombra e iluminado por reflexos da luz natural é o ideal.

Também é possível mantê-la sob luz artificial. Utilize uma lâmpada fluorescente com potência entre 15 watts e 20 watts a uma distância de 15 cm a 30 cm de sua begônia rex. Deixe-a ligada por um período entre 12 horas a 14 horas ao dia.

Os melhores lugares da casa para deixar a begônia rex

Sabendo que a begônia rex necessita de luz solar indireta, os melhores lugares dentro de casa para cultivá-la são nos parapeitos de janelas voltadas para o leste e para o oeste, onde ela receberá a luminosidade que precisa. Além do mais, ela aproveitará os raios da manhã (leste) ou da tarde (oeste), que são mais suaves e saudáveis.

Durante os meses em que o sol for mais forte, principalmente no verão, recomenda-se o uso de persianas ou cortinas que tornem a luz mais difusa. Outra alternativa é simplesmente afastar sua begônia a poucos metros das maiores entradas de iluminação, sempre se atentando para que ela receba a claridade necessária.

Temperatura ideal para begônia rex

A begônia rex tem um melhor desenvolvimento quando se encontra em ambientes internos com temperatura entre 15ºC e 30ºC. Lembre-se que a begônia é uma planta de clima subtropical, por conseguinte, ela se dá muito bem no calor, suportando até 35ºC.

Evite ao máximo as temperaturas mais baixas: abaixo de 14,4ºC, a begônia interrompe o seu crescimento, e a persistência do frio pode prejudicar ou até mesmo matar a sua planta. A criação indoor permite uma regulagem precisa das temperaturas, porém não é recomendado o uso de ar-condicionado ou semelhantes, pois o seu funcionamento acarreta o ressecamento e a retirada da umidade do ar.

Rega da begônia rex

As begônias rex demandam regas regulares, mas tome cuidado com o excesso, pois isso pode facilmente provocar o apodrecimento das raízes ou a presença de fungos. Antes de uma nova irrigação, toque na superfície do solo e verifique se está seca; se estiver, é hora de molhar. Para a dosagem, utilize um regador fino ou borrifador.

Outro detalhe importante é sobre a qualidade da água. Se a água da torneira tiver maior concentração de sódio, o que depende exclusivamente da localidade em que se vive, é melhor optar por água destilada. Caso você aplique água salobra, o líquido será absorvido e irá evaporar, mas os grãos de sal permanecerão, queimando as bordas das folhas.

Solo ideal para begônia rex

Como a umidade em excesso é muito prejudicial à begônia rex, o solo ideal é o poroso e de drenagem rápida, permitindo que a água desnecessária desça para o escoamento. Da mesma forma, não é desejável que todo o líquido seja completamente escoado, afinal, isso faria com que a begônia secasse.

Em vista disso, uma excelente combinação de materiais orgânicos para a terra é uma composição de turfa, perlite e vermiculita. Essa mistura, conhecida como um mix clássico para plantas e muito utilizada na plantação doméstica, faz com que sejam retidos os níveis de umidade suficientes, sem afogar ou secar.

Adubos e substratos para begônia rex

Para a begônia rex, o adubo comum e equilibrado é ótimo, podendo ser o NPK 14-14-14 ou o NPK 20-20-20. Ele deve ser aplicado de 2 a 3 semanas e apenas na época de crescimento, ou seja, durante a primavera e o verão.

Quando o outono chega, as temperaturas caem e, consequentemente, a begônia desacelera o seu desenvolvimento e para de absorver os fertilizantes. O acúmulo de compostos orgânicos pode queimar suas raízes e folhas.

Manutenção e poda da begônia rex

A manutenção da begônia rex é um processo bem simples. Remova as folhas que estiverem murchas, doentes ou mortas, e se por acaso ela florescer, retire as flores assim que elas murcharem, antes que caiam na terra.

A poda é igualmente fácil. Com uma tesoura afiada, faça um corte limpo e preciso no caule próximo à base, e em breve você observará o crescimento de novas folhas no local. A necessidade de poda depende do estado da planta. Caso haja hastes longas e nuas, recomenda-se o corte; se você quiser dar volume às folhas, também é uma boa opção.

Vasos para plantar begônia rex

A begônia rex é rizomatosa, então ela precisa de uma boa área para evoluir. Ela encaixa-se muito bem em vasos largos e relativamente rasos, assegurando a expansão do rizoma. A medida recomendada é de 15 cm de diâmetro e 12 cm de profundidade para 1 planta.

O vaso pode ser tanto de plástico quanto de cerâmica, contanto que ele tenha os orifícios de drenagem livres e bem espaçados. De qualquer forma, o melhor material é a cerâmica, por ser de origem natural, porosa e aerada.

Pragas e doenças da begônia rex

Há uma série de problemas que podem afetar a begônia rex, e por esse motivo é essencial conhecer os agentes principais. Algumas das pragas que mais "apreciam" a begônia são a cochonilha-farinhenta, ácaros, pulgões e tripes. Para combatê-las, remova as folhas mortas ou danificadas e aplique um inseticida apropriado.

Fungos também podem atacá-la. O surgimento de manchas cinzas indica a ocorrência do chamado mofo cinzento, que só é combatido com fungicidas. Manchas brancas são características do oídio, que pode ser eliminado com uma mistura de 10 g de bicarbonato de sódio para 1 L de água. Em todos os casos, retire as folhas infectadas e assegure que a begônia receba bastante circulação de ar.

Propagação da begônia rex

Há dois modos de propagar a begônia rex: por divisão de raiz e por corte de folhas. No primeiro, você deve desenterrá-la e lavar a área radicular do rizoma. Com uma tesoura de poda esterilizada (ou com as próprias mãos), divida as raízes. Deixe-as secar sobre um papel toalha e, por fim, plante as mudas nos respectivos vasos.

No segundo método, utilize uma tesoura de poda para cortar uma folha agregada a um pecíolo de 7 cm de comprimento. Em seguida, se preferir, mergulhe a extremidade cortada em hormônio de crescimento de raízes – isso dobra as chances de sucesso. Plante a muda e forre a superfície do vaso com filme plástico para reter mais umidade e acelerar o crescimento. Retire quando nascerem as primeiras folhas.

Replantação da begônia rex

A replantação da begônia rex é simples, e o tamanho do vaso depende da necessidade da planta, podendo ser maior ou menor. Caso suas raízes estejam saindo dos orifícios de drenagem ou "segurando" todo o solo (o que pode ser verificado puxando-a suavemente), é hora de um vaso maior. O aumento de 2 cm é o bastante, pois a mudança deve ser gradativa.

Se as folhas da begônia estiverem murchando e caindo, isso sinaliza um excedente de nutrientes e água, daí surge a urgência da replantação para um vaso menor. Antes de transplantá-la, retire as raízes podres. A diminuição do espaço proporcionará o controle dos componentes orgânicos e ajudará a dosar a irrigação.

Sobre a begônia rex

Folhas de Begônia rex em foco

Além de conhecer os cuidados essenciais para a saúde da sua begônia rex, é importante estar a par sobre as suas características morfológicas e químicas, ou seja, a sua estrutura corporal e o que ela pode fazer. Veja mais particularidades da begônia rex logo abaixo!

Características da flor da begônia rex

Há outras espécies de begônia cuja visibilidade e notoriedade recai sobre as florações, mas não é o caso da begônia rex. Suas flores são de importância secundária, e são bem modestas e delicadas. Possuem tom de rosa claro e miolo amarelo, e a textura de suas pétalas é macia e levemente aveludada. Durante o florescimento, surgem hastes eretas de até 30 cm de comprimento; no topo, nascem as flores em pequenos cachos.

Características das folhas da begônia rex

As begônias rex são cultivadas sumariamente pela aparência de suas folhagens, que ostentam uma grande exuberância de cores, formatos e texturas. A begônia rex original, encontrada na Índia, tinha folhas verde-escuro em contraste com verde-claro. A geração de híbridos expandiu numerosamente sua paleta de cores.

Os tons da begônia rex podem ser verde, branco, rosa, roxo, vinho ou prata. As texturas podem ser lisas, crespas ou aveludadas, e os formatos podem ser regulares, aleatórios ou até mesmo encaracolados. Atingem, em média, 15 cm de comprimento.

Como usar a begônia rex na decoração

Graças à sua abundância de variedades e estampas, é fácil combinar a begônia rex com a decoração doméstica. Uma boa sugestão é plantá-la num vaso cuja cor se enquadre no tom de suas folhas, mas sem lhe roubar a atenção. O uso de vasos de cerâmica, além de contribuir para a sua saúde, também lhe confere um ar rústico e caseiro.

Outras plantas de criação indoor podem ser vizinhas da begônia rex, como a zamiocuca e a jiboia, trazendo a natureza para dentro do lar. Contanto que o local tenha a iluminação e ventilação apropriadas, a criatividade é a chave: cachepôs suspensos, pallets, aparadores ou até mesmo suportes no chão são ótimas pedidas.

A begônia rex é venenosa

Atenção: a begônia rex é venenosa para cães e gatos. Isso ocorre devido à presença de oxalato de cálcio sobre as suas folhas. Caso ela seja ingerida, são desencadeados sintomas como salivação excessiva, vômitos e dificuldade de respirar. O animal deve ser conduzido à emergência veterinária.

Com isso, é necessário que a sua planta seja alocada num local inacessível para pets. Se isso não for possível, espalhar pimenta chili em pó sobre ela ou borrifar spray amargo anti-mordidas ajuda a afastar os curiosos.

Híbridos da begônia rex

A grande abundância de exemplares distintos da begônia rex, com traços únicos e ampla gama de cores, dá-se graças à existência de híbridos, que permitem a geração de cruzamentos extraordinários. Conheça abaixo alguns dos híbridos mais bonitos da begônia rex!

Begônia rex 'Ballet'

Begônia rex 'Ballet'

A begônia rex "Ballet" carrega consigo folhas verde-claro com reflexos prateados, contornada por verde-escuro e um sutil tom de vinho. Suas hastes são avermelhadas, levantando ainda mais sua beleza.

A suavidade do seu visual fica excelente ao lado de estantes de livros e paredes de tons mornos, como bege ou amarelo claro. É a opção ideal se você procura por uma decoração leve, que una a claridade com a delicadeza, trazendo uma atmosfera fresca e relaxante para o local.

Begônia rex 'Duarten'

A begônia rex "Duarten" ostenta folhas pontiagudas com bordas em vinho bem escuro, dividindo espaço com salpicos de verde-claro e manchas verde-escuras. Seu caule possui um tom de marrom bronzeado.

Essa é uma daquelas plantas que chamam a atenção para si, mas mantendo a modéstia de uma composição pálida e cintilante. Colocá-la à frente de uma parede clara e de tom frio realçará a sua silhueta, fazendo com que a planta ganhe um contraste agradável. Perfeita para quem quer um arranjo colorido e, ao mesmo tempo, não extravagante.

Begônia rex 'Fairy'

A aparência mágica da begônia rex "Fairy" origina-se da cor prateada e brilhante de suas folhas, destacada ainda mais pelas cores vinho e rosa das nervuras que a percorrem. O verso das folhagens é de cor vermelho escuro, dando-lhe um efeito "dupla face".

Em virtude do seu efeito bicolor, as possibilidades de composição estendem-se para não somente o prata, mas também para o vermelho. Portanto, ela fica muito bem em locais organizados na cor branca, assim como cor-de-rosa pálido ou retrô. Um vaso nessa tonalidade rosada também cai muito bem, dando ainda mais significado ao seu nome de fada.

