Como cuidar de comigo-ninguém-pode: tipos, significado e mais sobre esta planta!

Como cuidar de comigo-ninguém-pode: tipos, significado e mais sobre esta planta!

Já ouviu falar na comigo-ninguém-pode? Leia aqui sobre o cultivo e a manutenção dessa planta, seus diferentes tipos, como combater pragas e curiosidades!


Você conhece a planta comigo-ninguém-pode?

Folhas de comigo ninguém pode

A comigo-ninguém-pode é uma planta bastante popular em decoração de ambientes, por conta de seu cultivo simples e pouca necessidade de manutenção, além de não precisar de muito sol, desenvolvendo-se bem em locais fechados.

Originária da Colômbia e da Costa Rica, essa planta é cercada de crenças e mitos, sendo considerada uma planta muito espiritual. Seu nome popular faz alusão à sua toxicidade, outra característica muito marcante da planta. Porém, será mesmo que o veneno da comigo-ninguém-pode é tão poderoso que pode matar?

Neste artigo, você verá essa e outras curiosidades sobre a planta, além de aprender como cultivar e manter essa planta em casa, quais doenças e pragas podem atacá-la e informações sobre as diferentes espécies da comigo-ninguém-pode - confira!

Como cuidar da planta comigo-ninguém-pode

Muda de comigo ninguém pode, vasos e terra

Para começar, se você deseja ter ou já tem uma comigo-ninguém-pode pode em casa mas está com dúvidas em relação ao seu cultivo, veja abaixo dicas de como cultivar e cuidar de sua planta para que ela se mantenha sempre bonita e saudável.

Iluminação ideal para a comigo-ninguém-pode

Um dos motivos pelos quais a planta comigo-ninguém-pode costuma ser tão utilizada na decoração de ambientes é o fato de que ela não necessita de muita luz direta e se dá bem na meia-sombra. Sendo assim, é uma planta que pode ser cultivada sem muitos problemas em ambientes internos.

Entretanto, o ideal é que a planta ainda receba alguma luz indireta para que possa se desenvolver melhor e manter sua coloração manchada, grande responsável por sua beleza, que pode desaparecer caso a planta não tenha contato nenhum com a luz.

Temperatura ideal para a comigo-ninguém-pode

A comigo-ninguém-pode é uma planta ideal para cultivo em locais mais quentes, sendo que tolera temperaturas superiores 30ºC. O intervalo mais apropriado de temperatura está entre os 20 e 30 graus Celsius, sendo indicado locais com uma umidade mais alta.

A planta ainda consegue se adaptar a temperaturas baixas de até no máximo 10ºC, abaixo disso a planta não costuma resistir. Sendo assim, a comigo-ninguém-pode é um tipo de planta bastante adaptada ao clima brasileiro e pode ser cultivada tranquilamente.

Rega da comigo-ninguém-pode

Para as regas da comigo-ninguém-pode não há um calendário exato que se deve ser seguido, mas tenha em mente que essa é uma planta que aprecia bastante umidade e necessita de bastante água. Apesar disso, não é recomendado encharcar o substrato, uma vez que isso pode causar o apodrecimento das raízes.

Com isso, o recomendado é que se observe qual o nível de umidade do substrato e fazer a rega sempre que ele se encontrar seco. Dessa forma, você poderá montar seu próprio calendário de regas de acordo com os níveis de umidade de cada estação e que faça sentido para o substrato que esteja usando.

Solo ideal para comigo-ninguém-pode

A planta comigo-ninguém-pode necessita de um solo que seja rico em matéria orgânica e que tenha uma boa capacidade de drenagem para que não haja água acumulada. Para tanto, uma terra bem fértil deve ser utilizada e pode ser combinada com areia de construção, que ajuda na drenagem.

Além disso, para deixar o escoamento mais eficiente, faça uma camada de drenagem no fundo do vaso ou recipiente em que a planta está, fazendo uso de brita ou argila expandida. Também certifique-se de que o vaso contenha furos no fundo para facilitar ainda mais o processo de drenagem.

