Cartonagem: caixa, o que é, como fazer, ideias e muito mais!

Cartonagem: caixa, o que é, como fazer, ideias e muito mais!

A cartonagem é uma técnica de artesanato que tem se popularizado bastante. Veja neste artigo o que é, exemplos e como confeccionar e vender seus produtos!


Cartonagem: a arte do artesanato!

A cartonagem é uma técnica de artesanato que tem se popularizado bastante. Trata-se de um universo muito rico em possibilidades e que permite a criação de peças incríveis, feitas a partir de papelão cinza ou papel cartão cinza.

Usando materiais de apoio básicos, como a cola e o tecido, é possível conseguir bons resultados em caixas, capas de cadernos e vários outros itens. Mas apesar de bastante simples, a cartonagem é uma técnica que exige dedicação e tempo de quem deseja aperfeiçoar as suas habilidades.

Ao longo do artigo os principais aspectos relativos à cartonagem serão comentados, bem como a sua história e as possibilidades de criação. Além disso, também serão discutidas as formas de transformar algo que poderia ser somente um hobby em negócio. Se você quer saber mais sobre isso, continue a leitura.

Sobre a cartonagem

Caixas decorativas coloridas

A cartonagem é uma técnica de origem egípicia feita a partir de papel cartão cinza e de outros materiais bastante simples. Através dela é possível criar peças diversas, como bolsas, caixas e tantos outros itens. Estes e outros aspectos serão explorados ao longo dessa seção do artigo. Continue a leitura.

O que é cartonagem

Em linhas gerais, a cartonagem pode ser descrita como uma técnica de artesanato que se baseia na criação de peças com materiais simples, como tecido, cola e papelão cinza. A partir da sua prática é possível confeccionar vários itens distintos, como caixas decoradas e acessórios.

Portanto, para quem deseja iniciar não é necessário fazer um grande investimento, o que torna essa técnica bastante interessante tanto para as pessoas que procuram um hobby tanto para aquelas que estão em busca de uma nova fonte de renda.

Origem da cartonagem

É possível afirmar que as origens da cartonagem são um pouco turvas. Embora algumas pessoas destaquem que elas estão ligadas às práticas funerárias adotadas no Egito antigo, existem outras que defendem a ideia de que a cartonagem surgiu na França. Como a segunda visão se liga mais ao artesanato, que é a função atual da técnica, ela tende a ser mais aceita.

De acordo com essa visão, os artesãos franceses adotaram a cartonagem primeiramente para fazer caixas de papel forradas com tecido e por isso alguns lugares adotam o nome de cartonagem francesa para a técnica.

Materiais geralmente utilizados

Em geral, a cartonagem trabalha com materiais básicos, como o papelão cinza, a cola e os tecidos variados. Sobre este último material vale destacar que é preferível escolher tecidos de fibra natural, como a seda, o linho e o algodão – sendo o último a melhor opção para quem está começando devido ao custo mais baixo e ao acesso facilitado.

Entretanto, para conseguir fazer com que as peças ganhem destaque, alguns artesãos optam por incorporar outros materiais, como é o caso do papel craft para ajudar na montagem das peças.

O que é e como fazer eco cartonagem?

Devido ao uso do papelão cinza, a cartonagem já pode ser descrita como uma técnica bastante sustentável, visto que a sua principal matéria prima é reciclável. Entretanto, existe uma ramificação, a eco cartonagem, que leva essa questão ainda mais adiante. Assim, o papelão pode ser substituído por itens que seriam jogados no lixo, como as embalagens Tetra Pak de produtos alimentícios.

Isso permite que itens que seriam descartados sejam reaproveitados e apresenta vantagens para o artesão por diminuir os custos de produção.

Como aplicar a cartonagem no artesanato

Existem várias formas de aplicação da cartonagem no artesanato e tudo depende do gosto de quem está pensando em iniciar. É possível se dedicar a confecção de mobiliários, por exemplo, ou mesmo de itens para presente, como é o caso das caixas decoradas e dos acessórios. Portanto, a escolha passa somente por preferência.

Em todos os casos, a aplicação dependerá de dedicação e de seguir os passos básicos pra conseguir produzir as peças, que podem parecer simples, mas são bastante trabalhosas, especialmente em termos de acabamento.

Passo a passo da cartonagem

Mulher decorando caixas

Seguir o passo a passo da cartonagem é muito importante para garantir um bom resultado final para as peças. Isso se mostra ainda mais relevante para pessoas que estão iniciando e, portanto, ainda não têm muita experiência com a técnica. Assim, isso será explorado na próxima seção. Continue a leitura.

Preparação dos moldes

Preparar os moldes é uma etapa essencial para a cartonagem, especialmente para as pessoas que estão começando e desejam aprender a dar um bom acabamento para as suas peças. Uma vez que os moldes estejam devidamente feitos, o artesão será capaz de não deixar pontas sobrando ou mesmo partes tortas na peça, algo que prejudica o produto final.

Portanto, procure ter padrões bem dimensionados. Para isso, certifique-se de que as medidas que você pretende usar estão corretas. Antes de começar a confeccionar algo, tenha estes padrões sempre por perto.

Corte do papelão cinza

A segunda etapa da cartonagem consiste no corte do papelão. É importante lembrar que a depender da peça confeccionada, você precisará de gramaturas diferentes e isso deve ser verificado antes do início dessa etapa. Essa necessidade surge do fato de que alguns projetos precisam de mais estruturação.

Por outro lado, outros precisam de mais delicadeza e, portanto, devem usar materiais mais flexíveis. Entretanto, vale citar que o maior segredo do corte é usar estilete e régua para garantir que ele deseja bem feito.

Faça as dobras e articulações

Após o corte do papelão, é chegado o momento de fazer as articulações e as dobras necessárias para montar os objetos. Isso se deve ao fato de que peças diferentes precisam de “falsas articulações” distintas para funcionar corretamente. Portanto, o segredo para essa etapa é unir as partes com uma folha de papel craft.

Dessa forma, as dobras surgirão com maior facilidade e será possível criar vincos no material com a ajuda do estilete, processo realizado através de um corte superficial no papelão.

Espalhe a cola

Quando a estrutura principal está toda pronta, é chegado o momento de aplicar a cola. Certifique-se de que todas as peças estão posicionadas corretamente e, então, espalhe-a por toda a extensão do papelão. Isso pode ser feito com a ajuda de um pincel ou rolo para garantir uniformidade.

Além disso, é muito importante se lembrar de usar bastante cola. Embora seja necessário um certo cuidado para não encharcar a peça, não se pode usar pouca porque ela será responsável por manter as partes unidas e garantir a boa aplicação do tecido.

Aplique o tecido

Durante a aplicação do tecido, o artesão precisa ter em mente que ele nunca deve ser diretamente aplicado no papelão. O processo deve acontecer de forma contrária para garantir que a formação de bolhas não aconteça. Além disso, colocar o papelão sobre o tecido garante que as tramas fiquem posicionadas corretamente na superfície.

Algo que ajuda bastante nessa aplicação é passar o tecido com um ferro quente para eliminar as possíveis marcas. Então, é preciso colocá-lo em uma superfície plana e pousar a estrutura cuidadosamente, pressionando de forma leve.

Faça o acabamento

Após a aplicação do tecido, é preciso cortar as quinas que sobraram na diagonal e retirar os excessos da parte interior. Essa etapa é fundamental, visto que um bom acabamento é aquilo que faz com que a cartonagem se destaque como um trabalho bem feito. Assim, existem algumas dicas que podem ajudar.

O ideal é fazer com que as sobras do tecido fiquem presas na parte interna, juntamente com a cola, a cerca de 1,5cm. Quando existirem curvas, faça piques verticais e coloque as pontas no interior com a ajuda da cola.

Como arredondar papelão

Arredondar cantos de papelão pode ser um desafio para quem está começando. Entretanto, existem algumas formas simples. Isso deve ser feito ainda durante a criação dos moldes para que, ao cortar o papelão, ele já esteja pronto. Embora existam ‘arredondadores’ de cantos no mercado atualmente, para quem não deseja investir é possível usar tampas e pratos.

O importante é que o tamanho esteja adequado ao da peça que será confeccionada. Então, o objeto deve ser posicionado nas quinas, encaixado de ponta a ponta, e posteriormente ela poderá ser cortada no formato arredondado.

Ideias de cartonagem para fazer

A cartonagem pode ser aplicada em vários produtos diferentes, que vão desde as caixas, presentes na técnica desde os seus primórdios, até algumas peças mais simples de mobiliário. Então, para mostrar um pouco mais sobre isso, a próxima seção do artigo vai comentar sobre ideias de cartonagem. Continue a leitura.

Caixas

Existem várias maneiras criativas de confeccionar caixas a partir da cartonagem e elas podem ser usadas para fins distintos, desde presentes até mesmo para guardar itens de perfumaria. Devido às infinitas possibilidades de padrões de tecido e cortes no papelão cinza, as caixas de cartonagem podem se tornar até peças de decoração, extrapolando a sua função de organização.

Portanto, tudo depende da sua criatividade e do desejo dos seus clientes. É possível explorar tamanhos, padrões e funções distintas na criação de caixas com esta técnica.

Cadernos

Os cadernos também são uma possibilidade da cartonagem. Seja para fazer capas ou mesmo modelos mais artesanais, que também dependem de costura. É possível seguir várias ideias criativas para personalizar as peças e torná-las mais criativas. Outro aspecto interessante de usar a cartonagem nos cadernos é a chance de direcioná-los para uma área.

Por exemplo, usar tecidos com padrões de comida para um caderno de receitas é algo que dá uma aparência única à peça e a separa das que se encontra em papelarias.

Carteira

As carteiras feitas a partir da cartonagem têm se destacado pela possibilidade da redução de tamanho e da escolha de vários padrões distintos. É possível usar tecidos mais divertidos, acrescentar detalhes em couro ou mesmo fechos diferentes, que combinem com as cores escolhidas para a peça.

Tudo isso contribui para a personalização, algo que é bastante procurado pelos consumidores da atualidade. Além disso, acrescenta um diferencial à carteira, que é um item que faz parte do dia-a-dia de muitas pessoas.

Bolsa

As bolsas confeccionadas a partir da cartonagem contam com tantas possibilidades de formato e padrões que somente isso justifica investir nesse segmento. É possível fazer peças mais próximas do convencional ou ainda seguir formatos arredondados e divertidos. Além disso, a possibilidade de fazer aplicações em outros materiais torna as peças ainda mais interessantes.

Portanto, as bolsas são um terreno que permitem ao artesão a exploração da sua criatividade. Outro ponto que conta a favor é a sua boa aceitação no mercado.

Gaveteiro

Seguindo para a parte de mobiliário, o gaveteiro é algo que pode ser feito através da cartonagem para ajudar na organização da casa. Porém, devido à sua beleza e diversidade de padrões, eles também podem ser pensados como objetos decorativos. Em geral, os modelos são menores e contam com duas gavetas, algo que assegura que a sustentação não será um problema.

Para acrescentar um charme extra, é possível investir em puxadores diferentes, bem como pés metálicos. Então, eles são peças interessantes para o artesão.

Passaporte

As capas para passaportes também são opções de cartonagem. Elas são estruturadas e asseguram proteção ao documento, garantindo que ele esteja protegido de avarias. É possível escolher estampas divertidas e que combinem com a personalidade das pessoas. Também vale acrescentar detalhes em outros materiais com a palavra “passaporte”, por exemplo, e compartimentos para armazenar outros documentos.

Além disso, outra vantagem da capa é a facilidade para encontrar o documento na bolsa durante uma viagem, visto que ela o tornará mais visível pelo tamanho e as cores.

Como entrar no ramo do artesanato de cartonagem?

Pessoa trabalhando em escritório

O artesanato tem ganhado muito espaço no mercado e a cartonagem tem seguido este padrão. Portanto, transformá-la em uma fonte de renda é algo bastante viável. Assim, a próxima seção do artigo vai dar algumas dicas de como tornar um hobby uma atividade lucrativa. Continue a leitura para saber mais.

Como divulgar e vender os produtos?

A chave para vender os produtos de cartonagem está em uma boa divulgação. Atualmente, a internet é uma forma que se destaca, em especial as redes sociais. Devido à sua democratização, é possível encontrar nestes espaços públicos distintos e interessados em todos os tipos de produtos.

Portanto, as redes podem ser usadas como canais de divulgação para o seu trabalho com a cartonagem. Basta criar um perfil destinado a este fim e direcioná-lo para o público de interesse em termos de linguagem e identidade visual.

Conheça seu público

Para fazer o direcionamento das estratégias de divulgação, primeiramente, é importante conhecer o público do negócio. Esse conhecimento, inclusive, influencia a forma de produção do artesão, que pode confeccionar peças que atendam às necessidades das pessoas que acompanham e consomem o seu trabalho.

Portanto, é muito importante acompanhar o pós venda e aceitar os feedbacks recebidos nos seus canais de divulgação. A partir disso você será capaz de determinar quem compra os seus produtos e o que essas pessoas desejam.

Construa sua presença on-line

Com os meios digitais são formas gratuitas de divulgação, eles se mostram canais muito interessantes. Porém, para vender através deles é importante construir uma presença online, o que passa por questões como aprender a dialogar com os clientes e criar uma identidade forte para a sua marca, tanto em termos visuais quanto na questão das peças oferecidas.

Para a cartonagem, rede sociais que sejam voltadas para aspectos visuais se mostram mais interessantes. Logo, caso você não tenha condições de estar presente em todas por questões de tempo, priorize o Instagram e o Pinterest.

Valorize a divulgação orgânica

As atuais tendências do marketing digital estão repletas de formas pagas de divulgação. Entretanto, os meios orgânicos ainda se mostram boas maneiras de fazer vendas. Trata-se do já conhecido boca a boca, que sempre foi eficiente na construção de reputação. Logo, se uma pessoa gosta do seu trabalho e repassa para a outra, isso significa divulgação orgânica.

É válido destacar que isso não deve estar ligado somente aos preços competitivos, mas sim aos diferenciais que você oferece e à confiança que transmite aos consumidores.

Faça boas fotos dos produtos

Como o artesanato é uma forma de negócio que depende de aspectos visuais para se destacar, fazer boas fotos dos seus produtos é uma maneira muito eficiente de chamar a atenção no ambiente digital. Atualmente os clientes valorizam cada vez mais imagens nas quais possam perceber detalhes das peças e que estejam próximas da realidade.

Portanto, quem deseja fazer da cartonagem um negócio digital precisa produzir fotografias de qualidade para conseguir se destacar entre a concorrência e realizar boas vendas.

Invista no bom atendimento

Sem dúvidas, um atendimento de qualidade é o que faz qualquer consumidor voltar a fazer negócio com um estabelecimento, tanto no meio físico quanto no digital. Dessa forma, este deve ser o principal investimento de quem está pensando em transformar a cartonagem em negócio.

O atendimento está diretamente ligado à jornada do cliente e é essencial para impactá-lo positivamente. Então, procure responder todas as mensagens que receber e esteja sempre disposto a ouvir feedback. Isso será percebido como um diferencial.

A cartonagem é um processo de criatividade livre!

Independente da área que você escolha para atuar na cartonagem, é importante ter em mente que ela é um processo livre e criativo. Portanto, o mais interessante é deixar as suas habilidades fluírem da forma que você se sentir mais confortável, especialmente para as pessoas que pensam em iniciar a prática como um hobby.

Assim, as dicas fornecidas ao longo do artigo podem te direcionar para qualquer lado desejado, quer você esteja em busca de uma atividade para passar o tempo e exercitar as suas habilidades manuais ou de uma possibilidade de negócios que não demanda muitos gastos para ser iniciada e tem boa aceitação.

Autor deste artigo

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos