Oliveira: para que serve, chá, como cuidar e muito mais sobre esta árvore!

Oliveira: para que serve, chá, como cuidar e muito mais sobre esta árvore!

Você sabia que o pé de oliveira possui muitas utilidades e simboliza paz? Confira aqui as melhores dicas de cultivo, usos e benefícios dos frutos desta árvore!


Oliveira: conheça aqui a maravilhosa árvore que representa a paz!

Uma árvore de oliveira

Encontrada tradicionalmente nas áreas do Mediterrâneo, a oliveira é uma das árvores mais antigas e conhecidas do mundo, tendo inclusive significado religioso. Diversos componentes da árvore são utilizados para o consumo, como o azeite de oliva, azeitonas, extrato de folha e chá. As oliveiras são muito utilizadas na culinária brasileira e são cultivadas especialmente nos Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

O consumo de diversos componentes de oliveiras trazem muitos benefícios para a saúde e são árvores que podem ser facilmente cultivadas em praticamente todas as regiões do Brasil. Aprenda neste artigo as informações básicas sobre a oliveira, os diversos métodos de cultivo, como manter sua árvore saudável, seus benefícios para saúde e muito mais!

Informações básicas sobre a oliveira

Planta de oliveira com azeitonas pretas


Nome Científico
Olea europaea
Outros Nomes
Oliveira, Oliva, Azeitona
Origem
África, Cáucaso, Espanha, Europa, Itália, Mediterrâneo, Oriente Médio, Portugal, Síria, Tunísia e Turquia
Porte
6~9 metros (pequeno)
Ciclo de Vida
Perene
Floração
Maio
Clima
Continental, Mediterrâneo, Oceânico, Semi-árido, Subtropical, Temperado, Tropical

Originadas no Mediterrânio e expandidas a locais de clima tropical, temperado, subtropical e semiárido, as oliveiras são plantas de porte relativamente pequeno e de ciclo de vida perene. A sua floração ocorre no mês de maio no Brasil, produzindo flores de cor branca e bastante perfumadas. Existem centenas de variedades de oliveiras, com diferentes características como frutos maiores ou menores ou sabores diferentes de azeitonas.

Os troncos são de formato irregular e de um cinza muito atraente.As frutas são ricas em óleo e estima-se que cerca de 90% delas são transformadas em azeite. A madeira da oliveira também é muito apreciada, pois é dura, durável e muito difícil de queimar. Apesar das árvores terem crescimento muito lento, vivem por muito tempo, algumas chegando a mais de 2.000 anos de idade.

Como plantar um pé de oliveira

Um homem regando sua oliveira em uma vaso

Saiba nesta seção como plantar um pé de oliveira, qual é o tipo de solo ideal para a árvore, a irrigação adequada, temperatura e iluminação ideal para a oliveira e as informações de replantio.

Solo ideal para a oliveira

As árvores Olea europaea se desenvolvem melhor em encostas e penhascos com solo de calcário, especialmente nas condições climáticas costeiras. Contudo, as oliveiras toleram a maioria dos tipos de solo, como o de calcário, argiloso, argiloso com arenoso, desde que seja bem drenado. O pH de solo ideal é de 6,5, mas produzem frutos com o pH entre 5,5 a 8.

Plante as árvores em solo profundo e uniforme para obter resultados rápidos e eficientes. Um solo bem drenado pode ser obtido cavando bastante areia antes do plantio definitivo. Em solos extremamente úmidos, essas árvores estão predispostas a doenças, e em solos mais pobres e secos, produzem menos óleo.

As oliveiras não são tolerantes com solos saturados ou condições de gramado, mas toleram bem as condições de vento e ar das regiões costeiras. As coberturas ajudam a prevenir a perda de água durante o tempo quente, ventoso ou extremamente ensolarado.

Irrigação da oliveira

No primeiro ano após o plantio, as árvores de oliveira precisam ser bem regadas. No entanto, uma vez estabelecidas, podem tolerar alguns períodos de seca, preferindo ser regadas ocasionalmente. Regue essas árvores moderadamente na área da raiz 1 a 2 vezes por mês no verão e não será necessário regar no inverno.

A árvore necessita de uma drenagem excelente e de um lençol freático profundo para uma frutificação saudável. A irrigação com uma mangueira deve ser feita de forma lenta, com pouca frequência e na área profunda da terra para evitar o desenvolvimento de raízes superficiais ou doenças das raízes causadas pela umidade. Espere o solo secar até a parte mais profunda da camada de terra antes de irrigar novamente.

Temperatura para a oliveira

Em locais que costumam ter geadas e períodos de inverno rigorosos, as árvores de oliveiras devem ser movidas para uma sala fria onde a temperatura noturna esteja em 9 °C. A produção de flores da árvore depende de um período de 12-15 semanas de temperaturas flutuantes diurnas em média de 20 °C.

O tempo frio prolongado abaixo de 10° C também pode inibir a produção de frutas, mas não irá prejudicar no desenvolvimento da árvore. Para a comercialização comercial, as oliveiras devem estar em ambientes cuja faixa de temperatura esteja entre 20°C a 30°C. A oliveira aguenta temperaturas mínimas de até -7°C e temperaturas máximas de até 40°C.

Iluminação ideal para a oliveira

As árvores de oliveira devem ser plantadas em um local ensolarado, mas protegido e com o solo bem drenado. Dentro de casa durante o inverno, o vaso Olea europaea precisa da posição mais ensolarada possível. Maximizando a ventilação e a luz, essas árvores terão ajuda para reter sua folhagem durante o inverno.

Mova as plantas para o ar livre na primavera, em pleno sol. Eles vão crescer bem em uma posição quente e ensolarada. É improvável que as plantas mantidas dentro de casa floresçam, mesmo durante o verão ou primavera.

Como e quando replantar a oliveira?

Com o tempo, as árvores de oliveira cultivadas em vasos têm os seus nutrientes de solo esgotados, sendo importante replantar a planta ou substituir até 50% do substrato a cada dois anos. A melhor época para replantar ou plantar sua oliveira é no final da primavera, mas certifique-se de protegê-la de períodos prolongados de frio.

Isso permite que a árvore tenha tempo suficiente para se estabelecer em sem novo ambiente durante o verão, criando assim espécimes mais resistentes para o inverno. Certifique-se de que o solo não esteja molhado durante esse processo, deixando secar principalmente as raízes.

Adicione um pouco de solo extra no fundo do novo vaso antes de inserir a planta. Preencha ao redor da planta com uma mistura de compostos orgânicos e areia. Para permitir que as raízes assentem e se desenvolvam, mantenha a planta regada por várias semanas.

Como cuidar do pé de oliveira

Alguém amarrando a planta de oliveira a um bambu

Saiba aqui os cuidados necessários em relação a frequência de rega, adubo e fertilizantes adequados para a oliveira, a poda ideal para a árvore, como funciona sua propagação, como efetuar o transplante, como combater as pragas e doenças mais frequentes, etc.

Frequência de rega da oliveira

Se plantada em um recipiente, certifique-se de que a árvore Olea europaea seja bem regada durante a estação de crescimento para o desenvolvimento adequado das raízes. É necessário atenção especial caso a árvore seja plantada em material de terracota (argila cozida), pois ela sofre com o processo de calcinação do solo durante o verão.

Mesmo que essas árvores sejam muito tolerantes à seca, regue-as pelo menos duas vezes por semana durante o período de crescimento ativo. A frequência de rega da oliveira deve ser feita a cada 2 semanas durante o período de inverno.

Tome cuidado com as raízes das plantas que estão em contêineres, pois podem ficar inundadas. Nunca regue em excesso, pois as oliveiras são plantas bastante tolerantes à seca. Normalmente não há necessidade de regar as oliveiras durante o inverno, apenas certifique-se de que a raiz não seca.

Adubo para oliveira

Os fertilizantes orgânicos e químicos beneficiam as oliveiras. Os fertilizantes orgânicos, como composto e esterco animal envelhecido, fornecem às árvores uma fonte de fertilizante que se decompõe ao longo do tempo e que ajudam a corrigir o solo e podem ser utilizados a cada dois anos.

Já os fertilizantes químicos atendem às necessidades de crescimento imediatas ou deficiências nutricionais muito rapidamente e por vários meses. Os fertilizantes líquidos dão resultados imediatos, mas devem ser repetidos regularmente durante a estação de crescimento, sendo necessário sempre seguir as instruções do fabricante.

O nitrogênio é o único nutriente em que uma oliveira pode ser deficiente. É necessário para a formação de flores, frutos e folhas. É recomendável dividir a quantidade total de adubo anual que uma árvore de oliveira precisa ao longo dos meses da estação de crescimento, em vez de aplicar muito de uma vez.