Adubos e substratos para comigo-ninguém-pode

Como dito anteriormente, um bom substrato para a comigo-ninguém-pode é uma mistura de terra e areia. Para deixar a terra mais fértil, a compostagem, o húmus e o esterco podem ser utilizados moderadamente.

Além disso, como fertilizante, o NPK, uma mistura de substâncias ricas em nitrogênio, fósforo e potássio, é o mais recomendado. O seu uso pode ser feito uma vez ao ano ou mais, caso perceba que a planta está ficando fraca, nas proporções 10-10-10.

Manutenção da comigo-ninguém-pode

A manutenção dessa planta é bastante simples e não exige muitos cuidados. De uma forma geral, a planta somente necessita de regas constantes, mas sem exagero, e de adubação periódica, além da fertilização da terra com compostos naturais, se necessário.

Seguindo todas as indicações de como fazer o cultivo da comigo-ninguém-pode, não há necessidade de muitos cuidados especiais e a planta deve se desenvolver sem nenhum problema. Apenas fique atento ao manusear a planta, uma vez que ela apresenta um nível significativo de toxicidade e não deve ser ingerida de forma alguma.

Qual o melhor lugar para plantar?

Como dito anteriormente, a comigo-ninguém-pode é uma planta que deve estar à meia-sombra, com alguma luz indireta, sendo recomendado que ela esteja próxima a uma janela ou até mesmo em uma varanda ou ao ar livre, onde não bata sol direto nos períodos mais intensos, somente no começo ou final do dia.

Por ser uma planta tóxica, caso você possua animais ou crianças pequenas, o ideal é deixar a planta fora do alcance deles para evitar qualquer acidente envolvendo a ingestão da planta. Sendo assim, pendurá-la em local alto pode ser uma boa alternativa.

Poda da comigo-ninguém-pode

A poda da comigo-ninguém-pode só é necessária caso a planta comece a produzir muitas folhas e seus caules se tornem muito altos, fazendo com que a planta perca a sua força. A poda estimulará o crescimento das folhas remanescentes, fortalecendo a planta como um todo.

Para tanto, utilize uma tesoura, alicate ou até mesmo faca esterilizada e faça um corte no caule próximo à folha, deixando o caule com cerca de 15 centímetros a partir da base, permitindo assim que uma nova folha possa crescer.

Propagação da comigo-ninguém-pode

A propagação da comigo-ninguém-pode é feita a partir de estacas produzidas com pedaços de caules podados da planta original. O processo é bastante fácil e a estaca pode ser colocada na terra ou na água para criar raízes.

Outra forma de obter novos exemplares da planta é separar os brotos que nascem lateralmente para serem plantados em um novo local. Se possível, mantenha as raízes já existentes nos brotos. Caso não consiga, faça como com os caules e replante-a de forma que possa criar novas.

Como fazer mudas de comigo-ninguém-pode

Para fazer mudinhas de comigo-ninguém-pode, o processo funciona da mesma forma que a propagação, a partir do caule da planta, das podas ou dos brotos laterais. As mudas podem ser colocadas em copinhos descartáveis de plástico ou de papel que podem ser fabricados em casa.

Caso opte pelos copinhos de plástico, quando a planta estiver maior, faça o transplante para o local definitivo da planta. Se utilizar os copinhos de papel, ele pode ser plantado diretamente no vaso ou canteiro, uma vez que irá se decompor sozinho, apenas certifique-se de que as raízes não estão sufocadas. Se esse for o caso, faça rasgos no copinho para que as raízes possam sair.

Conheça o ciclo de vida da comigo-ninguém-pode

O ciclo de vida da comigo-ninguém-pode é considerado perene, o que significa que ele dura ao menos dois anos, ao contrário das plantas sazonais. Após a propagação, a planta levará de 3 a 6 semanas para criar raízes.

O tamanho total da planta irá depender da espécie que está sendo plantada. Algumas espécies também desenvolvem flores e frutos, em formato de bagas, semelhantes às flores conhecidas como copo de leite, geralmente no verão.

Pragas e doenças comuns da comigo-ninguém-pode

Comigo ninguém pode murcha e doente

Apesar de ser simples de se cuidar, a planta comigo-ninguém-pode ainda assim está suscetível a algumas pragas e doenças. Confira a seguir informações sobre quais são elas e como combater e prevenir esses males.

