Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Pomar de frutas: como fazer, quais frutas, escolha do local e mais!

Neste artigo, veja informações sobre o cultivo de pomares caseiros. Confira também as frutas mais propícias para cada região e dicas de cuidados!


Pomar de frutas: cultivando frutas em casa!

Pomar de maça

Existem diversas vantagens em possuir um pomar. Independente do tamanho, ele é capaz de oferecer sombras nos dias quentes e também a possibilidade de ter frutas frescas à disposição, um privilégio que muitas pessoas não têm nos dias de hoje. Entretanto, é preciso saber algumas coisas antes de começar.

Primeiramente, vale ressaltar que o mais indicado é cultivas frutas preferidas da família. Elas poderão ser consumidas de forma natural ou transformadas em sucos, doces e geleias. Porém, vale ressaltar que durante essa escolha fatores como a temperatura, a luz e a umidade do espaço devem ser considerados.

Assim, ao longo do artigo estes aspectos e outros referentes aos cuidados com um pomar serão comentados em mais detalhes. Dessa maneira, se você deseja saber mais sobre isso para cultivar as suas frutas em casa, continue a leitura do artigo.

O que é um pomar de frutas

Pomar de pêssegos

Um pomar é o espaço no qual se cultiva frutas. Ele pode abrigar plantas de grandes proporções ou mesmo menores, visto que o objetivo principal é o fornecimento de frutas frescas para a família. Portanto, alguns pontos sobre os pomares serão comentados na próxima seção. Continue a leitura do artigo.

Significado de pomar

O pomar se volta para o cultivo de frutas orgânicas e, portanto, oferece opções mais saudáveis para o consumidor. Devido à presença de agrotóxicos na comida atualmente, muitas pessoas têm preferido cultivar o próprio alimento e enxergam nos pomares uma alternativa para a alimentação saudável que pode ser praticada no próprio quintal.

Além disso, o pomar anda pode ser considerado benéfico para a saúde mental devido ao tempo dedicado ao cuidado com as plantas frutíferas. Logo, existem várias vantagens em ter um destes em casa.

Diferenças entre pomar, horta e jardim?

Enquanto o pomar visa o cultivo das plantas frutíferas e tem como principal objetivo o fornecimento de frutos orgânicos, a horta é centralizada no cultivo de legumes e de raízes, como as batatas. Assim, embora os termos sejam usados por muitas pessoas como sinônimos, a sua finalidade é diferente.

Quando se fala sobre o jardim, essas diferenças se tornam mais acentuadas. O objetivo deste é o cultivo de flores e outras plantas, geralmente ornamentais e que têm como foco a decoração do ambiente, ainda que algumas possam oferecer frutos comestíveis.

Quais frutas são boas para fazer pomar

Em geral, a escolha das frutas que estarão presentes em um pomar passa pela preferência do jardineiro e da sua família, uma vez que no espaço doméstico este tipo de cultivo tem como único objetivo o consumo. Entretanto, é importante ter atenção a algumas questões ambientais antes determinar as frutas do pomar.

Nesse sentido, deve-se observar a luminosidade, a altitude, a umidade e a temperatura do local. Cada planta frutífera possui uma preferência e o espaço deve estar de acordo com elas para que o cultivo seja eficiente.

Como fazer pomar de frutas

Pé de maça

Para fazer um pomar é necessário observar o espaço do cultivo e também as necessidades das plantas escolhidas. Além disso, é preciso ter atenção aos materiais para o plantio e para o cultivo das plantas propriamente ditas. Dessa forma, estes e outros aspectos serão discutidos a seguir. Confira!

Materiais

Os materiais usados para fazer um pomar dependem da modalidade escolhida pelo jardineiro. Em geral, eles convergem bastante, mas quem deseja plantar as frutas em vasos deve ter este item em mãos considerando a adequação pra o porte das árvores. Entre os demais materiais usados para o pomar é possível destacar as sementes ou mudas, bem como pás e outros utensílios voltados para o manuseio da terra.

Além disso, as pessoas que começam o pomar com mudas devem ter as suas estacas de bambu em mãos.

Fatores que o local precisa

Primeiramente, é preciso observar especificidades do terreno no qual o pomar será feito. Isso acontece devido à possibilidade da presença de construções, muros e outras árvores que possam comprometer questões como a luminosidade, a ventilação e a temperatura. Uma vez que o terreno esteja livre, é preciso determinar o posicionamento do sol através dos pontos cardeais para determinar a área com a iluminação adequada.

Em termos de solo, vale destacar que ele deve ser profundo, bem drenado e contar com uma boa fonte de água potável nas proximidades.

Cultivar o pomar em vasos é diferente

É possível fazer um pomar em vasos, o que permite que as plantas frutíferas sejam cultivadas por pessoas que não têm um quintal. Entretanto, será preciso escolher as árvores de acordo com o porte e dando preferência para as pequenas e médias em casos nos quais o espaço for um fator decisivo. Quando o cenário for diferente, as grandes também podem ser escolhidas por se adaptam bem.

Assim, basta escolher um vaso de tamanho adequado e observar os mesmos aspectos: luminosidade, temperatura e a questão da água.

Protegendo o pomar

Existem algumas formas de proteger o pomar, especialmente dos ataques de pássaros. Nesse sentido, é possível usar saquinhos de frutas. Além disso, outra forma importante de proteção consiste em durante o crescimento da planta o jardineiro precisa prestar atenção à necessidade de eliminar galhos secos ou mortos.

Por fim, outro modo de manter o pomar protegido é realizar o combate preventivo às pragas por meio da pulverização, que deve ser feita uma vez no mês com Óleo de Neem ou Calda de Bordalesa, dois inseticidas naturais considerados muito eficientes.

Coloque estacas

As estacas funcionam como suportes para as plantas. Dessa forma, elas servem para impedir que elas balancem em momentos de vento intenso, o que impede danos às mudas. Isso pode ser aplicado mesmo nos casos de pomares cultivados em vasos desde que os devidos cuidados sejam observados.

Para realizar esse processo escave a terra ao redor da planta fazendo uma espécie de cova. Ela deve formar um sulco não muito profundo, com em média 2cm, que seja capaz de reter a água das regas. Quando o processo for realizado em vasos, procure deixar 3cm de distância entre a estaca e a borda do vaso.

Frutas para o pomar

Mulher colhendo uvas

Para o bom cultivo das plantas frutíferas é importante observar as condições do local de plantio, especialmente no que se refere à luminosidade, à temperatura e à umidade. Portanto, os aspectos gerais do clima devem ser observados durante a escolha das árvores. A seguir, mais detalhes sobre isso serão comentados.

Cada fruta tem uma condição ideal

As frutas possuem condições diferentes devido às suas características distintas. Atualmente, elas são separadas em grupos de acordo com as condições climáticas que conseguem suportar. Logo, esses aspectos precisam ser olhados atentamente visto que algumas plantas frutíferas não sobrevivem em locais com climas mais frios ou quentes.

Além disso, é interessante destacar que algumas frutas precisam ser cultivadas por anos antes que sejam colhidas. Embora este seja um comportamento atípico, pode haver algumas ocorrências e elas também precisam ser consideradas pelo jardineiro para evitar surpresas desagradáveis no caminho.

Frutas tropicais

Em linhas gerais, as frutas tropicais podem ser descritas como aquelas que se desenvolvem em locais cujas temperaturas permanecem entre 22°C e 30°C ao longo de boa parte do ano, não apresentando grandes variações. Além disso, precisam de uma grande disponibilidade de água. Quando se fala sobre regiões brasileiras, elas costumam ser mais cultivadas no Norte e no Nordeste.

A título de ilustração é possível citar que a banana, a jaca, o abacaxi e a manga são alguns exemplos de frutas tropicais mais populares e cultivados em pomares.

Frutas subtropicais

As frutas subtropicais têm algumas características em comum com as frutas tropicais, como a necessidade de bastante água no solo ao longo do ano. Entretanto, não suportam temperaturas tão elevadas quanto as tropicais e o seu clima ideal oscila entre 15°C e 22°C. Devido a esta variação térmica é mais comum que as frutas subtropicais sejam encontradas nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, mas também podem ser vistas em algumas áreas do Nordeste.

Vale citar que alguns exemplos de frutas subtropicais são a jabuticaba, a lichia, o limão, a laranja e o caqui.

Frutas de clima temperado

As frutas de clima temperado, em geral, se adaptam melhor às regiões Sul e Sudeste do Brasil. Isso acontece devido à variação térmica que suportam, situada entre 5°C e 15°C. Nos períodos de inverno, é comum que as plantas passem por uma interrupção das suas atividades de fotossíntese. Então, o processo retorna somente durante a primavera, quando o seu desenvolvimento se torna melhor.

É possível destacar que as frutas de clima temperado são as maçãs, as uvas, as framboesas e as ameixas.

Manutenção do pomar

Homem cuidando de pomar

A manutenção do pomar demanda alguns cuidados quanto à rega, às plantas daninhas e à nutrição do solo. Além disso, algumas plantas frutíferas exigem podas mais regulares do que outras. Portanto, essas questões serão comentadas em detalhes na próxima seção do artigo. Para saber mais sobre isso, continue a leitura.

Rega

As plantas frutíferas possuem uma alta necessidade de água. Isso acontece especialmente quando o jardineiro seleciona frutas de clima tropical e subtropical para o pomar, que demandam solos constantemente úmidos ao longo do ano. Portanto, a rega do pomar precisa acontecer com regularidade e o ideal é que não se passe mais do que uma semana sem fazer isso.

É interessante destacar, entretanto, que se deve tomar cuidado para não encharcar a raiz das plantas. Isso pode atrapalhar o seu desenvolvimento e em cenários mais drásticos causar o apodrecimento.

Plantas daninhas

As plantas daninhas podem ser controladas de forma preventiva, evitando a infestação. Assim, nesse tipo de prática o principal objetivo é o controle e não a eliminação destas plantas. Para que isso seja feito de forma eficiente, existem alguns pontos chaves, como o uso de sementes certificadas e o impedimento da passagem de animais pelas áreas infestadas.

Além disso, é preciso fazer a limpeza dos equipamentos infestados de forma apropriada, bem como cuidar para que as plantas daninhas sejam controladas também nos canais, nas margens e nos caminhos que levam até o pomar.

Poda

As podas devem ser feitas de acordo com o tipo da planta. Assim, existem árvores frutíferas que precisam ser podadas anualmente para se desenvolverem melhor enquanto outras são sensíveis a isso e não devem ser podadas nunca. Portanto, é importante que o jardineiro tenha atenção a essas especificidades.

Além disso, existem algumas plantas trepadeiras que precisam de estrutura para conseguir se alastrar adequadamente e, portanto, não devem ser podadas. De toda forma, antes de começar o cultivo você deve investir no conhecimento sobre os tipos escolhidos porque somente assim será possível determinar o que fazer.

Nutrição do solo

As plantas frutíferas possuem características próprias e, portanto, a nutrição do solo de um pomar pode se tornar um desafio para o jardineiro. Isso acontece porque algumas plantas têm preferência por solos neutros e outras gostam mais de solos ácidos. Dessa forma, esse ponto deve receber atenção especial.

Uma alternativa para contornar este cenário é fazer uso de adubos orgânicos, visto que eles contém todos os nutrientes necessários para ajudar no desenvolvimento das plantas frutíferas, estimulando o seu enraizamento, assim como a formação de ramos e a produção de frutos e flores saudáveis.

Pragas e doenças

As pragas e doenças mais comuns aos pomares são os insetos, como as formigas carregadeiras. Entretanto, também é possível encontrar pulgões, cochonilhas, ácaros e fungos nas plantas. Dessa forma, é preciso ter um cuidado mais atento para garantir a saúde das plantas. Isso pode ser feito através do uso de inseticidas naturais, o que evita a presença de agrotóxicos, algo que pode ser arriscado em um espaço doméstico.

Os inseticidas em questão são a Calda de Bordalesa e Óleo de Neem, que devem ser usados uma vez por mês em pulverizadores.

Dicas para o plantio do pomar

Pessoa plantando árvore

A manutenção adequada do espaço entre as mudas, bem como a variedade do tipo de árvores são alguns aspectos importantes para o cultivo de um pomar. Além disso, o local no qual este será cultivado também deve considerar questões como a presença de muros e de paredes. Confira a seguir dicas para o plantio de um pomar!

Evite o plantio próximo a muros e paredes

Começar um pomar é algo que demanda planejamento e um estudo do espaço disponível para o plantio das árvores. Isso acontece porque o ambiente precisa ter as características certas para que as plantas sejam saudáveis, mas também para que o jardineiro saiba o que evitar. Nesse sentido, vale citar o exemplo das paredes e dos muros.

Locais que contem com a presença de qualquer estrutura de concreto devem ser evitados porque as raízes das árvores, especialmente as de grande porte, podem causar danos significativos quando estiverem crescendo.

Varie nos tipos de árvores

Procure escolher uma boa variedade de árvores para o pomar. Através disso será possível garantir uma série de vantagens, como a economia e também ter à disposição frutas orgânicas, que garantem melhor qualidade de vida às pessoas. Também vale destacar que como as frutas podem não se dar bem com uma região específica ou não se desenvolver como o esperado, ter variedade funciona no sentido de amenizar frustrações.

Outro aspecto importante dessa escolha é a questão do tempo. Alguns frutos demoram mais para amadurecer e podem levar anos no processo, de forma que você não conseguiria consumir os frutos por longos períodos.

Mantenha uma quantidade adequada de espaço entre as árvores

É preciso manter uma quantidade adequada de espaço entre as árvores para garantir o seu bom desenvolvimento. Ainda que as plantas sejam da mesma espécie, elas precisam dessa distância para crescer de forma adequada. Portanto, quando se fala sobre um pomar feito em um local amplo, o espaçamento ideal é de 5 metros entre cada árvore.

Embora isso possa parecer muito, conforme as árvores forem crescendo o jardineiro acabará percebendo que se trata de algo muito razoável. Vale citar que esta não é uma regra rígida, visto que as distâncias podem acabar aumentando ou diminuindo devido à estrutura.

Profundidade do solo

Em termos de profundidade, é possível afirmar que as covas devem ser de 80cm x 80cm x 80cm, sendo as medidas em questão, respectivamente, cumprimento, largura e profundidade. Quando e fala em diâmetro, os mesmos 80cm devem ser mantidos e a medida também continua se aplicando à profundidade.

Uma vez que a cova esteja devidamente pronta, o jardineiro deve marcar o seu centro. Então, são necessários esperar 10 dias após o procedimento para fazer o plantio da árvore frutífera.

Faça um pomar de frutas da sua região!

Pessoa colhendo de pomar de frutas

Como as plantas dependem do clima para um bom desenvolvimento, uma excelente dica que se pode dar para quem deseja fazer um pomar é escolher frutas que se adaptem bem à sua região. Isso garantirá que a variação térmica está dentro do adequado para o seu desenvolvimento.

Nesse sentido, é possível afirmar que as frutas são classificadas em subtropicais, tropicais e de clima temperado, sendo mais comuns, respectivamente, nas regiões Norte e Nordeste, Sul, Sudeste e Centro Oeste e Sul. Assim, delimitar quais são ideais para o seu pomar se torna mais fácil.

Independente da região, as dicas fornecidas ao longo do artigo oferecem o básico para começar o seu próprio pomar e passar a fornecer alimentos mais saudáveis para a sua família. Portanto, procure observa-las com atenção, especialmente no que se refere aos solos, à luminosidade e, claro, à variação climática.

Autor deste artigo

Últimos posts


As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

As 10 melhores tequilas de 2021: José Cuervo, El Jimador e mais!

Pensando em apreciar uma deliciosa tequila? Confira neste artigo as 10 melhores tequilas, os tipos de envelhecimento e como escolher a ideal para seu gosto.


Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Os 10 melhores whiskys de 2021: Jack Daniels, Ballantines e muito mais!

Se você aprecia um bom whisky, confira aqui as opções mais recomendadas do mercado atual e aprenda a escolher a garrafa ideal para você!


As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

As 10 melhores chapinhas de 2021: de cerâmica, de titânio, de turmalina e mais!

Em busca de uma chapinha? Neste artigo, confira os 10 melhores modelos de 2021, como escolher a ideal para o seu cabelo e outras dicas de compra.


Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Os 10 melhores matizadores de 2021: da Salon line, Kamaleão color e mais!

Indecisa sobre qual matizador comprar? Confira aqui os melhores matizadores para as diversas cores de cabelo, quando usar, tempo de duração e dicas de compra!


Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Os 10 melhores repetidores de sinal WiFi de 2021: da Intelbras, Xiaomi, Multilaser e muito mais!

Veja aqui um guia básico para encontrar um bom repetidor de sinal Wi-Fi, uma seleção de ótimos modelos para todos os orçamentos e onde comprar!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Ciclismo