Flor hibisco: para que serve, benefícios, significado e mais!

Flor hibisco: para que serve, benefícios, significado e mais!

Você sabia que a flor do hibisco simboliza o amor e a paixão? Descubra mais detalhes e como cuidar desta planta muito querida pela sua exuberância tropical.


Conheça os encantos da flor hibisco!

flor hibisco laranja

O hibisco é uma planta ornamental muito popular no território brasileiro. Sem muita dificuldade, é possível encontrá-lo como arbustos ou árvores, decorando jardins, calçadas e muros. Além de bela, sua flor é extremamente útil para uma vida saudável e equilibrada.

Além do mais, uma curiosidade interessante sobre o hibisco diz respeito à sua ampla variedade. O nome hibisco, na verdade, é a nomenclatura do gênero, o qual engloba cerca de 300 espécies. Cada uma carrega consigo particularidades nas folhas, no porte e, claro, nas flores.

Independente da espécie que você escolher, saiba que essa planta possui cuidados e procedimentos muito simples para a sua manutenção. Confira a seguir, tudo o que você precisa saber para criar o seu hibisco e aproveitar as suas serventias!

Informações básicas da flor hibisco

flor hibisco vermelha

Nome científico
Hibiscus L.
Outros nomes
Mimo-de-vênus, Graxa-de-estudante
Origem
Ásia
Porte
1 ~ 4 metros
Ciclo de vida
Perene
Floração
Primavera e Verão
Clima
Equatorial, Tropical, Subtropical e Temperado


O hibisco é uma planta de clima entre os trópicos e ciclo de vida perene, ou seja, não perde suas folhas entre estações. O seu porte varia bastante entre as espécies, podendo ter estrutura arbórea ou arbustiva. Tem origem asiática e popularizou-se ao redor do mundo graças à sua adaptabilidade e resistência.

Como plantar a flor hibisco

kit de jardinagem

O hibisco é uma excelente pedida se você quer ter a formosura de flores tropicais, mas dispõe de pouco espaço. Ele adapta-se com facilidade seja em vasos, seja em canteiros, requerendo apenas algumas necessidades específicas. Confira abaixo, os meios de cultivo do hibisco e como fazê-lo florescer!

Como plantar flor hibisco em vaso

O hibisco é uma planta muito flexível e o seu plantio em vasos é uma ótima opção para quem não possui canteiro. Primeiramente, certifique-se de que o recipiente possui os orifícios de drenagem bem espaçados, a fim de garantir o escoamento apropriado.

Depois, escolha o melhor ambiente para posicionar o seu vaso. Como os hibiscos carecem de bastante luminosidade direta, as janelas voltadas para o sul são as ideais.

Por fim, caso as temperaturas fiquem muito rigorosas, recorra à climatização, ora para aquecer, ora para refrescar o local. Atente-se ao momento de trocar o vaso, tendo em mente fatores como o crescimento da planta e a época do ano.

Como plantar flor hibisco em solo

Se você optar por plantar seu hibisco no solo, leve em consideração o clima da sua cidade. Não é possível climatizá-lo ao ar livre.

Para garantir a drenagem adequada, o solo deve ser composto por argila e areia. A primeira mantém os nutrientes armazenados e a segunda promove o escoamento. Além disso, é essencial a presença de matéria orgânica.

Escolha um espaço com incidência solar o dia inteiro, afinal, isso é essencial para o desenvolvimento do hibisco. Uma boa dica é colocá-lo na calçada, pois suas raízes não quebram o pavimento e as podas permitem o controle do formato.

Como fazer o hibisco florescer

A floração do hibisco ocorre predominantemente durante a primavera e o verão, quando as temperaturas são mais favoráveis. Entretanto, dependendo da localização e dos métodos empregados, ela pode ocorrer durante o ano inteiro.

Antes de tudo, garanta que ele esteja recebendo os cuidados essenciais, desde a irrigação, até as podas. Quanto mais saudável ele estiver, mais regulada será a sua floração e, também, mais exuberante.

Se mesmo sob condições propícias o seu hibisco não produz flores, introduza a fertilização na rotina de cuidados. Fertilizantes com maior concentração de potássio, como o NPK 4-18-8, são os mais indicados para estimular o florescimento.

