Mini antúrio: descubra como cuidar, dicas, curiosidades e muito mais!

Mini antúrio: descubra como cuidar, dicas, curiosidades e muito mais!

O mini antúrio é uma planta ideal para apartamentos - confira aqui cuidados, curiosidades e principais informações sobre essa planta.


Conheça o mini antúrio: a planta ideal para apartamentos!

Plantas em sala de estar de apartamento

O mini antúrio é, além de muito bonito, ideal para cultivar em apartamentos, já que o espaço ocupado pela planta é mínimo. Com a mesma beleza das flores vermelhas de centro amarelo do antúrio, a versão menor pode ser plantada em vasos pequenos e servir de enfeite em várias partes da casa.

Seguindo as dicas de cuidados corretas, você pode cultivar o seu mini antúrio de maneira bastante saudável e garantir o crescimento da planta sem muito trabalho. Fatores como boa luminosidade, regas, terra fértil, e a escolha correta do vaso influenciam diretamente no crescimento da planta e permitem que ela fique ainda mais bonita.

A seguir, confira cada uma das dicas para cultivar o seu mini antúrio, além de curiosidades sobre a planta, seu uso na decoração e até o seu significado no Feng Shui. Coloque todas as dicas em prática para garantir a saúde da planta e o seu florescimento.

Informações básicas do mini antúrio

Mini antúrio


Nome científicoAnthurium andraeanum
Outros nomesAntúrio
OrigemAmérica do Sul
PortePequeno
Ciclo de vidaPerene
FloraçãoAno todo
ClimaEquatorial, subtropical, tropical


O mini antúrio floresce durante o ano todo, o que é ideal para mantê-lo como enfeite em sua casa — principalmente em apartamentos, já que ele é uma planta de porte pequeno.

Seu clima nativo é equatorial, subtropical ou tropical, o que significa que ele pode ser cultivado em todas as partes do Brasil, desde que a variação do clima quente ou frio não seja excessiva.

Como cuidar do mini antúrio

Pessoa cuidando de plantas

Cuidar do mini antúrio é tão fácil quanto cuidar de qualquer outra planta, desde que fatores como a iluminação, a temperatura e a frequência de rega sejam respeitados. Confira dicas logo a seguir e cuide do seu mini antúrio da melhor maneira possível para que ele floresça adequadamente.

Iluminação para mini antúrio

O mini antúrio não se desenvolve bem sob o Sol pleno. Ele deve estar sempre ao abrigo de luz solar forte e sempre com meia sombra ou luz difusa. Não por acaso, a planta é ideal para ser cultivada dentro de sua casa ou apartamento.

Uma boa dica é plantar o seu mini antúrio próximo de janelas onde haja iluminação parcial e observar como a planta reage através de seu aspecto: se as folhas estiverem amareladas com aparência de queimadas, é sinal de que você deve proteger mais a planta da luz.

Temperatura ideal para mini antúrio

O mini antúrio se adapta bem às temperaturas de diversas regiões do Brasil, mas não se desenvolve bem no frio ou no calor extremo, o que significa que é necessário proteger a planta do Sol quente e do vento gelado.

Não por acaso, o melhor local para o cultivo no mini antúrio é na área interna de sua casa ou de seu apartamento, onde a planta ficará segura da exposição direta às variações de temperatura. O mini antúrio também não tolera longos períodos de clima seco. Por isso, é importante ficar atento a frequência de regas da planta.

Os melhores vasos para o seu mini antúrio

O mini antúrio pode ser cultivado tanto em vasos de plástico quanto de barro, mas os recipientes que retém mais a umidade diminuem a necessidade de fazer regas mais frequentes — como é o caso dos vasos de plástico. É importante que eles tenham buraquinhos através dos quais a água possa escoar, mas a terra do mini antúrio nunca deve ficar muito seca.

É interessante ter esses fatores em mente ao escolher o vaso do seu mini antúrio. Um material mais resistente também é importante para evitar acidentes que possam prejudicar o crescimento da planta. Por fim, vale considerar a estética, já que o mini antúrio não é extremamente exigente quando o assunto é o seu vaso.

Melhor solo para mini antúrio

O solo para o cultivo do mini antúrio deve ser rico em matéria orgânica. Uma boa dica consiste em misturar fibra de coco com terra vegetal, além de cascas de frutas e legumes — ou comprar um substrato já pronto.

A adubação do solo deve ser frequente, já que o mini antúrio não tolera secas. Por isso, o ideal é regar com bastante frequência, observando sempre se a terra está seca com demasiada frequência, o que pode significar que está na hora de adicionar mais água. Além desses fatores, o mini antúrio não requer cuidados muito caprichados, já que é uma planta resistente.

Cuidado especial na rega do mini antúrio

Uma terra seca pode ser fatal para o mini antúrio e, por isso, a sua frequência de rega deve ser observada com cuidado. Além disso, o ideal é evitar regar a planta com águas que não tenham sido previamente filtradas.

A frequência de rega ideal para o antúrio varia entre três vezes por semana durante estações mais quentes e duas vezes por semana no frio. No entanto, vale a pena se atentar ao estado da terra para saber quando está na hora de regá-la novamente.

Adubação do mini antúrio

Usar adubo orgânico é importante para a saúde de seu mini antúrio. Além disso, é importante inserir terra vegetal no vaso e substratos prontos, que podem ser comprados em lojas de materiais de jardinagem, supermercados ou pela internet, assim você deixa a terra ainda mais fértil.

Alguns itens bem interessantes para conservar a saúde e o bom crescimento do antúrio são a torta de mamona, a farinha de osso e outros produtos usados para compostagem. Todas as vezes que você perceber que o seu antúrio não está se desenvolvendo adequadamente, reforce a adubação.

Substratos do mini antúrio

Os substratos devem ser ricos em matéria orgânica e compostos por uma boa variedade de itens. Eles podem ser comprados já prontos, o que facilita na hora de cuidar de seu mini antúrio. O importante é jamais deixar a planta sem esses itens essenciais para a sua saúde.

Os substratos já prontos costumam custar entre R$7 e R$21, tendo a durabilidade relativamente alta. Você pode sempre acrescentar matéria orgânica caseira (cascas de frutas, legumes e ovos) para potencializar a nutrição da planta e garantir o seu bom desenvolvimento.

Floração do mini antúrio

A floração do mini antúrio ocorre durante o ano todo, principalmente se a planta tiver terra fértil, substrato bem enriquecido e regas frequentes. Por isso, vale a pena manter os cuidados da planta para que ela possa decorar a parte interna de sua casa ou apartamento.

Quanto melhores as condições, mais o mini antúrio irá florescer. É necessário garantir que a planta recebe iluminação indireta por algumas horas do dia. Por isso, estude bem o local onde irá posicionar o vaso em sua casa.

Pragas e doenças do mini antúrio

As principais doenças que acometem o antúrio são o amarelamento das folhas, flores que não se abrem, a cochonilha e os pulgões. Para evitar o amarelamento das folhas, evite deixar o mini antúrio exposto a correntes de ar e mantenha o equilíbrio da umidade da terra.

Já, se você percebeu que o seu mini antúrio não floresce como deveria, talvez isso esteja ocorrendo por falta de adubação. Nesse caso, é importante reforçar os nutrientes da planta. A cochonilha, por sua vez, é um inseto que costuma deixar as folhas com aspecto acinzentado, já que se alimenta de sua seiva. Para erradicar essa praga, vale usar um inseticida próprio para plantas.

O mesmo vale para os pulgões, que produzem um fungo nas plantas ao se alimentarem de sua seiva.

Poda de limpeza do mini antúrio

O mini antúrio, assim como o antúrio de maior porte, não aceita podas. O que se pode fazer é retirar as folhas em mau estado em caso de doenças e pragas, evitando assim que elas se proliferem e atrapalhem a saúde da planta.

Essa remoção deve ser feita com cuidado e usando materiais específicos para jardinagem. Além disso, após a sua realização, vale redobrar os cuidados com o seu mini antúrio para garantir que ele continue a se desenvolver bem.

Propagação do mini antúrio

A propagação do mini antúrio a partir de sementes não é a mais indicada, já que elas não originam em plantas com as mesmas características da planta mãe. Por isso, o ideal é propagar o mini antúrio através de estaquias.

O cultivo por estaquias não é complexo e pode garantir com muito mais precisão que o mini antúrio se desenvolva adequadamente, já que as chances de sucesso da propagação por sementes não são as maiores. Por isso, é importante se atentar a esse fator na hora de plantar seu mini antúrio em outro local.

Plantio por estaquia

Antes de começar a propagar o seu mini antúrio por estaquias, é importante que você se certifique de que todas as folhas em mau estado tenham sido retiradas da planta. Faça isso com uma tesoura de jardinagem esterilizada.

Depois, selecione partes do mini antúrio que estejam mais próximas do caule principal. Coloque todos os cortes em bom estado em um vaso de vidro com água e deixe-o próximo a uma janela que receba iluminação indireta. Jamais coloque o pote na geladeira ou em locais frios. Deixe-as descansando por alguns dias e as plante em vasos pequenos, borrifando diariamente.

Dicas ao trocar o mini antúrio de vaso

Evite trocar o mini antúrio de vaso por mais vezes do que o estritamente necessário, já que isso pode prejudicar a saúde da planta a longo prazo. Mude caso perceba que a planta não está recebendo espaço suficiente para crescer.

A primeira mudança pode ser feita logo após o desenvolvimento do mini antúrio por estaquias. Assim, você garante que ele se desenvolva melhor em um vaso que o comporte bem. Prefira vasos que possam reter a umidade, evitando que você tenha que regar o mini antúrio com mais frequência do que gostaria.

Características e uso do mini antúrio

Além das dicas para um bom cultivo do mini antúrio, você também pode conhecer mais sobre as características dessa planta antes de decidir cultivá-la em sua casa ou no seu apartamento. Confira algumas delas logo a seguir e conheça mais sobre as cores da planta, o seu significado e outros fatores interessantes.

As cores do mini antúrio

Existem diversas cores diferentes de mini antúrio que podem ser cultivadas por você seguindo os mesmos cuidados. Algumas opções são o antúrio branco, verde, vermelho, laranja, rosa e roxo, sendo que o mini antúrio vermelho é o mais conhecido de todos, já que costuma ser cultivado com maior frequência.

Se você quer trazer mais cor para o ambiente, vale plantar mais de uma cor de mini antúrio ao mesmo tempo (em vasos diferentes) e posicionar cada uma delas em um ambiente de sua sala de estar ou de jantar, por exemplo. O antúrio é uma das espécies com cores mais variadas.

Forma do mini antúrio

Embora tenha cores variadas, a forma do mini antúrio é sempre a mesma: sua folhagem ornamental exibe um tom de verde escuro, com flores coloridas em tons fortes e sem pétalas, mas com uma flor que se desenvolve em um formato que se assemelha ao de um coração, com um centro que "salta" na vertical e que é quase sempre de cor amarela.

A vantagem do mini antúrio é, sem dúvida o seu tamanho, já que ele exibe folhas e flores menores, embora em boa quantidade. Por isso, a planta é ideal para quem não quer cultivar algo que tome muito espaço em sua casa, ou que exija um vaso muito grande para se desenvolver.

O uso do mini antúrio no paisagismo

O mini antúrio, assim como o antúrio em tamanho original, é uma planta ornamental e, por isso, é bastante usada pelo paisagismo em ambientes internos com luz indireta, como salas de estar e de jantar, entrada das casas, corredores, entre outros cômodos.

A facilidade de cultivo e manutenção do mini antúrio e a possibilidade de plantá-lo em vasos sem que isso prejudique o seu desenvolvimento são alguns dos fatores que propiciaram o uso da planta no paisagismo ao longo dos últimos anos — isso sem considerar a diversidade de cores da planta, que permite o seu uso nas mais variadas decorações.

O mini antúrio na decoração

Já foi possível perceber que o mini antúrio é uma das plantas ideais para decorações. Por isso, se você quer deixar o seu apartamento ou os cômodos de sua casa mais bonitos, vale a pena investir em algumas muda, já que elas são versáteis e não costumam dar muito trabalho na hora de seu cuidado.

Os vasos do mini antúrio podem ser tanto posicionados sobre os móveis quanto deixados cantos da casa, desde que recebam iluminação indireta. Além disso, seu baixo peso permite que eles sejam mantidos em suportes na parede, constituindo assim mais uma opção de decoração de interiores.

Curiosidades do mini antúrio

As características do mini antúrio trazem também algumas curiosidades a respeito de seu significado, seu uso no Feng Shui, a diferença com o antúrio original e até a toxicidade da planta. Confira a seguir respostas para essas dúvidas e cultive seu mini antúrio conhecendo bem a planta e seus cuidados.

Significado do mini antúrio

O significado do mini antúrio contribui para que a planta seja ainda mais usada em decorações de interiores e até de festas. Isso porque a planta representa fatores como confiança, fortuna, hospitalidade, iluminação, autoridade, imponência e luxo — o que a torna ideal para quem quer passar tais impressões.

Além disso, o antúrio pode ser usado em festas de casamento e, devido ao formato de seu centro e o coração ao redor, a planta remete, nesse caso, à sexualidade. Algumas boas cores para usar na decoração de uma festa de casamento são o rosa e o vermelho.

Mini antúrio segundo o Feng Shui

O Feng Shui é uma prática bastante utilizada que consiste em organizar a casa de modo que ela seja purificada através de boas energias e da natureza. O mini antúrio é bem-vindo para os praticantes dessa tradição, já que o seu significado pode ser bastante positivo.

Segundo o Feng Shui, o mini antúrio remete à expansão e ao sucesso. Por isso, ao invés da sala de estar ou de jantar, o local ideal para o cultivo da planta seria em vasos localizados no seu escritório, o que, de acordo com a tradição, traz energias que impulsionam o sucesso em seus negócios e, consequentemente, na vida financeira.

Mini antúrio e antúrio, os cuidados são os mesmos?

Por ser uma variação do antúrio, os cuidados com o mini antúrio tendem a ser praticamente os mesmos do tamanho original, já que ele também não suporta longas horas sob o Sol direto, calor ou frio extremos e requer uma terra bem fértil e úmida para se desenvolver.

O mini antúrio é um híbrido da planta em tamanho original, mas é mais raro encontrá-lo para venda no mercado. No entanto, pode-se dizer que os cuidados são os mesmos, o que facilita na hora de encontrar instruções para o seu cultivo ou substratos que podem ser usados na planta.

Mini antúrio é tóxico?

Sim, o antúrio é uma planta tóxica e, portanto, o seu cultivo em casas com animais domésticos não deve ser feito sem alguns cuidados. Evite deixar a planta ao alcance de seu gato ou cachorro, já que a sua ingestão pode levar a dores e incômodos que podem evoluir para um quadro mais grave.

Além disso, evite consumir qualquer parte do antúrio, já que ela não é uma planta medicinal e, por isso, não é adequada para fazer chás ou ser usada em qualquer tipo de receita.

O mini antúrio pode ser cultivado na água?

Tanto o antúrio quanto o mini antúrio podem ser cultivados na água. Para isso, basta retirar toda a terra do vaso e manusear as raízes da planta com cuidado. O ideal é usar um recipiente de vidro com uma quantidade de água filtrada que cubra toda a parte das raízes para a manutenção da planta.

Depois, basta colocar a planta nesse vaso e observar o seu estado ao longo dos dias. Vale lembrar que, para fazer isso, o mini antúrio deve estar completamente desenvolvido, já que ele requer adubação constante enquanto cresce. Além disso, nem todas as plantas podem ser mantidas somente em um recipiente com água.

Aproveite as dicas, tenha o seu mini antúrio e veja as floradas!

Agora que você já sabe como plantar, cultivar e manter o seu mini antúrio, basta seguir as dicas corretamente para garantir que ele se desenvolva sem obstáculos e possa se manter saudável. Os mini antúrios são uma excelente decoração para a sua casa, além de trazer os benefícios já conhecidos do cultivo de plantas, sobretudo para a saúde mental.

Você pode adquirir as mudas de mini antúrios em lojas de materiais de jardinagem ou pela internet, mas vale lembrar que não é tão fácil encontra-las. Por isso, se você tem um parente, amigo ou conhecido que tem essa planta em casa, pode pedir uma muda e garantir a sua sem gastar nada — e sem ficar procurando em vários locais diferentes.

Sempre que necessário, confira as dicas para fazer a manutenção correta do seu mini antúrio. Lembre-se de evitar a rega excessiva, a seca e a superexposição ao frio ou ao calor, que podem resultar em doenças na planta.

Autor deste artigo

Ariane é estudante de filosofia e redatora freelancer, unindo sua paixão pela escrita nos estudos e na profissão.

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo