Tipos de grama: para jardim, funções, como cuidar e mais!

Tipos de grama: para jardim, funções, como cuidar e mais!

Sabia que existem diversos tipos de grama, com funções variadas? Descubra neste artigo mais sobre eles, qual grama é ideal para o seu jardim e seus cuidados.


Quer colocar grama no jardim? Confira mais sobre!

Trilha de pedra para jardinagem com grama no jardim.

Diferente do que muitos pensam, a grama não é tudo igual, podendo possuir diversos tipos de variedades no mercado de jardinagem. A escolha certa vai depender de muitos fatores, como o tipo de solo, a luminosidade, a umidade, o nível de pisoteio e entre outros.

Muito relevante para o paisagismo e para a jardinagem, o gramado precisa ser resistente, viçoso e adequado ao clima. Uma grama bem verde e cuidada deixa qualquer jardim bem mais bonito e atraente para piqueniques ou um descanso, por exemplo.

Algumas variedades de gramas são bem comuns no Brasil, enquanto que outras são bem menos utilizadas. A maioria é bem resistente ao pisoteio e podem ser usadas em um lugar de passagem, no entanto, alguns tipos servem só para decoração e ornamentação.

Além disso, as espécies costumam possuir diferenças conforme a resistência do solo, à sombra e o crescimento. Nesse artigo vamos conhecer tudo sobre a grama que vai decorar o seu jardim.

Conheça os tipos de gramas e suas funções

Entender os tipos de gramas e as indicações de cada uma é essencial para quem deseja ter esse tipo de planta em sua casa, sendo necessário escolher a espécie correta para que o gramado fique bem saudável. Confira a seguir, alguns exemplos de gramas e as suas funções.

Grama Esmeralda

Jardim com grama esmeralda super verde.

A grama Esmeralda é a mais comum nos jardins brasileiros, caracterizada pelas suas folhas estreitas e bem finas. Esse tipo é recomendado para regiões de clima mais quente, já que possui uma ótima tolerância ao sol e à seca, não precisando de muita água para crescer. Além disso, o seu desenvolvimento é bem lento, facilitando a manutenção e diminuindo a frequência de podas.

A Esmeralda é bem eficiente para combater à erosão da terra e contém uma boa resistência ao pisoteio, característica muito importante se o seu jardim tem áreas de passagem e seja utilizado constantemente.

Essa espécie possui uma baixa exigência nutricional, o que significa que não é necessário usar fertilizantes com muita regularidade. A média de preço da grama Esmeralda é de R$ 4,95 por m².

Grama Esmeralda Imperial

Jardim com grama esmeralda imperial.

O nome científico dessa planta é Zoysia japônica, conhecida popularmente como Esmeralda Imperial. Esse tipo de gramado possui folhas mais largas e maiores do que as da Esmeralda comum, contendo um sistema radicular bem mais vigoroso e resistente entre todas as gramas desta família.

Com uma ótima tolerância à seca e com baixa exigência nutricional, essa espécie se desenvolve bem mais lentamente conforme as outras. A manutenção da Esmeralda Imperial é bem simples, bastante difundida e conhecida por empresas de paisagismo e jardineiros.

Essa grama produz um maxi rolo ou tapete bem uniforme e firme, facilitando o transporte e o cultivo, desse modo, melhora muito mais a qualidade final do gramado. O preço médio da grama Esmeralda Imperial é de R$ 5,30 por m².

Grama Coreana ou Grama Japonesa

Close-up de grama coreana.

A grama Coreana, também chamada de grama Japonesa ou de grama veludo, possui folhas bem estreitas e não é muito resistente ao pisoteio. Em razão disso, é mais recomendada para lugares com pouco ou nenhum fluxo de pessoas. É bem comum para ornamentar jardins, além disso, essa planta costuma formar tufos ao se desenvolver, oferecendo uma estética diferente ao ambiente.

A grama Japonesa precisa ser cultivada em áreas com muita incidência do sol, já que possuem uma tolerância ruim à sombra. Essa espécie contém uma resistência média ao frio e à seca, exigindo um cuidado maior quanto a sua manutenção.

Com um desenvolvimento rápido, a sua adubação pode ser realizada duas vezes ao ano, enquanto que a poda é recomendada ser feita a cada dez dias. A média de valor da grama Coreana é de R$ 8,50 por m².

Grama São Carlos

Close-up da grama São Carlos.

A grama São Carlos é bem comum no Brasil, possuindo folhas largas que promovem uma ótima cobertura do espaço, muito indicado para ambientes mais amplos. Essa espécie não necessita de muita manutenção a respeito da sua fertilização, já que contém uma baixa exigência nutricional.

Porém, ela se desenvolve bem rápido e é preciso podar a cada dez dias. Esse tipo de grama tem muita resistência ao frio e boa tolerância à sombra, podendo ser usada em regiões mais quentes, apesar de não ser muito resistente ao clima seco, visto que precisa de muita água para sobreviver.

Em razão disso, a grama São Carlos é persistente à umidade, crescendo saudável até mesmo em solos encharcados. O preço médio dessa espécie de grama é de R$ 7,00 por m².

Grama Bermudas Tifway 419

Jardim com grama bermudas tifway 419.

A grama Bermudas Tifway 419 possui folhas mais finas e um tom de verde bem forte quando é bem cuidada, possuindo um bom enraizamento e crescimento de rizomas e estolões, se tornando uma ótima opção para cultivar através de mudas. Assim como todas as espécies da mesma família, essa planta contém um grande índice de desenvolvimento e produz um gramado com boa capacidade de recuperar danos.

A grama Bermudas Tifway 419 costuma produzir uma das melhores superfícies para jogos, sendo a planta entre as do tipo Bermudas a ter uma velocidade de crescimento lateral bem menor do que as outras, por causa disso, acabam exigindo menos podas verticais. A média de preço dessa grama é de R$ 8,70 por m².

Grama Celebration

A grama Celebration possui folhas finas e uma coloração mais verde azulada, com um rápido enraizamento e crescimento de rizomas e estolões, sendo uma ótima opção para plantar por mudas ou com cronogramas curtos.

Por ser uma grama da família das Bermudas, também contém um grande índice de desenvolvimento e com uma alta capacidade de se recuperar dos danos provocados pelo uso frequente.

É uma espécie com rápido crescimento e muito utilizada em diversas arenas por todo o Brasil. O valor médio da grama bermuda Celebration varia em torno de R$ 9,50 e R$ 10,50 por m².

Grama Batatais

O nome científico dessa grama é Paspalum notatum fluegge, mais conhecida como Batatais, grama de pasto, forquilha e grama mato grosso. A sua principal característica é a facilidade em que pode ser encontrada no Brasil, servindo de cobertura até mesmo para os solos mais fracos, cuja, utilidade é filtrar a água e evitar a erosão.

As folhas são duras, levemente pilosas e com coloração verde-claro. Possuem uma boa resistência às secas, às pragas, doenças e ao pisoteio, apesar disso, precisa de muito sol para sobreviver.

É necessário podar com mais frequência depois que essa planta floresce, para que o gramado fique com uma aparência mais bonita e saudável. A grama Batatais é bastante usada para beiras de rodovias e áreas públicas. Um caminhão fechado com cerca de 700 m² dessa espécie de grama custa em torno R$ 1450,00.

Grama Zeon Zoysia

A Zoysia matrella, popularmente chamada de Zeon Zoysia, possui folhas mais finas do que a grama Esmeralda, além de uma coloração mais escura. Geralmente produz um gramado mais espesso e denso do que a maioria das outras espécies no mercado, com uma velocidade de desenvolvimento menor do que as demais variedades. É muito utilizada em áreas com sol pleno.

A manutenção da Zeon Zoysia é bem simples, largamente difundida e conhecida por empresas de paisagismo e jardineiros. Em razão do seu excessivo sistema radicular, costuma produzir com firmeza e uniformidade, como tapete ou maxi rolo, facilitando no transporte e no cultivo. A média de valor dessa grama varia entre R$ 9,50 a R$ 11,50 por m².

Grama Geo Zoysia

Grama verde decorativa da espécie Zoysia.

A grama Geo Zoysia possui folhas mais finas do que todas da espécie Zoysias, com uma coloração escura e produzindo um gramado mais denso. Essa planta também tem uma velocidade de desenvolvimento inferior, além de ser ótima para ambientes com sol pleno. Esse tipo de grama contém uma boa tolerância a solos salinos, cenário muito comum nas regiões litorâneas.

Em razão disso, é a variedade mais recomendada para paisagismo na praia e jardins residenciais, além de ser a espécie com o maior teor silício nas folhas, permitindo que a grama tenha uma resistência maior a doenças. O preço médio da grama Geo Zoysia varia entre R$ 8,50 a R$ 11,50.

Grama Santo Agostinho

Grama Santo Agostinho recém-cortada.

A grama Santo Agostinho, também chamada de grama Inglesa, é outra variedade muito comum no Brasil, especialmente nas regiões litorâneas. Essa planta possui folhas bem largas e com uma coloração levemente azul, muito recomendada para utilizar em casas de praia, pois contém uma boa tolerância à salinidade presente na terra.

Além disso, é resistente à seca, à sombra e ao frio. Essa espécie não é indicada para lugares com um fluxo muito grande de pessoas, já que tem uma resistência baixa ao pisoteio. Esse tipo de grama possui um desenvolvimento lento e pouca exigência nutricional, portanto, não necessita de muita adubação.

No entanto, é fundamental dar a rega adequada para a grama Santo Agostinho, visto que ela exige uma irrigação frequente para ter um crescimento saudável. A média do valor dessa grama é de R$ 7,50 por m².

Grama Sunday

Bola de golfe na grama verde.

A grama Sunday, mais conhecida como Bermudas Ultra Dwarf, possui um desenvolvimento vertical e com um volume maior de raízes do que os outros tipos de gramas. É uma das poucas espécies que não sofreram uma mutação desde a sua descoberta.

Além de oferecer uma ótima superfície e uma alta velocidade de jogo. Essa planta é bem resistente e produz gramados duradouros e com baixa manutenção. O preço médio da grama Sunday varia entre R$ 5,99 a R$ 6,60.

Grama Sintética

Close-up da grama sintética em um fundo branco.

Apesar de ser uma planta simples, cuidar de um gramado nem sempre é uma tarefa fácil, sendo necessário regar e cortar o jardim com determinada frequência para mantê-lo saudável e bonito. Para pessoas que não possuem tempo de cuidar da manutenção, a opção mais viável é optar pela grama Sintética.

A grama Sintética é formada com polietileno, um material bem resistente que copia a grama de verdade com perfeição. É possível ser encontrada no mercado em diferentes tamanhos de folhas e com diversos tons de verde. A média do valor da grama Sintética é de R$ 11,11 por m².

Como plantar e cuidar da grama?

Ferramentas de jardinagem na grama do jardim.

Para cultivar a grama, existe a possibilidade de dois modos diferentes para plantar, por placas ou a partir de sementes. O plantio através das sementes é mais barato, no entanto, também é mais demorado. Veja abaixo, o melhor modo de cultivar e cuidar da sua grama.

Como plantar a grama?

Apesar de plantar a grama a partir de sementes seja o modo mais barato, além de demorar muito para germinar e se estabelecer, o seu desenvolvimento pode acontecer de uma forma indesejada, crescendo em um formato irregular e não uniforme.

Usar tapetes de grama e placas é o modo mais eficiente e rápido, na qual a grama é recultivada em um ambiente com clima e solo adequados para que ela cresça forte, firme e uniforme.

Geralmente a planta é cortada em formato de placas ou tapetes que costumam ser de 40 cm x 125 cm ou 40 cm x 62,5 cm, podendo ser distribuídas diretamente nas áreas em que deseja gramar. Lembrando que as placas da grama precisam ser muito bem alinhadas lado a lado para que enraízem e se desenvolvam de forma uniforme.

Irrigação

A irrigação geralmente precisa ser feita quando o solo estiver com pouca umidade ou quando as folhas mudarem de cor. O começo da manhã é o momento ideal para regar a maioria dos gramados.

Já que a planta terá o dia todo para secar e a água não evapora tão rápido, no entanto, regar durante a noite custa mais caro. Sempre se certifique da quantidade de água, de forma que as folhas não fiquem molhadas durante a noite, assim acaba causando o crescimento de fungos devido o ambiente úmido.

Caso não chover, o gramado necessita ser irrigado em torno de duas vezes por semana, entre 10 a 15 milímetros de cada vez. Se a grama não receber a quantidade suficiente de água, o sistema de raízes é obrigado a emergir a superfície para onde a água está, deixando a planta mais sensível à estiagem.

Poda

A frequência da poda costuma variar de acordo com a velocidade de crescimento da grama, no entanto, para evitar um grande estresse na planta, jamais pode mais do que 1/3 da área foliar. Se caso o gramado for cultivado a uma altura de 5 cm, que costuma ser a altura ideal, nunca o deixe se desenvolver mais do que 7 cm até a próxima poda.

Entretanto, se a grama crescer maior do que isso, o mais indicado é fazer podas graduais até que atinja uma altura desejada. Desse modo, irá ajudar a diminuir os danos fisiológicos que uma poda mais severa consegue causar.

Quando adubar a grama?

A adubação precisa ser feita apenas depois que a grama já estiver bem estabilizada, geralmente usando matéria orgânica. É indicado adubar o gramado por no mínimo a cada três meses, assim os níveis de nutrientes mantidos ficarão sempre disponíveis. Com o passar do tempo, a fertilidade do solo diminui em razão da perda dos nutrientes causado pelas chuvas.

Para ajudar a grama a suportar temperaturas mais frias, comece aplicando adubos ricos em potássio no final de outubro, assim a planta entra em uma dormência vegetativa e sobrevive aos dias frios e com menos horas de luz.

Pragas e ervas daninhas

É bem comum o surgimento de algumas pragas e ervas daninhas que atacam a grama e prejudicam o seu desenvolvimento, podendo aparecer de forma pontual e se espalhar muito rapidamente, deixando o gramado com uma aparência feia e abandonada.

As mais comuns de aparecer são a Capim da Roça, Capim do Brejo, Tiririca, Dente de Leão, Trevos, Hera terrestre, Beldroega, Sempre-Noiva, Azedinha, Braquiara, Morrião dos Passarinhos, Capim Colchão e entre outras. O combate dessas pragas costuma ser feito de maneira química ou mecânica.

No modo mecânico, a destruição das ervas daninhas, principalmente da Tiririca, é através da preparação do solo, da capina e do plantio de espécies antagônicas. Já o método químico é a forma mais efetiva para se livrar desse problema, sendo feita com herbicidas específicos que matam essas pragas sem prejudicar a grama.

Escolha o tipo de grama ideal para o seu jardim!

Colocando grama no solo do jardim.

Para saber qual o melhor tipo de grama para o seu jardim, é recomendado analisar muito bem o espaço da sua casa, o tipo de clima da região e o orçamento disponível para a manutenção necessária do gramado. Escolha a espécie mais apropriada, faça as podas regulares e remova as aparas, já que elas prejudicam o arejamento da terra.

Use um adubo especifico e rico em nutrientes, principalmente nitrogênio e potássio, além de um ótimo equipamento para fazer o corte adequado. Não se esqueça também, de impedir que cães e gatos usem a grama como banheiro, pois prejudica muito a saúde da planta.

Com todas essas dicas e exemplos, você consegue escolher com muito mais facilidade a grama que melhor atende as suas necessidades, tornando qualquer ambiente muito mais verde e agradável.

Autor deste artigo

Produtora Audiovisual, escritora e roteirista.

Palavras-chave relacionadas


Cuidados Paisagismo Espécies

Artigos relacionados


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!


Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Tumbérgia: como cuidar, os tipos como arbustiva, azul e muito mais!

Você sabia que a tumbérgia tem formato de trombeta? Descubra neste artigo demais curiosidades, espécies e como cultivá-la!


Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Filodendro: os tipos, características e mais desta planta!

Sabia que o Filodendro é uma planta venenosa? Veja neste artigo, oito espécies, dicas de cuidados e curiosidades, desta planta que possui folhagens exuberantes!


Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Quaresmeira: dicas de como cuidar, como ter em vaso e muito mais!

Você sabia que a flor da quaresmeira é símbolo do amor incondicional? Conheça neste artigo, dicas de cuidados e características dessa espécie nativa do Brasil!


Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Neste artigo, veja informações sobre o cultivo de pomares caseiros. Confira também as frutas mais propícias para cada região e dicas de cuidados!


Últimos posts


Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

Melhor grill de 2021: qual é, os tipos, como escolher, utilizar e mais!

O grill facilita a rotina e nos deixa mais saudáveis - veja aqui os melhores modelos, características, informações, como escolher o ideal para você e como usar!


Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Melhores sanduicheiras de 2021: como escolher, modelos grills e mais!

Está procurando uma sanduicheira? Neste artigo, confira informações sobre elas, como escolher a melhor e quais são os melhores modelos de 2021!


Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Melhores binóculos de 2021: como escolher, melhores marcas e mais!

Veja aqui os melhores binóculos de 2021, como escolher o mais adequado para você, principais marcas, vantagens e desvantagens e mais curiosidades.


Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Economizar água: por que economizar, dicas de como e muito mais!

Neste artigo, apresentamos uma lista de atitudes sustentáveis que você pode tomar dentro de casa para economizar água. Confira as dicas!


Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Como plantar maracujá: em vaso, usando as sementes, mudas e mais!

Você sabia que é possível plantar maracujá em vaso e dispor dessa fruta deliciosa em casa, e ainda fazer sucos, doces e muito mais? Saiba mais abaixo!