Poda da oliveira

As árvores de Olea europaea devem ser podadas regularmente para mantê-las em forma e promover um novo crescimento. A poda preserva os rebentos floridos do ano anterior, mantendo a árvore suficientemente baixa para permitir a colheita fácil dos frutos. A colheita de árvores velhas acaba sendo exuberante, mas raramente produzem bem durante dois anos consecutivos.

Uma poda moderada na primavera ajudará a moldar a árvore após o inverno, sendo feita a partir do corte de qualquer planta morta, danificada ou doente. Afine os galhos para permitir que a luz entre diretamente no centro da árvore e remova quaisquer galhos secundários e mais baixos, garantindo arejamento.

Se for cultivada como árvore ornamental, remova previamente os galhos em flor e frutificação para evitar a queda indesejada de frutos.

Propagação da oliveira

As oliveiras se propagam com facilidade de várias maneiras, embora mudas e sementes sejam os meios mais simples de cultivar novas árvores em casa. A Olea europaea pode ser propagada por meio de alporquia, estacas, enxertos, sementes ou rebentos. Os métodos por muda e sementes produzirão uma árvore transplantável em um ano, sendo ideal para quem busca baixa produção.

Além disso, as oliveiras propagadas por corte amadurecem mais rápido e se parecem mais com a árvore-mãe em termos de tamanho, taxa de crescimento e produção de frutos. Diversos produtores no mundo utilizam o enraizamento de estacas, sendo o método mais popular de propagação de Olea europaea.

Fertilização da oliveira

Os fertilizantes e compostos devem ser aplicados no topo do solo abaixo dos galhos das árvores, mas não próximo ao tronco. Fertilizantes de água após a aplicação ou aplicação de tempo imediatamente antes de chuva significativa. Os sprays foliares não dão resultados tão eficazes quanto fertilizantes absorvidos pelas raízes, mas apresentam resultados imediatos quando as deficiências começam a se propagar com muita velocidade.

Evite o uso de formulações com alto teor de nitrogênio destinadas a um crescimento vegetativo rápido. As oliveiras não crescem durante os meses frios de inverno, então fertilizantes não são necessários durante esse período.

É mais importante nutrir as árvores plantadas em contêineres, pois os nutrientes logo se esgotam do solo após uma estação de crescimento. Fertilize-os mensalmente com um fertilizante balanceado.

Aramação da oliveira

A aramação é uma técnica que pode ser utilizada para estilizar a árvore de oliveira nos galhos mais jovens para novos rebentos. Para isso, basta enrolar arames de cobre em torno do galho e posicioná-los em forma de espiral, podendo ser feita durante todo o ano.

No entanto, é necessário tomar cuidado durante o período de crescimento das oliveiras, pois os galhos podem se desenvolver rapidamente, podendo causar cicatrizes nos galhos. Portanto, o arame deve ser substituído com frequência e deve ser do tipo de tensionamento.

Transplante da oliveira

As oliveiras são plantas robustas que geralmente respondem bem ao transplante. Afinal, as oliveiras podem viver centenas de anos, suportando condições adversas. O transplante deve ser feito durante a primavera ou outono, quando os brotos estão prestes a inchar (o que ocorre a cada dois anos), quando as temperaturas do solo e do ar ainda estão quentes, para que as raízes possam se estabelecer.

A queda das folhas é uma ocorrência comum, especialmente durante o tempo chuvoso, e geralmente é causada por doenças fúngicas. No entanto, na maioria dos casos, a queda das folhas não deve afetar sua capacidade de transplantar a árvore, podendo ser movida para um local mais ensolarado pode melhorar sua saúde a longo prazo.

Pragas e doenças comuns da oliveira

As árvores Olea europaea são árvores muito resistentes à doença, embora possam sofrer com pragas de insetos e possam ser hospedeiras de várias doenças causadas por agentes virais. O vírus associado ao amarelecimento da folha da oliveira e o vírus do enrolamento da folha estão entre as doenças virais mais comuns das oliveiras.

Essas doenças produzem sintomas que incluem o crescimento deformado, folhas descoloridas e frutas anormais. Os vírus patogênicos nem sempre causam sinais visíveis de doença em seu hospedeiro. Eles podem surgir esporadicamente ou permanecer latentes por muito tempo após a infecção inicial.

Pulverizar a árvore com dissuasores químicos geralmente não é uma opção para azeitonas porque o óleo valioso das azeitonas retém o cheiro dos produtos químicos. Portanto, aumente os compostos orgânicos do solo e estimule o bom crescimento das raízes nas árvores jovens para maximizar o acesso aos nutrientes e evitar doenças.

Produtos derivados da oliveira

Saiba aqui os principais produtos muito conhecidos que são derivados da oliveira, dentre eles, a azeitona, azeite de oliva, chá de oliveira, extrato de oliveira e os seus usos gerais.

Azeitona

Azeitonas frescas colhidas em sacos em um campo

Azeitonas são pequenos frutos que crescem nas oliveiras. Elas pertencem a um grupo de frutas chamadas drupas, ou frutas de caroço. As azeitonas são muito ricas em vitamina E e outros antioxidantes poderosos. Estudos mostram que eles são bons para o coração e podem proteger contra a osteoporose e o câncer.

As gorduras saudáveis das azeitonas são extraídas para produzir azeite, um dos principais componentes da dieta mediterrânea que é incrivelmente saudável. As azeitonas são frequentemente utilizadas em saladas, sanduíches e no arroz. A azeitona média pesa cerca de 3-5 gramas.

Algumas azeitonas imaturas são verdes e tornam-se pretas quando amadurecem, enquanto outros tipos permanecem verdes mesmo quando maduros. Na região do Mediterrâneo, 90% das azeitonas são utilizadas para fazer azeite.

Azeite

Alguém despejando azeite em um recipiente de vidro e azeitonas ao lado

Muito utilizada no Brasil e na dieta do Mediterrâneo, o azeite de oliva é derivado da azeitona, fruto da oliveira. As pessoas usam azeite de oliva para cozinhar, como forma de cosméticos, remédios, sabonetes e como combustível para lâmpadas tradicionais. O azeite de oliva veio originalmente do Mediterrâneo, mas hoje é popular em todo o mundo.

Na dieta, as pessoas conservam as azeitonas em azeite ou água com sal. Podem ser ainda adicionados a pizzas e outros alimentos, como pães, agregando muito sabor ao regar a massa, cozinhar ou como molho para salada. Algumas pessoas consomem o azeite diretamente para fins medicinais.

Chá de Oliveira

Chá de Oliveira em uma xícara de vidro e ao lado azeitonas

Azeitonas de chá (espécies de Osmanthus) são derivadas de algumas das plantas mais perfumadas. Seu perfume as torna ideais para plantar perto de janelas e áreas de estar ao ar livre, onde as flores desabrocham no outono e podem ser apreciadas prontamente. Este chá é feito de folhas secas de oliveira e casca de oliveira. As folhas da oliveira são usadas como planta medicinal há séculos na região da Ásia e África.

Extrato da oliveira

Extrato da oliveira em um recipiente de vidro e oliveira e azeitonas ao lado

O extrato de folha de oliveira pode ser obtido das próprias folhas da oliveira. Historicamente, as folhas da oliveira têm sido amplamente utilizadas como um remédio para o tratamento de febre e outras doenças como a malária. A folha de oliveira foi usada pela primeira vez medicinalmente no Egito Antigo e era um símbolo do poder celestial.

O extrato dessas folhas é considerado um potente agente anti bacteriano, viral e fúngico, pois é rico em oleuropeína, tirosol, antioxidante hidroxitirosol, entre outras substâncias benéficas. Nesse sentido, pode ser usado para combater inflamação da pele, na redução do risco cardiovascular, na diminuição da pressão arterial, ajuda a tratar o diabetes tipo 2, auxilia na perda de peso, etc.

Curiosidades da oliveira

A planta de oliveira bem de perto com azeitonas verdes

Conheça algumas das curiosidades sobre a árvore de oliveira, incluindo a sua utilidade no meio urbano, seus significados bíblicos, seus diversos benefícios para a saúde, alguns tipos de oliveiras e muito mais.

Para que serve a oliveira

As oliveiras são árvores ideais para o ambiente urbano, pois são de pequena estatura, possuem vida longa, são facilmente podáveis e podem crescer bem na maioria dos locais. A árvore de oliveira possui crescimento lento, resistente à seca e ao vento, podendo ser uma planta de tela no jardim doméstico, em campos de golfe entre outros lugares.

É frequentemente utilizada como árvore de rua, pois é perfeita para áreas secas e também tem sido usada para estabilizar fossos de erosões, além de ser adequada para o xeriscaping. Olea europaea também pode ser um belo exemplar de bonsai. Além disso, é uma excelente árvore para uso em pátios escolares, complexos de escritórios e parques.

Oliveira: uma planta bíblica

Talvez a conotação simbólica mais conhecida para a azeitona seja a de paz. A oliveira, ou mais especificamente um ramo de oliveira, é um símbolo de paz e amizade que remonta à mitologia grega antiga. É mencionado pela primeira vez nas Escrituras quando a pomba voltou para a arca de Noé carregando um ramo de oliveira em seu bico (Gênesis 8:11).

Desde aquela época, o ramo de oliveira tem sido um símbolo de “paz” para o mundo, e muitas vezes ouvimos a expressão “estender um ramo de oliveira” a outra pessoa como um desejo de paz.

Benefícios para saúde

As azeitonas são muito ricas em vitaminas , principalmente a E, além de ser rica em antioxidantes Há estudos indicando que as azeitonas são boas para o coração e podem proteger até mesmo contra a osteoporose e o câncer. As gorduras saudáveis das azeitonas são extraídas durante a produção de azeite, um dos principais componentes da dieta mediterrânea incrivelmente saudável.

Os antioxidantes das azeitonas escuras impedem a oxidação do colesterol, ajudando assim a prevenir doenças cardíacas. Todos os tipos de azeitonas contêm gorduras saudáveis que aumentam o colesterol bom. No entanto, o consumo deve ser moderado, pois embora possam auxiliar na perda de peso, elas são ricas em sal e gordura - e comer muitas delas pode prejudicar o sucesso da perda de peso.

Oliveiras infrutíferas

As oliveiras infrutíferas são belas árvores de sombra que podem ser simples ou multifamiliares, com troncos contorcidos, tortuosos bastante belos. Possuem uma ampla quantidade de folhas verde-acinzentadas, cuja parte inferior é prateada.

As oliveiras são resistentes a variações extremas de temperatura, além de desfrutarem de pleno sol e calor refletido. Além disso, também requerem pouca água. A espécie de planta geralmente tem vida longa e são bastante utilizadas para a decoração.

Oliveira: tenha sua própria produção de oliva em casa!

azeitonas em planta de oliveira

Conhecidas desde a antiguidade em diversas civilizações, as oliveiras são conhecidas por viverem há várias centenas de anos e por serem bastante úteis, contando com diversos benefícios para a saúde. Seus substratos e frutos, como a azeitona e o azeite de oliva, são bastante utilizados pela culinária ao redor do mundo e especialmente pela Mediterrânea.

As oliveiras apresentam grande potencial para serem cultivadas no Brasil, pois requerem climas amenos e são bastante resistentes a períodos de seca. Além disso, podem até ser cultivadas dentro de casa. Com os cuidados certos, sua oliveira vai crescer de forma muito saudável e render muitos frutos. Aproveite nossas dicas e tenha uma árvore de oliveira em casa!

Autor deste artigo

Estudante de Letras pela Universidade de São Paulo, escritora e revisora sempre em busca de novos conhecimentos e aperfeiçoamento. Apaixonada por assuntos relacionados à viagens, artes, cultura, natureza, moda e sobre tudo que esteja relacionado ao universo das palavras e da comunicação.

Artigos relacionados


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!


Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Você sabia que a tumbérgia tem formato de trombeta? Descubra neste artigo demais curiosidades, espécies e como cultivá-la!


Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Sabia que o Filodendro é uma planta venenosa? Veja neste artigo, oito espécies, dicas de cuidados e curiosidades, desta planta que possui folhagens exuberantes!


Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Você sabia que a flor da quaresmeira é símbolo do amor incondicional? Conheça neste artigo, dicas de cuidados e características dessa espécie nativa do Brasil!


Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Neste artigo, veja informações sobre o cultivo de pomares caseiros. Confira também as frutas mais propícias para cada região e dicas de cuidados!


Últimos posts


Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

O grill facilita a rotina e nos deixa mais saudáveis - veja aqui os melhores modelos, características, informações, como escolher o ideal para você e como usar!


Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Está procurando uma sanduicheira? Neste artigo, confira informações sobre elas, como escolher a melhor e quais são os melhores modelos de 2021!


Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Veja aqui os melhores binóculos de 2021, como escolher o mais adequado para você, principais marcas, vantagens e desvantagens e mais curiosidades.


Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Neste artigo, apresentamos uma lista de atitudes sustentáveis que você pode tomar dentro de casa para economizar água. Confira as dicas!


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!