Begônia rex 'Flamenco'

A begônia rex "Flamenco" possui folhas verde-claras com brilho prateado, além de ser desenhada por linhas magenta que realçam seu formato e espalham-se em degradê. Essa mistura dá a impressão que as folhas são rosa claro, conferindo-lhe uma graciosidade particular.

Na hora de escolher um lugar para posicionar a "Flamenco", procure por tons frios que casem com a coloração magenta, como azul-claro, cinza-claro ou pêssego. Para os mais ousados, a aplicação de cores complementares em vasos, tais como menta e amarelo gema, formará um design mais original e alegre.

Begônia rex 'Pink Charming'

Como o seu nome diz, o híbrido "Pink Charming" apresenta lindas folhas irregulares e tingidas com tons de rosa magenta e verde, além de serem cobertas por manchas prateadas. A cor rosa preenche o contorno das folhagens e faz um degradê suave com o verde-claro.

Uma ótima sugestão para o uso da "Pink Charming" como ornamento é plantá-la num vaso da mesma tonalidade magenta de suas folhas. Colocá-la nessa base escura dará maior evidência para o tênue verde de suas folhagens, além de levar maior vivacidade para o lugar onde estiver. Um vaso verde-claro, por sua vez, controlará a intensidade do magenta, deixando a planta menos chamativa.

Begônia rex 'Red Kiss'

A begônia "Red Kiss" é um dos mais dramáticos e impactantes híbridos populares. Suas folhas são vermelhas e radiantes, com o centro e as bordas matizadas por um roxo tão escuro que é semelhante à cor preta. A parte traseira das folhas e o caules são da cor vinho.

Essa variação conversa bem com todo tipo de tonalidade. Sobre as cores de fundo frio, a "Red Kiss" traz a energia de que o ambiente precisa para não se tornar monótono. Sobre as colorações quentes, aumenta ainda mais o calor aconchegante e a animação. Além disso, é um lindo adorno de Natal, já que o seu vermelho acentuado remete à paleta das festas de fim de ano.

Begônia rex 'Rumba'

O híbrido "Rumba" possui cores semelhantes às da "Red Kiss": suas folhas são profundamente roxas, e sobre elas há manchas vermelhas em menor proporção e de formatos aleatórios. Essa variação também pode aparecer nas cores verde-escura e verde-clara, em distribuição igual.

A escuridão da "Rumba" faz necessário encontrar um local que atribua evidência à planta, afinal, se for uma posição desprivilegiada, ela ficará apagada. Sendo assim, invista em suportes suspensos que a deixem bem à mostra, além de empregar colorações avermelhadas ou de tons complementares que enfatizem as suas manchas.

Begônia rex 'Salsa'

A begônia rex "Salsa" possui um formato mais estreito e pontudo. Ela oferece uma explosão de cores: as bordas de suas folhas são verde-escuras e entram em contraste com a tonalidade verde-clara, que, por sua vez, é seguida por cor-de-rosa e, finalmente, termina na cor vinho ao centro, onde está localizado o pecíolo.

A "Salsa" é uma variação muito jubilosa, transmitindo euforia e bom humor com a sua fisionomia. Encaixa-se perfeitamente tanto em tons frios, quanto nos quentes. Fica muito bem acomodada sobre aparadores de madeira e ao lado de outras plantas de cor neutra, equilibrando a sua riqueza de pigmentos e evitando excessos.

Begônia rex 'Silver Limbo'

A begônia rex "Silver Limbo" é um exemplar elegante, bonito e compacto. As folhas são totalmente prateadas e metálicas, com alguns vincos verde-escuros no centro. Sua estrutura foliar é reta e lisa, e o contorno é regular e bem delimitado.