Como cuidar da flor hibisco

equipamento de como cuidar de hibisco

O hibisco é uma planta ornamental rústica, ou seja, demanda atribuições simples de serem atendidas e prosperam nas mais variadas condições. Veja a seguir, o essencial que você precisa saber para cultivar o seu hibisco e contemplar a imponência das florações!

Solo para o hibisco

Dentro de vasos, o melhor solo para o hibisco é a mistura fertilizada para plantas, encontrada em lojas de jardinagem. Para duas partes desse solo, adicione duas de turfa e uma de vermiculita ou perlita.

Em canteiros, o terreno deve ser equilibrado com areia e argila. Se o solo for muito argiloso, acrescente areia à sua composição. Se for arenoso demais, cubra a superfície com uma camada de material orgânico.

Em relação ao pH, o hibisco prefere a terra neutra ou pouco ácida. O pH pode ser medido por meio de kits apropriados. Os níveis de acidez são diminuídos com compostos de enxofre e aumentados com uma película de cal.

Como regar o hibisco

Durante a época de crescimento, ou seja, da primavera ao início do outono, o hibisco deve ser irrigado regularmente. Mantenha uma frequência diária, principalmente nos dias de calor. Na floração, ele demanda mais água que o normal, porém tome cuidado para não saturar o solo.

No fim do outono e até o início da primavera, quando o clima é frio, reduza as regas. Além do fato de que a água evapora mais devagar, a planta também desacelera seu desenvolvimento. Molhe apenas quando a superfície do solo estiver seca ao toque.

Adubo e substrato para o hibisco

A melhor época para adubar o hibisco é no início da primavera, antecedendo o pico de crescimento. Os fertilizantes ideais são aqueles que possuem maior concentração de potássio. O potássio é responsável pelo transporte de nutrientes para as flores e frutos.

Uma boa recomendação é o NPK 4-18-6, facilmente encontrado em lojas e próprio para plantas floríferas. O fertilizante pode ser tanto líquido quanto granulado, este com liberação lenta durante as regas. Não fertilize durante o outono e inverno, pois os minerais não serão absorvidos.

Iluminação ideal para o hibisco

De regra, o hibisco precisa de em média 6 horas de sol diárias para potencializar seu desenvolvimento. Se as temperaturas no verão ultrapassam 32 ºC e a incidência de sol for mais forte, isso deve influenciar na escolha do local. Escolha um canteiro sob a sombra parcial de uma árvore.

Dentro de vasos, a claridade necessária é obtida facilmente pela entrada de luz das janelas. Posicione seu recipiente ou jardineira em uma janela voltada para a direção sul ou sudoeste, onde há maior incidência de sol. Não o esqueça na sombra.

Temperatura e umidade ideal para o hibisco

O hibisco possui melhor desempenho quando condicionado a temperaturas entre 16 ºC e 32 ºC. Ele suporta o calor intenso e consegue aguentar o frio de até 7 ºC. Ultrapassando esse limite, a tendência é que ele definhe.

A umidade ideal do hibisco deve ser mantida por meio das regas, mas nunca em excesso ou falta. Baixos níveis de umidade manifestam-se pela queda dos botões florais por causa do murchamento. Aumente a irrigação ou mude-o para um lugar úmido.

Já a umidade excessiva faz com que as raízes apodreçam. Esse problema é ainda mais grave, pois afeta a planta em sua essência. Se isso acontecer, troque o solo.

Propagação do hibisco

Os hibiscos podem ser propagados por semeadura ou estaquia. O segundo processo é mais popular que o primeiro, pois tem maior chance de sucesso. Além disso, a estaquia produz uma muda idêntica à planta-mãe.

Para realizar a estaquia, escolha um galho com novos crescimentos ou que ainda não amadureceu. Corte cerca de 15 cm de comprimento. Molhe a ponta com hormônio de enraizamento e plante-a em solo úmido.

As sementes de hibisco são obtidas a partir dos frutos que aparecem após a floração. Primeiramente, lixe-as para que absorvam mais nutrientes e fiquem mais hidratadas. Mergulhe-as em água durante a noite e plante-as num furo de 0,5 cm no dia seguinte.

Doenças e pestes comuns do hibisco

Alguns insetos sugadores, como pulgões, moscas-brancas e cochonilhas são os principais parasitas que afetam os hibiscos. Eles concentram-se nas áreas onde nascem brotos e botões de flores. Os sintomas incluem fumagina sobre as folhas e enrugações.

A respeito de doenças, o hibisco oferece maior resistência. O organismo que mais pode prejudicá-lo é o fungo causador do oídio, que gera manchas esbranquiçadas nas folhas. Ele prospera no clima frio e com pouca umidade.

Nos dois casos, remova as folhas danificadas e aplique o pesticida ou fungicida apropriado. Há muitas receitas caseiras que são capazes de liquidar as pestes quando elas estão no início da infestação.

Poda do hibisco

Quando o hibisco atinge a altura de aproximadamente 1,50 m, a poda pode começar a ser realizada. A frequência mais adequada é a anual, após a floração. Se essa tarefa deixar de ser feita, os ramos externos vão começar a cair por causa do peso das folhas.

Corte os ramos no entorno de um nó, na altura que for desejada. Remova os restos de galhos, folhas secas e a madeira no meio da planta, a fim de melhorar a circulação de ar. A poda anual mantém o formato do hibisco, beneficiando a estrutura central.

Manutenção do hibisco e suas flores

A manutenção periódica do hibisco é bem simples de ser feita. Localize as hastes mortas, ou seja, as que estiverem secas e sem folhas, e remova-as a uma distância de 10 cm do solo. Isso é importante para que a planta substitua a parte perdida.

Na maioria das espécies de hibisco, as flores duram, em média, um ou dois dias durante a floração. Elas abrem pela manhã e caem no fim da tarde. Sendo assim, encarregue-se de retirar as flores que caírem em volta da planta para não saturar ou abafar o solo.

Como fazer mudas de hibisco

Após propagar o hibisco a partir de um dos métodos listados anteriormente, você deve manter algumas precauções em relação à muda. O vaso ideal para o broto possui diâmetro a partir de 10 cm. O solo deve manter-se úmido, mas não encharcado.

A melhor época para criar as mudas é entre o final do inverno e o começo da primavera. Nos primeiros dias, mantenha o vaso em local sombreado, longe do sol. A incidência solar sobre as folhas jovens certamente irá queimá-las, atrapalhando ou matando a planta.

Caso você tenha propagado por sementes, é importante saber que elas germinarão dentro de 2 a 4 semanas. Nesse período, garanta que o solo fique suficientemente úmido. Uma sugestão útil é aplicar fertilizantes que estimulem a germinação, como o NPK 10-10-10.

Como replantar o hibisco

Existem duas maneiras de verificar se o hibisco precisa ser replantado. A primeira consiste em checar se suas raízes estão saindo pelos orifícios de drenagem. A segunda é puxá-lo delicadamente para fora do vaso e ver se as raízes estão muito aglomeradas.

O novo recipiente deve ser do mesmo tamanho do vaso original caso queira manter a altura, ou por volta de 2 cm a 5 cm maior em altura e diâmetro. O topo da raiz deve permanecer entre 5 cm e 10 cm abaixo da margem. Mantenha-o longe do sol por alguns dias.

Para que serve e benefícios da flor hibisco

hibisco antes de florescer

O hibisco é muito conhecido não apenas pela sua beleza acessível, mas também pela enorme quantidade de benefícios que oferece, que vão desde a culinária, até a medicina. Conheça a seguir as principais vantagens de consumir o hibisco!

Chá de hibisco

O chá de hibisco é a principal referência culinária a essa planta. Ele não é feito com qualquer espécie: apenas o Hibiscus sabdariffa é utilizado. Além do mais, o chá é feito apenas com as pétalas da flor, descartando as demais partes.

Para prepará-lo, basta submergir as pétalas em água fervente. O sabor é semelhante ao cranberry e a coloração é rosa-escura. Pode ser servido quente, frio ou acompanhado de outras bebidas, além de oferecer vários benefícios para a saúde.

Flor de hibisco seca

A flor de hibisco seca ostenta muitas utilidades além do preparo de chá. Ela funciona como um ótimo tempero para sobremesas e carnes.

A flor seca pode ser aplicada no preparo de uma calda perfeita para sorvetes, coquetéis a base de rum, biscoitos de merengue e pudim de chocolate. É um ótimo ingrediente para a pavlova, também. Utilize-a para dar cor ao merengue da receita.

Por fim, seu emprego estende-se para pratos salgados. Utilize os taninos secos para marinar carnes de cordeiro ou bovinas. Eles conferem efeito semelhante ao do vinho tinto, promovendo maciez e sabor excepcional.

Diminui a pressão arterial

Entre todos os efeitos do consumo do chá de hibisco, um dos mais impressionantes é a redução da pressão arterial. A hipertensão é um problema crônico muito comum, acometendo cerca de 38 milhões de brasileiros. A falta de tratamento desencadeia outras doenças cardíacas.

Um estudo de 2015 conduzido por Corina Serban e outros autores comprovou que o chá de hibisco reduz a pressão diastólica e sistólica. Os números reduzidos são de, respectivamente, 3,53 mmHg e 7,58 mmHg. É, portanto, um remédio natural e acessível.

Flor do hibisco para emagrecer

Um dos usos mais populares do chá de hibisco é aquele com a finalidade de emagrecimento. Alguns dos compostos principais da bebida são polifenóis, flavonoides, antioxidantes e ácidos orgânicos. Eles são responsáveis por eliminar depósitos de gordura e combater a retenção de líquidos.

Além disso, ele também retarda a adipogênese, que é o processo de envelhecimento celular. A ingestão mais recomendada é de 1 copo (200 ml) por dia ou antes de cada refeição. Consulte um nutricionista para saber a medida mais adequada para você.

Controla o colesterol

Outro benefício da introdução do chá de hibisco na dieta é a redução de colesterol no sangue. O colesterol consiste na gordura presente no sangue. Quando está em níveis elevados, é altamente prejudicial e pode desencadear problemas cardíacos.

O chá é capaz não apenas de diminuir o colesterol LDL (ruim) e outro triglicerídeos, mas também de aumentar o colesterol HDL (bom). O extrato de hibisco também funciona. Nesse caso, a quantidade é bem menor: 100 mg em cápsula.

Melhora a saúde do fígado

O chá de hibisco é rico em antioxidantes, sendo um poderoso aliado contra o excesso de radicais livres. O acúmulo de gordura no fígado promove esse excedente, além de propiciar a insuficiência renal. Os radicais livres desregulados, por sua vez, causam o envelhecimento precoce.

Por conseguinte, o chá de hibisco tem atuação dupla. Primeiro, reduz os níveis de radicais livres no organismo. Ao mesmo tempo, atua diretamente na causa desse problema, reduzindo a gordura acumulada e, assim, melhorando a saúde do fígado.

Curiosidades da flor hibisco

hibisco no muro

O hibisco é uma planta que carrega consigo grande importância não apenas ornamental ou culinária, mas também espiritual. Além disso, é relevante saber que seu consumo não é próprio para todas as pessoas. Descubra abaixo, mais detalhes sobre a flor do hibisco e suas aplicações!

Características da flor hibisco

As folhas do hibisco são geralmente lobadas e variam entre lisas ou cobertas por tricomas. Crescem de 5 cm a 7 cm de comprimento e podem ter formato de diamante ou oval.

As flores ganham destaque pela vasta paleta de cores, apresentando tonalidades como amarelo, rosa, vermelho e branco. Podem aparecer abertas, exibindo 5 pétalas ou mais, ou fechadas em forma de trombeta. Quando abertas, podem atingir até 15 cm de diâmetro.

Os botões florais podem aparecer em cachos ou isolados uns dos outros, e duram, geralmente, um ou dois dias. Chama atenção o seu estame, posicionado ao centro da flor e erguendo os grãos de pólen espinhosos. Os frutos são encapsulados e marrons.

Significado espiritual do hibisco

No misticismo, a flor de hibisco é utilizada como atrativo de paixão. Também é consumida com o objetivo de obter efeitos afrodisíacos e luxúria. Há simpatias como andar com pétalas no bolso para atrair a alma gêmea e beber o chá para despertar o amor.

Por conta do seu significado amoroso, a flor do hibisco é muito escolhida para ordenar grinaldas em casamentos. Seu uso também promove a proteção contra energias negativas e a atração de bons espíritos.

Além disso, existe a crença de que o hibisco eleva as habilidades de clarividência. Nesse contexto, ele pode ser misturado com incensos ou colocado em tigelas de madeira com água. Assim, a adivinhação é ampliada.

Contraindicações do consumo do hibisco

O hibisco é contraindicado para gestantes ou lactantes. Os componentes da bebida são capazes de causar alterações hormonais significativas. Além disso, eles conseguem influenciar a musculatura uterina, sendo potencialmente perigosos na gravidez.

Pessoas hipertensas também devem evitar o consumo do chá, justamente por ele ser eficaz. Se o chá for misturado com as medicações contra a hipertensão, ele pode baixar ainda mais a pressão, prejudicando-a de outro ângulo.

Por fim, sabe-se que o chá de hibisco é ótimo para eliminar a retenção de líquidos. Isso graças à sua ação diurética no organismo. Porém, se você estiver tomando algum remédio, suspensa o consumo, pois o efeito medicinal é abreviado e eliminado também.

Cultive hibisco e aproveite seus benefícios!

hibisco

O hibisco é um ótimo companheiro para ter em casa. Os tratamentos de que precisa são livres de complicações, tornando o seu plantio uma atividade tranquila. Sem mencionar
os numerosos usos medicinais e culinários que ele proporciona, sendo um excelente ingrediente para vários fins.

Os seus significados elevam ainda mais a sua representatividade. É maravilhoso ter uma planta e saber que, de certa forma, ela contribui para o conforto do lar. As energias positivas não são apenas atraídas, como também despertadas no nosso psicológico.

Mesmo que ele tenha um cultivo bem amigável e facilitado, não negligencie os seus cuidados mais detalhados. Mantenha sempre as podas agendadas, verifique a qualidade da terra e preste atenção a sinais de deficiência nutricional.

Com essas instruções, o seu hibisco terá um crescimento próspero e vivaz!

Autor deste artigo

Estudante de Letras e apaixonada por jardinagem e decoração. Entrar em contato com a natureza, cuidar do ambiente em que eu vivo e manter minha rotina em ordem são atividades que me trazem um grande bem-estar, e poder compartilhar esse conhecimentos é ainda melhor.

Últimos posts


Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Os 10 Melhores Monitores 75Hz de 2022: LG, AOC e muito mais!

Em busca do melhor monitor 75 Hz? Confira neste artigo dicas de como escolher o ideal para você, além de um ranking com os 10 melhores produtos de 2022!


Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Os 10 Melhores Celulares para Jogar Free Fire de 2022: Xiaomi, Realme e muito mais!

Pensando em como escolher o melhor celular para jogar free fire? Acompanhe as dicas de escolha e o ranking com os 10 melhores produtos da categoria a seguir.


As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

As 15 Melhores Smart TVS de 2022: da LG, Samsung e mais!

Procurando a melhor Smart TV para comprar? Veja neste artigo os melhores modelos do mercado, como escolher a ideal e encontre a Smart que mais combine com você!


As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

As 10 Melhores TVs de 55 polegadas de 2022: LG, Samsung e muito mais!

Quer curtir seus programas favoritos na telona? Neste artigo, apresentamos as 10 melhores TVs de 55 polegadas do mercado, como escolher e onde comprar!


As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

As 10 Melhores Geladeiras com Bom Custo-Benefício de 2022: Brastemp, Panasonic e muito mais!

Quer uma geladeira de qualidade que seja em conta? Aqui você encontra um ranking com as 10 melhores geladeiras com bom custo-benefício e aprende como escolher!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no PortalVidaLivre


Perfume Alimentação Saúde sexual Doces e sobremesas Sapatos