Folhas amarelas

O amarelamento das folhas, de uma forma geral, é normal e faz parte do ciclo da planta. Quando ela está amarela significa que já está velha. Porém, isso geralmente ocorre em apenas uma folha por vez e não na planta toda, sendo que quando isso ocorre pode estar indicando outros problemas.

Uma causa do amarelamento pode ser o excesso de água. Nesse caso, as folhas também podem murchar ou apresentar manchas marrons nas pontas. Para que a planta se recupere, deixe as regas mais espaçadas e verifique se há raízes apodrecidas. Pode ser necessário que se faça a poda e o transplante da planta para um novo vaso.

Manchas marrons

Se a sua planta comigo-ninguém-pode está ficando com manchas marrons, é provável que a planta esteja sendo atacada por uma doença fúngica – a antracnose. Esse fungo faz com que as manchas apareçam tanto no centro quando nas bordas das folhas, que acabam morrendo.

Essa doença pode ocorrer quando a planta está exposta ao frio e à umidade excessiva. Normalmente, isso não ocorre com as plantas em ambientes internos, pois estão protegidas do frio. Para melhorar a saúde de sua planta, você deve remover as folhas marrons e deixá-la em um local ventilado e bem iluminado. Utilizar o óleo de neem também ajuda a conter a doença.

Hastes e raízes podres

De uma forma geral, quando a planta apresenta hastes e raízes moles, isso significa que estão apodrecendo. Isso ocorre devido a uma doença fúngica chamada podridão negra, que costuma ser causada pelo acúmulo de água no substrato e excesso de umidade, mas também pode ocorrer quando a planta está exposta a temperaturas muito extremas.

Essa doença pode causar a morte de sua planta rapidamente, por isso, se constatar que sua comigo-ninguém-pode está ficando com as hastes e raízes moles, remova-as, assim como as folhas que podem estar contaminadas, e replante em um novo recipiente, com terra e substratos novos. O óleo de neem também pode ser utilizado nesse caso para ajudar na recuperação da planta.

Folhas distorcidas

Quando a planta apresenta folhas distorcidas, assim como o atrofiamento da planta como um todo, é sinal de que ela está infectada com o vírus do mosaico, que pode ser transmitido a partir do pulgão ou do ser humano, quando entram em contato com outra planta infectada.

Ao se infectar com esse vírus, não há o que fazer para salvar a sua planta, por isso o recomendado é fazer o descarte do exemplar para evitar a contaminação em outras plantas.

Bactérias da comigo-ninguém-pode

A planta comigo-ninguém-pode não costuma sofrer com o ataque de bactérias, sendo bastante resistente a elas. Entretanto, há uma bactéria, a Erwinia, que pode causar um tipo de podridão na planta. Essa bactéria costuma se espalhar a partir de folhas já caídas ou da haste da planta, deixando-a oca e com listras escuras.

A alta umidade e ferimentos na planta favorecem o aparecimento desse tipo de bactéria, que é extremamente resistente e uma vez que a planta é infectada, não há como salvá-la. O descarte deve ser feito, assim como a desinfecção de todas as ferramentas utilizadas na planta e seu recipiente.

Os tipos mais comuns de comigo-ninguém-pode

"Comigo-ninguém-pode" é o nome popular das plantas do gênero Dienffenbachia, que apresentam diversas espécies diferentes, com aparências, características e necessidades diversas. Conheça abaixo quais são essas espécies e suas principais diferenças .

Dieffenbachia amoena

Folhas de comigo ninguém pode Dieffenbachia amoena

A Dieffenbachia amoena é um dos tipos mais comuns de comigo-ninguém-pode e tem um caráter bastante ornamental, apresentando folhas grandes e manchadas, sendo de um verde escuro profundo nas bordas e de um verde mais claro, quase amarelado, no meio, com riscos laterais.

Quando está completamente desenvolvida, o tronco principal pode ficar alto e exposto, com as folhas apenas na parte de cima, o que pode desagradar alguns. Mas para resolver isso, basta podar o caule principal para que novos brotos possam surgir. Pode chegar a até 1,80 de altura, mas costuma manter-se entre 60 centímetros e 1 metro e 20 centímetros.

Dieffenbachia 'compacta'

Comigo ninguém pode Dieffenbachia 'compacta'

Também bastante popular entre as espécies de comigo-ninguém-pode, a Dieffenbachia 'compacta' apresenta diversos caules espessos que suportam as folhas, também de tamanho grande e bastante resistentes, além de possuir vértices pontiagudos.

Em relação à coloração, o verde escuro também é cor base das folhas, que apresentam manchas mais espaçadas, de cor clara. Essa planta é natural da América Central e é adaptada a ambientes de temperatura e umidade altas.

Dieffenbachia 'Camilla'

Comigo ninguém pode Dieffenbachia 'Camilla'

De menor porte, a Dieffenbachia 'camilla' costuma ter entre 20 e 50 centímetros de altura, com folhas compridas de um verde mais escuro nas bordas e uma mancha creme concentrada no meio. Apesar de se dar bem em ambientes internos, a falta de luz pode eliminar a coloração, tornando-se inteiramente verde.

Por ter um tamanho menor, é bastante popular em decoração de ambientes, sendo também bastante fácil de propagar, além de poder ser cultivada em vasos com água. A variedade 'camilla' também é originária da América Central.

Dieffenbachia sunrise

Comigo ninguém pode Dieffenbachia sunrise

Igual à 'camilla', a Dieffenbachia sunrise também apresenta um tamanho entre 20 e 50 centímetros, porém com um caule central mais grosso e folhas de coloração verde escura com manchas amareladas ou verde claras, bastante espalhadas pela folha.

Durante o verão a planta floresce, porém suas flores não têm apreço ornamental. Suas folhas costumam se enrolar e cair para dar espaço a novas folhas. Assim como as anteriores, essa planta é de origem tropical e aprecia temperaturas quentes e úmidas.

Dieffenbachia tropic Mariana

Comigo ninguém pode Dieffenbachia tropic Mariana

Com até no máximo 45 centímetros, a Dieffenbachia tropic mariana é uma espécie que visualmente se difere mais das anteriores, apresentando folhas de tonalidade mais clara e menos manchada, com apenas as bordas de um verde mais escuro.

Apesar disso, essa planta é igualmente linda para a decoração de ambientes, podendo ser combinada com diversos outros tipos de plantas, e segue a mesma linha de cuidados das outras variações de comigo-ninguém-pode.

Dieffenbachia velvet

Comigo ninguém pode Dieffenbachia velvet

A espécie Dieffenbachia velvet é menos conhecida entre os tipos de comigo-ninguém-pode, porém sua beleza não fica atrás das outras. Suas folhas são de um verde bastante escuro e as manchas mais claras aparecem em forma de pintinhas e riscos por toda a folha.

Também de menor porte, a planta costuma ter entre 20 e 40 centímetros. Além disso, ela apresenta um tronco central que pode ficar bastante grosso se a planta estiver saudável. No mais, a velvet apresenta as mesmas características de cuidados que as outras.

Dieffenbachia vesuvius

Comigo ninguém pode Dieffenbachia vesuvius

Por último, temos a Dieffenbachia vesuvius. Essa variedade apresenta folhas mais finas e compridas, além de uma coloração mais clara, apesar de bastante manchada, dando um ar bastante elegante à planta, que possui alto valor ornamental.

Seu tamanho varia entre 20 e 50 centímetros e, assim como as outras, também é originária de regiões tropicais, apreciando climas mais quentes, além da umidade. É importante lembrar que tanto essa quanto as outras variedades são tóxicas, por isso, deve haver um cuidado especial ao manusear a planta.

Curiosidades e dicas sobre a comigo-ninguém-pode

Várias mudas de comigo ninguém pode

Agora que você já sabe mais sobre os cuidados com a planta comigo-ninguém-pode, quais são suas possíveis doenças e pragas, além de quais são alguns dos tipos existentes e suas diferenças, leia a seguir mais curiosidades e dicas de utilização da planta.

Posso colocar outras plantas no vaso?

Em primeira instância, não há nenhum problema em dividir o vaso da comigo-ninguém-pode com outras plantas, mesmo que sejam comestíveis, uma vez que a toxina da planta não irá passar para as outras. Porém, ainda assim não é recomendado, pois pode haver o contato entre as plantas e assim a contaminação.

Idealmente, sua planta deve ficar em um vaso sozinha, até mesmo para que não haja concorrência com outras plantas, o que pode acabar gerando um enfraquecimento desta ou da outra, a depender da espécie. Além disso, cada planta apresenta características próprias e tem necessidades diferentes, sendo melhor deixá-la sozinha.

A comigo-ninguém-pode é tóxica?

Como já vimos anteriormente, a comigo-ninguém-pode é sim uma planta tóxica, que pode causar envenenamento se ingerida ou até mesmo provocar alergias e irritações se entrar em contato com a pele. Todas as partes da planta apresentam toxinas, portanto muito cuidado ao manuseá-las e tenha cuidado redobrado caso tenha crianças ou animais no recinto.

A irritação e a intoxicação podem sim ser bastante graves e podem causar a morte se houver obstrução do sistema respiratório, porém esses casos são mais raros. Caso haja a ingestão ou o contato com a planta que cause alguma irritação, procure um médico imediatamente.

Onde utilizar a comigo-ninguém-pode na decoração

Por conta de sua baixa necessidade de luz do sol e sol direto, a comigo-ninguém-pode é muito utilizada para a decoração de ambientes internos. Suas belas folhas manchadas e de tamanho grande são perfeitas para manter a elegância de qualquer ambiente, podendo ser uma peça central na decoração ou até mesmo em conjunto com outras plantas.

Entretanto, como já foi dito, por conta de seu caráter tóxico, pode ser uma boa ideia deixar a planta fora do alcance das pessoas e de animais, podendo ser utilizada em vasos altos, em suportes ou prateleiras, ou até mesmo pendentes, caso tenha um exemplar pequeno.

Comigo-ninguém-pode e o Feng Shui

O Feng Shui é uma prática que consiste em arrumar os cômodos e os objetos nele de forma que as energias fiquem equilibradas e harmônicas. A comigo-ninguém-pode é considerada uma planta que traz boas energias e, com ela, proteção para o lar, além de afastar energias indesejadas.

O Feng Shui indica que essa planta seja colocada em áreas externas ou na entrada da casa, pois em locais de grande convivência social pode trazer conflitos.

Significado espiritual e simpatia com a comigo-ninguém-pode

A comigo-ninguém-pode é considerada uma planta de grande espiritualidade, sendo associada com o poder de afastar as energias negativas e trazer proteção contra a inveja, o mau-olhado e o azar. Por esse motivo, a comigo-ninguém-pode é utilizada em diversas simpatias que envolvem essas questões. Abaixo você verá uma simpatia contra o mau-olhado utilizando essa planta:

Primeiramente, plante uma muda de comigo-ninguém-pode em um vaso e coloque dois pregos na terra, um de cada lado da planta, cuidadosamente. Após isso, coloque a planta na entrada de sua casa e diga a frase "Na minha casa ninguém vai colocar mau-olhado" três vezes. Por último, reze o Pai-Nosso e a Ave-Maria três vezes cada. Não se esqueça de lavar as mãos após ter contato com a planta ou utilize luvas.

Qual a diferença entre comigo-ninguém-pode feminina e masculina?

De uma forma geral, a comigo-ninguém-pode fêmea apresenta um caule menor e folhas maiores e mais distribuídas em diferentes hastes, enquanto a versão masculina tem um tronco central bem mais alto, com hastes menores. O tronco central não apresenta folhas em sua extensão, somente na parte superior.

Outra diferença está nas folhas. A planta feminina apresenta machas maiores e mais concentradas no centro enquanto a planta masculina é menos manchada e as manchas são menores. Além disso, elas são menores e mais estreitas, tendo um aspecto mais alongado do que na versão feminina da planta.

Veja também os melhores equipamentos para cuidar de suas plantas

Neste artigo apresentamos dicas de como cuidar de uma planta "comigo-ninguém-pode", e já que entramos nesse tema, também gostaríamos de apresentar alguns de nossos artigos de produtos de jardinagem, para que você cuide cada vez melhor de suas plantas. Confira abaixo!

As 10 melhores mangueiras de jardim de 2022: Flexzilla, Tramontina e muito mais!

https://portalvidalivre.com/articles/2088

Em busca de uma mangueira de jardim? Confira neste artigo as 10 melhores do mercado, juntamente com dicas de como escolher que vão auxiliar na sua compra!

Os 10 melhores kits de jardinagem de 2022: da Tramontina, NOLL e mais!

https://portalvidalivre.com/articles/1041

Pensando em comprar um kit de jardinagem e se aprimorar nessa atividade? Confira aqui os melhores modelos disponíveis no mercado e dicas de como escolher!

As 10 melhores tesouras de poda de 2022: Tramontina, Vonder e mais!

https://portalvidalivre.com/articles/1523

Você quer comprar uma tesoura para jardinagem mas não sabe qual escolher? Confira a seguir o ranking com os 10 melhores modelos de tesouras!

Proteja seu lar das energias negativas com a comigo-ninguém-pode!

Folhas de comigo ninguém pode

Neste artigo aprendemos diversas informações importantes sobre a planta comigo-ninguém-pode, como ter desvendado mistérios sobre sua toxicidade e seus significados espirituais, além de compreender melhor quais são os cuidados e ambientação ideais para essa planta e quais espécies mais comuns dela.

Apesar de tóxica, essa planta não deve ser temida se você tomar todas as precauções necessárias, porém é sempre importante avaliar os riscos e concluir se o valor ornamental dessa planta vale a pena para você, baseado no ambiente em que vive. Novamente, ter essa planta próxima a crianças e animais pode ser perigoso e causar acidentes.

Com todas essas dicas de cuidados, é possível manter sua planta sempre bonita para decorar qualquer ambiente, evitar doenças e pragas e entender as necessidades de cada espécie. Por isso, se você deseja obter um exemplar da comigo-ninguém-pode, não hesite! Encontre aquela que mais combina com a sua casa e comece a cultivar.

Autor deste artigo

Formada em Letras pela USP, sou uma apaixonada pela leitura e pela escrita. Busco estar sempre em contato com a natureza e amo viajar.

Últimos posts


Os 10 Melhores Robôs Aspiradores com Bom Custo-Benefício de 2024: Multilaser, Electrolux e muito mais!

Os 10 Melhores Robôs Aspiradores com Bom Custo-Benefício de 2024: Multilaser, Electrolux e muito mais!

Quer ajuda na limpeza sem gastar muito? Neste artigo, mostramos os 10 melhores robôs aspiradores com bom custo-benefício de 2024, como escolher e onde comprar!


Os 10 Melhores Monitores para Programar de 2024: LG, Dell, Samsung e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores para Programar de 2024: LG, Dell, Samsung e muito mais!

Procurando um bom monitor para programar? Neste artigo veja muitas informações sobre esse produto para escolher o ideal e ainda um ranking com os 10 melhores!


As 10 Melhores Marcas de Patins de 2024: Fila, Rollerblade, Traxart e Mais!

As 10 Melhores Marcas de Patins de 2024: Fila, Rollerblade, Traxart e Mais!

À procura da melhor marca de patins? Confira neste artigo quais são as 10 melhores marcas de patins de 2024 e aprenda como escolher o melhor modelo para você!


Os 10 Melhores Perfumes Masculinos de 2024: Versace, Dior e muito mais!

Os 10 Melhores Perfumes Masculinos de 2024: Versace, Dior e muito mais!

Se você gosta de boas fragrâncias, os perfumes masculinos são interessantes para compor seu visual. Neste artigo, confira como escolher e quais os 10 melhores!


As 10 Melhores Marcas de Roupas Fitness de 2024: Lupo, Puma, Nike e Mais!

As 10 Melhores Marcas de Roupas Fitness de 2024: Lupo, Puma, Nike e Mais!

Ainda não sabe qual a empresa de roupas ideal para a prática de exercícios físicos? Veja as 10 melhores marcas de roupas fitness de 2024 e saiba como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


DIY Cuidados automotivos Doces e sobremesas Saúde sexual Acessórios para moto