Graças ao seu visual requintado, ela é perfeita para decorações modernas e minimalistas. Para quem não conhece, a impressão passada é de ser uma planta artificial, deixando-a ainda mais interessante ao descobrir que é verdadeira. Fica muito bem acompanhada de locais de trabalho que demandam sobriedade, como escritórios, ou em escrivaninhas e racks dentro de casa.

Begônia rex 'Spitfire'

O híbrido "Spitfire" tem esse nome pelo formato abstrato da sua cor vermelha que assemelha a uma labareda de fogo. Suas margens são tomadas por uma tonalidade de verde-claro com brilho prateado, além de ter o contorno em vinho. Possui modelação mais pontiaguda.

Com sua imagem alegre e energizada, a "Spitfire" é excelente para os cômodos mais movimentados do seu lar, ou seja, onde há maior trânsito de moradores e visitas. É compatível com cores quentes e frias, sendo facilmente adaptada e introduzida nas mais diversas decorações.

Begônia rex 'Tornado'

A begônia rex "Tornado" possui folhas verde-escuras acompanhadas de uma margem roxa que, por ser tão intensa, aproxima-se do preto. Seu interior é composto das cores branca e prata, distribuídas em formas aleatórias e manchas esféricas. A escuridão das extremidades em oposição à clareza do meio confere-lhe um jogo de luz e sombra próprio.

Em consequência do seu efeito luminoso, é obtida a ilusão de que a "Tornado" é preta e branca, o que a torna ainda mais versátil em relação à sua função decorativa. Independente da temperatura da cor, as tonalidades mais claras vão deixá-la em maior visibilidade, realçando a sua radiante composição natural. Aposte em vasos lilás, azuis, amarelos, rosas ou verdes: qualquer um que for do seu gosto.

Begônia rex 'Yamileth'

O híbrido "Yamileth" da begônia rex é de uma delicadeza e complexidade ímpares. Suas folhas são prateadas com as beiradas levemente roxas, constituindo um nuance de lilás. Os vincos apresentam-se na cor verde-escura profunda e acentuada, a qual ganha volume maior no centro das folhas. Os caminhos dos finos vincos realçados atribui ainda mais elegância a essa variação.

Ao contrário do híbrido "Tornado", a "Yamileth" é realçada em vasos de cores escuras, pois assim o seu brilho prateado não é ofuscado por cores muito fortes. Azul marinho, vinho, bronze ou o clássico preto, para quem prefere a neutralidade, são ótimas sugestões.

Aconselha-se que ela seja posta num local onde seus detalhes ganhem os olhares dos espectadores, como uma mesa de centro na sala de estar. De qualquer forma, ela trará sofisticação para onde estiver.

A begônia rex é muito usada na decoração pela sua folhagem vermelha!

Folhas verdes e vermelhas de Begônia rex

As begônias rex são verdadeiros espetáculos de tonalidades únicas, encantando o olhar de quem a contempla. Seus tons vibrantes, especialmente o vermelho e o rosa, trazem a exuberância de quem procura por uma decoração natural totalmente singular, fugindo dos verdes corriqueiros. Há espaço igualmente para quem busca uma aparência mais sofisticada, encontrando o seu estilo nas folhas prateadas.

Sempre consulte as dicas de cultivo, afinal, a prática leva à perfeição. Apesar dessa planta ser mais exigente quanto à umidade, não há segredo: seguindo as recomendações à risca e prestando atenção no comportamento da begônia, você terá uma decoração viva, bela e saudável. Encontre o híbrido que mais se encaixa na organização do seu lar e deixe a sua imaginação fluir!

Autor deste artigo

Estudante de Letras e apaixonada por jardinagem e decoração. Entrar em contato com a natureza, cuidar do ambiente em que eu vivo e manter minha rotina em ordem são atividades que me trazem um grande bem-estar, e poder compartilhar esse conhecimentos é ainda melhor.

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos